Ronan – Capítulo 84 – Fim de Novembro – Parte III



— Registros de atividades são feitos com o coordenador Rafael — respondeu muito educado o atendente do Prédio Administrativo.

— Obrigado — Anna agradeceu.

Os quatro seguiram pelo corredor que os levaria até o escritório.

— O que mais esse Rafael faz por aqui? — Nathalia indagou no meio do caminho.

Anna lembrou-se de uma conversa que a professora Grivaldo meses atrás.

— Pelo que me recordo, ele é um faz tudo por aqui.

— Faz de tudo mesmo.

Eles viraram o último corredor e deram de cara com uma fila torta, mais de cinquenta estudantes os distanciavam da sala do Rafael, o faz tudo.

— Já era — afirmou Nathalia tentando esconder a felicidade irrompendo dentro de si.

— Não vem com essa não, agora vamos até o final — Anna a repreendeu com um olhar reprovador.

Um trio lá na frente da fila virou-se para trás e encarou os recém-chegados, um deles se adiantou, acenou com um sorriso debochado e anunciou em voz alta:

— Meus heróis.

— Esse cara de novo não — Ronan lamentou levando a mão ao rosto.

A figura parou de acenar e partiu em direção ao quarteto, deixando os dois amigos para trás.

— Estamos quites, não é mesmo? Eu ajudei vocês na biblioteca e vocês deram um jeito nos babacas que me derrubaram.

— Mas você trapaceou de qualquer forma — Ronan recordou com amargura.

— Mas você ficou com o prêmio de qualquer jeito garotão, além do mais, você não tinha garantia alguma de chegar ao fim do torneio.

— Não graças a você.

— Tá bom, tá bom, chega de reviver o passado. Se vocês estão aqui é porque vão se inscrever nas atividades, mas sinto lhes informar, as melhores já foram preenchidas. — Então ele percebeu a lista nas mãos de Anna, e a tomou para si, sem pedir.

— Ei! — Ela protestou.

— Fica tranquila, vou ajudá-los a não perderem tempo, vocês vão ver só… — Seu indicador percorreu os nomes. — Não sei, não, não, não sei e não. É! Vocês têm duas chances até onde eu sei — terminou devolvendo a lista para Anna.

— Como assim? — ela perguntou.

— Das cinco escolhidas por vocês, apenas duas estão em aberto.

— Quais delas? — Ronan quis saber, ainda ressentido com o “Lorde Reiner”.

— Esse da professora Catarina e aquele sobre manipulação arcana, são boas escolhas, de verdade.

Ele parece dizer a verdade.

— Todo o resto já foi preenchido?

— Nem todos.

Os três se entreolharam confusos com as palavras de Reiner.

— Se nem todos foram preenchidos, então…

— Eu vou me inscrever na vaga do professor Fernando. — Reiner piscou de um olho só, deu as costas a eles e marchou até os seus dois amigos lá na frente da fila.

— Esse cara! — Ronan praguejou rangendo os dentes.

Após uma hora esperando, a vez do quarteto fazer a inscrição havia chegado. A porta do escritório foi aberta por Anna. A visão dos bancos e cadeiras lá dentro era divina, como se uma entidade transcendental os convidasse a ingressar no paraíso. Rafael permanecia sentado na cadeira inclinada, apoiada na parede enquanto os dois pés da frente estavam suspensos no ar.

Anna e Ronan representavam o grupo, afinal, eram os mais interessados, por isso ocuparam as cadeiras em frente à mesa do coordenador, enquanto Nathalia e Dario se espremeram no sofá perto da parede. Os cinco se cumprimentaram. Anna estendeu a lista com as atividades escritas. Rafael fez a cadeira descer. Pegou a folha deixada em sua mesa, analisou por dois minutos os nomes escritos e lhes contou a verdade sem rodeios.

— Nenhuma delas está disponível.

Anna e Ronan se entreolharam e viraram para os outros dois, que responderam com dares de ombros.

— E agora? — quis saber Anna.

— Nem tudo está perdido, nós temos algumas atividades disponíveis.

Ronan coçou a nuca tentando aceitar a situação.

— Nós já vimos todas as outras, essas cinco foram às únicas que concordamos.

— Mas eu tenho em mãos uma exclusiva para vocês.

— Exclusiva para nós? Mas por quê?

— A professora Catarina pediu que eu entregasse a vocês assim que viessem. — Puxou a gaveta da mesa e retirou uma pasta, que entregou à garota sentada em sua frente.

Anna abriu o invólucro, tirou as folhas de dentro e leu os primeiros parágrafos. Seus olhos castanhos arregalaram em surpresa.

— Dá uma olhada Ronan.

O rapaz pegou as folhas oferecidas e reparou no cabeçalho que a diferenciava das demais atividades. Em seguida, fez a leitura em voz alta.

 

            ATIVIDADE DE VERÃO EXCLUSIVA.

 

            Entregar apenas para os seguintes alunos da Universidade de Leon:

            Anna Ambrósio e Ronan Briggs.

 

            Título: História da Manipulação.

            Orientador (a): V. A.

            Pré-requisitos: inscrição dos alunos citados no cabeçalho acima.

            Atividades a serem realizadas: auxiliar o orientador.

            Lotação: cidade de Rioalto.

 

— Mas porque apenas os dois podem participar? — Nathalia perguntou.

— Vocês podem, mas a presença deles é um pré-requisito necessário.

Anna levantou-se da cadeira, caminhou até o sofá, agachou-se em frente à amiga e puxou manga do casaco dela, encarando-a com os olhos arregalados e os lábios contraídos.

— Por favor — implorou manhosa.

Nathalia fechou os olhos e suspirou.

— Está bem. Para a sua sorte eu sempre quis visitar Rioalto, mas onde ela fica exatamente? Só sei que é a leste da capital.

— Nordeste para ser preciso, a uma semana de viajem.

Faltou apenas um deles aceitar a oferta, Ronan e Anna o encararam com a esperança que necessitavam.

— Pode ser — Dario concordou.

Rafael puxou da extremidade esquerda de sua mesa um grosso caderno, abriu-o e registrou nele o nome dos quatro.

— Tudo pronto. Voltem aqui na semana que vem para que eu possa agendar a viagem, mas primeiro vou precisar da permissão de seus pais. — Puxou a gaveta, retirou alguns papéis de dentro e os estendeu em sua mesa.

— Eu preciso mesmo? Já sou maior de idade — Ronan informou.

— Mora com os pais?

Ele sacudiu a cabeça em afirmação.

— Então vai precisar.


Cansou de esperar lançar capítulos?

🛒 Adquira o eBook e leia agora mesmo todos os capítulos.

💵 Quer contribuir de outra forma? Faça hoje mesmo sua doação no Padrim.

🌟 Você pode me ajudar sem gastar nada, comente, avalie e favorite Ronan na Central Novel.


Autor: Raphael Fiamoncini



Fontes
Cores