Super Gene Chinesa

Tradução: Pumpkin

Revisão: Barão


Volume 2

Capítulo 164: Animal de Estimação de Linhagem Sagrada

Han Sen rastreou silenciosamente a gangue e viu que eles montaram uma tenda e fizeram uma fogueira.

Gu foi amarrado e Han Sen não encontrou nenhuma oportunidade boa para resgatá-lo.

Quando a gangue do Filho do Céu estava prestes a terminar de comer, Han Sen pensou que se Gu fosse torturado de novo, o cara grande provavelmente seria inútil mesmo se fosse resgatado

Depois de ter uma ideia, Han Sen invocou Meowth e ordenou que fosse para o outro lado do acampamento e rugisse para a gangue.

— Uma criatura!

— É uma de Linhagem Sagrada!

— Não deixe fugir!

— Knife e Careca ficam, vamos caçar essa Criatura de Linhagem Sagrada. — Filho do Céu ordenou, deixando dois caras observando o acampamento e Gu, enquanto o resto perseguia o Gato de Três Olhos de Linhagem Sagrada com os outros.

Correndo, Filho do Céu instruiu: — Se espalhem e cerquem. Está escuro, não podemos ir longe.

Depois de ver a gangue perseguindo Meowth, Han Sen invocou as asas e se metamorfoseou no Assassino Sanguinário, voando em direção ao acampamento na escuridão.

— Careca, tem alguém vindo! Quando Han Sen estava a dez metros do acampamento, Knife gritou.

Careca invocou rapidamente uma Lança de Alma de Besta Mutante e observou Han Sen de perto. Knife também invocou seu par de adagas.

Han Sen ficou na frente deles num piscar de olhos. Depois de empunhar a Katana Asura, Han Sen golpeou o Careca.

Esse ataque de cima era rápido e poderoso, mas Careca levantou a lança com as duas mãos e tentou  bloquear.

A Katana Asura cortou profundamente a lança, fazendo com que as pernas de Carecas afundassem na areia pela força aterrorizante de Han Sen.

Quando Careca pensou que tinha repelido o ataque, sua lança quebrou.

Careca queria voltar, mas suas pernas ainda estavam na areia e não tinha como correr. Outro ataque da katana cortou Careca ao meio.

Ding! Ding!

Duas adagas foram jogadas em Han Sen e se cravaram impiedosamente nas aberturas da parte do cotovelo da armadura. Para matar Careca, Han Sen não teve tempo de se esquivar.

Felizmente, as duas adagas eram apenas Almas de Bestas Mutantes. Embora fossem rápidas o suficiente, ainda assim não penetraram muito. Caso contrário, Han Sen teria ficado sem os movimentos do braço.

Depois de matar Careca, Han Sen se virou para lidar com Knife que imediatamente começou a correr numa velocidade incrível, não deixando chance para Han Sen se aproximar dele.

Ao gritar enquanto corria, Knife conseguiu alertar Filho do Céu e os outros da gangue.

Han Sen não o perseguiu, ele levantou Gu, que estava amarrado, e correu com todos os quatro cascos do Assassino Sanguinário.

— Dólar, seu filho da puta! Se você é homem, lute comigo cara-a-cara. — Filho do Céu xingou atrás dele.

— Acho que você quer dizer uma gangue contra um. — Han Sen disse cheio de desdém, correndo a toda velocidade.

A gangue pensava que levantar um homem grande como Gu devia retardar Han Sen e eles eventualmente conseguiriam alcançar. Mas, subitamente, um tigre preto de três olhos apareceu ao lado de Han Sen, e ele simplesmente colocou Gu nas costas do tigre. O Assassino Sanguinário e o tigre desapareceram da visão deles num instante.

— Por que essa criatura de Linhagem Sagrada ajudou o Dólar? Os membros da gangue ficaram confusos.

Filho do Céu finalmente entendeu: — Merda, não é uma Criatura de Linhagem Sagrada. É uma Alma de Besta de Linhagem Sagrada! Esse filho da puta alimentou um Animal de Estimação de Linhagem Sagrada!

Todos ficaram chocados. Um Animal de Estimação de Linhagem Sagrada deve ter custado muita carne de genes avançados para se transformar.

A gangue desistiu depois de perseguir por um tempo. Na realidade, eles perderam a confiança quando descobriram que o tigre era um Animal de Estimação de Linhagem Sagrada.

— Como ele transformou um Animal de Estimação de Linhagem Sagrada? Ele usou carne de Criatura de Linhagem Sagrada para alimentar o animal? — Todos ficaram chocados que Dólar transformou um Animal de Estimação de Linhagem Sagrada, o que implica um grande poder dele.

Han Sen correu por um tempo e desativou a metamorfose depois de despistar a gangue. Ele colocou Gu no chão e desamarrou as cordas.

— Dólar? — Gu reconheceu.

— Cara, quando você acha que a sua vida vale? — Han Sen perguntou.

Gu ficou surpreso de repente: — Você também quer a minha Marreta de Linhagem Sagrada?

— Não necessariamente essa Alma de Besta, mas eu te salvei. Você não quer dizer que eu tomei riscos por nada, né? — Han Sen disse.

Gu não falou e lançou um olhar estranho para Han Sen.

— E agora você não tem nada além de ferimentos. Você consegue sair do Deserto Sobrenatural sozinho em segurança? Se me pegar bem, posso te levar de volta ao abrigo. — Han Sen continuou.

— Por que eu deveria acreditar em você? — Gu perguntou.

— Você tem outra escolha? — Han Sen riu.

— Com exceção da Marreta de Linhagem Sagrada, você pode escolher qualquer outra Alma de Besta que eu tenho. Mas tem que me levar de volta ao abrigo primeiro. — Gu disse, enquanto limpava o sangue no rosto.

— Parceiro Gu, certo? — Han Sen olhou para Gu.

— Pode me chamar de Gu Ming, ou o que preferir. Não quero ouvir ninguém me chamando de parceiro Gu de novo. — Gu Ming rangeu os dentes com raiva.

Han Sen sorriu: — Ok, você agora tem duas opções. Uma é sair sozinho e a outra é pagar adiantado. Não tem outras opções. Eu não sou o Filho do Céu e mantenho minhas promessas. Se me pagar duas Almas de Bestas Mutantes, prometo te levar de volto ao Abrigo vivo.

Gu Ming olhou para Han Sen de baixo para cima e invocou várias Almas de Bestas. — O inimigo do meu inimigo é meu amigo. Eu sei que você e Filho do Céu são inimigos, então acredito em você. Aqui estão todas as minhas Almas de Bestas Mutantes. Pode escolher.

Han Sen olhou para elas e apontou duas vezes: — Essa é a minha recompensa por te salvar, e essa é o preço por te levar de volta ao abrigo.

 

 



Comentários