RI – Capítulo 470 – Nossa Conexão Fatídica Termina


Planeta Suzaku, fora da Cidade Fênix em Chu, em uma aldeia mortal.

Era uma manhã de primavera. Havia fumaça saindo das várias casas e sons de cães latindo junto com crianças brincando.

A quinta casa ao leste da aldeia era uma casa humilde. Uma mulher um pouco mais velha estava agachada na cozinha, acendendo o fogão para se preparar para cozinhar.

Sua figura era um pouco curvada e cheia de idade. Fumaça saía da lenha, fazendo ela tossir, então ela rapidamente pegou um leque de bambu. Depois de abanar um pouco, a fumaça dispersou finalmente.

“Esposa…” Uma voz chamou ela do cômodo ao lado da cozinha.

A mulher abaixou o leque e limpou sua mão em seu vestido. Ela rapidamente deixou a cozinha e chegou ao cômodo de onde a voz veio.

Depois de abrir a porta e entrar no cômodo, ela viu um velho sentado na cama. Seus olhos eram afundados e profundas rugas cobriam seu rosto.

O corpo todo do homem era só pele e ossos, e seus olhos não tinham luz neles.

A mulher chegou ao lado da cama, então ela olhou para o homem e lágrimas saíram de seus olhos.

“Marido, o que você quer comer?”

O homem levantou a mão direita e a mulher rapidamente o ajudou a sentar.

“Esposa, tive um sonho ontem que nossa filha voltou para casa…” Uma dica de brilho apareceu nos olhos vagos do homem.

“Nossa filha voltará para casa em breve…”

As lágrimas da mulher começaram a derramar. “Sim, ela voltará para casa em breve…” Ela disse.

“Eu me arrependi da minha decisão naquela época. Não devia ter deixado aquele daoista levá-la embora. Num instante, vinte anos se passaram e não tenho ideia de como ela está…” O homem parecia ainda mais velho.

A mulher limpou suas lágrimas e sussurrou, “Não se preocupe, nossa filha tem boa sorte. Ela definitivamente está segura.”

Esses dois são os pais de Zhou Ru. Durante a invasão do Clã do Imortal Abandonado, eles foram forçados a se mudarem para cá e assim fugir da guerra.

No entanto, esses dois anciões sempre pensaram em Zhou Ru.

Zhou Ru sendo levada por aquele daoista sempre foi um espinho nos corações deles. Os anos de saudade tornou este espinho ainda maior e mais forte, deixando a dor ainda pior.

O pai de Zhou Ru sempre se arrependeu disso. Depois que ele adoeceu, ele nunca ficou melhor e ficou cada vez mais magro a cada dia.

Todos os fardos familiares caíram sobre a mãe de Zhou Ru. Uma dona de casa tinha que sustentar a família toda. Contudo, nos sonhos dela, lágrimas enchiam seus olhos e ela ainda chamava o nome de Zhou Ru.

“Nossa filha vai vir para casa. Marido, você teve um sonho ontem sobre o retorno dela. Seu sonho definitivamente se tornará realidade…” A mulher enxugou as lágrimas.

“Ah…” O pai de Zhou Ru soltou um profundo suspiro e estava prestes a dizer algo quando seus olhos fixaram na porta. Era como se seu ser inteiro foi congelado e não poderia mover um músculo.

A mulher se assustou quando ela se virou para ver onde seu marido estava olhando. Quando seu olhar atingiu a porta, seu corpo todo começou a tremer.

Ela viu uma garota em pé na porta. Essa garota era muito encantadora e tinha longos cabelos pretos. Sua aparência era um pouco semelhante com as lembranças vagas de Zhou Ru do casal.

A mulher sussurrou de forma hesitante, “Você…”

“Mãe!!!” Lágrimas de repente caíram dos olhos da garota quando ela chegou ao lado da mulher e começou a chorar.

“Ru Er… é realmente a Ru Er. Marido, ela realmente voltou!” A mulher ficou tão animada que lágrimas escorreram pelo seu rosto. A mulher abraçou a garota e começou a chorar.

O pai de Zhou Ru parecia estar de repente cheio com poder inimaginável; ele sentou-se sozinho. Ele olhou para Zhou Ru enquanto lágrimas escorriam pelo seu rosto e disse, “Deus teve piedade de nós! Deus teve piedade de nós! Minha filha voltou para casa!”

Fora da casa, Wang Lin suspirou. Ele estava cheio de arrependimento para com esses dois. Ele apontou com a mão direita e um raio de energia espiritual entrou silenciosamente em cada um dos pais de Zhou Ru.

O corpo do pai de Zhou Ru recuperou completamente e estava cheio de vitalidade; a mãe de Zhou Ru foi o mesmo.

“Ru Er, tio vai embora!” Depois de ponderar um pouco, Wang Lin partiu. Ele parecia tão amargo e solitário.

Dentro da casa, Zhou Ru pareceu sentir algo, então ela olhou para fora da janela e viu a figura amarga e solitária.

“Tio, Ru Er terá uma chance de vê-lo novamente nesta vida…” pensou Zhou Ru. A tristeza em seu coração aprofundou…

Em seu coração, Wang Lin era mais importante que seus pais; afinal, ela esteve com Wang Lin desde que era pequena.

“Tio, vou continuar cultivando até eu poder sair do Planeta Suzaku. Quando eu puder sair, vou… te procurar… Até lá, pequena Ru Er não vai mais arrastar você para baixo.”

Wang Lin partiu.

Branquinho soltou alguns rosnados fora da casa de Zhou Ru. Ele olhou com seus olhos grandes para a casa de Zhou Ru e preenchidos com relutância. Pouco depois, ele soltou um rugido alto antes de pular para o céu e desaparecer em um raio de luz branca.

Este rugido chocou todos os aldeões, mas quando saíram de suas casas, eles não encontraram nada. No entanto, todo o gado na aldeia não ousou sair de seus currais por um mês. Todas as noites, seus corpos tremiam violentamente como se foram traumatizados.

***

País de Chu.

O corpo de Wang Lin apareceu fora da Seita do Céu Nublado.

“Tie Yan, saia para me ver!” A voz de Wang Lin ecoou pela Seita do Céu Nublado.

Um raio de luz rapidamente saiu da Seita do Céu Nublado. A luz parou dez metros diante de Wang Lin, revelando um velho. Esta pessoa era Tie Yan.

Tie Yan havia alcançado a Formação da Alma e o País de Chu se tornou um País de Cultivação rank 4.

“Tie Yan está aqui!” Tie Yan saudou com as mãos e permaneceu lá respeitosamente. Seu coração estava cheio de respeito para com Wang Lin. No Planeta Suzaku, o nome de Wang Lin era uma lenda.

Wang Lin, também conhecido como Ceng Niu, cortou um braço da Borboleta Vermelha, matou Qian Feng, surpreendeu Liu Mei, forçou Zi Xin a recuar e com uma palavra tornou Zhou Wutai o décimo quinto Suzaku.

Tudo isso se espalhou para cada cultivador no Planeta Suzaku. Quase ninguém não conhecia essas histórias.

No coração de Tie Yan, Wang Lin era os céus e suas palavras eram a lei dos céus que ninguém poderia resistir.

Wang Lin acenou a mão direita e um saco de carregamento saiu e pousou na mão de Tie Yan.

“Se Zhou Ru puder cultivar até o estágio Alma Nascente por conta própria, dê isto a ela! Se ela não puder, então esqueça sobre isso! Tem um selo colocado por mim nele. Este selo é muito simples; todo que você precisa fazer é estudá-lo cuidadosamente e será capaz de quebrá-lo um dia.”

A voz do Wang Lin foi extremamente simples.

Tie Yan foi surpreendido e então ele disse rapidamente, “Tie Yan não ousa. Isto é seu presente para Zhou Ru. Mesmo que eu morresse, não ousaria abri-lo!”

Wang Lin olhou para Tie Yan e assentiu. “É melhor não cobiçar isso, senão você terá que sofrer as consequências. Lembre-se bem disso!”

O coração de Tie Yan tremeu e ele memorizou isso em seu coração. Ele não ousaria ignorar as palavras de Wang Lin, não acreditar nas palavras de Wang Lin. Este sentimento seguiu ele mesmo até sua morte.

Wang Lin olhou bem ao redor antes de soltar um suspiro. Em seguida, seu corpo se transformou em uma nuvem de fumaça verde e foi espalhada pelo vento.

Tie Yan foi completamente encharcado de suor. Ele guardou cuidadosamente o saco de carregamento e voltou para a Seita do Céu Nublado.

***

Na parte extrema ao norte do Planeta Suzaku onde o País de Xue Yu costumava estar e onde o vento gelado podia gelar alguém até os ossos.

Ninguém sabia quando, mas um campo de rosas cresceu aqui; contudo, as rosas não eram vermelhas, mas brancas.

Campos de rosas brancas cresceram neste lugar frio e sua fragrância preencheu a área.

Na parte oriental da área, havia um vale de gelo e dentro do vale uma única rosa azul crescia.

Ela cresceu enfrentando o vento frio e seus ramos eram como gelo. Era como uma donzela orgulhosa permanecendo lá orgulhosamente, criando seu próprio charme.

Neste dia, uma pessoa entrou no vale.

Esta pessoa usava vestes brancas e parecia muito calma. No momento que a pessoa entrou, a rosa azul pareceu notar e liberou uma fragrância. O vale foi de repente preenchido com a fragrância da rosa azul.

Era como se houvesse uma donzela dançando no vale, dando às pessoas um sentimento muito misterioso.

O jovem de vestes brancas ficou silenciosamente atrás da rosa azul. Ele olhou para ela por um bom tempo antes de agachar e puxá-la suavemente. Então ele se virou e partiu…

Quando o jovem partiu, as rosas brancas começaram a murchar e morrer; era como se elas tinham crescido para acompanhar aquela rosa azul.

Quando a rosa azul foi levada, elas perderam sua razão de viver, então só poderiam dispersar…

***

País de Zhao, pé da Montanha Heng Yue, a casa ancestral da Família Wang.

Neste dia, um jovem usando uma túnica branco-neve apareceu silenciosamente no templo da casa ancestral. Ele olhou calmamente para a fileira de placas antes de fixar seu olhar nas duas no topo.

O jovem olhou calmamente para eles por um bom tempo e nunca se mexeu.

Isso durou por um dia e uma noite.

Na manhã do segundo dia, um servo se aproximou da casa. Quando o servo avistou o jovem na túnica branco-neve, ele estava prestes a pedir por ajuda, mas seu corpo amoleceu de repente e caiu no chão.

O jovem olhou silenciosamente para as placas, seus olhos cheios de lembrança.

Ele ficou lá por três dias e três noites. Cada dia, a lembrança nos olhos dele se aprofundou, e duas correntes de lágrimas caíram por suas bochechas.

Depois de três dias, o jovem finalmente se mexeu. Ele ajoelhou lentamente no chão e fez kowtow.

“Pai… Mãe… Seu filho vai ir embora…..” Murmurou o jovem, então ele se levantou e saiu do templo.

Agora haviam muitas pessoas em pé ao lado de fora do templo.

Haviam homens e mulheres, velhos e jovens entre as pessoas do lado de fora. Eles usavam roupas luxuosas e pareciam que foram abençoados. Haviam mesmo alguns cultivadores entre eles. Apesar de que seus níveis de cultivação não eram altos, eles pareciam muito heroicos.

A pessoa na frente era Wang Zhuo!

Um dia atrás, Wang Zhuo sentiu algo chamar por ele, então ele veio aqui. Quando ele chegou ao templo, ele sentiu a presença de Wang Lin.

Ele sabia que Wang Lin não escondia sua presença e que o chamado que sentiu também foi de Wang Lin.

Foi por isso que ele veio e também porque ele chamou todos da Família Wang aqui. Não importa o que estavam fazendo, ele os fez parar e fez os cultivadores trazê-los aqui.


Tradução: DivineMelody | Revisor: Bczeulli

Quality Check: Heaven



Fontes
Cores