WCC – Capítulo 69 – A Floresta da Árvore Raiz



Depois que uma noite havia passado na cidade de Driadria, a comoção barulhenta de ontem havia morrido, as tropas ao redor e grupos de aventureiros estiveram em alto alerta.

No lado sudeste, uma frota comercial da associação de comércio que eles haviam anunciado que havia se reunido na estrada, estava se preparando para seguir para a cidade de Gazzeta.

O estado atual dos assuntos foi feito pelo governo de Trent Rietta, para poder prevenir o espalhamento das feras modificadas que escaparam da instalação, o exército foi trazido para selar a área. Ao mesmo tempo, eles soltaram uma nota formal de emergência para todos países.

A Corps do Deus da Escuridão já havia enviado informação tratando da situação atual próxima de Driadria para Fonclanc, logo quando o governo de Trent Rietta anunciou sua notícia de emergência, cedo da manhã no palácio de Volance uma reunião sobre os jeitos para apoiá-los estava sendo feita.

“Mas, bem… é para rir que isso continuou até este lugar.” (Violet)

Violet, que vai onde ela bem quiser, estava de novo cheia de admiração pelo atributo divino de Yuusuke no que ela viu o armazém onde a lâmpada Rin estava guardada e como ela havia iluminado a sala.

Ao mesmo tempo, os aldeões da vila Rufk, os soldados que estavam estacionados lá e também Zeshald estavam alertas sobre as feras mágicas. Uma mera coincidência, ou a natureza real do Deus Maligno, de chamar desastre.

“Nós precisamos considerar como nós vamos receber as pessoas que estão tomando refúgio de outra vila.” (Bahana)

“Ung… ainda há alguns terrenos, deve ser bom o suficiente para abrigar eles.” (Zeshald)

“Se Yuusuke estivesse por aqui nós podíamos ter poupado todo esse problema”, Bahana disse no que ela sabia sobre as habilidades de arquitetura ultra-rápida de Yuusuke, enquanto Zeshald respondeu com um “sim” e um suspiro.

***

Depois de estabelecer o antigo templo divino de Patrucia Nost como o centro de Gazzeta, Rei Shinra deu comando para as tropas de guarda vindo de Trent Rietta assegurarem a circunferência da floresta, no que ele estava demandando saber o motivo dele não ter sido informado mais cedo pelos espiões que tinham um conjunto de informação diferente. Era tudo sobre a informação que a Corps do Deus da Escuridão havia seguido em direção de Driadria, no que os espiões ignoraram esta informação determinando que as instalações das feras mágicas eram mais importantes, quando Shinra havia ouvido sobre isso, já era um dia mais tarde.

Determinando que a escala de perigo do vazamento dessas feras mágicas ao redor de Driadria era verdadeiramente perigoso, Shinra decidiu ajudar o Deus Maligno Yuusuke. (NT: Eu ia usar a palavra “assistir”, que é a “mais correta”, mas dá a impressão de ficar observando comendo pipoca…)

Enquanto tentava confirmar as qualidades do Deus Maligno Yuusuke, ele havia re-conquistado algumas das grandes cidades e territórios do império do clã branco de 2000 anos, agora, depois de confirmar os poderes do Deus Maligno, ele não ia perder a chave para sustentar a prosperidade de Gazzeta que também é conhecida como Yuusuke.

Como um resultado de segurar a informação, a Corps do Deus da Escuridão foi jogado direto numa zona de perigo, colocando Shinra numa situação pior.

“Eu espero que tudo vá bem.” (Shinra)

Originalmente, o foco de Shinra era lentamente juntar informação sobre a instalação e espiar como Trent Rietta e Fonclanc se moverão enquanto observa ambas suas forças, determinando quão seriamente eles tomarão a ameaça das feras mágicas.

“Hey, Shin-boya, sem quaisquer estratégias claras e informação para subjugar e controlar elas, você percebe que isso pode não ir como o planejado, certo?” (Ayuukas)

“… mas então, quando a hora chegar por favor me instrua.” (Shinra)

“Por essa hora, as instruções podem não ajudar.” (Ayuukas)

A oráculo da vila deu uma risadinha e riu de verdade, enquanto Shinra suspirava por ela.

A cidade de Driadria é uma cidade de usuários de artes divinas, as pessoas do topo do país tinham conexões com vários apoiadores de Blue Garden e haviam aqueles que eram amigáveis com Fonclanc, devido à isso o policiamento da cidade era difícil. Passar pela floresta era uma coisa completamente diferente comparado à aproximar uma das cidades deles. (NT: É uma zona, e eu acho que ele quis dizer Trent Rietta; não só isso, ao invés de policiamento, políticas… haaah…)

“Eu partirei amanhã, desta vez eu só trarei minha comissão.” (Shinra)

“O que, você está planejando ir sozinho de novo apesar de ser um rei? Você deveria ao menos considerar a posição de seus ministros e pessoal.” (Ayuukas)

“Para ganhar a confiança do Deus Maligno Yuusuke usando subordinados não é ideal, já que os oponentes são feras mágicas, aqueles sem as habilidades para lidar com as feras mágicas perderão suas vidas.” (Shinra)

“Não importa com que idade você tenha, você sempre foi uma pessoa composta, mesmo se você se tornar um governante arrogante assim que você sentar no trono, eu estou bem com isso.” (Ayuukas)

Respondendo com palavras afiadas enquanto mostrava um grande sorriso feliz, a oráculo estava informando ele para poder evitar conflito desnecessário que ela mesma acompanhará ele para guiá-lo.

“Você encontrará com Yuusuke?” (Shinra)

“Sim, eu quero dar uma olhadinha nele um pouco.” (Ayuukas)

“… Eu entendo.” (Shinra)

***

Luxuoso hotel em Driadria~~

“Bem, então, vamos nos encontrar de uma vez para almoçar.” (Yuusuke)

O grupo de Yuusuke se dividiu em 2 no que metade dele entrou na floresta de Dria para colher o musgo solar, a outra metade seguiria para a mina de pedra d’água de Rudia. (NT: É, aparentemente Waterstone é a pedra e não o nome… haaah…)

Dentro da cidade em alerta vermelho, equipados com as flautas mágicas, os muitos mercenários e grupos de aventureiros começaram à se separar, no que eles se dividiram para se prepararem para encaram as feras modificadas da instalação de pesquisa que estava em fechamento total. Parece que o objetivo dos aventureiros que estavam sob contratos temporários com as forças mercenárias liderando era caçar por tesouros na instalação.

“Hey, olhem, parece que a Corps do Deus da Escuridão está se mobilizando.” (Carlos)

“Não, eles só estão saindo para investigar o musgo solar.” (Juan)

Alguns membros do grupo mercenário começaram a seguir a Corps do Deus da Escuridão, no que eles estavam imaginando para onde eles estavam indo, ficaram desapontados quando descobriram que a Corps do Deus da Escuridão estava seguindo para uma direção diferente do bloqueio.

Dentro do grupo aliado de mercenários, haviam céticos que duvidaram da fama da Corps do Deus da Escuridão, e começaram a fofocar sobre os rumores.

“De algum modo, ontem parece ter sido exagerado.” (Vermeer)

“Depois do tumulto ter abaixado, é fácil de se destacar dos grupos mercenários.” (Yuusuke)

Na manhã, o número de estandes nas ruas parecia ser escasso, Vermeer estava usando suas artes de fogo para iluminar a estrada dentro da grossa névoa da manhã enquanto puxava as rédeas no que ele falava. Na carruagem, Razsha e Sun ainda estavam sonolentas e meio dormindo.

“Isotta está completamente acordada.” (Yuusuke)

“Ah, sim… porque normalmente, eu acordo cedo de manhã.” (Isotta)

“Oh~~ então a vida dos artless da cidade não é muito diferente da vida da vila Rufk.” (Yuusuke)

“Sim… desde pegar água até o preparo de uma refeição, eu estive fazendo tudo sozinha.” (Isotta)

No que a carruagem balançava e vibrava na floresta escura em direção do local de colheita, Yuusuke e Isotta estavam alegremente conversando.

***

A área estava cercada com uma luz fracamente visível. O local de colheita do musgo solar era um pantanal onde as raízes se entrelaçavam no que as árvores especiais cresciam acima da superfície d’água, e ao redor da área dessas árvores, luz brilhante podia ser vista.

O musgo solar que havia sido deslocado da árvore flutua na superfície d’água que se espalha ao redor, causando a região inteira ser envolta em luz.

“Esta cena é como algo de uma fantasia~” (Razsha)

“Isso é verdade… é incrivelmente lindo.” (Sun)

As garotas suspiraram em admiração pela vista. O jovem e nervoso trabalhador guia para a Corps do Deus da Escuridão, depois de ver a reação incomum dos rostos felizes das garotas, começou a explicar a ecologia do musgo solar e a árvore em que o musgo se prende.

“Esta árvore é conhecida como “árvore raiz”, como o nome sugere, vocês podem ver as raízes protuberando.” (Tobias)

“Oh~” (Yuusuke)

A Lâmpada Rin usa a combinação de musgo solar e uma pedra d’água, a luz pode ser ajustada até uma certa quantia e parece que as pedras d’água são a chave para isso. (NT: Eu esqueci que era essa pedra, olha só… isso que dá traduzir um balde de KnW de uma vez…)

Como a pedra d’água, as raízes da árvore absorveram uma composição de materiais do solo e armazenam isso, o musgo solar toma a composição que então cria nutrientes para as raízes das árvores, este processo faz ele crescer.

“Entendo, então é uma relação de dar e tomar.” (Yuusuke)

“eh, eu fui dita que havia algum tipo de geologia secreta desta região, para pensar que esta era a razão pela qual as árvores raiz só cresciam nessas partes.” (Razsha)

Em conclusão, a condição para estabilizar o musgo solar para cultivo é criar um ambiente artificial para ambas as árvores raiz e o musgo crescerem.

“Que tal esmagar as pedras d’água para usar como solo, ou trazer o solo que está ao redor desta área de volta~…” (Yuusuke)

“Ah~, até agora, este método alguma vez foi tentado quando eles estavam pesquisando os métodos de cultivo?” (Razsha)

Eventualmente, isso poderia não prosseguir tranquilamente. Especialmente dentro desta área, haverão muitos outros se opondo ao método de pegar o solo desta área que pode causar um efeito devastador no ambiente, até 2 plantas em vazo não eram permitidas.

“Bem, isso é de ser esperado.” (Yuusuke)

“… obrigado por seu entendimento.” (Tobias)

O jovem guia que foi contratado pelo Capitão da Corps do Deus da Escuridão para guiá-los ao local de colheita havia ouvido sobre algo próximo das habilidades de modificação de área de amplo alcance que o Capitão da Corps tinha à sua disposição, logo ele não podia eliminar completamente um medo que ele pensou que o senso comum seria revirado…

“Então como é, Shia, você entendeu algo disso?” (Yuusuke)

“Ng~, onde é a fonte d’água para este lugar?” (Razsha)

“Erm, é um pouco mais fundo para dentro, deve haver uma fonte ali. Ela não é ligada ao Lago Espelho de Lua, como eu disse antes.” (Tobias)

“Fonte…?” (Razsha)

Razsha veio com uma proposta para examinar a árvore, solo e fonte d’água, logo ela começou a listar as atividades para examinar a ecologia completa do musgo solar que se prendia às árvores raiz, do solo até a fonte d’água próxima que fornecia a água de fonte e como ela funcionava.

Yuusuke começou a testar suas habilidades ao checar o status da água e solo através de seu menu de customização, dentre as barras para rigidez e partículas, o musgo solar, árvore raiz e a quantidade de nutrientes que estão sendo usados podiam ser examinados.

Com a fórmula exata para a composição do solo, enquanto ele tivesse os materiais para misturar com solo ordinário, ao cruzar as referências com o menu de customização, misturar o solo à um tipo similar de estado, e criar uma cópia exata do ambiente, fazendo uma colonia disso possível.

“Só fazer uma cópia dos dados deve ser o suficiente.” (Yuusuke)

Mais provavelmente este lugar se consiste de um balanço muito delicado, se qualquer um fosse mexer com isso, afetaria o ecossistema inteiro. Depois de registrar o status da água e solo, ele gentilmente fechou o menu de customização.

“Yuusuke~! Nós precisamos coletar um pouco do solo desta área, vá pegar um contêiner~!” (Razsha)

Depois de ficar mandando em Vermeer para examinar os tipos diferentes de rochas, musgos e a vida vegetal por perto, de entre as árvores, Razsha estava acenando para ele.

“Okay~, mas não há quaisquer contêineres vazios.” (Yuusuke)

“Ah, eu irei trazer para cá.” (Sun)

“Desculpe pelo incômodo.” (Yuusuke)

Estando preocupada no que Yuusuke havia trazido contêineres que já estavam cheios, Sun imediatamente foi para a carruagem e buscou novos contêineres.

Enquanto pedia para a garota criada que estava vestindo uma braçadeira preta, o Capitão da Corps do Deus da Escuridão tinha uma atitude apologética, que fez o jovem guia ficar espantado pelo lado estranho no que ele começou a encarar com um olhar de certo modo estranho.


Tradução: Thyros



Fontes
Cores