DDf – Volume 1, Capítulo 5.6 – O circo mais extravagante


Lorde Demônio mais fraco, 71º rank, Dantalian, Calendário Imperial: 20/08/1505, Niflheim, Palácio do Governador.

A adaga perfurou facilmente o pescoço do velho goblin.

A lâmina havia perfurado através de seu pescoço fino e atravessado até sair pelo outro lado

O pequeno corpo do goblin caiu sobre o chão com um baque.

Quietude recobriu o salão.

Sangue vermelho escorria pelo recinto.

“Ah……?”

Paimon estava.

“Ah……aah……?”

Paimon estava apenas encarando o corpo do goblin.

Ele era o mercador em que Paimon havia confiado sem uma dúvida sequer. Estava claro que estes dois já se conheciam por um longo tempo, por tempo realmente muito longo.

Pergunto-me se os joelhos dela perderam a força, já que Paimon havia caído no chão. O sangue vazando do pescoço do goblin havia formado uma poça e as bordas do vestido de Paimon haviam se encharcado com o líquido carmesim.

“Aah……ah, aaah…….”

Como um CD riscado, ela emitia apenas pequenos gemidos repetitivamente.

Era um fim que há 30 minutos ela definitivamente não poderia ter previsto. Paimon podia até estar só grunhindo, mas eu conseguia distinguir e entender as emoções que se passavam em seu coração.

É por isso que eu tinha a avisado.

Para não cruzar o Rubicão e nos reconciliarmos com uma taça de vinho ao invés disso. Mas, sem conseguir entender nada, Paimon havia brindado com um cálice cheio de veneno. Provavelmente isso era o que se definia como tragédia.

Eu murmurei em uma voz que só eu conseguiria ouvir.

“Acabou com o clima…….”

Você realmente causou um belo de um caos, seu goblin filho da puta.

Inicialmente, eu planejava dirigir uma peça de comédia. Ivar Lodbrok e Paimon deveriam ficar tentando culpar um ao outro. Eles iriam se comportar desse jeito degradante e continuar jogando a responsabilidade de um lado para o outro até que a conferência acabasse.

No fim, eventualmente um dos lados iria ter sua honra ferida e cairia. Este era o enredo que eu havia escrito. As pessoas aplaudiriam de pé e incansavelmente este grande espetáculo circense em que um leão e um tigre lutavam entre si. Entretanto, este goblin idoso era uma incógnita que não tinha como eu ter previsto…….

Espontaneamente Torukel havia tomado para si todos os erros de Paimon e Ivar Lodbrok, e os levou para a morte junto a ele. O mal-entendido de Paimon foi causado pela enganação de Torukel e a desculpa de Ivar Lodbrok foi justificada pela adulação de Torukel.

Os dois eram vítimas. O goblin era o culpado. Exceto que, nenhuma palavra viria de um cadáver. O dia em que a verdade virá à tona nunca chegará.

Eu sinceramente respeito e ofereço meus cumprimentos a sua determinação, goblin.

Ivar Lodbrok e Paimon se opuseram a mim sem terem uma mentalidade decente. Eles não colocaram suas vidas em jogo. Mas você foi diferente. Você veio com tudo o que tinha. Diferentemente daqueles dois, você não se esqueceu da boa educação e da etiqueta.

Isso foi esplêndido.

Eu devo admitir isto. Pessoas como você eram mais do que qualificadas para interferir com a minha vida de conforto.

“——Prosseguiremos para a votação da audiência, ela será feita com a contagem de mãos levantadas.”

Marbas falou.

A única testemunha havia cometido suicídio e Paimon havia perdido sua vontade de lutar. Ele deve ter concluído que não tinha mais motivos para continuar com o julgamento.

“O primeiro assunto é o caso do assassinato. O evento em que Lorde Demônio de 72º rank Andromalius foi assassinado pelo Lorde Demônio de 71º rank Dantalian. A acusadora demandou 100.000 libras de Dantalian como represália pelo assassinato de Andromalius, e também requereu que Dantalian fosse trancafiado na Prisão Congelada por 15 anos.”

Marbas olhou ao redor do recinto.

“Aqueles que acharem que Dantalian é culpado levantem sua mão direita, aqueles que pensarem que ele é inocente levantem sua mão esquerda, aqueles que desejarem se abster da votação não devem mover suas mãos. As duas pessoas envolvidas diretamente e eu que assumi o papel de mediador, não temos direito de voto.”

As pessoas levantaram seus braços imediatamente após Marbas ter finalizado sua explicação. Dentre os 29 Lordes Demônios, nove pessoas levantaram a mão direta sinalizando ‘culpado’.

19 Lordes votaram em ‘inocente’.

Marbas assentiu.

“Eu declaro que Dantalian é inocente quanto à primeira ocorrência.”

Excluindo os seguidores de Paimon, praticamente todos os outros Lordes Demônios votaram ‘inocente’. Honestamente, foi uma vitória esmagadora. E ainda assim, o gosto que ela deixou na minha boca era amargo. Isto se deve ao nobre sacrifício daquele velho goblin. Eu não me senti tão animado quanto antes…….

“O segundo assunto é o caso da Peste Negra. A acusadora afirmou que Dantalian foi o verdadeiro culpado por ter espalhado a praga. Aqueles que pensarem que isto é verdadeiro levantem sua mão esquerda, aqueles que julgarem como falso, sua mão direita.”

As pessoas que votaram ‘culpado’ foram os mesmos nove indivíduos.

Quinze pessoas levantaram a mão direita, votando pela minha inocência.

“Já que a quantidade de votos atingiu a maioria, eu declaro que Dantalian é inocente quanto à segunda ocorrência. Portanto, em nome do 5º rank, o Lorde Demônio responsável pela nobreza, Eu, Marbas, afirmo que você, Dantalian, é livre de todas as acusações. Vocês que possuem qualquer tipo de objeção a este veredito, tenham em mente que vocês desafiarão a minha honra.”

Aplausos ressoaram vindos de um dos Lordes Demônios. A responsável foi Barbatos novamente. Ela estava até mesmo assoviando enquanto comemorava o veredito.

“Hahaha! Bem feito, sua puta! Desde que você começou a empinar o nariz pensando que você era toda poderosa, eu comecei a esperar uma oportunidade para ver alguém esmurrar esse seu nariz! Vendo que as coisas acabaram assim, por que você não passa um ‘tempo’ com esse goblin!? Vocês dois serão um par perfeito na cama!” [1]

……Apesar da direção que a celebração estava tomando ser horrendamente vulgar.

Agora Paimon, com olhos desfocados, estava inerte encarando o cadáver de Torukel. Conseguir rir tão abertamente de uma mulher neste estado, os neurônios dela não eram normais, mas sim imensamente brutais. Era impressionante por outro motivo. Eu tive certeza de que se eu quisesse manter uma vida pacífica, então seria uma boa ideia não me envolver com a Barbatos.

E o seu peito era reto.

Seus seios eram retos quantos as planícies siberianas—.

Isso era tão importante que eu enfatizei duas vezes.

Se você fosse uma pessoa lógica e refinada então era óbvio preferir maturidade a imaturidade, abundância a carência. Amigos, complexo por lolis[1] é uma doença mental. Eu espero que você consiga ir para o hospital psiquiátrico mais próximo e faça um checape de suicídio.

“Agora nós discutiremos a punição de Paimon. Dantalian. Apesar de sua inocência, Paimon tentou te acusar. Um indivíduo deve pagar o preço por suas falhas. Sugira o que você pensar ser o nível mais adequado de punição.”

“Uma penalidade, huh…….”

Eu olhei para o chão.

No passado, disputas judiciais tinham um significado semelhante ao de um duelo. Colocando suas honras em jogos, os dois adversários se enfrentavam para decidir quem era culpado e quem era inocente. Se o acusador perdesse, então ele receberia a própria punição que ele havia decidido para o réu. Isso significava que se você quisesse acabar com alguém, então você deveria cavar a sua própria cova antes. Este era um legado brutal do período medieval.

Nesta situação, Paimon teria que pagar a taxa de 100.000 libras e ser trancafiada por 15 anos na prisão. Mais uma vez, eu entendi que tipo de determinação severa Paimon estava carregando quando subiu ao palco nesta audiência. Era isso então. Podia até não ter sido tanto quanto o goblin, mas Paimon também há seu próprio modo, tinha se preparado para lidar com as responsabilidades…….

Então, subitamente, uma caixa de diálogo apareceu a minha frente.

 

[1. Perdoar Paimon.] .
[2. Repreender Paimon.]

 

Já que essa janela de opções apareceu, isso significava que esta escolha era crucial.

Assim como ter escolhido assassinar Andromalius, isto seria algo que mudaria drasticamente o direcionamento do mundo.

Marbas me pressionou em voz baixa.

“Dantalian.”

“…….”

Eu olhei para o cadáver do goblin.

Torukel. Você não deixou um testamento. Mas o que você queria dizer foi comunicado com clareza. Não importa como, não deixe que Ivar Lodbrok ou Paimon sejam prejudicados. Estas eram muito provavelmente as suas últimas palavras que você não conseguiu pronunciar por conta própria. Esta parte da vida é o que chamam de ‘tristeza’.

Como um meio de expressar meus pêsames a você, as suas últimas palavras, eu as respeitarei.

“Tudo bem.”

“Perdão?”

“Eu disse que está tudo bem, ilustríssimo Marbas.”

Eu levantei a minha cabeça e olhei para Marbas.

Eu tinha um sorriso fraco nos lábios. Era para expor um semblante cansado. Bem, já fazia um bom tempo desde a última vez que usei o meu cérebro tanto assim, então eu realmente estava um pouco cansado.

“Mesmo que eu estivesse sofrendo falsas acusações e estivesse sendo caluniado, Sua Alteza Paimon também estava em uma posição complicada, tendo sido usada e envolvida em um esquema, não é mesmo? Como já foi provado a todos aqui, o verdadeiro culpado por todos estes incidentes foi aquele goblin no chão logo ali. Ele foi um vilão inigualável. Entretanto, já que ele está morto, não há motivos para fazer com que outra pessoa tome as responsabilidades.”

“Em outras palavras…… você está dizendo que não exigirá uma punição?”

“Sim, Vossa Excelência. Como um indivíduo envolvido diretamente com a audiência, e como alguém que sobreviveu ao tribunal conquistando a vitória, com meus legítimos direitos eu requisitarei isto. 71º Rank, Lorde Demônio Sem Título Dantalian requisita por meio deste, para que Sua Alteza Paimon não seja punida de qualquer maneira cogitável devido a este incidente.”

Eu dei um sorriso irônico.

“Em primeiro lugar, esta é a sagrada Noite de Walpurgis. Este não é um lugar para palavras vulgares como punições ou penalidades serem proferidas por todos os cantos.”

As pessoas ao meu redor se tumultuaram. Eles provavelmente não imaginavam que a pessoa que foi acusada sairia do julgamento sendo tão agradável. Todos eles tinham a mesma expressão de surpresa. Ao contrário deles, já que eu mesmo vi o goblin cometendo suicídio, eu não poderia estar mais calmo.

Eu não queria me tornar o tipo de pessoa que ficava falando o tempo todo sobre ‘reconhecimento’ e ‘respeito’ para todos os lados. Eu pensei em reconhecer o goblin Torukel. Eu decidi respeitar seus desejos finais. Então eu precisava mostrar isto através de minhas atitudes.

Perdoar Paimon aqui era, sem dúvidas, uma decisão perigosa politicamente. No mundo político, só pelo mero fato de vocês serem inimigos a outra pessoa poderia continuar praticando hostilidades. Hoje, deixando de lado a verdade, o relacionamento entre Paimon e eu claramente havia se tornado o de ‘inimigos’. Mudar esta relação para a de outro tipo provavelmente demandaria uma quantidade considerável de trabalho cansativo. Podia até mesmo ser impossível.

Isto era o que respeito significava.

Proteger as palavras do outro mesmo que isso significasse que você iria ter que sair prejudicado.

Eu estava confiante que eu não me sentiria aflito mesmo que eu enfrentasse a dificuldade de respeitar alguém.

Se eu usasse o julgamento da minha segunda irmãzinha como base, então eu possuiria um cérebro diabólico.

Se eu usasse o meu próprio julgamento como base, então eu era um aluno exemplar que era bem-educado e sabia etiqueta apropriada.

“Ilustríssimo Marbas. A única coisa que desejo esta noite, é uma mera taça de vinho com mel quente.”

 

[1. Perdoar Paimon.]
.
[2. Repreender Paimon.]

 

Assim que eu terminei de falar, a janela de escolhas se desmanchou.

E logo, a janela foi substituída por novas frases.

Cada letra foi desmantelada individualmente e rearranjada para formar novas palavras. Aquilo dava uma leve sensação prazerosa, como assistir peças de lego se montando por conta própria.

 

[Uma decisão gentil e piedosa!]
.
[O continente está impressionando com a sua magnanimidade.]
.
[Fama aumentada consideravelmente.]

 

 

As frases brilharam resplandecentes no ar.

As palavras se fragmentaram em partículas brilhosas. Então pouco depois, após flutuaram pelo ar como um amontoado de pétalas, elas silenciosamente desapareceram indo para algum lugar.

“…….”

Marbas estava me encarando. Seus olhos azuis faziam com que as pessoas se lembrassem de um oceano sereno. Eu não evitei Marbas e calmamente o fitei de volta.

“Pensar primeiro em seus deixando os ressentimentos em segundo plano. Falando parece fácil, mas as palavras tendem a serem mais difíceis de serem seguidas se são simples, e mais difíceis se são complexas. Não é algo que qualquer um consiga fazer. Além disto, a quantidade de pessoas que recusaria a oportunidade de descontar seus rancores pública e legitimamente, é uma preciosa minoria.”

Marbas bateu de leve no meu ombro. Sua confiança em mim foi transmitida pela sua mão.

“Você é mesmo excepcional, Dantalian. Como o anfitrião desta Noite de Walpurgis, eu gostaria de lhe oferecer os meus agradecimentos. Eu aguardo ansiosamente o dia em que você conseguirá se livrar de seus status de Lorde Demônio Sem Título e se tornar um monarca com um grande nome.”

 

 

[A afeição do Lorde Demônio Marbas subiu 9 pontos.]

 

 

Em vez de responder com palavras, eu abaixei minha cabeça.

Agora a pouco Marbas disse que não confiava em discursos alongados e complexos. Então ir além de só falar pouco e responder com silêncio seria adequado para seguir as crenças de Marbas. O Lorde de 5º rank pareceu ter entendido minha intenção. Ele assentiu e bateu em meu ombro mais uma vez.

“——Entretanto, mesmo que não haja uma punição oficial, seria irracional não oferecer nem mesmo uma palavra em desculpas. Paimon.”

Marbas virou-se para olhar Paimon. Ela ainda estava atordoada ao lado do cadáver do goblin. Ela estava como uma marionete que teve todas as suas cordas cortadas. O rosto de Marbas ao falar com ela transparecia dor.

“Peça desculpas a Dantalian agora.”

Paimon travou.

“……Des, culpas……?”

“Sim. Essa é uma responsabilidade com que você precisa lidar.”

“Mentiu…… Torukel…… men, tiu.”

Paimon moveu seu corpo para se levantar, mas falhou. Não havia força em seus joelhos, então ela simplesmente caiu de volta. Paimon levantou sua cabeça sem conseguir olhar direito para mim.

“Torukel…… traiu, esta senhorita?”

Eu assenti.

“Isto mesmo. Vossa Alteza.”

“Inocente……?”

“Sim. Eu não criei a Peste negra. Eu também não a espalhei propositalmente. Isto tudo foi um embuste criado por aquele mercador, Torukel.”

Paimon abaixou sua cabeça lentamente. Houve um momento de silêncio. Eu não possuía métodos para saber o que ela estava pensando. Pouco depois, com os ombros tremendo, ela murmurou com a voz baixa muito baixa.

“……cu……lpa…….”

De início, não conseguíamos entender o que ela disse. Como um rádio quebrado, suas palavras paravam e então voltavam ao início novamente. Isto se repetiu. O som de choro estava misturado como se fosse à estática. Contudo, Paimon repetiu as mesmas palavras de novo e de novo, até que finalmente nós pudemos escutá-la em alto som e claramente.

“Me…… descul, pa…….”

Eram palavras pedindo desculpas.

Uma piscina de sangue havia se formado no chão aonde Paimon tinha desfalecido. Algo estava caindo ali. Eram as lágrimas de Paimon. Cada vez que uma lágrima colidia contra a poça carmesim, assim como pedras caindo em um lago, ondas gentis com formatos anelares se espalhavam.

“Me desculpa…….”

“…….”

“Me desculpa…… me desculpa…….”

Um silêncio peculiar preencheu o salão.

A voz de Paimon com certeza era baixa, mas parecia que suas palavras podiam ser ouvidas por todos no local.

Devia ser difícil continuar assistindo. Uma Lorde Demônio mulher que eu assumi ser uma das seguidoras de Paimon, correu até ela e começou a ajudar a frágil mulher. Paimon foi arrastada fracamente para fora pela Lorde Demônio sua seguidora. Um grupo de cerca de 15 pessoas seguiram aquela Lorde para fora do recinto. Ninguém tentou os parar.

“Houvera muitas complicações, mas.”

Querendo mudar o assunto, Marbas falou.

“Isso não muda o fato de hoje ser a Noite de Walpurgis. Mesmo que ainda restem alguns assuntos a serem abordados, nós podemos deixar isto para amanhã. Acatarei a sugestão de Barbatos e oferecei o local para que todos bebam aqui.”

Com um ‘clap’. Marbas bateu suas mãos.

De uma só vez, fadas adentraram o ambiente e começaram a servir toda sorte de comidas e bebidas. Elfas vestindo uniformes de empregada e tailcoats entraram no salão carregando mesas e cadeiras. O salão havia se transformado instantaneamente em uma sala de banquete. E eu também tive a honra de ter uma taça de vinho com mel servida diretamente por Marbas.

Pessoas com poder eram raras. Pessoas com poder e senso comum eram mais raras ainda, a ponto que elas deveriam ser anunciadas como espécies em risco de extinção e classificadas como EX nas cartilhas de estado de conservação. Eu, desejando preservar esta espécie rara da natureza, aceitei a taça educadamente. [2]

 

Pelo restante do dia, não houve outra ocasião em que Paimon voltou a dar as caras.

 

Lorde Demônio mais fraco, 71º rank, Dantalian, Calendário Imperial: 21/08/1505, Niflheim, Palácio do Governador.

 

O banquete não se encerrou nem mesmo após a meia-noite.

Eu nunca imaginei que os Lordes Demônios pudessem ser tão beberrões. Barbatos era especialmente incrível. Ela pegou uma jarra inteira de álcool e virou de uma só vez.

As pessoas davam vivas e aplaudiam. Era insano. E também, Barbatos parecia ter se apegado a mim, já que continuava me forçando a beber. Se eu tentasse recusar o mínimo que fosse ela diria, “Aaang? Você está tentando recusar beber o álcool que eu estou te oferecendo?” e se agitaria. Se essa pessoa não fosse uma bárbara, o que mais ela seria?

Não conseguindo mais me socializar com ela, eu me retirei secretamente para o corredor. Na verdade, eu queria ter escapado para o portão da frente, mas havia uma chance de que eu fosse capturado pela Barbatos.

Sua aparência externa era a de uma garotinha, mas para onde estava indo aquela quantidade absurda de álcool que ela consumia? Eu não conseguia entender. Pessoalmente, eu achava que um cientista deveria analisar o estômago dela o mais rápido possível. Eu tinha certeza de que um buraco negro em miniatura se escondia ali……. O problema era que a ciência neste mundo não era avançada. Como resultado disto, era impossível investigar. Era um mistério sem solução…….

Minha mente parecia estar em branco. Devo ter ficado bêbado. Eu estava andando por um corredor vazio, e ainda assim, parecia que tudo a minha frente estava pulsando. Desgraça. Foi porque aquela criança nascida nas planícies siberianas, disse, “Eu vou te mostrar o meu tesouro secreto.” E me forçou a beber uma mistura de seis bebidas diferentes. O que ela quis dizer com “Considere isto uma honra. Não é qualquer um que pode experimentar isto.” Vá beber até a morte sozinha…….

Eu pude ouvir passos silenciosos atrás de mim. Virando-me, vi que Lapis Lazuli estava ali. Educadamente eu abri meus braços.

“Ooh, Lala! Minha Lala! Seus olhos são como o céu e sua voz é como um hino cantado em harmonia!”

Ehem.

Na verdade, eu abri os meus braços de um jeito um pouco exagerado.

O que foi? Estou bêbado. Foi algo fora do meu controle.

“……Vossa Alteza agiu com muita imprudência.”

“O quê? Eu sou tão incrível que você se apaixonou por mim?”

“Esta serva disse que Vossa Alteza agiu de maneira muito imprudente.”

“A ponto de você querer me beijar? Isso é ótimo! Se você soubesse o quanto eu me esforcei para ganhar o seu afeto, então você sentiria tanta pena de mim que você quereria oferecer seus lábios a mim.”

“Vossa Alteza.”

Eu me calei.

O olhar de Lapis Lazuli me perfurou.

“Vossa Alteza é inconsequente, irresponsável e imprudente.”

“……Você não está profundamente comovida pela minha vitória?”

“Sim.”

“Isso é um pouco chocante.”

Era tão chocante quanto à vez em que eu recebi uma confissão de amor vindo de um garoto da mesma sala que eu no ensino fundamental.

“Paimon não é só a Lorde Demônio de 9º rank, mas também é a líder da facção das montanhas, que é conhecida como a maior facção das Forças Aliadas dos Lordes Demônios. Ela comanda muitos seguidores fiéis e tem relações próximas a pessoas com poder no lado dos humanos. Em suma, Vossa Alteza tornou uma das pessoas mais importantes do mundo dos demônios em uma inimiga.”

“Espera. Espera um segundo, Lala.”

Eu balancei minhas mãos fortemente.

“……Eu não sou inconsequente, eu não sou irresponsável, e eu não sou imprudente. Essa é a primeira vez que eu ouço essas palavras em toda a minha vida. Isso é incrivelmente ofensivo.”

“É mesmo? Que tipo de plano Vossa Alteza tinha, para tornar o homem mais rico e a líder da maior facção do mundo dos demônios, em inimigos?”

“Isso…… isso é……”

Não adiantava.

Minha mente ainda estava intoxicada pelo álcool então eu não conseguia pensar direito. Não era um enredo mal feito de que eu poderia simplesmente falar sobre enquanto bêbado. Ele era provavelmente o plano, a trama mais elaborada do mundo.

“Isto é, é tremendamente……”

“Tremendamente?”

“Incrível…… e assustadoramente bom…… esse tipo de plano!”

“Vossa Alteza possui uma habilidade de persuasão impressionante. Estou tão comovida que acabei ficando sem palavras.”

“Meus olhos e ouvidos podem estar falhando simultaneamente, mas me parece que sua língua está se movendo um bocado para alguém sem palavras.”

“É um alívio que Vossa Alteza tem raciocínio o suficiente para perceber isto.”

“Ooh!”

Como um ator horrível, eu gritei em direção ao telhado.

“Perdoe-me, Lala! Está certo! Eu fiquei completamente maluco! Depois de ser acusado por Paimon e vendo aquele morcego velhote a meu lado rindo de mim, todo o meu autocontrole acabou explodindo! É por isso que eu dei uma lição a eles! Eu não consigo nem começar a pensar em como eu poderia me redimir com nossa senhorita súcubo pelo meu erro tão absurdo!”

Eu virei meu corpo para o lado e me curvei. Era uma direção completamente diferente da que Lapis Lazuli estava. É claro, não havia ninguém ali. Graças à luz do luar vindo da janela, eu podia identificar vagamente o formato do piso.

Não, já que eu conseguia ver um pouco, aquela direção não estava absolutamente vazia. Um gato cinza estava empoleirado no beiral da janela e enquanto lambia sua pata. Eu me curvei ainda mais profundamente para o gato.

“Peço desculpas, Paimon! Peço desculpas, seguidores de Paimon e aqueles que apoiam Ivar Lodbrok! Eu refutei e esmaguei essas pessoas que vocês amam tanto! Eles me acusaram de um crime que eu não cometi, e empinaram seus narizes porque eles tinham uma autoridade tão grande quanto uma agulha neste nosso grandioso universo, e eles eram pessoas que não sabiam respeitar o próximo, mas todos amavam aqueles dois de qualquer jeito. Ooh, as Deusas vão despejar sua fúria divina sobre mim! Oh, Érebo, oh, Nêmesis, a Deusa mais assustadora! Se, por acaso, vocês todos estiverem neste céu acima de mim——se vocês estão fazendo nada e estão apenas me encarando sentados em seus assentos——.”

Eu olhei para cima como um profeta que estava recebendo os mandamentos diretamente de Deus. Meu corpo moveu-se seriamente e minha voz ressoou esplendidamente. Parecia que eu estava recebendo o prêmio de melhor ator do ano.

“Eu posso ser muito educado e transbordar em fineza demais para acreditar nas Deusas direito, então eu não posso dizer, com certeza, que vocês todas existem aí no céu, mas, se por uma chance astronomicamente pequena, vocês realmente estiverem aí——Deusas! Não perdoem esse pedaço de lixo chamado Dantalian que ridicularizou a líder da maior facção e a pessoa mais rica do mundo dos demônios, e me punam!”

“…….”

“Entretanto, se eu fosse falar subjetivamente –embora, eu realmente ache que essa minha opinião subjetiva é a verdade e eu não tenha a menor sombra de dúvidas sobre isto, em todo caso, mesmo que eu precise ser um pouco humilde em frente as Deusas, eu falarei subjetivamente por pura cortesia——Se vocês concordarem com a minha opinião que Paimon e Ivar Lodbrok são ambos terrivelmente azarados e que os dois são como entranhas de porcos apodrecidas que estão prestes a se tornarem inúteis a ponto de não poderem ser recicladas——então vocês, Deusas desgraçadas! Por favor, façam nada, façam absolutamente nada, e deixem-me me viver como eu quiser! Já que eu sou mil vezes mais competente do que algumas deusas que só ficam sentadas mijando o dia todo!”

……

Silêncio.

O gato acinzentando ficou surpreso e estava olhando para a minha direção com os olhos arregalados. O animal devia ter esquecido que estava embelezando seus pelos, já que sua pata havia ficado congelada no ar. Não era de se estranhar. Afinal, ele teve a honra de ser testemunha da minha poderosa e grandiosa confissão de fé. Era como alguém que estivesse repousando no lado de uma montanha e subitamente Moisés descesse de seu topo. Eu conseguia entender os sentimentos do gato. Isso mostrava quanto o sentimento de compreensão estava extravasando de dentro de mim.

“Hoo, uhoo……”

Eu acalmei minha respiração.

Agora a intoxicação estava se dissipando.

Virei-me e fitei Lapis Lazuli. Ela estava me encarando com a sua mesma expressão apática de sempre. Eu levantei meu dedo indicador e apontei para o teto.

“Olha só. Nada aconteceu.”

“…….”

“Pensando logicamente, nós podemos chegar a três conclusões a partir disto. Primeira, as Deusas generosamente perdoaram minhas palhaçadas inconsequentes, irresponsáveis e imprudentes. Oh, Lala, você é realmente uma garota muito distinta, e há uma chance de que você é ainda mais distinta do que eu — É claro, este é um tópico que gera a causa de muitos debates — mas, com certeza, você não é tão distinta quanto às deusas. Portanto, segunda, já que as Deusas me perdoaram você também precisa fazê-lo. Afinal, é isto que significa agir com humildade. E finalmente, terceira, as Deusas admitiram que Paimon e Ivar Lodbrok se assemelham a tripas podres de porco. Logo, o ato de ameaçá-los teologicamente, juridicamente, e eticamente não é um problema. Então agora. Se você tem algo a dizer contra a minha lógica absolutamente perfeita, prossiga.”

Um momento de quietude retornou ao corredor.

Nós nos encaramos por um momento.

Então, Lapis Lazuli abriu a boca.

“Vossa Alteza terminou de falar?”

“Mhm.”

“Preciso indicar o fato de que Vossa Alteza fez uso da técnica amadora da retórica de ‘usar uma premissa falsa?”

“Não.”

“Há alguma razão para eu relembrar Vossa Alteza do quão politicamente perigoso é para uma pessoa declarar em um espaço público seu ateísmo militante?”

“Não há nenhuma.”

“Como Vossa Alteza acha que esta serva deveria reagir ao Senhor que está culpado logicamente, politicamente e teologicamente.”

“Eu não acho nada.”

“Bem como esta serva pensava.”

“Lala. Eu realmente estou impossibilitado de explicar isto direito, porque eu ainda estou embriagado, mas eu lhe garanto que eu já tenho um esquema perfeito preparado que a deixará sem palavras. Eu o explicarei para você depois de um curto descanso, e então até mesmo você o admirará. Então por hora, vamos voltar aos nossos aposentos, deitar na cama e discutir o resto…….”

“Esta serva sabe.”

“Huh?”

“Acredito que Vossa Alteza está planejando um plano propriamente esquematizado.”

Eu pisquei.

“Isso é, uh, o que eu posso dizer…… bem inesperado.”

“Esta serva sabe que a sua verdadeira natureza é a de um predador, uma aranha para ser exata. Antes de dar um passo sequer, Vossa Alteza planeja os próximos dez, e se não há certeza de uma caçada perfeita, então o senhor espera pacientemente. As pessoas podem pensar que és um vagabundo inútil ao verem que Vossa Alteza não se mexe e eles vão rir e te ridicularizar por isto, mas, na verdade, estás apenas esperando que sua presa se prenda em sua teia por você”

“……Obrigado pelo elogio?”

Minha cabeça parecia estar em branco então eu não tinha muita certeza, mas eu acho que foi a primeira vez que Lapis Lazuli me elogiou assim. Na hora, sem saber como reagir, eu franzi as sobrancelhas.

“Então por que você me trata tão mal?”

“Já que tua mentalidade é tão distorcida, esta pobre serva pensou que Vossa Alteza necessitava de uma vassala que ficasse constantemente ao teu lado e o repreendesse.”

“Lala. Eu sou um adulto formado. Eu não tenho motivos para arranjar uma nova figura materna agora e ficar ouvindo reclamações…….”

Foi então que.

Lentamente.

Lapis Lazuli despreocupadamente agarrou a minha gravata.

No meu curto momento de confusão, Lapis puxou.

Eu não sabia exatamente que tipo de princípio físico estava por trás daquela ação, mas o resultado foi simples e óbvio.

Lapis Lazuli roubou os meus lábios.

“…….”

“…….”

Eu podia sentir algo macio em meus lábios.

Eu imagino que se passaram cerca de 10 segundos. Nós nos afastamos gradualmente.

Quando duas pessoas se afastam, pareceria desconfortável mesmo que elas compartilhassem centenas de conversas em seguida, mas neste momento de silêncio, nos afastar pareceu perfeitamente natural. Assim que o beijo se encerrou e nós retomamos nossa distância, eu senti que aquela distância parecia incrivelmente natural.

Lapis Lazuli sussurrou.

“Eu também não pretendo agir como a mãe de Vossa Alteza.”

“……Lala.”

Eu falei com cuidado.

“Eu admito que venha falando muitas frases devassas, como sobre beijar por exemplo. Entretanto, eram meramente para me divertir assistindo a sua reação envergonhada e, portanto, não possuíam significados profundos. Se, por acaso, eu causei algum mal-entendido devido a isto, então eu devo me desculpar sinceramente aqui e…….”

“Eu também sei isso. Vossa Alteza.”

Lapis Lazuli me interrompeu.

E mais uma vez, ela puxou minha gravata para baixo.

“Por isso, cale-se, por favor.”

Nós nos enterramos sob o corredor escuro.

Depois do segundo beijo, quem se moveu primeiro, a palma de quem agarrou o corpo do outro primeiro, e quem foi o primeiro a empurrar o outro para o canto mais escuro do corredor, nós não conseguíamos dizer. Já não tinha motivos para discutir a ordem.

A única coisa que eu conseguia me lembrar claramente eram seus olhos azuis brilhando silenciosamente.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Meoww

Um gato cinza miou.

O animal banhou-se no luar e se esticou preguiçosamente.

 


Tradutor: Yuere   |   Editor: BCZeulli


 


Nota: Este ‘tempo’ é um trocadilho. Ele pode ser lido como “shi-gan” em coreano, que significada passagem de tempo, mas no original foi usada uma palavra em chinês que é pronunciada do mesmo jeito, mas com um significado diferente, ‘necrofilia’.

EX nas cartilhas

Talvez vocês não se lembrem, mas o título dele aparece no prólogo.

E assim acaba o quinto e último capítulo deste volume, O circo mais extravagante. O que acharam? Ainda falta o capítulo extra ‘intermissão’ bem curto que se passa ao mesmo tempo do ‘Um demônio sobe ao palco”

Contribua com a Novel Mania!