ST – Livro 3, Capítulo 24 – COM MAIS DE 5000 CARACTERES E FIM DE VOLUME!!!


CAPITULO 70, FINAL BOOK DO VOL 3. Mais de 5500 caracteres, ou 16 páginas no word, pra ser exato. 

Capítulo fenomenal pra vcs delânguidos. O IET parece que se empolga nesses finais de volume. Acho que a demora deu pra ser justificada.

Pensei muito no que escrever nesse post, muito msm. Geralmente escrevo o que dá na telha, conforme o meu humor ou conforme o que eu quero passar pra vcs. Estou querendo ser engraçado como sempre, ao mesmo tempo que tô puto e querendo extravasar. Enfim, com o lançamento desse capítulo iremos dar início a operação: ‘Cuidar na retradução e no glossário pra não cair em tentação e virar otário’ (sim, eu que nomeei). Essa retradução não vai ser do zero, mas quase, pois serão pouco mais da metade dos capítulos a serem corrigidos(seriam mais se já não estivéssemos com alguns prontos, mas que ainda precisam ser mudados) e mudados pelo travessão.

Também daremos a vocês uma forma mais direta e possível de nos ajudar financeiramente, falaremos futuramente disso. Mas se alguém quiser ajudar de outra forma, patrocinando algum capítulo… no problem (na verdade tem pq aí teríamos que interromper a retradução e lançar o 71 antes de terminarmos… nao sei… muito remota essa possibilidade a menos que tenha alguém entre vocês que acumule 1 real por cada cap lançado e assim que completa 30 nos manda).


Mensagem do MTH:

Hiii! Sou eu MTH (tradutor) espero que tenham gostado do último capítulo do livro 3 — 4-em-9 Tribulação Celestial —, deu um trabalhãaao pra traduzir e imagino que para os nossos queridos revisores também (good work guys! _aplausos_). Além disso, espero que tenham compreendido do porque que precisamos dar uma parada nas traduções, mas não se preocupem, tentaremos trazer de volta o mais rápido possível e quem sabe já voltarmos com mais de um capítulo por semana!

Mensagem Delongas:

Feliz Natal, um próspero ano novo e sonhem comigo sempre.

Mensagem do Koto: nos comentários…

 


Tava com preguiça de digitar um poema meu, além de não ter conseguido criar um novo. Pedi pra alguém fazer um pra eu mostrar vcs depois, mas acabou q não rolou até o momento… talvez depois, né? Por isso vou colocar pra vcs um bom poema e bem reflexivo. Título: No cume.

No cume daquela serra
Plantei uma roseira
O mato no cume cresce
A rosa no cume cheira

Quando cai a chuva fria
Gotas no cume caem
Lagartos no cume entram
Abelhas do cume saem

Mas se cai chuva grossa
A água no cume desce
O orvalho no cume brilha
A floresta no cume cresce

Depois que a chuva cessa
Ao cume volta a alegria
Pois torna a brilhar de novo
O sol que no cume ardia


Sobre o título… ele é spoiler, por isso foi mudado. Vou dá uma dica:

1- No céu tem pão.

2- E… (deixarei nos comentários o título original)

FIQUEM COM O CAPÍTULO E ATÉ BREVE…

capítulo 70


Fontes
Cores