SRVF – Volume 4 – Capítulo 3


O Kururi não serve como conselheiro amoroso

Boa tarde meu povo amado, aqui é o Tio Rudy e abro para vocês as portas da nossa ferraria!

Depois de “passar algum tempo nus juntos”, nas fontes termais do território Helan, uma estranha amizade começou a surgir entre o Kururi e o Príncipe, ou pelo menos foi o que pensei. Não dá para confiar em nosso protagonista para servir de conselheiro amoroso, nem mesmo pagando! É como aquele amigo que você pede para apresentar uma garota e o cara estraga tudo. Bem, a culpa foi do próprio Príncipe, embora.

Clique na imagem e acesso o capítulo!

Sem Mais! Boa Leitura!


Fontes
Cores