Livro 1 – Capitulo 7 – O Anel do Dragão(Parte 2)


CAPITULO ANTERIOR | ÍNDICE | PRÓXIMO CAPITULO

O anel negro rolou até parar em frente a saída do salão.

Depois do terceiro passo de Linley em direção a porta, de repente sentiu que havia pisado em alguma coisa.

“Procurei até agora por todo o chão sem encontrar uma pedra. Isso deve ser um pedaço das gavetas quebradas.” Achando que era uma lasca de madeira, Linley ficou com mais raiva e pisou furiosamente no ‘pedaço de madeira’.

Ele pensava que se fosse uma lasca de gaveta então assim que pisasse iria se desfazer, mas na verdade…

“Nossa! Como é duro! O que tem debaixo do meu pé?” Linley percebeu que o item debaixo do seu pé era muito resistente e rapidamente deu um passo atrás para olhar mais de perto.

Ele viu um item negro com o formato de um anel coberto por uma camada de poeira e nada chamativo repousando no chão.

“Oh! Um anel?” Linley percebeu no primeiro olhar. Muito feliz, ele pegou o anel e usou suas mangas sujas para dar uma boa polida para então finalmente ver como era de verdade.

O anel negro parecia ser feito de pedra e madeira com uma gravura muito branda na superfície.

“Uma minhoca?” Linley examinava com incerteza a gravura do anel.

À primeira vista, pensou que a gravura sinuosa era uma minhoca.

Linley riu. “A gravura desse anel é muito mal feita. Aposto que até um escultor medíocre poderia fazer algo mais atrativo. Que desperdício. Esse anel não tem um diamante ou qualquer cristal valioso.”

A maioria dos anéis eram adornados com diamantes ou cristais mágicos.

Infelizmente, esse anel negro parecia feito apenas de madeira e pedra, sem uma pedra preciosa sequer. Portanto, não tinha valor.

Mas por alguma razão, depois de ver o anel, Linley gostou dele assim que o viu. Suspeitando que a razão para isso era por ter sido a única coisa que encontrou depois de passar um bom tempo vasculhando a mansão.

“Hmm. Esse anel é muito grande. Como não dá para usar sem que caia, então vou fazer um cordão de seda e usá-lo no pescoço.” Os olhos de Linley brilhavam.

As mãos de um garoto de oito anos, afinal de contas, eram muito menores do que as de um adulto, logo não tinha como colocar o anel em um de seus dedos.

“Agora, qual o nome que vou dar para esse anel negro? Anel da Minhoca? De jeito nenhum. Soa muito mal.” Linley pensou por alguns momentos e então seus olhos brilharam. “Hahaha! Esse traço sinuoso também pode ser considerado um dragão, certo? Um dragão envolvendo o anel. Então vou chamar de Anel do Dragão!” Embora ainda achasse que a gravura lembrava uma minhoca, ainda assim escolheu o nome ‘Anel do Dragão’.

“Anel do Dragão!” Ao levantar o anel escuro e mal adornado, Linley ficou muito contente.

“Ah, droga! Está quase na hora do treino!” Linley lembrou de repente.

Ele olhou desesperado para suas roupas que estavam tão sujas, cheias de poeira e encardidas que pareciam as de um mendigo. “A não…” Linley não tinha tempo para pensar, então imediatamente deixou o salão e correu direto para o banheiro.

Som de água corrente.

Linley jogou uma água no corpo. Sua pele era brilhosa e saudável, e as linhas dos músculos começavam a aparecer. Esse era o resultado do treinamento de Linley. Debaixo do chuveiro, a sujeira saia com rapidez.

Linley tomou banho e colocou suas roupas de treino o mais rápido possível.

“Linha, linha…” Linley procurava com pressa uma linha para colocar o Anel do Dragão, quando de repente viu um pano velho. Seus olhos brilharam e logo em seguida puxou um fio.

Embora fosse um pedaço de pano qualquer, era bem grosso e durável. Portanto, sua linha seria bem resistente.

Com muita rapidez, ele passou a linha pelo anel e o colocou como uma colar.

“Vou me atrasar! Essa é a primeira vez que chego atrasado!” Linley foi como um raio. Enquanto corria colocou o anel para dentro da roupa e ao sentir o frescor do anel em seu peito, não pode deixar de ficar feliz.

Em troca do atraso havia ganho o Anel do Dragão.

Ele estava muito feliz..

Em um instante, Linley correu da mansão do clã Baruch até a área de treinamento a leste de Wushan. A essa hora, grande parte dos cidadãos já tinham voltado para suas casas, deixando as ruas vazias. Mas assim que o viram correndo, puderam dizer o motivo.

“Jovem mestre Linley, tenha cuidado para não se machucar!”

“Mestre Hillman é muito rigoroso. Temo que o jovem mestre Linley seja punido.”

…..

A bondade que o clã Baruch demonstrou para os cidadãos fez com que eles também criassem uma afeição e desejassem o seu bem estar.

“Como o tio Hillman vai me punir?” Sem tempo para conversar ou cumprimentar os tios e tias pelo caminho, Linley pensava sobre isso enquanto corria e em pouco tempo chegou na área de treinamento do Vilarejo Wushan.

Nessa hora, Hillman já estava falando com os três grupos já alinhados, mas ao ouvir os passos de Linley, seu olhar frio o encarou.

Ele correu entre os grupos de treinamento para ficar em posição, enquanto esperava nervoso pelas ordens de Hillman.

“O treino de hoje terá o dobro de exercícios para você. Retorne ao seu grupo.” Hillman disse calmo.

“Sim, senhor!” Linley levantou a cabeça e respondeu em alto e bom som.

Os mais jovens mostravam suas línguas, já que tinha se atrasado por alguns minutos, mas foi punido apenas com o dobro de exercícios. Hoje, Linley provavelmente não terá tempo de ir para casa e jantar.

Quando começou a correr na sua posição de costume dentro do grupo, de repente…

TUM! O chão inteiro começou a tremer leve e constante. Parecia que uma criatura gigante fazia a terra tremer a cada passo que dava.

“Leste. Veio do leste.” Linley imediatamente identificou a direção.

Não apenas Linley. Hillman, Roger e Lorry olharam em direção ao leste, com expressões cada vez mais preocupadas.

As vibrações estavam ficando cada vez mais fortes e nítidas. Todos os garotos podiam sentir que eram de uma criatura enorme que estava indo em suas direções.

Cada passo estrondoso criava uma vibração forte o suficiente para fazer o coração de Linley tremer.

O que estava fazendo isso?

Linley olhava com atenção para o leste.


Fontes
Cores