WCC – Capítulo 8 – Decisão de Yuusuke



Tendo apressadamente retornado para a vila, Yuusuke chamou por Bahana, que ele achou perdendo tempo próxima do portão da vila.

“Senhoria Bahana!”

“Ah, YUUSUKE! É terrível! Sun, ela…”

Bahana correu até Yuusuke e se segurou nele dizendo, “Sun foi levada por um grupo de guardas”.

Guardas, cercando uma carruagem deles que ainda estava na vila, começaram à gritar depois de avistar Yuusuke. Yuusuke entregou suas ferramentas de pesca e peixes para a tia Bahana, e começou à andar até a carruagem. (NT: É tão estranho ficar vendo esses “tia” espalhados… pena que eu esqueci e estou com preguiça de pesquisar o que é em japonês)

“PARE AÍ MESMO!”

“Você, com o cabelo preto, seu nome é Yuusuke, certo?”

“É como você vê.”

Ainda nervoso de ter armas apontadas para ele, Yuusuke fingiu calma no que ele encarou os guardas. Depois de trocar algumas palavras com os outros soldados, um dos guardas se aproximou de Yuusuke, informando ele que ele estava sendo preso como suspeito de espionagem.

Eles agiram completamente diferente ao redor dele, no que ele era um usuário de artes divinas, sem mencionar um cujas habilidades não eram conhecidas. Ao invés de usar força como eles fizeram com Sun antes, eles exerceram cuidado quando lidando com Yuusuke.

“Eu quero saber para onde vocês levaram Sun, então vocês poderiam me levar para cidade o mais breve possível?”

Yuusuke urgiu os guardas em direção da estrada enquanto lentamente se aproximava dele. Yuusuke, ainda sendo temido pelos guardas mesmo depois de ter suas mãos em algemas, avistou tia Bahana com o grupo de aldeões preocupados. Depois de falar para ele, “estou saindo para ver Sun”, o jovem entrou na carruagem dos guardas.

***

“Hmm, então Zeshald estava lendo registros e pesquisas relacionados com o Deus Maligno o tempo todo.”

“Sim… ao menos, pessoas suspeitas… pessoas desconhecidas… ou qualquer um assim… não visitaram ele.”

“E Yuusuke?”

“Eh? Sobre o Sr. Yuusuke… eu mesma não tenho certeza sobre ele…”

Sun mentiu, no que a pessoa que Zeshald havia recentemente trazido com ele para a vila não era tão bem conhecida assim para ele. Ainda assim, ela foi ordenada por Zeshald para manter o fato que Yuusuke apareceu do pequeno templo um segredo.

Sun virou seus olhos pela vergonha depois de contar uma mentira, mas isso não foi notado já que ela esteve aterrorizada o tempo todo.

“Com licença. Nós recebemos um relatório dos guardas estacionados na vila. Eles capturaram o homem de cabelo preto.

“Oh, é mesmo.”

Um oficial de comunicação, que era um usuário de artes de vento informou o grupo de Violet. O rosto de Sun ficou ainda mais sombrio depois de ouvir o relatório sobre Yuusuke, para o que Violet mostrou um sorriso preocupado.

“Como com você, eu só quero ter uma pequena conversa com ele. Afinal ele pode ser um espião também.”

Ao contrário de Violet, que estava feliz ouvindo sobre Zeshald, Kreivol estava cuidadosamente observando Sun.

A garota segurou suas mãos na sua frente. Elas estavam presas em algemas de madeira, feitas para serem usadas pelos sem-poder. Ela estando assustada o tempo todo também não parecia ser um ato. Ainda assim, ele tinha que considerar a possibilidade que isso era um ato.

(Ao falar deste jeito, a princesa está evitando atormentar a garota.)

Depois do anúncio por Blue Garden, a atmosfera no palácio neste momento era volátil, logo suspeitas de traição seriam encontradas com consequências severas.

Por enquanto, Violet estava satisfeita com ter uma parceira de conversa. No que Kreivol estava pensando sobre o interrogatório do homem de cabelo preto que ele encontrou um tempinho antes, a carruagem de guarda chegou em Sanc Adiet.

“Whaaaa~~…, que cidade enorme!”

“O que!? Esta é sua primeira vez na cidade?”

“Sim, na realidade…”

Sun, sentindo pavor de todos os usuários de artes divinas com exceção de Zeshald, não este nem uma vez em Sanc Adiet.

A garota lentamente saiu da carruagem depois de Violet, que pulou para fora na frente dela. Ainda sem firmeza em seus pés, Sun sentiu afinidade com Violet, com quem ela dividia um sentimento mútuo por Zeshald. No que a parceira dela era uma garota mais jovem, apesar de ser uma usuária de habilidade, Sun não sentiu tanto medo assim contra a princesa.

Depois de sair da carruagem, Sun olhou em direção da estrada, e depois de ver outra nuvem de poeira, confirmou a aproximação de outra carruagem. Acreditando que Yuusuke estava andando nela, ela sentiu um pouco de alívio.

***

Yuusuke, tendo suas mãos algemadas atrás dele, admirou a carruagem dos soldados que não tremia nem um pouco apesar de ir duas vezes mais rápido que o vagão que ele andou quando veio para a cidade com Zeshald. Ao mesmo tempo, ele estava lendo o menu de customização para suas algemas.

Ele notou que se ele se concentrasse o suficiente, ele podia manipular os parâmetros assim como ativar a customização/criação sem usar suas mãos.

(Parece que eu serei capaz de fazer isso intuitivamente assim que eu me acostumar com isso.)

Apesar não ser capaz de impedir os usuários de artes divinas de usarem suas habilidades, as algemas eram feitas por usuários de artes de terra e fogo, e qualidade da técnica era muito alta, então elas não quebrariam facilmente. Mas, se elas se tornassem ordinárias…

(Parâmetros são bem similares com aqueles de shouka… se eu exercer toda minha força quando eu precisar tirar elas, deve ficar tudo bem.)

Yuusuke estava praticando manipular os parâmetros, enquanto concentrava sua mente e também tomava cuidado para não pressionar o botão de execução.

Apesar dele estar sentando obedientemente, o olhar de Yuusuke estava desfocado no que ele parecia estar com a mente em outro lugar, apesar de estar claramente focado em alguma coisa. Tal atmosfera, somada com a cor do cabelo dele, trouxe ainda mais inquietação para os guardas que estavam andando na carruagem juntos com ele.

***

“Princesa, vamos retornar ao palácio.”

“Hm? Nós não vamos esperar pelo Yuusuke?”

Kreivol, que estava dando bronca em Violet porque [“Pular da carruagem é um sinal de más maneiras”], estava atento sobre os residentes da cidade curiosos que começaram à se reunir ao redor deles. Um espião de Blue Garden poderia estar misturado na multidão.

Como a carruagem se aproximando ainda estava à alguma distância, Kreivol julgou que seria melhor para eles retornarem ao palácio ao invés de ficar aqui. Como isso significava o fim da bronca, Violet alegremente aceitou a proposta de Kreivol.

“Aaaaah, vossa majestade! Estou feliz em ver você de volta seguramente.”

Um homem de cabelo verde com um olhar suspeito em seus olhos, que estava cercado pelos guardas da cidade, se virou em direção deles no que eles estavam se aproximando do portão separando os distritos de classe média e inferior. Ele estava esfregando suas mãos com um sorriso lisonjeador flutuando em seu rosto.

“É mesmo, nós tínhamos esse cara esperando aqui.” – lembrou Violet.

O homem havia ficado aqui como se esperando por méritos. Enquanto ele estava lisonjeando Violet, ele mostrou uma atitude extremamente rude com os guardas.

Sun congelou depois de ver o rosto queimado por sol daquele homem.

– [“Woohoo, ganhamos na loteria! Ahahahahaha!!”] –

– [“Hehe, segure esta puta no chão assim.”] –

– [“Aw, que diabos. Eu estava mirando no pescoço.”] –

O pesadelo passageiro do passado dela repentinamente se ergueu das memórias dela.

“N… Não… Nãããooo……!!!”

“Hm? Hey?! O que aconteceu com você?!!”

***

O homem olhou para a garota enquanto falava com a princesa. [“Não pode ser!”], ele pensou no que ele foi tomado por ansiedade. Depois de escapar com sucesso daquele aterrorizante usuário de artes d’água, nomeado Zeshald, ele estava escondendo no gueto da cidade por quase dez anos. Até recentemente, ele estava temendo apreensão em cada minuto acordado dele.

Desta vez, reganhando sua liberdade depois do exílio de Zeshald, ele teve uma chance para ficar no lado bom de oficiais do palácio. Ele bolou um plano para prover eles com informação sobre um espião de Blue Garden. Afinal, não havia nada naquela vila dos [sem-poder].

Comparado com Fonclanc, o tratamento dos [sem-poder] em Blue Garden era diferente como o céu da terra. Ao contrário de Blue Garden, além de serem tratados como gado, [sem-poder] não podiam esperar obter apoio dos oficiais de Fonclanc.

Mesmo se o incidente de quase dez anos atrás, se tratando dos [sem-poder] adorados por Zeshald, viesse à luz e a verdade sobre a morte de dois [sem-poder] e um usuário de artes de terra fosse emergir, Zeshald, que matou o usuário de artes de terra, estava agora na nação inimiga de Blue Garden.

Ele esperava que isto fosse aumentar a credibilidade da história dele e remover quaisquer dúvidas restantes. Ainda assim –

(Inacreditável… a pirralha de lá trás…? A ferida dela deveria ser fatal…!!)

Tendo pensado até aqui, ele repentinamente percebeu que Zeshald era um usuário de artes divinas d’água do tipo de cura. Se ele pudesse usar sua arte ao ponto de ser capaz de matar uma pessoa por momentaneamente parar sua circulação de sangue, ele pode ter sido capaz de salvar a garota apesar da condição fatal dela.

(Ruim! Isto é ruim! Ela se lembra de mim……! Es-espera, isso ainda está bem, o resultado será o mesmo.)

(Ela ainda era uma pirralha naquela época. Ela não deve ser capaz de lembrar o que aconteceu lá trás muito bem. Se o homem que parecia ser o pai dela, que morreu lá trás, fosse se tornar um colaborador espião de Blue Garden, então meus problemas simplesmente desapareceriam.)

Enquanto o usuário de vento estava se persuadindo, seu corpo estava quebrando em suor frio, a carruagem de guarda em que Yuusuke estava andando havia chego na entrada da cidade.

***

Yuusuke foi levado para o portão do distrito. Ao chegar, ele viu a corps do deus do fogo, vestidos em roupas brilhantemente coloridas, reunida junto com os guardas da cidade numa localização não muito longe do portão do distrito.

Procurando pelas twintails vermelhas brilhantes, [“aquela Violet desceu para a cidade de novo?”], ele avistou o familiar cabelo branco.

“Sun!”

Os guardas cercando Yuusuke instantaneamente aumentaram sua guarda, já que Yuusuke repentinamente começou à correr em direção do outro grupo de guardas reunidos ao redor do portão da casa de guarda. Eles começaram à perseguir ele enquanto mantinham uma pequena distância.

Se não fosse pela princesa Violet, que pulou nela perguntando o que havia acontecido, Sun, cujas pernas perderam as forças, teria sido arrastada pelos guardas, que pensavam como sendo normal arrastar uma pessoa resistindo embora.

Ao invés disso, os guardas estavam espalhando nas coxas os espectadores curiosos enquanto eles esperavam pelo humor da princesa deles mudar. Repentinamente, um homem de cabelo preto, usando algemas, pulou na cena seguida por um grupo de guardas da cidade, aumentando a tensão em dez vezes.

“Oh! Yuusuke! Você veio!”

“Sun!”

Sem nem ligar em responder o chamado de Violet, Yuusuke cuidou de Sun, que estava tremendo no chão. Apesar disso, como o colapso repentino de Sun também pesou na mente dela, a princesa se restringiu de soltar uma punição flamejante em Yuusuke.

“Sun… está tudo bem?”

“Não…… n-não…… ah……”

Sun estava murmurando algo, de bruços, cobrindo seu rosto com suas mãos algemadas. Ela estava tremendo depois de se curvar numa bola, como que para se esconder de algo. Yuusuke entendeu que as palavras dele não estavam alcançando a garota. Então, sem saber como lidar com Sun quando ela estava num estado assim, ele redirecionou sua atenção para a princesa.

“Hey! Você, o que você fez com Sun!?”

“Eu… eu não fiz nada!”

Violet, não acostumada à ser falada tão francamente, congelou momentaneamente, tendo tido sua auto-confiança quebrada pela questão com raiva de Yuusuke que ele perguntou ignorando todas normas sociais.

“Eu estava apenas simplesmente falando com ela!”

“É isto que você chama [simplesmente falando com ela]!?!?!?”

Gritando abruptamente, Yuusuke inclinou seu corpo para frente. Depois de tomar um acerto em suas costas, como que perdendo força em seu corpo inteiro, ele caiu de joelhos. Como suas mãos estavam amarradas em suas costas, Yuusuke não conseguia apoiar seu corpo e ele caiu.

(O que é isto? … a parte de trás do meu nariz parece pesada…?)

Comparado com a consciência confusa e visão balançante que ele teve na hora que ele apareceu neste mundo, o que ele sentiu agora era bem diferente. Ele ouviu uma conversa de algum lugar acima dele no que ele sentiu uma dor chata em sua cabeça, como se ela estivesse sendo perfurada por agulhas de ferro.

“Hey, pare de usar violência!”

“Eh? S-sim… me desculpe, senhora.”

Yuusuke entendeu que ele caiu depois de ser atingido por um guarda da cidade. Ele foi atingido na parte de trás de sua cabeça, e, quando ele caiu em seus joelhos, o soldado provavelmente também chutou ele.

(Droga…!)

Por ter sido atingido na nuca, ele não sentiu força de sua cintura para baixo. Enquanto Yuusuke estava juntando sua força em seu estado atual, ele conseguiu erguer seu rosto para dar uma espiadela em Sun. A garota havia erguido seu rosto um pouquinho, notou que Yuusuke estava deitado no chão, e cobriu de novo com seu corpo continuando à tremer.

(Merda, eu irei apenas assustar ela desnecessariamente ainda mais assim.)

Yuusuke, ficando bravo consigo mesmo por seu próprio desamparamento, estava pensando em como seria bom se ele pudesse customizar seu próprio corpo, e reclamou para quem quer que deu este poder para ele por não ter dado ao seu corpo quaisquer habilidades de luta.

Mesmo se ele criasse uma poderosa veste de armadura com sua habilidade, a habilidade dela para ajudar quem a vestir passar por situações difíceis ainda dependeria das habilidades físicas do usuário. Sendo um otaku por jogos, Yuusuke tinha pouca experiência lutando, sem mencionar qualquer treinamento em artes marciais.

“Droga, Yuusuke, não fique apenas rastejando no chão assim!”

“Oh~! É esta garota! Ela é a criança daquele tempo!”

Violet, que chamou um soldado que era um usuário de artes d’água e estava no momento instruindo ele, apenas agora lembrou do homem de cabelo verde que havia dado a informação para ela. Este homem estava dizendo aquelas palavras no que ele estava apontando para a garota deitada no chão. Ele decidiu apostar agora e continuou sua história falsa.

Se apenas ele pudesse de algum modo conectar a história ao fato que a garota ficou aterrorizada depois de ver ele. Ela havia sucumbido ao medo porque ela lembrou a tragédia da infância dela. Mesmo que ele não tivesse certeza que ela lembrava todos os detalhes daquele dia, seria ainda conveniente para ele silenciar ela usando desta oportunidade.

Um homem sem-poder, acusado de lidar com um espião de Blue Garden havia trazido uma jovem criança com ele. Era certamente para enganar os olhos de qualquer testemunha em potencial. Ele viu esta criança sendo atingida por uma arte divina perdida durante a batalha. Era uma ferida séria, então ele pensou que a garota estava além do que se poderia salvar.

Tendo pensando em uma história de “isso aconteceu lá trás”, ele se aproximou da princesa e, fingindo educação, contou isso para ela. Violet, que gostava de ouvir sobre aventuras e as histórias de outras pessoas, ouviu atenciosamente à este homem.

“uuuuuhm…”

Contudo, para Violet, que conhecia o “velhote Zeshald” desde infância, o “Zeshald” nesta história parecia com uma pessoa diferente. Baseado no que ela ouviu sobre o “professor Zeshald” no caminho até a cidade, Sun e Zeshald – ela não conseguia ver quaisquer sinais deles sendo espiões.

(Es… essa reação não parece favorável… foi cedo demais no fim das contas?…… Is-isso mesmo – há evidência! Irá do meu jeito assim que eu mostrar para ela a evidência!)

Passando a reação de Violet como [“Sun estava realmente lá durante o incidente?”], ele decidiu provar a presença da garota durante o incidente mostrando a cicatriz que a arte divina deve ter deixado no corpo dela. O homem estava encarando o rosto embasbacado de Sun no que ele estava contando sobre sua bravura durante a luta com o espião.

Humanos são criaturas estranhas. Quando algo fora do seu alcance de compreensão acontece, eles facilmente caem num estado onde suas mentes param de funcionar. Quando confrontado com raiva ou malícia, ao invés de ficar bravo, ao inveés de ficar triste, eles são tomados por surpresa. Sun estava surpresa.

Ela, que nunca havia viajado mais longe que os arredores da vila, que era ignorante sobre os jeitos do mundo, estava surpresa que tal tipo de humanos existissem.

(Já chega da sua baboseira.)

Ouvindo a história do homem, Yuusuke, que ainda estava deitado próximo de Sun, entendeu que este usuário de artes de vento era um dos dois que atacaram Sun e o pai dela. Seu corpo estava tremendo pelo ressentimento de ser incapaz de fazer qualquer coisa. Juntando sua consciência confusa por utilizar sua raiva como se fosse algum recurso de jogo, ele abriu o menu de customização.

“Não há engano! Aqui, ela deve ter uma cicatriz por volta desta área daquele encontro!”

“!!!…”

“H-hey!”

Frustrada pelo homem, Violet gemeu enquanto segurava seu queixo. Enquanto isso, o homem de cabelo verde andou até Sun, que ainda estava em choque, e forçosamente fez ela se levantar puxando ela pelas algemas.

Sun, finalmente recuperando seus sentidos, começou à se esforçar para se livrar deste homem. Antes que Violet, que já estava cautelosa sobre quão livremente esta pessoa agia na frente dela, podia sequer compreender as ações dele, o usuário de vento havia rasgado as roupas da garota sem-poder em pedaços com uma arte de lâmina de vento.

“Kyaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!”

“Veja, está ali no fim das contas! Está aqui, AQUI, é esta cicatriz!”

Segurando a garota resistindo desesperadamente pelos grilhões que prendiam as mãos dela, o homem estava apontando para a cicatriz que corria diagonalmente através do abdômen de Sun.

Ao invés de questionar a cicatriz, que era um lembrete de uma ferida tão profunda que até tinha uma cor diferente da pele da garota, Violet foi alertada da verdadeira natureza do homem que ele acabou de revelar.

(Este homem…?)

“Esta cicatriz pode ser o resultado das artes de cura de Zeshald. Isso mesmo! Pode ter sido que minha fuga teve êxito porque aquele traidor foi forçado à curar esta ferida!”

“CHEGA DA SUA MERDA!”

Yuusuke socou o rosto do homem com as algemas no que o usuário de vento estava bêbado em sua glória. Depois de se levantar, Yuusuke acertou ele com toda sua vontade de novo com o Kaiser Knuckles, que ele fez usando as algemas que deveriam ser usadas por usuários de poder, e logo eram feitas de um material muito duro para começo de conversa. (NT: Isso é um item que tem em vários jogos, é basicamente um soco inglês ou qualquer arma parecida…)

“V-você! Como você fez isso!?”

Soldados prepararam suas lanças… e o alvo deles desapareceu.

“O-o que é isto?”

A princesa ficou embasbacada, encarando o lugar que os soldados dela estavam de pé até agora. Um enorme buraco foi aberto ali.

Quando customizando algo tão grande quanto a superfície do planeta, era tratado como uma mapa e o poder de customização só funcionava numa distância fixa do lugar que Yuusuke havia tocado.

Customizando uma casa, sua estrutura, portas, janelas, e até o telhado eram tratados como itens separados, mas era possível customizar eles ao mesmo tempo como um grupo de item.

Incidentalmente, customização em água corrente, tais como rios, tinha que ser feita rápido ou ela seria cancelada no que a água, que estava sendo customizada, fluiu embora. Cancelamento podia ser evitado por um curto tempo ao se mover junto com o fluxo.

A cidade de Sanc Adiet, apesar de ser separada em distritos, era tratada como uma enorme pilha de pedras em forma de pirâmide. O poder de customização de Yuusuke reconheceu esta cidade como diversos objetos diferentes juntos como um único grupo de item.

Enquanto era reconhecido como um item, não havia limitações na customização que podia ser feita. Quando usado assim, o poder de customização podia ser usado como uma arma. Hoje foi a primeira vez que Yuusuke decidiu usar seu poder em batalha e, como sua primeira manobra de batalha, ele criou um pitfall. (NT: Não temos uma tradução decente, é o nome daquelas armadilhas que são um buraco…)

“No passado, este homem atacou um inocente pai e criança sem-poder. Ele é um dos assassinos!”

Yuusuke apontou para o homem de cabelo verde, que ainda estava silenciosamente deitado no chão. No que Yuusuke estava explicando em detalhes o que ele ouviu de Zeshald, o rosto do homem ficou rígido. Suspeita também apareceu nos olhos da princesa Violet no que ela começou à olhar bem no usuário de vento.

“Droga! Pirralho! Você também é companheiro deles!”

“-!!”

Semi louco, o homem gritou, conjurando uma lâmina de vento e direcionando ela contra Yuusuke. Yuusuke ergueu sua mão num movimento similar, e ativou a customização para o pavimento de pedra que ele fez um pouco antes.

Com um som fraco, uma parede de pedra emergiu na frente de Yuusuke. Tendo tido seu status de resistência à artes divinas aumentado, a parede parou a lâmina de vento, espalhando ela em todas direções.

“Mah?!”

Arte divina para livremente manipular a terra e para juntar rochas num formato que parecia um golem, pertenciam ao tipo de manipulação de terra de artes divinas. Mas a arte divina para instantaneamente criar buracos, que podiam engolir pessoas ou erguer uma parede de pedra num piscar de olhos era sem precedentes.

Os soldados da corps do deus do fogo e os espectadores que conseguiram evitar de cair nos pitfalls, também foram deixados sem palavras pelo homem que jogou a lâmina de vento.

“Haaa!!”

Depois de um momento de silêncio, Yuusuke chutou a parede de pedra que ele havia criado. Ele realizou uma simples customização na base das paredes para ela cair para frente.

Como o alvo para quem os pitfalls foram feitos não ficou em um lugar por muito tempo, e como os pitfalls tinham que ficar escondidos, Yuusuke decidiu atacar com as paredes em si. (NT: Escondida para funcionar, porque ninguém se joga num buraco à toa)

“Droga, usando algum tipo estranho de artes divinas!”

O usuário de vento pulou para trás para evitar a parede caindo e tentou fugir. Como Yuusuke não tinha outros meios para atacar enquanto a parede estava caindo, ele restringiu o homem em fuga erguendo outras paredes em sucessão.

Yuusuke estava coordenando suas paredes com os pitfalls, para restringir os movimentos e visão do usuário de vento. Ao mesmo tempo, ele estava prestando atenção nos espectadores para evitar machucar eles no processo. Infelizmente para Yuusuke, que era um novato em lutar, tal preocupação era igual à negligência.

Tal método de lutar, enquanto está ciente dos arredores, frequentemente aumentava a dificuldade e carnificina. Apenas aquelas com confiança e experiência podiam se permitir à recorrer a tal meio de lutar. Yuusuke, tendo sido criado num ambiente calmo e pacífico, estava sendo ingênuo.

“Whoa!”

Com um som de uma hélice, uma lâmina de vento voou próxima da cabeça de Yuusuke, causando dano ao seu rosto e ombro. Como Yuusuke era aquele que estava erguendo as paredes, o usuário de evento estava atacando ele com as lâminas de vento antes que seu caminho de recuada fosse completamente fechado.

Como a trajetória das lâminas era difícil de se ver, lâminas de vento razoavelmente poderosas, disparadas em rápida sucessão, eram uma ameaça.

Erguendo paredes ao redor de si mesmo, Yuusuke tomou uma posição defensiva. Várias das lâminas de vento foram espalhadas pelas paredes, mas Yuusuke deixou um ponto cego bem amador.

Paredes defensivas não podiam proteger de ataques vindo de cima. Depois de ouvir o som do vento, Yuusuke esquivou imediatamente, mas, no que o ataque raspou no lado dele, ele perdeu o equilíbrio e caiu.

No que Yuusuke rolou para fora do alcance de proteção da parede defensiva, o usuário de vento ergueu sua mão acima de sua cabeça, preparando para dar o golpe finalizador. No momento que ele ergueu suas mãos, seu corpo foi coberto em chamas.

“Você…”

“Meu nome é Violet, não Você. E também, eu não sou estúpida, não importa como eu olhe para ele, aquele cara é estranho.”

No que Yuusuke ergueu seus olhos, Violet estalou seus dedos de novo no que ela ordenou para prenderem o usuário de vento.


Tradução: Thyros



Fontes
Cores