DDf – Volume 1, Capítulo 5.3 – O circo mais extravagante


Lorde Demônio mais fraco, 71º rank, Dantalian, Calendário Imperial: 20/08/1505, Niflheim, Palácio do Governador.

 

Em meio à atmosfera tumultuada do salão de baile.

“……Aquele com o maior ranking dentre nós, sou eu. Nada é mais apropriado do que um Lorde Demônio ser o juiz ante a um conflito entre dois Lordes Demônios.”

Eu imagino que ele pensou que não podia mais permanecer como um mero espectador. Marbas o Lorde Demônio de 5º rank foi à frente.

“Ivar Lodbrok. Eu tomarei temporariamente o papel de anfitrião. Perdoe-me, mas a importância desta assembleia é muito grande para eu poder deixá-la em tuas mãos.”

“Como desejar, Vossa Alteza.”

O vampiro ancião recuou obedientemente.

“Hm.”

Marbas posicionou-se no centro do saguão.

A maneira que suas pernas estavam firmadas ao chão fazia com que ele parecesse uma árvore gigantesca. Sua solidez era excepcional. Este corpulento homem calvo estava franzindo bastante as suas sobrancelhas, como se ele realmente estivesse achando esta situação bem desagradável.

“Eu sou o Lorde de 5º rank. Como o Lorde Demônio responsável pela nobreza, eu devo aceitar formalmente o pedido de Paimon. O acusado é aquele que possui o 71º lugar no ranking. Lorde Demônio Dantalian, sem título.”

A declaração de Marbas pesou consideravelmente sobre o local.

Sua voz solene não abria brechas para oposições. Os Lordes abaixaram seus olhos, as fadas flutuaram formando uma linha e cuidadosamente se curvaram.

“Excluindo as pessoas diretamente envolvidas, intervenções de terceiros são completamente proibidas. Dantalian. O réu desta Noite de Walpurgis. Venha à frente e encontre a responsável por sua acusação.”

Seria sensato obedecer ao anfitrião.

Dando alguns passos à frente, eu me posicionei exatamente sobre o centro do salão.

“…….”

“…….”

Paimon e eu, nós nos encaramos, deixando apenas um pequeno espaço nos separando.

Assim como os duelos começavam entre os gladiadores no Coliseu romano.

“Assim que os dois em questão terminarem suas defesas e acusações, nós decidiremos quem está certo através de uma votação, agora darei o direito de questionar Dantalian à acusadora, Paimon.”

“Sim.”

Paimon segurou as laterais da saia de seu vestido e curvou-se.

Parecia que o tempo tinha parado junto ao seu educado cumprimento com a saia.

“Agradeço-lhe por aceitar esta audiência.”

Paimon lentamente voltou seu olhar para a minha direção.

“Então, vamos confirmar todos os fatos primeiro? Dantalian.”

“Como você desejar, Vossa Alteza.”

Eu movi minha cabeça realizando um cumprimento.

Na verdade, esta era a primeira vez que nos encontrávamos, ainda assim, nenhum de nós estava agindo de maneira recatada. A hostilidade era mais explícita que a gentileza.

“Você, no 16º dia do 8º mês, no raiar do Sol, às 4 horas da manhã, assassinou o Lorde Demônio Andromalius na Praça de Hermes em Niflheim. Esta dama está correta?”

“Sim, está correta. Eu admito isto.”

“E, Dantalian. Você, sabendo exatamente que Andromalius era um Lorde Demônio, o matou assim mesmo. Esta dama está errada?”

“Isso também está correto. Ah, mas se eu tivesse que responder mais precisamente.”

Eu dei de ombros.

“A princípio eu não sabia que ele era um Lorde Demônio. Enquanto eu bebia cerveja na praça, um retardado estava espancando um idoso. Eu estava tentando imaginar que tipo de filho da puta ele era. E por acaso acabou que na verdade ele era um Lorde Demônio. Eu fiquei surpreso.”

“……Em outras palavras, você não assassinou o Lorde Demônio por acidente, mas você o matou intencionalmente.”

Eu assenti.

“Desculpe-me, Vossa Alteza Paimon. Mas há um pequeno mal-entendido.”

“Um mal-entendido?”

Paimon cerrou as sobrancelhas.

“Que tipo de mal-entendido pode existir quando tudo está claro deste jeito?”

“Refiro-me a Andromalius. Juro pelas Deusas, Vossa Alteza Paimon, eu teria matado aquele vira-lata independentemente de ele ser ou não um Lorde Demônio.”

As pessoas começaram a ficar agitadas.

Paimon franziu o cenho e me advertiu.

“……Dantalian. Hoje é a Noite de Walpurgis e você está sendo acusado de assassinato. Que tal você começar a falar de maneira um pouco mais educada?”

“Ooh. Perdoe-me, mas eu não consigo fazê-lo. Vossa Alteza, alegremente, eu continuarei a chamar Andromalius de vira-lata. Acredite em mim. Era mais do que apropriado que aquele filho da puta morresse.”

“Você…….”

“Honestamente, é um pouco lamentável. Eu deveria ter dado uma morte mais dolorosa para aquele imbecil. Eu o finalizei simplesmente fincando a minha adaga em sua garganta apenas uma vez. Ele realmente era um lixo, vagando pelos becos como um mendigo. É óbvio o quão fraco ele era.”

A agitação no local aumentou e ficou muito mais barulhenta.

Eu estava propositalmente exagerando as minhas palavras, fazendo com que ficassem mais ofensivas.

Marbas tinha dito que decidiríamos quem estava certo através de uma votação. Como Paimon era a Lorde de 9º rank, ela tinha muitos seguidores. Então e se uma batalha por meio de votos ocorresse agora mesmo? Como alguém que não possui um seguidor sequer, eu certamente estaria destinado à derrota.

Portanto, eu tinha que conseguir um aliado.

Um Lorde Demônio que odiasse Paimon.

Um Lorde Demônio que preferia palavras rudes a gentis.

E mais importante ainda, um Lorde Demônio de classe alta que tivesse tantos seguidores quanto Paimon.

‘Barbatos.’

Era isso mesmo.

Eu não estava respondendo Paimon, na verdade eu estava atraindo Barbatos. Agora, observe-me com cuidado. Aqui tem um novato que deve ser bem do jeito que você gosta.

Você quer prejudicar Paimon, certo? Você ainda deve ter um pouco de raiva acumulada por ter perdido a discussão de antes. Eu realizarei este seu desejo por você. Barbatos. Tudo o que você tem que fazer é me escolher durante a votação. Mesmo que temporária, essa será uma aliança incrível…….

“Dantalian, cuidado com o que falas!”

Paimon gritou.

“Andromalius era um membro de nossa raça!”

“Eu só sou capaz de concordar com metade da opinião de Vossa Alteza. Andromalius não era simplesmente um membro de nossa raça. Ele era uma desgraça como membro da nossa raça. Ah, todos! Por favor! Sejamos mais honestos.”

Eu rapidamente vire-me para olhar ao redor.

“Só porque aquele vira-lata não queria pagar pelo álcool que tomou, ele atacou o dono do estabelecimento. O proprietário do bar era um velho anão tão idoso que suas costas já tinham formado uma corcunda. Mas, isso não é tudo. Posteriormente ao acontecido eu fiz algumas investigações, e descobri que a quantidade de cidadãos mortos por ele, só em Niflheim, foram 54!”

“Isso é…….”

“Nesta lista também estão incluídas 12 crianças. Vocês sabiam disto? Ele açoitou aquelas crianças até a morte simplesmente porque elas não abaixaram a cabeça para ele. Mas se você incluir não só o número de mortos, mas também o de feridos, então o total seria de 327 vítimas. Por favor, tenham em mente que isso são só o número de crimes conhecidos publicamente. Companheiros. Se alguém me dissesse que aquele vira-lata estuprou uma garota e jogou seu corpo no esgoto, eu não ficarei nem um pouco surpreso! Oh, Deusas! Por favor, mandem os diabos no inferno punirem Andromalius por toda a eternidade!”

“Você, realmente…….”

Paimon abriu a boca.

“Quanta insolência frente a esta dama…… Dantalian. Posso acusar-lhe novamente, desta vez por desacato a corte. Corrija seu jeito de falar imediatamente.”

Os cantos de meus lábios levantaram.

Por hora, vamos recuar um pouco.

“……Perdoe-me, Vossa Alteza Paimon. Eu também gostaria de desculpar-me a todos os Lordes aqui presentes. Eu não tinha intenção de ofender a todos neste salão.”

Eu coloquei a palma de minha mão sobre a testa como se estivesse me arrependendo profundamente da afirmação rude que havia feito anteriormente.

Ser imoderado e ser honesto são duas coisas diferentes. Ser imoderado é ficar se forçando sobre os outros e acabar sendo um incômodo. Por outro lado, ser honesto neste caso é se preparar, se arrumar, para parecer mais agradável para então servir-se aos outros. Como se você estivesse dizendo-lhes ‘me apreciem’. [1]

As pessoas gostam de indivíduos honestos e modestos. Seu agisse de maneira bem-comportada de vez em quando, então eles não me considerariam alguém tão irritante. Com olhos de cachorrinho triste, eu olhei para a plateia novamente.

“Todos. Como vocês podem ver, eu não sou nada mais do que um mero tolo incapaz de conseguir manter uma coisa preciosa sequer próxima a si. Rank 71. Eu sou só um peixe pequeno sem nome, que nunca fez nada de notável e que não possui título…… esta é a minha verdadeira essência.”

“…….”

“Contudo, por mais que eu seja assim, eu não espanquei um idoso para evitar pagar uma conta. Eu não ataquei 327 cidadãos inocentes e eu não matei 54 deles.”

Eu abaixei o volume de minha voz consideravelmente.

Antes que eu percebesse, o salão tinha ficado completamente silencioso.

“……Isto foi no 16º dia do 8º mês. Mais precisamente, quatro dias atrás. Eu escutei o som de um idoso gritando ao longe. E neste exato momento, eu fiz contato visual com Andromalius. Vossa Alteza Paimon. Você, por algum acaso, sabe o que ele me disse assim que olhou para mim?”

“……Para você abaixar a cabeça, isto é o que ouvi de uma testemunha.”

“Para ser mais preciso, foi, ‘Quem você pensa que é? Não vai abaixar a cabeça?’.”

Ao meu redor, muitas pessoas estalaram a língua.

Eu dei um sorriso amargo.

“O que aconteceu em seguida foi um espetáculo ainda maior. Andromalius veio até onde eu estava e atacou as minhas escoltas. Eu o adverti respeitosamente para que parasse. E ainda assim, Andromalius não me escutou. Então ele continuou e prosseguiu para agredir a minha amada, que também é minha vassala, e a derrubou no chão com um soco.”

Então eu supliquei.

“Vossa Alteza Paimon. O que eu deveria fazer em uma situação destas? Eu deveria ter dispensado as minhas escoltas e deixar eu mesmo sob o perigo de ser agredido? Ou então seria melhor eu ter ficado inerte e apenas continuar assistindo à minha amada, enquanto ele a batia e a cobria de sujeira?”

“…….”

Paimon não respondeu.

Ela por ser tão sensível e culta, não podia agir de maneira tão atrevida agora. Sua boca tinha travado porque ela ter sido pega por seu próprio senso de justiça. Ela mesma tinha se colocado sob uma situação de xeque-mate.

Agora.

O tempo de ‘me servir a eles’, mostrar humildade e agir bonitinho tinha acabado.

Lentamente, eu comecei a levantar a voz.

“Companheiros, eu direi mais uma vez. Andromalius. Ele era um vira-lata que não merecia o direito de ser chamado de Lorde Demônio. Os cidadãos inocentes que foram sacrificados por ele não merecem ser consolados? Não são eles as verdadeiras vítimas que devem ser compensadas?”

Criar e desencadear simpatia.

“Graças a vermes como Andromalius, a opinião sobre todos os Lordes Demônios foi sujada. Andromalius não era algo como ‘membro da nossa raça’! Se isso realmente fosse por nossa raça, então companheiros! Nós não devemos seguir o modelo de sacrificar 71 pessoas por uma. Nós deveríamos seguir o modelo de se livrar de uma em favor das outras 71!”

Torná-lo um inimigo público.

“Tendo isto em mente, eu gostaria de perguntar. Vossa Alteza Paimon. Você ainda considera Andromalius como um de nós? Você vai continuar protegendo aquele verme do Andromalius até o fim, deixando de lado o resto da sua raça?”

Uma ameaça condutora.

Fazendo uso de todos os tipos de técnicas de retórica.

Eu encarei Paimon diretamente.

“Vossa Alteza. Responda, por favor.”

“Esta dama…….”

Paimon cerrou os lábios com força.

Um silêncio assustado recaiu sobre o salão.

Foi neste momento.

Clap

Um aplauso pode ser ouvido vindo de algum lugar do salão.

Barbatos estava aplaudindo. As pessoas olhavam para ela inexpressivas. Vendo isto, Barbatos pendeu a cabeça como que se estivesse confusa e sorriu.

“O que foi? O que ele disse está certo.”

“…….”

“Honestamente, eu também queria matar Andromalius já faz algum tempo. Mas aquele vermezinho era bom em ficar longe das minhas mãos. Bom trabalho, novato. Obrigado por se dar ao trabalho de exterminar aquele parasita por nós.”

Barbatos continuou aplaudindo.

E, de mesma forma, uma ou duas pessoas por vez começaram a juntar-se a ela e aplaudiram também. Até que, eventualmente, a maioria dos Lordes Demônios estava ovacionando. 10 pessoas, essa foi quantidade de Lordes que não aplaudiram e simplesmente me encararam até o fim. Muito provavelmente eles eram os seguidores de Paimon.

 

[A sua performance diabólica cativou as pessoas!] .
[Afeição do Lorde Demônio Marbas subiu 1 ponto.] .
[Afeição da Lorde Demônio Barbatos subiu 2 pontos.] .
[Afeição do Lorde Demônio Zepar subiu 2 pontos.]

 

Desculpem-me por informá-los disto, mas vocês foram reduzidos à minoria.

O julgamento para audiências era baseado puramente na lógica da maioria e infelizmente, uma estratégia institucional que mostrava consideração à minoria não existia. Este era o limite de um sistema político primitivo. Se você acha que isso é injusto, então vá desenvolver a democracia. E também, enquanto estiver trabalhando nisso, aproveite para começar a Revolução Francesa. Entretanto, eu acho que há grandes chances de que a guilhotina acabasse decapitando as cabeças de Lordes Demônios, ah bem. Havia uma regra que dizia que o resultado do progresso é o sacrifício da minoria. Você só pode aceitar o seu destino.

“Fiquem em silêncio. Eu disse que a intervenção de terceiros era proibida.”

Marbas solenemente advertiu a todos para que ficassem em silêncio.

“Especialmente você, Barbatos. Aquelas palmas de agora a pouco foram feitas propositalmente para atrapalhar a audiência. Não as repita.”

“Desculpe-me por aquilo, velhote. Eu estava puramente emocionada. Já faz muito tempo desde a última vez que alguém útil surgiu dentre os Lordes de rank baixo, normalmente eles são todos lixos. Eu não tinha a intenção de insultar o prestígio da audiência.”

“Eu não me importo com as suas intenções. Só me importam os resultados de suas ações. Barbatos. Quando não se está em um relacionamento, você não acha perda de tempo considerar as intenções do outro?”

“Hm? Você acabou de se declarar indiretamente para mim, velhote?”

“Se você se calar neste instante, então eu acho que talvez o amor possa brotar entre nós.”

“O que é isso? Eu não posso deixar passar a oportunidade de conseguir um namorado pela primeira vez em 500 anos.”

Barbatos deu de ombros jocosamente.

Eu consegui entender superficialmente que tipo de relacionamento estes dois tinham. Barbatos era uma irmãzinha atentada incurável e Marbas era o irmão mais velho que tinha que lidar com o stress constante de resolver toda e qualquer travessura de sua irmãzinha. Majoritariamente, quem saía perdendo neste relacionamento fraternal era o irmão mais velho. Eu sabia disto já que eu tinha a experiência de lidar com seis irmãs mais novas. Meus pêsames, Marbas.

Marbas, como se estivesse tendo um calafrio, balançou a cabeça de um lado para o outro.

“Encerrarei esta audiência agora. Como lhes disse antes, decidiremos com uma votação qual das opiniões está certa. Agora, levantando as mãos…….”

“Espere um instante.”

Neste momento, Paimon falou apressada.

Marbas levantou uma sobrancelha.

“O que foi? Você ainda tem algo a acrescentar?”

“Sim, ainda há algumas perguntas que esta dama deseja fazer a Dantalian.”

“Paimon…….”

Marbas tirou seu monóculo e o limpou com um lenço.

A voz do 5º Lorde ficou mais macia, como se ele estivesse falando com uma velha companheira.

“Você e eu passamos os últimos 500 anos conhecendo um ao outro. 500 anos é um longo período, você não acha?”

“……De fato, foi um período bem difícil. Marbas.”

“Assim como você me conhece, eu também a conheço. Eu vou contar honestamente o porquê de eu não ter escondido o meu mau humor durante todo o decorrer desta audiência. Paimon. Eu sei muito bem que não tem como você sinceramente querer defender Andromalius. Se esse fosse o caso, seria exatamente o contrário. Seria mais do que apropriado você desprezar um homem como Andromalius.”

Paimon ficou em silêncio.

Marbas, depois de limpar completamente seu monóculo, o colocou de volta. A armação dourada de seu monóculo refletia silenciosamente a luz de uma vela.

“Hoje é a noite de Walpurgis, Paimon. É a noite de Walpurgis. Certa vez, isto era uma reunião que todos os Lordes Demônios eram obrigados a participar, mas agora ela perdeu seu prestígio e nós mal conseguimos ter a maioria dos membros aqui. Baal, Agares, Vassago, e Gamigin…… neste momento, em que todo o continente está lutando com uma praga sem precedentes, onde estão os Lordes Demônios com ranking maior que o meu e o que eles estão fazendo?”

Paimon abaixou a cabeça.

“Marbas. Mais do que ninguém, você é aquele que mais se dedica pelo bem da raça dos demônios. Esta dama expressa sinceramente seu respeito a você.”

“Nós nos respeitamos. Portanto, os Lordes Demônios que não estão presentes nesta reunião——aqueles que estão espalhados pelo mundo dos demônios, indiferentes a tudo e preocupados apenas com seus próprios prazeres, vamos evitar a situação em que somos motivo de riso para estes Lordes Demônios.”

Marbas falou.

“Só a afirmação de que alguém tentou defender Andromalius durante a Noite de Walpurgis já é muito mais do que o suficiente para as pessoas nos ridicularizarem. Oh minha querida, eu já consigo ouvir a risada de escárnio de Agares. Francamente eu lhe peço. Por favor, não piore ainda mais este nosso dilema.”

Paimon mordeu seus lábios.

“……Dê mais uma chance a esta dama.”

Ela colocou a mão direita sobre o peito e curvou-se intensamente.

“Por favor, deixe-me ter esta última chance.”

Marbas coçou a barba.

A Lorde Demônio de 9º rank entre os Lordes Demônios foi tão longe a ponto de abaixar a cabeça depois de ouvir o discurso de Marbas. Nesta situação, provavelmente seria difícil para ele continuar forçando seus ideais ainda mais. Era um dilema que girava em torno de manter sua face e preservar a formalidade. Por fim, Marbas assentiu uma única vez.

“Hm.”

Exceto que, você não falara nada mais além disto. Faça o que você bem quer, mas não espere a minha ajuda após isto. Este significado estava contido na meneada de Marbas.

Paimon assentiu em resposta e virou-se para me encarar diretamente.

“Dantalian.”

O primeiro round tinha acabado.

Ela olhou para mim como se estivesse me dizendo que o verdadeiro segundo round estava prestes a começar.

 


Tradutor: Yuere   |   Editor: BCZeulli


 


Disclaimer: Este conceito de honestidade reflete somente a opinião de Sua Alteza Dantalian o 71º Lorde Demônio e não reflete a opinião dos Élderes Yuere, BCZeulli, ou qualquer outro membro da Seita.