Setes Japonesa

Tradução: Batata Yacon

Revisão: Delongas


Volume 12

Capítulo 7: O Plano de Max


『Há algumas razões porque algumas pessoas podem conspirar para guerra.』

Dentro da Joia.

O Quarto preparara um quadro negro, e começou a me explicar. Até agora, eu só havia experimentado guerras de verdade, enquanto quando se tratava de conspirações, ou guerras por um livro de regras, eu realmente não tinha um entendimento muito profundo.

Então em resposta à minha deficiência, ele estava explicando, mas...

『Para simplificar, querem guerra. Ou precisam tê-la a todo custo, mas realmente não querem o território da outra parte. Bem, em várias terras, você encontrará várias razões, e de qualquer modo, estiveram lutando por um tempo.』

— ... Então precisamos eliminar essa razão? Mas ambos os lados estavam mostrando motivação considerável.

Não parecia que todos estavam conspirando para lutarem entre si. De qualquer jeito, a zona de guerra na fronteira deve estar passando por dificuldades, certo?

Nisso, o Terceiro me falou:

『Bem, mesmo a razão sendo diferente em todo lugar, todos têm suas circunstâncias. Mas se estão lutando muito frequentemente, então não é por controle populacional?』

A população que um território podia suportar tinha seus limites. Espaço era limitado. Mesmo se você abrisse caminhos para aumentar a população sustentável, isso eventualmente chegaria aos seus limites.

Nesse caso, você não teria escolha senão tomar terras. Mas tomar mais terras também significaria ter mais terras a governar.

— Então qual poderia ser o objetivo deles?

Quando inclinei minha cabeça, o Quinto relutantemente respondeu.

『Isso é o que você terá que investigar. Bem, pelo que vi mais ou menos, Galleria é bem fácil de se invadir. Naquelas terras, os Senhores Feudais em volta são os manda-chuvas, e você também pode chamar aquilo de um amontoado de pequenos países. Mesmo se você subornasse um, duvido que alguma reclamação apareceria.』

Eu falei ansiosamente:

— Isso é verdade, mas... eu estou realmente capacitado para serviço governamental?

A fim de aliviar minha ansiedade, o Sétimo sorriu:

『Não se apoquente, Lyle. Você ainda é jovem, e tem resultados para mostrar. Até parece que existe um Senhor ou país que não o desejaria.』

Em resposta a ele, a Milleia-san das laterais:

『Bem, é frequente o caso em que pessoas capazes demais são odiadas. Não é como se fosse você aquele que precisa obter a posição.』

— … Eh?

Diante da minha surpresa, o Quarto assentiu:

『Isso não é óbvio? Entrar no governo de ambos os países é impossível. Se você fizesse isso, então eu o teria executado se estivesse no comando.』

Ele escreveu os nomes Galleria e Rusworth no quadro, e começou a escrever os das minhas companheiras, começando com a Novem, abaixo deles.

『Então quem nós posicionaremos onde? Que tal decidirmos isso. Neste caso, você terá que agir como apoio, Lyle.』

— Se minhas companheiras atuarem como oficiais, isso não seria como se meu grupo estivesse servindo a dois Senhores? Sinto que isso é meio irracional.

O Quinto parecia tão desinteressado como sempre.

『Isso está tudo bem. Não é como se elas fossem estar a serviço para sempre. É para atrair esses dois países em uma aliança com Zayin e Lorphys. Depois disso, você pode lidar com os países em volta diplomaticamente e blá blá blá.』

O Quarto explicava seu plano animadamente.

『Primeiro, você precisa se infiltrar em ambos os lados. Obtenha algumas conquistas lá... mas desta vez, não deve tentar conquistas no campo de batalha.』

Me vendo escutar seriamente, o Quarto pareceu deleitado.

『Você principalmente fará com que trabalhem em situações internas. Primeiro, terá que quebrar o balanço entre eles. Nesse caso, as partes impacientes não terão escolha senão quebrar os impasses. Nesse momento, você terá que enviar pessoas.』

Escutando a explicação dele...

— Mas assuntos domésticos levarão tempo. Mesmo se nos infiltrarmos com sucesso, nós não ficaremos presos no lugar por anos, senão décadas?

Em resposta à minha opinião, o Quarto sacudiu sua cabeça:

『Nós não temos esse tempo. É por isso que usaremos aquelas cartes de introdução desta vez. Se usar as cartas de introdução de Zayin, Lorphys e Beim, você poderá obter rápidos resultados ao se infiltrar. Bem, pelo que vi, será Galleria.』

O outro lado pode se virar contra nós se melhorarmos a situação doméstica de um lado. Eu estava curioso para saber se isso realmente funcionaria bem, mas nós possuíamos uma carta trunfo própria.

Milleia-san bateu suas palmas, e se levantou de sua cadeira.

『Maravilhoso! O próprio fato de que receberam cooperação de um grupo com laços a Zayin, Lorphys e Beim os colocará em apuros. É claro que entrarão em pânico. Pareceria que o outro lado finalmente estaria vindo para esmagá-los para valer!』

O Quarto estava se divertindo bastante.

『Exato! Se entrarem em pânico, a oportunidade para fazer uso deles irá se expandir. Para este fim, precisamos de informação. Com informação como base, despacharemos as pessoas perfeitas para ambos os lados. Se por fora não dá, então os esmagamos por dentro.』

Me pergunto por quê... por alguma razão, eu sentia pena dos países que entravam na mira do Quarto.

Foi nesse momento. Como se relembrando algo, Milleia-san de repente falou:

『Oh, é mesmo. Lyle-kun, já faz um tempo, então por que não visita o LYLE-kun? Ele pode estar se sentindo sozinho.』

Encarando ela de modo repreensivo:

— ... Aquele cara fica solitário? E espera aí, eu realmente não quero falar com ele.

『Não seja egoísta. Olha, vamos lá.』

Ela puxou minha mão, e me puxou para o meu próprio quarto de memórias.

『Eu estava solitáaaaaaariooo, Milleiaaaa-saaan!!』

Quando entramos no quarto, LYLE deu um salto na Milleia-san.

Ele casualmente mirou em seus seios, e suas mãos faziam movimentos indecentes. Apesar de sua forma ser aquela de uma criança, isso ainda deveria estar fora de questão.

『Minha nossa, desculpe-me por isso.』

Um leve paf ecoou enquanto a Milleia-san descia um corte de mão em sua cabeça. Caindo no chão e se contorcendo um pouco, LYLE cambaleou até ficar de pé.

『.. V-você não precisava ficar tão envergonhada. Seguindo como a Novem, eu lhe outorgo o título de Fortaleza de Ferro.』

『Oh, que maravilhoso. De qualquer jeito, hoje você explicará mais coisas.』

O local era onde eu uma vez havia vivido.

LYLE preparou cadeiras para mim e Milleia, antes de sentar-se na cama.

『Então do que devo falar... da última vez eu pedi para você devolver meu corpo, mas você não fará isso, fará?』

— Dá-lo a você não irá acontecer, ainda mais, já somos pessoas diferentes, não somos? Eu realmente não gostaria de minha pessoa não ser quem sou.

Ouvindo minhas palavras, ele murmurou: “que cruel”. Mas parecia um pouco feliz.

『Bem, se você acha que pode derrotar a Celes em seu estado atual, então que seja.』

Essas palavras, essa confiança... eu o perguntei:

— Se fosse você, conseguiria derrotar a Celes?

Eu estava um pouco relutante em perguntar tal coisa, mas não podia seguir em frente sem o fazer. Milleia-san olhava para mim como se quisesse dizer algo, mas no final, permaneceu em silêncio.

LYLE falou, completamente transbordante de confiança:

『Eu não perderia. Mas acho que também não venceria. Atualmente, talvez seja isso que meu cem por cento lhe daria. Digo, a Celes tomou o que pôde de mim. Bem, eu sou o primeiro gênio a nascer na Casa Walt, e um genuíno menino prodígio, então era inevitável ela ficar com inveja de mim.』

Enquanto ele oferecia uma resposta questionável, me arrependi de ter feito essa pergunta tão sinceramente.

Milleia-san estava dando risinhos.

Eu soltei um suspiro:

— Ao contrário, você poderia devolver minhas memórias?

LYLE ofereceu um sorriso destemido.

『Oh, não sei. Ou melhor, se você não vai devolver o corpo, gostaria de pensar que não temos relação nenhuma.』

Quando tentei me levantar da minha cadeira, LYLE encerrou a distância entre nós em um instante, tocando minha testa com a ponta de seu indicador.

『Se você quiser lutar comigo, aconselho que pare. Digo, mesmo que eu tenha sido roubado, ainda me lembro como mover meu corpo. Você não será capaz de me derrotar.』

Mesmo que ele não estivesse no nível da Celes, eu não sentia que podia derrotar a existência diante de meus olhos. Quando minha expressão se tornou um lamento, LYLE vagou até a Milleia-san...

『Milleia-san… me abraça.』

『Isso foi terrível. Tente de novo com um coração mais puro.』

『Eu meramente sou honesto aos meus desejos, e meu coração é puro como a neve. Então por favor me abraça! Eu quero usar esses seios como travesseiro!』

Pensando que esse cara era horrível, segui para a próxima questão:

— O que eu preciso fazer para você devolver minhas memórias seladas?

LYLE se virou para mim:

『... Memórias, não é? Bem, seas quiser de volta, então que tal uma partida?』

— Partida?

『Você e eu lutando seria impossível. Não seria sequer uma partida. Então... convide todas aquelas suas amantes para a Joia. Todas elas. E então haverá a partida. O conteúdo é um segredo. Mas se não o fizer, eu definitivamente nunca entregarei suas memórias, e se a chance se apresentar, eu tomarei o seu corpo.』

Eu pensei:

— Por que eu preciso apresentar todo mundo para um pirralho tarado como você... bastardo?!

Quando notei, LYLE tinha se transportado para cima da cama, e feito uma pose.

『Como se houvesse qualquer dúvida! É porque eu quero apalpar tudo dos peitos e bundas delas! Agora, pelo bem de suas memórias, apresente suas amantes para mim!』

Eu instantaneamente:

— De jeito nenhum que eu vou trazer elas aqui algum dia, idiota!

A casa afastada reconstruída havia ficado consideravelmente maior.

Ao seu lado, um estábulo para o Portador tinha sido feito, e parecia a reprodução em larga escala de uma casa de cachorro. Isso me fazia temer um pouco o amor da Mônica pelo Portador.

Naquele lugar que eu havia feito de base, o Portador de larga escala havia chegado, carregado com Valquírias.

De lá, Rauno-san também tinha desembarcado com uma expressão cansada.

— Você é duro demais com seus funcionários. Qual o significado desse pedido de trabalho assim que eu voltei? Além do mais, o nível de dificuldade é alto demais.

Uma barbicha não feita e uma cabeça de cabelos desgrenhados. Ele estava bastante justificado em suas reclamações.

— Estamos com um pouco de pressa. Então como estavam as terras além da Fortaleza Redant... Bahnseim?

Diante da minha questão, ele soltou um suspiro:

— O que uma vez foi nosso país vizinho oficialmente entrou sob governo de Bahnseim. A pessoa ocupando o lugar é um general de Centralle, atendendo pelo nome de 【Blois Cadel】. E ele não está com as elites de Centralle, mas com alguns soldados reunidos das províncias... parece que ele está governando tranquilamente.

Um general de Centralle foi enviado da capital para alguma região remota. Pensando sobre isso normalmente, isso era...

『Ele foi rebaixado? Mesmo assim, se estabeleceu um governo estável, não podemos ser negligentes com ele.』

O Sétimo estava cauteloso.

Eu me perguntava se precisávamos nos preocupar tanto assim com ele, mas o Rauno-san disse algo questionável.

— Eu não sei se ele é capaz. Se foi enviado para a fronteira, talvez seja isso para ele, mas não quero pensar que um homem que ascendeu a general pode ser incompetente. Eu sinto pena daqueles abaixo dele.

Ele ofereceu um pouco de suas opiniões pessoais, me fazendo pensar que algo havia acontecido em seu passado.

— Eles não irão se mover por enquanto, irão?

— Eu voto que não. As baixas dos monstros subiram, e ele está lidando com isso enquanto governa o território. Pensei que eles dependeriam de Beim, mas parece mais que estão mantendo alguma distância de lá. Eu queria investigar um pouco mais, mas meu solicitante por acaso teve uma repentina mudança de objetivo.

Ele cuspiu sarcasmo, mas presentemente, esta área era a prioridade.

Os países de Galleria e Rusworth; eu tinha que colocá-los do nosso lado a todo custo.

— Peço desculpa por forçá-lo. Eu quero terminar as coisas aqui rapidamente.

Rauno-san olhou para mim.

— Não, eu valorizo clientes que são bons em pagar suas contas. Eu até vou jogar um extra.

— O quê?

— Uma porção de Beim — a porção que você fez perder lucros para ser preciso — começou a se mover. A Casa Trēs está esperando e assistindo, e é possível que tomem suas próprias ações no futuro. Você é o irmão mais velho daquela futura Rainha de Bahnseim, certo? Os maiorais de Beim podem acabar te cortando por isso.

Ouvindo isso, eu fiquei quieto.

A razão disso sendo...

『Oh, as coisas estão indo muito bem então. Tudo depende de como Beim irá se mover daqui em diante, todavia. Se o Fidel-kun estiver apenas assistindo e esperando, então atiçá-lo teve um efeito, talvez?』

『Já obtivemos o dinheiro e equipamento, então só tenho minha máxima gratidão a ele por ter ido tão longe por nós!』

『Bem, é normal eles nos cortarem. Agora quanto nós podemos espremer deles antes de fazerem isso... de qualquer jeito, eles não estão seguindo a pior rota para nós, então está dentro de nossas expectativas.』

『Os mercadores da morte e a Guilda precisam sofrer um pouco de vez em quando. É claro, é melhor eles esperarem que Beim sobreviva.』

『Ah, já que estamos nisso, por que não preparar uma nova cidade? Pelo bem do futuro, vamos destruir a atual Beim. Nós precisamos lascar o território deles, e colocar algumas restrições no funcionamento da cidade.』

... Que o interior da Joia estava se divertindo. Esses caras agiram sabendo muito bem que nós seríamos expulsos. Que terríveis.

Desde o começo, para nós... não, para os ancestrais, a pior rota que Beim poderia tomar seria a de “oferecer tudo o que tem para me apoiar”.

Se fizessem uma coisa dessas, as coisas ficariam extremamente problemáticas. Reconhecerem precisamente a ameaça da Celes e me apoiarem com tudo o que tinham era a pior situação possível.

Se eles providenciassem tal suporte, mesmo se eu vencesse, não seria capaz de me opor muito fortemente à cidade. Seu eu o fizesse, precisaria me preparar para uma forte oposição.

Então para os ancestrais, esse resultado estava de acordo com as expectativas.

O Terceiro falou:

『Pois bem, vamos deixar o assunto de Beim no aguardo por um tempo e nos focarmos em Galleria e Rusworth por enquanto. Se obtivermos ambos os países do nosso lado, numericamente, seremos capazes de movermos mais algumas centenas de milhares de tropas. Não era o bastante para enfrentar Bahnseim, mas é importante você ter forças à disposição.』

Caso se tratasse de enfrentar Bahnseim, eu duvidava que eles realmente ofereceriam ajuda, mas tenho certeza que essas pessoas pensarão em um método de arrastá-los para isso.

Enquanto ponderava sobre o quão confiáveis eles eram, eu não queria continuar a ser mimado por eles.

— Qual o problema?

Rauno-san olhou para o meu rosto com preocupação.

Eu dei um sorriso amargo:

— Estou bem. Bem, mesmo se eles me expulsarem, as coisas darão certo de um jeito ou de outro.

Nisso, ele coçou sua cabeça.

— ... Oh, tenho certeza que irão.

Ele respondeu.


 

Chefe de Terceira Geração (´∀`): — O padrão que menos queríamos era...

Chefe de Quarta Geração ([email protected]∀@): — Que Beim nos desse seu suporte completo!

Chefe de Quinta Geração ( ゜д゜): — Se fizessem isso...

Chefe de Sétima Geração (・д・): — As coisas realmente seriam problemáticas. Isso daria a possibilidade do Lyle se tornar uma marionete.

Milleia ヽ(*´∀`)ノ: — Então derramamos lágrimas enquanto atiçávamos os arredores(lol). Realmente não tinha outro jeito, eu digo (lol).

 

 

 

 

LYLE|∀・).。oO(Não sejam enganados, todos eles estão gostando tanto disso quanto eu gosto de assediar sexualmente a Milleia-san.)

 

 

Lyle (; ・`ω・´): — Vocês são todos horríveis!


Ei, se estiverem gostando do projeto e desejarem ajudar um pouco, vocês podem fazer isso acessando o link abaixo, solucionando o Captcha e aguardando dez segundos para ir à página de agradecimentos.

Podem acessar por aqui.

Ou Aqui.



Comentários