Social Post 2 - RO - Novel Mania

Ronan – Capítulo 60 🇧🇷


Boa noite. Este é um capítulo bônus advindo do desafio das análises, participe e me obrigue a postar os 7 restantes. Brinde: pequeno relato sobre um futuro não muito distante


Hoje tem historinha no post



— O que aquilo?

— É um pássaro?

— É um avião?

— Não… é uma nova novel surgindo.


Então… Como Ronan está finalizado faz um tempo, nos últimos tempos eu estive me dedicando a novos projetos. No começo não foi fácil, por dois meses eu criei, estruturei e roteirizei um romance/drama sobre um escritor recém-desempregado que conhece duas musicistas após ir a um concerto em Florianópolis (sim, é um romance atual que se passa na terra do Hu3hu3hue Brbr).

Esta história me rendeu um roteiro de 40 páginas, mas eu percebi que tanto o roteiro quanto eu não estávamos maduros o bastante. Tenho trauma de apresentar uma narrativa crua/superficial demais, ainda mais quando ela dependeria 90% dos personagens e suas relações, por isso acabei engavetando ela.

Vasculhando a pasta de histórias que criei e deixei paradas, acabei dando de cara com uma história de fantasia, que diferente de Ronan, era absurda demais no que tange aos limites da fantasia. Pois nessa história existiam cavalos marinhos que voavam e uma diretora que planava sobre um pente que ela reduzia até caber em seu bolso (estou rindo enquanto escrevo). E mais uma vez eu escrevi 50 páginas, mas diferente do romance, esta estava… ruim, ela acabou perdendo sua essência divertida e virou um drama desnecessário.

Assim nós chegamos às últimas semanas, onde no maior tédio eu pensei na solução mais óbvia: UM ISEKAi, PORRA!Mas não um daqueles sérios com protagonista super overpower/ou fraco demais, deadpan/cagalhão e too cool to be true ou Shinji Ikari da Vida (Evangelion é vida).

Minha proposta é um isekai divertido, à la Konosuba, que remeta aos mundos da alta fantasia épica e heroica, mas recheada de situações inusitadas. como o MC bugando uma quest e inflacionando o preço das cebolas em todo o continente. E até desconvertendo uma ordem religiosa inteira após convencer o arquileitor de que sua deusa está cagando para sua ordem.

A princípio o MC seria alguém de 33 anos, cínico, esperto, ardiloso, bem humorado e desconfiado.

Um verdadeiro Fanfarrão num mundo de fantasia medieval.

Ficou interessado? Não? Achou uma bosta? Quer reclamar que já existe 2.000 isekais por ai?

Não tem problema, comente suas lamentações.


Me faça postar mais um capítulo!

 

O Desafio está de volta


Me comprometo a postar um capítulo para cada análise opinativa a respeito da obra.

Ela deverá ser postada tanto na Página Índice quanto na Central Novel

O mínimo aceitável é 5 linhas. Quanto mais elaborada e caprichada, melhor.

Se estiver bem feita, irei copiá-la no post do capítulo que ela desbloqueou. Assim, outros leitores poderão ver seu trabalho ;3 (mas caso você não queira ser exposto, avise no comentário).

Acredito que não chegará a tanto, mas haverá um limite de 10 capítulos a serem postados, consequentemente, no máximo 10 análises opinativas serão contadas (por hora).


Capítulo trazido pela análise do leitor: Li Mao (a.k.a Limão)

60



Fontes
Cores