SRVF – Volume 1 – Capítulo 40


Quando se reencarna em um simulador de encontros para garotas, você também precisa conquistar garotas ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Sejam bem-vindos jovens cultivadores, eu sou Tio Rudy e estou aqui para trazer o último capítulo do volume 1!

Dessa vez vamos tentar conversar sobre um pouco de cultura. Não é de hoje que existe viadagem nesse mundo, se olharmos bem para a história, veremos os nomes de grandes homossexuais por aí, como Alexandre o Grande; Júlio César; Calígula, todos foram grandes homens(?) e deixaram suas marcas na história, não apenas no campo da guerra, mas também na ciência e cultura. Sócrates, pai do pensamento filosófico moderno, e mestre de Platão, era um pederasta (Shotacon) que acreditava que o amor entre homens como verdadeiro, cujo maior fonte de inspiração era dormir com outros homens.

Não pense também que isso se limitava aos homens. Numa pequena ilha pacata do arquipélago Grego, carinhosamente chamada de Lesbas, quando os homens partiam para a guerra e ficavam anos fora de suas casas, as mulheres tinham o costume de “cuidar” umas das outras, criar os filhos, chicotear os escravos e preparar tudo para quando aquele bando de marginais voltavam para suas casas.

Quanto aos dias de hoje, nem preciso forçar muito para citar nomes, temos Freddi Mercury, Kazuza, Nei Matogrosso, Danilo Gentili(?), etc.

Moral da história: Não faça bullying com aquele seu amigo afeminado que é um mal exemplo de machesa. Embora órgão excretor não reproduza, os homossexuais estão aí contribuindo para o desenvolvimento da humanidade nem que seja a partir do aumento na diversidade de idéias.

Só para deixar claro, o único propósito desse texto é de ser engraçado e trazer um pouco de alegria aos meus leitores. Se por acaso você sentir ofendido, sinto muito por isso e humildemente peço desculpas. Caso minhas desculpas não sejam suficientes, humildemente peço que faça o favor de ír a merda. Com amor, Tio Rudy.

 

Capítulo 40

 

Sem Mais! Boa Leitura!


Fontes
Cores