VOLUME 2

Capitulo 53: Case-se com uma mulher virtuosa

Sábado de manhã. 

Na entrada de um beco isolado, próximo do Portão norte da Qing He, um Bentley luxuoso, incomparável aos arredores onde estava parado, esperava pacientemente, estacionado na estrada de cimento esburacado e paredes mofadas.

Embora o exterior tivesse uma aparência não muito chamativa, a decoração interior esbanjava elegância. Com assentos de couro cobertos com veludo de alta qualidade, junto ao sistema de ar condicionado automático, que emitia uma fragrância hipnótica, tudo tinha sido arrumado para ser aconchegante.

O homem vestindo um terno preto sentava-se no assento de veludo branco neve. A sua figura bonita e indiferente, ainda tinha os mesmo círculos embaixo dos olhos por causa da insônia, o que o tornava sombrio e aterrorizante à primeira vista.

Naquele momento, ele estava olhando sem parar para o lado de fora, tornando difícil adivinhar o que se passava na sua mente. No lugar do motorista, Xu Yi parecia ainda mais cansado. A sua expressão estava anuviada com preocupação. Era óbvio que o secretário não tinha pregado os olhos na noite anterior.

Nunca teria imaginado que o seu chefe realmente levaria Ye Wanwan para conhecer a matriarca. Desde que percebeu que os planos eram sérios, estava queimando de ansiedade.

“O mestre não tá preocupado que a aparência daquela mulher irá assustar a velha madame? Sem falar no seu comportamento horrível."

Quem era a madame da família Si? Ela era, sem dúvidas, o maior suporte que Si Yehan tinha quanto a sua posição como herdeiro do clã. Se a “querida namorada” fizesse bagunça na casa ancestral, seria uma situação muito mais complicada do que as birras que ela fazia no Jardim Jin.

Ele ainda mantinha as mesmas esperanças do início, talvez o mestre estivesse apenas jogando tempo fora com aquela mulher. Mas, até agora, o sujeito tinha se mantido firme, agarrando aquilo que não podia ter, e havia chegado ao ponto de levar a criatura para conhecer a avó!

“Como bem dizem, case-se com uma mulher virtuosa. Se o mestre insistir em ficar com essa mulher estúpida, um dia, mais cedo ou mais tarde, ele terá que pagar o preço.”

Enquanto pensava naquilo, ficou cada vez mais carregado de medo. Quando não conseguiu mais segurar aquelas emoções, tentou aconselhar: 

— Mestre, você talvez não vá gostar do que vai ouvir, mas, mesmo que esse subordinado tenha que arriscar a própria vida, preciso alertá-lo para ser cuidadoso desde já. A velha madame não é só a sua parente mais próxima, mas também as palavras dela possuem a autoridade máxima da casa Si. Se ela ficar ofendida, as consequências serão enormes.

Se a srta. Ye continuasse apenas a ser mantida em segredo no Jardim Jin, estaria tudo bem, mas já que você está levando-a pessoalmente para conhecer a sua família, é como dizer a todos que há a possibilidade dela se tornar uma das candidatas a esposa chefe da família Si no futuro. E com a personalidade dela, isso é meio…

Era tarde demais para o secretário continuar falando. Do assento traseiro, uma voz sem qualquer traço de emoções trouxe um incrível senso de opressão ao se pronunciar.

— Quem disse que essa era uma possibilidade?

Xu Yi ficou surpreso com a abrupta interrupção e um frio desceu pela sua espinha, o fazendo ficar em silêncio. No segundo seguinte, aquela voz voltou a falar ainda mais sombria. Foram apenas duas palavras: — A única. 

A única candidata.

Quando o silêncio reinou, a sua mente entrou totalmente em colapso. 

Originalmente, queria abrir a sua boca e retrucar, mas, com a pressão do olhar feroz sobre o seu corpo, não ousou reproduzir nenhum som. A única coisa que podia fazer era apertar o volante com força enquanto esperava pela sua morte. A atmosfera do carro parecia ter congelado. 

Quando o indivíduo estava se preparando para o pior, sons de passos foram ouvidos não muito longe dali. Ao erguer os seus olhos vermelhos na direção das pisadas, pôde ver uma garota vestida com o uniforme da Qing He caminhando até eles pela parte de trás do veículo.

A garota não estava usando qualquer maquiagem e carregava uma mochila escolar azul no ombro. O seu cabelo longo e negro estava preso em um rabo de cavalo. 

Vestia a blusa azul e branca do colégio junto com o conjunto de casaco de mangas longas e calças folgadas que tinham um design meio estranho, sem qualquer senso de moda. Porém, a sua pele lisa como jade tornava tudo mais vibrante e vívido.

Aquela roupa não era como os vestidos chiques e esquisitos que as jovens senhoritas renomadas estavam acostumadas, mas, em vez disso, ela era como uma jovem bastante brilhante e animada que carregava uma aura pura — tão limpa quanto o fluir das águas. A visão do seu corpo era o suficiente para fazer as pessoas se tornarem mais alegres com um simples olhar.

Depois de reconhecê-la, Xu Yi mal pode acreditar no que estava vendo.

“Essa… essa… é a Ye Wanwan!”



Comentários