Imortal Renegado Chinesa

Tradução: DivineMelody

Revisão: Ana Paula, Bczeulli, Koto Tenske


Livro 1

Capítulo 9: Descendo o Penhasco

Pelos próximos dias, Wang Lin para se alimentar dependeu dos pássaros que eram sugados para caverna e batiam nas paredes. Ele gastou mais do seu tempo cuidadosamente observando a pérola de pedra. Cada vez que o orvalho aparecia, ele o esfregava no seu braço. Ele fez isso até que seu braço estivesse completamente recuperado. Ele sabia que esse orvalho era extremamente valioso, então o colocou em um crânio de pássaro.

Nesses dias, ele respingou o orvalho que tinha coletado completamente nos últimos dias em um pedaço de roupa e cuidadosamente enrolou a pérola nele. Depois de ter certeza que não cairia, chegou na entrada da caverna quando a força de sucção parou. Ele usou seus dentes para rasgar suas roupas e amarrou, então amarrou uma ponta na rocha e a outra em volta da sua cintura e lentamente desceu.

Wang Lin tinha descido quase cinco ou seis metros, quando sua mão escorregou. Seu corpo caiu rapidamente, mas felizmente suas roupas eram resistentes e deu a ele tempo para balançar para o penhasco e agarrar um ramo antes que a roupa rasgasse.

Suor frio brilhava da testa de Wang Lin. Quando ele olhou para baixo, ele estimou que ele ainda estava vinte metros acima. Com uma mão, ele agarrou um ramo e com a outra mão ele agarrou a roupa e amarrou no ramo, com isso ele se sentiu aliviado.

Ele cuidadosamente voltou para a borda do penhasco e então começou a descer de novo. Quando ele estava há dez metros do chão, a roupa tinha esticado ao seu limite, Wang Lin pulou sem pensar duas vezes.

Suas roupas não podiam suportar o peso e começaram a rasgar-se, mas ainda ajudou aliviar a queda. Wang Lin sentiu o vento acariciando seu rosto no caminho para baixo, também como os ramos quebrando sob ele, diminuindo sua queda. Ele posicionou seu corpo assim que desembarcou, com os dedos dos pés apontando para baixo, ele rolou como uma bola quando tocou no chão.

O chão parecia com uma faca de pedra que cortara seu corpo, criando vários cortes fundos, especialmente um corte em sua perna. Era tão profundo que se poderia ver os ossos.

Wang Lin, com a visão borrada e falta de ar. Ele lutava para colocar a roupa que estava ao redor do seu pescoço e que continha a pérola em sua boca para sugar algum orvalho que estava na roupa. Depois de um tempo, ele lutou para se sentar e com as mãos tremendo, pegou a roupa e apertou-a acima da ferida em sua perna enquanto saíam algumas gotas de orvalho.

Um sentimento frio emitiu do lugar que a ferida estava. Depois de ter feito tudo isso, Wang Lin caiu no chão e rezava para que nenhuma besta o atacasse antes que ele se recuperasse.

Nesse momento, ele ouviu um grito da distância.

Tie Zhu, aonde está você?

Wang Lin estava atordoado. Ele ouviu atentamente e percebeu que era a voz do seu pai. Sem tempo para pensar, ele usou toda a força que restava em seu corpo para gritar: Pai! Eu estou aqui!

Um arco íris se aproximou da distância, circulou em torno do penhasco próximo a Wang Lin por um tempo, e então desceu. Uma espada de luz veio para baixo e dissipou, revelando um discípulo da Seita Heng Yue com o pai de Wang Lin em seu braço, franzindo para ele.

Quando o pai de Tie Zhu viu seu filho, ele imediatamente explodiu em lágrimas. Ele correu para Wang Lin e abraçou ele. Enquanto chorando ele disse: Tie Zhu, o que você está pensando? Por que você tem que ser tão teimoso? Você já pensou sobre como seus pais viveriam se você morresse?

Wang Lin estava atordoado. Depois de pensar sobre isso, ele percebeu que seu pai tinha entendido mal e pensou que ele estava tentando cometer suicídio. Depois de olhar para ele mesmo e ver quão acabado seu corpo estava, ele não podia deixar de soltar um sorriso amargo.

O discípulo da Seita Heng Yue, de sobrenome Zhang, olhou por cima para Wang Lin. Ele olhou para o penhasco acima e viu as roupas que foram rasgadas mais cedo. Com alguns pulos, ele escalou até que ele alcançou a caverna. Ele sentiu uma força que tentou sugá-lo e mostrou uma expressão surpresa. No entanto, ele rapidamente se recuperou e pulou, como a força não era grande coisa. Ele disse, lentamente: Sua criança queria se suicidar, mas foi salva por uma força de sucção natural da caverna. Agora que Wang Lin foi encontrado, vamos voltar para a seita e fazer com que o Élder faça uma decisão.

O discípulo da Seita Heng Yue rolou suas mangas, agarrou pai e filho e rapidamente deixou aquele local. Depois de um tempo, eles chegaram ao pé da montanha da Seita Heng Yue, então subiram os degraus e se aproximaram do pico.

Voltando aqui assim, causou Wang Lin a ter sentimentos confusos. No pico, havia muitas pessoas com expressões feias. O discípulo Zhang rapidamente foi o primeiro deles e sussurrou algo. As sobrancelhas do velho homem fincaram e disse com uma voz fria. Desde que a pessoa foi encontrada, envio-o para a sala de convidados para reuni-lo com sua mãe.

Na sala, quando a mãe de Wang Lin viu seu filho, ela imediatamente explodiu em lágrimas e correu para abraçá-lo. Depois de ouvir dos seus pais, ele finalmente sabia o que estava acontecendo.

Quando ele fugiu de casa, seus pais retornaram para a família Wang e encontraram seu Quarto Tio. Os três deles temeram pela sua segurança, então eles foram encontrar o pai de Wang Zhao. Com a pressão do seu Quarto Tio, o pai de Wang Zhuo relutante conseguiu a ajuda dos membros da família para pedir a Seita Heng Yue para ajudar.

Essa era a primeira vez que a Seita Heng Yue encontrou algo como isso e optou por ignorá-lo em primeiro lugar. No entanto, a razão do porquê Wang Lin fugiu de casa foi devido a não ser aceito na Seita Heng Yue. Embora a Seita Heng Yue não se importasse sobre a vida e morte de um mortal, se ele tivesse realmente morrido e as notícias disso se espalhassem para os aldeões próximos, pais não iriam querer que seus filhos tentassem entrar na seita. Preocupado sobre o futuro, eles enviaram alguns discípulos para pesquisar na área. O pai de Wang Lin ainda estava preocupado então ele seguiu eles.

E isso é o que causou a cena diante dele.

Depois de um tempo, alguém enviou alguma medicina. A mãe de Tie Zhu agradeceu apressadamente a pessoa que a entregou, e cuidadosamente alimentou seu filho. Isso era de fato medicina produzida por uma seita imortal. O efeito era extremamente bom. Depois de comê-la, Wang Lin sentiu que ele tinha se recuperado bastante e sua ferida passou a doer muito menos.

Os pais de Wang Lin estavam incessantemente outorgando palavras de conforto sobre ele. Ele queria explicar tudo para eles, mas ele estava incerto se eles acreditariam nele.

Nesse momento, em um salão da Seita Heng Yue, vários Élderes sentados ao redor, ouvindo o discípulo Zhang descrever como ele encontrou Wang Lin. No fim da longa mesa, um homem de rosto vermelho disse insatisfeito: O que a vida e morte de um mortal tem a ver com um imortal como eu. Olhe para as outras seitas imortais, quais delas seriam como nós que enviariam pessoas para encontrar uma criança que tentou se suicidar porque ele não foi selecionado. Isso é vergonhoso.

Próximo a ele, um homem de meia-idade com um rosto frio disse: O que o Élder Ma disse é correto. Em todas as seitas dentro do estado de Zhao, apenas nossa Seita Heng Yue é assim. Mas se essa criança realmente morresse em nossa cordilheira, todos os pais temeriam que seus filhos tentariam se suicidar se eles fossem rejeitados. Então, quem ousaria nos enviar seus filhos?

Um velho homem de manto tomou um gole de chá e disse lentamente: — Na realidade, não é por que nossa Seita Heng Yue tem declinado que nós devemos selecionar aqueles que sejam adequados para cultivação dos mortais? Se fosse quinhentos anos atrás, quem se importaria em que os mortais pensam?

Finalmente, um homem cheio de rugas suspirou e disse: Se esse jovem tentou se suicidar uma vez, ele poderia tentar se suicidar de novo. Bah, para prevenir esse problema de continuar, vamos apenas fazer uma exceção e aceitá-lo como discípulo. Depois que ele terminou de falar, ele deu um olhar de lado para o homem de meia-idade.



Comentários