DDu – Capítulo 237 – Assassinando Orcas Demoníacas


Entretanto, dentro da Barreira do Mar Vasto, ele basicamente não precisava se preocupar com sua respiração embaixo da água. A Barreira envolveu apenas ele e Xiao Bai, e com seu controle de força espiritual no nível Sem Limites, ela não teria qualquer influência nos movimentos de sua montaria. Para reduzir o atrito, Tang San se deitou nas costas dela, se segurando em sua nadadeira dorsal com uma mão.

Dessa forma, o par avançou furtivamente na direção dos oponentes. Quer fosse Tang San ou Xiao Bai, ambos estavam com os corações repletos de nervosismo, mas junto com esse nervosismo, também havia um pouco de empolgação.

Xiao Bai se tornou cada vez mais cuidadosa à medida que eles chegavam mais fundo. Contando com seus sentidos aguçados, ela descobriu que a Barreira de Tang San não era capaz apenas de escondê-los visualmente, como também de suprimir suas auras, não deixando nada escapar para o exterior. Ainda assim, ela continuou se movendo com bastante cautela.

O mar era bem fundo nessa área e aos poucos, Tang San começou a sentir uma pressão formidável. Entretanto, após um ano de cultivação sob a Luz do Deus do Mar, sua resistência à pressão havia se tornado ainda mais formidável. Seu poder espiritual automaticamente se ajustou à pressão e como consequência, sua vasta força espiritual também começou a flutuar, ajustando a Barreira do Mar Vasto para que ela não se tornasse exaustiva.

— Nós chegamos. — Xiao Bai disse em voz baixa, erguendo um pouco a cabeça para indicar as águas à frente.

Agora eles já estavam a pelo menos quinhentos metros de profundidade e a imensa pressão da água fazia a Barreira do Mar Vasto constantemente ondular.

Então Tang San fechou os olhos para se concentrar, espalhando gentis flutuações de energia em volta deles. Xiao Bai ficou chocada ao descobrir que, assim que essa energia espiritual era liberada do corpo de Tang San, ela se mesclava à água do mar, ao ponto de até mesmo alguém com suas capacidades não ser capaz de sentir a diferença. Essas flutuações espirituais realmente se tornaram parte do mar. Isso era algo que excedia a compreensão de Xiao Bai.

Até onde ela sabia, todos os ataques de energia espiritual possuíam uma forma que podia ser rastreada e até a sondagem por meio de força espiritual devia possuir algum tipo de flutuação espiritual. Mas mesmo quando concentrava toda a sua atenção na força espiritual que Tang San liberou, ela não conseguia sentir nada. A água sobre sua cabeça continuava calma, sem qualquer movimento.

Apesar de Xiao Bai estar correta sobre isso, ela havia se esquecido de uma coisa. Qualquer tipo de força espiritual liberada de fato deixaria um rastro que poderia ser seguido até sua origem, mas para poder segui-lo, em primeiro lugar a diferença entre seus níveis de força espiritual não podia ser muito grande. Mas é claro que isso não era culpa dela. Como ela poderia saber que sua força espiritual estava um nível abaixo da de Tang San?

Tang San continuava deitado sobre Xiao Bai, agarrando sua nadadeira dorsal com uma mão, enquanto apoiava a outra nas costas dela, transmitindo uma gentil flutuação espiritual. A princípio, Xiao Bai ficou alerta, mas sentindo que não havia malícia nessa flutuação, ela hesitantemente se conectou a ela com sua própria força espiritual.

Quando as duas energias se tocaram, Xiao Bai sentiu seu mundo espiritual de repente se abrir e inúmeras cenas bem nítidas apareceram em sua mente.

“Isso, isso é Transmissão de Sondagem Espiritual?” Xiao Bai ficou chocada. Ela então percebeu que nível a força espiritual de Tang San havia alcançado. É claro que ela também conseguia sondar os arredores com sua própria força espiritual, mas nesse momento, ela não atreveu a fazer isso. Porque se espalhasse sua força espiritual, ela com certeza seria descoberta pelas Orcas Demoníacas e no mesmo instante eles seriam cercados. Mas as informações que Tang San transmitiu para ela não apenas eram mais claras do que as que ela conseguiria sozinha, como nenhuma das Orcas Demoníacas em frente havia reagido.

Xiao Bai então concluiu que Tang San ser capaz de realizar uma sondagem desse nível só poderia significar uma coisa: que o nível de sua força espiritual já havia ultrapassado o nível das Orcas Demoníacas, incluindo do Rei Orca Demoníaca.

Tang San não fazia ideia do que Xiao Bai estava pensando. Ele apenas transmitiu a ela tudo o que havia conseguido descobrir com sua sondagem de força espiritual. Como Xiao Bai sentiu, sua força espiritual havia se mesclado perfeitamente à água do mar, que se tornou a melhor camuflagem possível. Somante alguém com uma força espiritual tão formidável quanto a da Douluo Deus do Mar seria capaz de perceber indicações de sua presença. As Orcas Demoníacas em frente naturalmente não seriam capazes disso.

Por meio dessa sondagem, Tang San pela primeira vez viu a aparência das Orcas Demoníacas. Elas possuíam um físico consistente, com mais do dobro do tamanho dos Tubarões Brancos Demoníacos e corpos extremamente robustos, diferente da aparência esguia dos Tubarões Brancos, mas parecendo repletas de poder. Elas eram pretas e cinzas e possuíam cabeças gigantescas. Quando ocasionalmente abriam a boca, revelavam seus aterrorizantes dentes enormes que se pareciam com espadas. Além disso, seus olhos vermelhos estavam tomados por uma aura violenta. Nessa região do mar, tirando as Orcas Demoníacas, não havia nenhuma outra criatura marinha viva. Isso provava como elas eram tirânicas.

Parecia que só havia umas duzentas ou trezentas Orcas Demoníacas ali e a maioria era adulta. Havia um indivíduo em especial, com mais de trinta metros de comprimento, flutuando bem no meio do cardume. Sua pele acinzentada possuía um brilho metálico. Não era nem preciso perguntar, esse com certeza era o Rei Orca Demoníaca e também o alvo final do quarto teste de Tang San.

Essas Orcas Demoníacas dominavam uma área de mais de dez mil metros quadrados e nenhuma outra criatura marinha invadiria seu território. Para caçar por comida, elas precisariam ir ainda mais longe. Mas nesse momento, elas pareciam estar cheias. Algumas estavam até flutuando imóveis, como se estivessem descançando.

— Vamos. Avençe um pouco mais lentamente para não causar muito movimento na água. — Tang San instruiu Xiao Bai.

Xiao Bai estava se sentindo bem estranha nesse momento. Com a sonda espiritual de Tang San, ela não precisava usar seus olhos para se localizar, bastava avançar seguindo a força espiritual dele. Mas apesar de a Barreira do Mar Vasto ajudá-los a se camuflar, ao ponto de até causar um efeito de inexistência, seu volume ainda existia. Se eles se movessem muito rápido, ainda causariam uma movimentação na água, assim Tang San a alertou com antecedência.

No fim das contas, Xiao Bai era uma besta espiritual de cem mil anos. Compreendendo o que Tang San pretendia, ela começou a avançar lentamente com um suave impulso de seu corpo.

Logo eles já estavam a uns duzentos metros de profundidade e Tang San instruiu Xiao Bai a parar de novo.

Então Tang San tirou a Besta Divina Zhuge do Vinte e Quatro Pontes ao Luar. Após tirar todas as flechas de dentro dela, ele também pegou uma garrafa grossa e comprinda da Desejosa Bolsa dos Cem Tesouros. Essa garrafa era feita de um material especial que se parecia com jade, mas que também possuía um suave brilho branco.

Tang San havia tido bastante trabalho para fazer essa garrafa. Ela possuía duas camadas, a parte exterior estava repleta de água gelada da Fonte Yin, gerando esse suave brilho esbranquiçado e a fazendo parecer extrememente gelada ao toque. Enquanto isso, a camada interna estava repleta de água quente da Fonte Yang.

O Poço de Gelo e Fogo Yin Yang. Duas existências em um único poço abeçoado pelos Céus, onde o Yin e o Yang continham um ao outro e assim, se tornavam a coisa mais fria e ao mesmo tempo mais quente debaixo dos céus. Se apossando das bênçãos do céu e da terra, obtendo as melhores características tanto do sol quanto da lua. Em termos de potência dos atributos, não havia nada que pudesse se comparar a ele. Tang San havia praticado sua imunidade ao frio e ao calor dentro dele.

Para conseguir recolher água do Poço de Gelo e Fogo, ele havia tido o enorme trabalho de encontrar um bloco de jade morno e o comprar por um preço alto. Então encontrar um artesão habilidoso para esculpir esse recipiente de duas camadas. Em seguida ele precisou enchê-lo com a água das duas fontes ao mesmo tempo, de forma que o frio e o calor se equilibrassem e não corroessem o jade. Só assim ele conseguiu armazenar a água do Poço de Gelo e Fogo.

O jade morno possuía uma natureza moderada e era ideal para produzir um utensílio capaz de conter esses dois tipos de água.

Tirando a rolha com cuidado, Tang San ergueu uma mão e a apertou, fazendo uma gota vermelha de água quente Yang cair em sua palma, logo em seguida, ele fechou a garrafa com rapidez. Tensionando o mecanismo da besta em sua outra mão, ele colocou a metade trazeira de uma flecha no lugar, então abriu seu interior oco. Depois de respirar fundo, seus movimentos seguintes se tornaram ilusórios. Praticamente num piscar de olhos, ele já havia completado uma série de ações.

Primeiro ele derramou o líquido vermelho na cabeça da flecha, então a fechou, carregou dentro da besta e imediatamente disparou.

Ele não se moveu tão rápido assim por escolha própria, mas sim porque a água Yang era quente demais. Apesar de a flecha ser feita de essência de ferro, ela só conseguia suportar a corrosão da água Yang por alguns instantes.

Com a poderosa força de propulsão da Besta Divina Zhuge, a flecha atravessou a água. Sendo guiada pela força espiritual de Tang San, seria impossível ela errar o alvo. Com um som de pu, ela atingiu o abdômen de uma Orca Demoníaca.

Apesar de a Besta Divina Zhuge ser poderosa, a pele da Orca Demoníaca era ainda mais resistente. Em circunstâncias normais, deixando de lado a uma distância de cem metros, mesmo se ele disparasse todas as dezesseis flechas a uma distância de apenas dez metros, isso ainda não seria o suficiente para penetrar a pele da Orca Demoníaca.

Entretanto, sempre existe uma excessão para tudo. Essa flecha silenciosamente perfurou o abdômen daquela Orca Demoníaca.

Desde o aumento de sua força espiritual, sua habilidade de cálculo também havia aumentado geometricamente. De fato, seria impossível para aquela flecha perfurar a pele grossa da Orca Demoníaca, mas no instante em que a flecha entrou em contato com ela, o líquido Yang já havia derretido a ponta da flecha. O líquido incomparavelmente quente impulsionado pela flecha derreteu com facilidade o couro da Orca Demoníaca, penetrando seu corpo. Não houve sangue. O calor intenso fez com que assim que a flecha entrou no corpo da Orca Demoníaca, o ferimento já havia sido cauterizado.

Ao ser atingida, a primeira coisa que aquela Orca Demoníaca fez foi parar por um instante. Logo em seguida, ela de repente entrou em frenesi. O nível de sua loucura fez até mesmo Xiao Bai dar um pulo de susto. Guiada pela força espiritual de Tang San, ela rapidamente mergulhou enquanto ele continuava lhe transmitindo as informações recolhidas pela sua sonda espiritual.

Por meio da sonda de Tang San, eles viram a Orca Demoníaca atingida pela flecha se debater em frenesi dentro da água enquanto a energia contida em seu corpo irrompia descontroladamente. Duas Orcas Demoníacas por perto descobriram que havia alguma coisa estranha e se aproximaram para investigar, mas foram recebidas pelos seus ataques enlouquecidos, uma delas até mesmo teve sua cabeça arrancada, sofrendo uma morte violenta. A vasta espansão de água foi tingida de vermelho pelo seu sangue, imediatamente chamando a atenção do cardume inteiro. A atmosfera no mesmo instante ficou tensa.

A Orca Demoníaca atingida pela flecha não continuou se debatendo por muito tempo. Pouco depois de ter matadado sua colega a mordidas, seus movimentos foram ficando cada vez mais fracos, até ela virar de barriga para cima e flutuar até a superfície, sua sobrevivência era um mistério. O estranho foi que, do momento que foi atingida pela flecha até morrer, nem uma única gota de sangue escorreu de seu corpo. O sangue que tingiu o mar de vermelho veio todo da outra Orca que ela mordeu até a morte.

As próprias Orcas Demonícas eram extremamente sanguinárias e o cheiro de sangue pareceu despertar seus instintos assassinos. Por um instante, o mar ficou repleto de flutuações de energia agitadas. Até que uma voz grave ressoou pela água como uma onda sísmica e as Orcas Demoníacas se acalmaram.

O Rei Orca Demoníaca se moveu, chegando ao lado da Orca que foi morta pela flecha num piscar de olhos. Agora, ela já estava flutundo na superfície da água.

Vendo isso, Xiao Bai ficou extremamente chocada. Ela havia visto Tang San disparar a flecha, mas o fato de uma única flecha ser capaz de perfurar a pele de uma Orca Demoníaca a deixou perplexa. Aquela flecha minúscula e o corpo gigantesco da Orca Demoníaca estavam em níveis completamente diferentes. Mas foi justo essa flechinha que não apenas matou uma Orca Demoníaca, como também a fez morder outra até a morte.

“Veneno” foi a palavra que veio a sua mente. Sentindo Tang San deitado em suas costas, ela não conseguiu evitar um tremor. Que tipo de veneno assustador era esse? Ela também não conseguiu conter sua felicidade interna por, entre as instruções do segundo teste deles, estar inclusa a condição de não ferir nenhuma das bestas espirituais marinhas. Caso contrário, se fosse infectada por um veneno como esse, talvez até ela…

A fonte quente Yang era a coisa mais quente debaixo do céu. Em compensação, a maioria das bestas espirituais marinhas era do atributo água, que em geral era relacionado ao Yin.  Apesar de apenas uma gota de líquido Yang ter sido introduzida no corpo da Orca Demoníaca, a assustadora explosão de calor gerada por ela no mesmo instante queimou seus órgãos. Seus músculos e vasos sanguíneos também viraram carvão. Foi por isso que ela não sangrou.

Antes que Xiao Bai pudesse ficar ainda mais chocada, Tang San a instruiu a nadar para outro lado. Depois de presenciar o que acabou de acontecer, Xiao Bai sem dúvidas obteve uma nova compreensão das habilidades de Tang San e se apressou em nadar na direção que ele indicou. Como ele usou a Besta Divina Zhuge ao invés de suas habilidades espirituais, a presença dos dois ainda não havia sido revelada.

Todas as Orcas Demoníacas se reuniram na superfície sob os assustadores olhos vermelhos do Rei Orca Demoníaca. De repente ele abriu a boca, soltando um rugido grave e várias lâminas de água com uma aura vermelha escura foram disparadas, atingindo a Orca morta.

O enorme corpo com mais de vinte metros de comprimento foi cortado em pedaços, expondo seu interior carbonizado.

Vendo isso, as pupilas do Rei Orca Demoníaca se contraíram e a água a sua volta ficou agitada enquanto ele tentava encontrar alguma pista sobre a causa da morte dessa Orca. Porém, o líquido Yang não havia derretido apenas os seus órgãos, como também a maior parte da flecha. O fragmento que restou era tão pequeno em comparação ao seu corpo gigantesco que mesmo se o Rei Orca Demoníaca fosse ainda mais poderoso, ele ainda poderia não encontrar nada.

Quando a fúria do Rei Orca estava começando a diminuir, de repente houve outra comoção entre as Orcas reunidas e a mesma coisa aconteceu de novo. Uma Orca Demoníaca especialmente grande de repente pulou com ferocidade para fora da água. A energia irrompendo sem controle dentro de seu corpo gerou uma enorme onda de energia. Como havia várias Orcas reunidas, essa erupção atingiu alguns dos membros do cardume mais próximos dela.

A reação do Rei Orca Demoníaca foi bem rápida e, além disso, sem qualquer leniência. Usando uma flexibilidade completamente desproporcinal ao seu tamanho, ele se virou de maneria abrupta, golpeando a superfície da água com sua cauda e criando uma gigantesca lâmina de água vermelha escura que atingiu a Orca Demoníaca sem piedade, a cortando no meio.

Seus órgãos internos estavam carbonizados da mesma forma. Outra Orca Demoníaca havia sido eliminada.

Hou. Um rugido furioso irrompeu da boca do Rei Orca Demoníaca, a onda de som fez o oceano dentro de um raio de dezenas de milhares de metros vibrar. Rugidos similares também foram emitidos das bocas das outras Orcas Demonícas. Por um instante, as intensas flutuações de energia quase selaram completamente o mar dentro do seu alcance. A água ficou quase tão densa quanto gelatina, as intensas flutuações espirituais penetraram a água até o leito do mar.

— O Rei Orca Demoníaca mandou os membros do seu clã procurarem pelo inimigo com toda a sua força. Ele está furioso. Quase à beira da loucura. O que nós faremos agora? — Xiao Bai explicou o significado do rugido do Rei Orca para Tang San, parecendo se divertir com a desgraça dele pelo tom que usou.

— Por hora nós vamos esperar. Eles não vão conseguir encontrar nada. — Tang San a respondeu com calma. — Eles não têm como continuar liberando sua força espiritual assim para sempre e nós não vamos ficar exaustos antes deles. Assassinato requer paciência.

O plano de Tang San era bem rigoroso: permanecer sob a camuflagem da Barreira do Mar Vasto e usar apenas a Besta Divina Zhuge para atacar. Seu objetivo era não permitir que os oponentes descobrissem sua presença. Afinal, como ele poderia colocar sua própria vida em risco?

Como Tang San disse, apesar de todas as Orcas Demoníacas participarem da busca, mesmo se revirassem o oceano inteiro, elas ainda não seriam capazes de econtrar uma pista sequer dos inimigos escondidos no fundo do mar. Durante a busca, uma Orca quase encostou em Xiao Bai quando passou nadando por eles, mas ainda assim não foi capaz de descobri-los. Tang San não estava nem um pouco preocupado, ele parecia mais calmo do que um iceberg antigo. Ele não pretendia agir sem necessidade por enquanto, o mistério era uma excelente ferramenta para deixar os oponentes em pânico.

As Orcas continuaram sondando a região durante uma hora inteira. Nesse meio tempo, a energia do Rei Orca Demoníaca também vasculhou a água algumas vezes, mas mesmo sendo os tiranos do mar, com o tempo eles de fato ficaram cansados. Usar sua força espiritual para vasculhar o mar já era uma atividade consideravelmente desgastante e depois de passarem uma hora inteira sem encontrarem nada, independente de o quão furioso o Rei Orca estivesse, ele não teve escolha a não ser ordenar que os membros do seu clã parassem a busca.

Mas no instante em que elas pararam de procurar, uma terceira Orca Demoníaca de repente ficou maluca. Apesar de as outras a sua volta reagirem bem rápido, outra Orca teve sua cauda arrancada a mordidas.

No mesmo instante, o cardume que havia começado a se acalmar ficou agitado de novo. Conhecidas como as tiranas do mar, as Orcas não teminam um ataque frontal de nenhum oponente, elas até mesmo tinham a coragem de enfrentar o Rei Baleia Demoníaca. Entretanto, na situação atual, elas não conseguiram conter o pânico que começou a se espalhar. Um inimigo desconhecido era a coisa mais assustadora que existia e vendo seus irmãos de repente perderem a sanidade e morrerem de forma miserável sem qualquer aviso, como essas Orcas Demoníacas poderiam não ficar com medo?

Dessa vez elas não precisaram nem das instruções do Rei Orca, imediatamente se empenhando em buscar pelo inimigo desconhecido dentro da água, liberando sua força espiritual sem reservas em busca de qualquer pista do seu paradeiro. Mas os verdadeiros inimigos já haviam voltado para o fundo do mar, exibindo sorrisos frios em seus rostos enquanto recolhiam sua força espiritual para descansar, esperando pela próxima hora de agir.

O objetivo de Tang San não era apenas matar o maior número de oponentes possíveis e enfraquecer o cardume de Orcas Demoníacas, mas também de esgotar a suas reservas de energia física e mental. Sua estratégia era fazer os oponentes gastarem toda a sua energia até ficarem exaustos, então, quando eles estivessem cansados e ele bem descançado, ele venceria. Independente de quanta energia as Orcas Demoníacas possuíssem, em algum momento ela chegaria ao fim. Em meio ao pânico, não demoraria muito para elas ficarem exaustas tanto física quanto mentalmente e sempre que elas paravam para descansar, Tang San atacava mais uma vez, mantando uma Orca Demoníaca e espalhando o pânico novamente.

Depois de algumas rodadas, sete Orcas já haviam perdido a vida para as flechas da Besta Divina Zhuge e o número de Orcas feridas pelos acessos de insanidade das vítimas já havia alcançado dois dígitos.

Mesmo depois de todos esses ataques, o número de Orcas mortas ou feridas não chegava a nem um décimo do número de membros do clã, o que ainda não era o suficiente para influenciar a força do cardume. Mas o golpe mental que essas gigantescas criaturas marinhas sofreram era incomparável.

Depois de cada ataque, Tang San recolhia sua força espiritual e descansava nas costas de Xiao Bai. Enquanto isso, a própria Xiao Bai não precisou fazer esforço algum. Mas o cardume de Orcas já estava em pânico total e num estado de exaustão. O próprio Rei Orca Demoníaca lançou vários ataques contra o mar, tentando forçar o inimigo desconhecido a aparecer. A força de seus ataques até deixou Tang San chocado, mas seu único efeito real foi gastar energia em vão.

Quando a oitava Orca Demoníaca morreu para a Besta Divina Zhuge, o Rei Orca Demoníaca finalmente decidiu recuar, ordenando que o cardume inteiro nadasse em uma determinada direção, iniciando uma migração repentina e abandonando o território onde elas haviam vivido por tanto tempo.

Sair dali não era um problema para as Orcas Demoníacas e se continuassem ali, era provável que seus irmãos continuassem morrendo de forma trágica por algum motivo desconhecido. Até mesmo alguém tão arrogante quanto o Rei Orca Demoníaca não tinha escolha a não ser encontrar outra solução.

— Agora esses caras querem fugir. — Xiao Bai disse a Tang San um pouco animada.

— Fugir? — Tang San bufou friamente. — Essas Orcas podem ser grandes, mas será que conseguem se comparar aos Tubarões Brancos Demoníacos em velocidade?

— Mas é claro que não. — Xiao Bai respondeu com orgulho. — Em termos de movimento por longas distâncias no mar, não existem bestas espirituais marinhas capazes de se comparar a nós. As Orcas Demoníacas podem ser mais fortes em poder de ataque, mas no quesito velocidade é diferente. Caso contrário, elas já não teriam nos aniquilado muito tempo atrás?

— Já que é assim, vamos continuar aumentando o pânico em seus corações. — Tang San disse com frieza. — Vamos segui-las.

Assim a emboscada se transformou em uma perseguição. Mas antes de começarem, Tang San e Xiao Bai flutuaram até a superfície e dispararam um sinalizador verde. Esse era o sinal que ele havia combinado com Dai Mubai para indicar o início de uma perseguição. Após Xiao Bai deixar seu cheiro na água, ela voltou para dentro da Barreira do Mar Vasto com Tang San e eles seguiram atrás do cardume de Orcas Demoníacas.

As Orcas Demoníacas naturalmente também viram o sinal de luz, mas levando em conta que eram seres que passaram a vida inteira no oceano, como elas poderiam saber o que esse brilho estranho significava? O Rei Orca Demoníaca até pensou em voltar e investigar, mas ele e os membros do seu clã estavam muito cansados por causa dos ataques anteriores de Tang San e preferiram continuar fugindo ao invés de dar meia volta.

Xiao Bai não havia exagerado, os Tubarões Brancos realmente eram muito mais rápidos do que as Orcas e Tang San percebeu isso com muito mais clareza estando nas costas do Rei Tubarão Branco Demoníaco. Não demorou muito para eles alcançarem o cardume de Orcas. Dessa vez, Tang San atacou com ainda mais liberdade. Com as experiências anteriores, ele levou apenas alguns instantes para matar mais três Orcas usando a Besta Divina Zhuge. Apesar de não haver mais tanto dano colateral já que eles estavam atacando as Orcas na retaguarda, com os ataques vindos de trás, elas foram obrigadas a dividir sua atenção para liberar sua força espiritual para vasculhar os arredores ou começar a atacar a água a sua volta sem um alvo específico.

Dessa forma, apesar de estarem fugindo, elas continuaram ficando cada vez mais esgotadas.

Xiao Bai nunca havia se sentido tão satisfeita. Ver essas manchas no mar perderem a vida uma após a outra enquanto as perseguia sem perder em velocidade deixou seu coração repleto de confiança. Secretamente, ela chegou à conclusão de que essa era uma oportunidade concedida pelo Deus do Mar e ela com certeza não a disperdiçaria. Dessa vez ela aniquilaria por completo essas Orcas Demoníacas.

Aos poucos, o número de flechas que Tang San possuía foi diminuindo enquanto o número de Orcas mortas aumentava e o sentimento de pânico se instalou permanentemente entre elas.

— Já deve estar na hora do ataque principal. — Após disparar a quadragésima oitava flecha, Tang San finalmente guardou a garrafa de jade que continha água do Poço de Gelo e Fogo. Ele só tinha essas quarenta e oito flechas com ele, o que já havia resultado em setenta casualidades para o cardume de Orcas. Quase um quarto dos seus números totais. Além disso, todos os alvos de Tang San haviam sido Orcas adultas.

Um sinalizador vermelho foi disparado no céu. O sinal do ataque principal finalmente foi emitido. Xiao Bai de repente deu meia volta, recuando com Tang San na velocidade de um raio.

O Cardume de Tubarões Brancos os esteve seguindo à distância. A distância em si não era muito importante, não se esqueça de que eles possuíam um poder que as Orcas Demoníacas não possuíam: uma patrulheira.

Na sua forma de andorinhão mongol, Bai Chenxiang parmeneceu o tempo todo no ar. Contando com sua visão extraordinária para localizar o cardume de Orcas Demoníacas e repassando as informações para os Tubarões Brancos.

Apesar de seus líderes, Tang San e Xiao Bai, não estarem presentes, Dai Mubai, Oscar e os outros também eram bem inteligentes. Ouvindo Bai Chenxiang reportar que o número de Orcas Demoníacas não parava de diminuir, eles concluíram que o ataque surpresa de Tang San havia sido bem sucedido. O sinal verde significava que eles ainda não deviam atacar, então ordenaram que os Tubarões Brancos continuassem os seguindo a algumas dezenas de li de distância. Com Bai Chenxiang os guiando, eles não precisavam se preocupar com o risco de perder o rastro.

No caminho, eles começaram a ver os cadáveres de Orcas Demoníacas flutuando no mar, o que começou a elevar a moral dos Tubarões. Quando em fim avistou o sinal vermelho, Dai Mubai imediatamente emitiu a ordem de avançar.

Não muito tempo depois, Xiao Bai e Tang San voltaram para junto do cardume de Tubarões Brancos. Então Tang San se levantou, permanecendo nas costas de Xiao Bai. Os Tubarões continuaram avançando à velocidade máxima, seguindo atrás do cardume de Orcas como duzentas flechas brancas no mar.

Quando estavam a cerca de dez li das Orcas, o Rei Orca Demoníaca finalmente descobriu sua presença atrás deles. Usando sua sonda mental, ele identificou as flutuações espirituais de Xiao Bai. Quando os dois colidiram, a fúria que o Rei Orca Demoníaca esteve reprimindo durante todo esse tempo entrou em erupção. Se virando de forma abrupta, ele liderou os membros do seu clã num avanço agressivo contra seus perseguidores.

Hou. O Rei Orca Demoníaca disparou uma flecha de água na direção deles. Em meio aos rugidos, uma voz rouca repleta de fúria ecoou pelo céu.

— Vocês mataram os meus irmãos?

— Isso mesmo, fomos nós. — Xiao Bai respondeu com orgulho. — Xie Hu, você ainda se lembra do que você me disse quando matou meu irmão mais novo? Hoje aquela dívida de sangue será retribuída com sangue. Suas malditas manchas nesse mar, hoje nós os destruiremos em nome do Senhor Deus do Mar. 1

— Em nome do Deus do Mar? Ele já não é visto a dezenas de milhares de anos. Vocês peixinhos estão superestimando as suas habilidades se realmente acham que podem me desafiar. Hoje eu te matarei da mesma forma que matei o seu irmãozinho daquela vez.

Com a mensão de seu irmão mais novo, os olhos de Xiao Bai ficaram vermelhos e ela soltou um rugido, avançando com os membros do seu clã.

Enquanto Xiao Bai avançava, Tang San saiu de cima das costas dela, se erguendo no ar enquanto observava calmamente todos os presentes. Então ele disse aos seus companheiros:

— Primeiro completem as suas missões. Rongrong, de suporte a Xiao Bai.

Hong. As duas grandes tribos do oceano colidiram impiedosamente ‘e seus olhos se tornaram vermelhos ao encontrar sua nêmese’. Os Tubarões Brancos Demoníacos haviam sido intimidados pelas Orcas Demoníacas por anos. Nesse momento eles irromperam com cento e vinte por cento do seu poder de batalha total. Em contraste, apesar de as Orcas Demoníacas ainda irromperem com um enorme poder de batalha, elas ainda estavam exaustas por causa dos esforços de antes e seria impossível para elas demonstrarem sua verdadeira força. Ainda assim, quando os dois lados colidiram, a região inteira foi instantaneamente tingida de vermelho.

Batalhas raciais nunca se resolveriam sem a morte de alguém, assim como os Tubarões Brancos estavam esperando uma chance, as Orcas também estavam esperando por uma oportunidade para aniquilar essas bestas espirituais poderosas o suficiente para disputar o título de tiranas do mar com elas.

— Inferno do Asura. — Uma voz fria como gelo ecoou pelo céu e um círculo de luz branca de repente se espalhou a partir de Tang San. Num instante, seu corpo se tornou dourado azulado. Dois amarelos, um roxo, dois pretos e dois vermelhos, sete anéis de espírito brilharam ao mesmo tempo. Ele já havia ativado seu Avatar Espiritual e ao mesmo tempo também usou o Inferno do Asura do Domínio do Deus da Morte.

O mundo originalmente vermelho sangue no mesmo instante foi tomado por um frio congelante, cenas de montanhas de corpos e mares de sangue pareceram invadir as mentes de todos os seres vivos presentes. Mas a diferença foi que enquanto os Tubarões Brancos sentiram sua intenção assassina crescer à medida que seus corpos ficavam repletos por uma sede de batalha, do outro lado, quando as Orcas Demonícas que já estavam num estado de pânico foram envolvidas pelo Inferno do Asura, sua sede de batalha imediatamente diminuiu de forma substancial. Exibir sua força se tornou ainda mais difícil com seus corpos que já estavam cansados e elas foram obrigadas a recuar de cada vez mais pelos ataques dos Tubarões Brancos Demoníacos. O Inferno do Asura não parava de enfraquecê-las e toda vez que colidiam contra um oponente, elas sentiam como se um pouco de sua coragem desaparecesse.

Se dizendo que a Natureza Infindável do Domínio Azul Prateado era capaz de dar a Tang San a capacidade de continuar lutando infinitamente, então o Inferno do Asura do Domínio do Deus da Morte era o domínio perfeito para enfraquecer os oponentes. O Domínio do Deus da Morte não enfraquecia o poder espiritual dos oponentes, mas sim sua força mental. Indivíduos com pouca força de vontade ou com força insuficiente presos nesse domínio imediatamente perderiam sua sanidade por causa do medo. Além disso, ainda havia seu efeito constante de enfraquecimento. Mesmo um oponente com grande força de vontade ainda seria influenciado.

Por outro lado, com a amplificação do Inferno do Asura, os Tubarões Brancos Demoníacos se sentiriam como verdadeiros Deuses da Morte, sua velocidade e poder de ataque, assim como sua sede de batalha aumentariam num ritmo constante. Se as coisas continuassem assim, o exausto cardume de Orcas Demoníacas aos poucos não seria mais capaz de resistir e um número cada vez maior delas seria despedaçado pelos Tubarões Brancos Demoníacos.


Tradutora: Brinn   |   Revisor: Bravo


Notas

1 – Xie Hu – (邪虎) Isso parece ser um nome. Sua tradução é “Tigre Cruel”, ambos os caracteres são usdos em “orca demoníaca”, sendo que orca se escreve como “baleia tigre” (apesar de orcas na verdade serem da família dos golfinhos).


Fontes
Cores