WCC – Capítulo 36 – Sombra de Conspiração



No dia seguinte, bem quando Yuusuke estava prestes a deixar o quarto para trabalhar, ele topou com Violet, que estava arrastando Sun junto com ela.

“Oy Yuusuke, você está seguindo para a cidade agora?” (Violet)

“Mmm, bem, é.” (Yuusuke)

“Bom dia, Yuusuke-san.” (Sun)

“Bom dia, Sun. Você já está sendo arrastada por aí de manhã, eh?” (Yuusuke)

Tendo trocado seus cumprimentos com as garotas, Yuusuke provocou as duas garotas – VIolet, tendo seu [prato voador] preso à um barbante sobre sua cabeça, e Sun, que está seguindo a princesa por trás. Violet estava vestindo seu usual vestido vermelho, enquanto Sun estava vestindo o mesmo vestido branco que ela vestiu da outra vez que ela estava no palácio.

Violet não estava só trazendo Sun junto porque elas eram amigas, mas porque isso também ajudava ela à espantar os outros candidatos à noivo que rodeariam ela, já que Hivodir estava fora numa missão e Yuusuke tinha que deixar o palácio ao mesmo tempo também.

“Eu estava pensando em ter Sun exibindo suas habilidades de manuseio com o arco para mim agora.” (Violet)

“Mas lembre que eu não sou tão habilidosa para me exibir diante outras pessoas…” (Sun)

Tendo ouvido sobre isso dos outros membros da corps do deus da escuridão, Violet queria ver as melhorias que o arco de Sun concediam ao seu usuário. Ela queria confirmar a diferença de como a precisão aumentaria quando comparado com atirar de um arco ordinário, no que Violet em si era de algum modo acostumada à manusear um arco.

Logo, enquanto elas estavam à caminho aos campos de treinamento dos cavaleiros, elas pararam pelo quarto de Yuusuke para terminar um certo assunto.

“Isso está tudo bem, contudo você pode usar um arco desses?” (Yuusuke)

“Sem chance, eu gostaria de ter roupas que fossem fáceis para se mover em que eu poderia me trocar.” (Violet)

“É por isso que nós viemos mostrar para você os designs de nossas roupas”, disse Violet no que ela erguia seu pequeno peito. Ao lado dela, Sun, que ainda não estava acostumada às roupas, mostrando abertamente seu peito muito mais pronunciado, estava tentando casualmente cobrir ele de Yuusuke.

“Então, a questão principal é se você precisará de material extra, como quando você falou sobre a construção da Fortaleza Gearhawk-” (Violet)

Haviam lojas vendendo fio e pano de alta qualidade no distrito de classe média, mas Yuusuke teria que ir e escolher os materiais para customização ele mesmo, enquanto apresentava ao palácio uma lista de compras.

“O usuário do produto pode comprar materiais também, mas é melhor se o artesão em si arranje os materiais requiridos, certo?” (Violet)

“Isso mesmo. No meu caso, eu não saberei da qualidade do material sem tocar ele primeiro.” (Yuusuke)

Isso era especialmente verdade no caso de Yuusuke. Mesmo que não houvesse informação sobre o material, depois de tocá-lo, ele podia confirmar se era bom ou ruim em seu menu de customização.

A verdadeira força de seu poder de customização estava em modificar objetos que já foram criados, logo era difícil realizar um processo como purificar ferro de uma certa quantia de minério de ferro.

“Eu estou saindo para o escritório principal, tchau.” (Yuusuke)

“Eu espero que você crie o veículo modificado que você me prometeu, antes de amanhã.” (Violet)

“Adeus, Yuusuke-san.” (Sun)

***

Chegando no distrito de classe média, Yuusuke imediatamente começou a buscar por uma loja de materiais pertencendo à um usuário de artes de terra. Comparado com o distrito da plebe, a estrada aqui era de algum modo estreita, mas as paredes eram decoradas com vários ornamentos e os prédios eram notavelmente maiores.

A quantia de pedestres também era notavelmente menor e Yuusuke algumas vezes passou um guarda enquanto em seu dever de patrulha. A atmosfera aqui era parecida com uma área residencial de alta classe.

“Então é aqui, eh?” (Yuusuke)

Passando alguns prédios lembrando lojas, Yuusuke chegou numa loja de materiais relativamente pequena. Enquanto gemas e blocos de vidro estavam alinhados como amostras de materiais na frente das outras lojas, esta aqui se apresentava com massas de blocos de ferro diante de sua porta. Depois de tocar ele e inspecionar os parâmetros no menu de customização, Yuusuke se certificou que a qualidade do ferro era muito boa.

“Olá-” (Yuusuke)

Abrindo a porta da loja, ele ouviu um toque familiar de um sino que era comum em cafés no mundo dele que informavam um vendedor sobre um novo freguês.

“É, é, bem vindo à – Ah!!” (Sorzak)

“Se não é Sorzak-san?” (Yuusuke)

***

O dono da loja era Sorzak, um pesquisador auto-proclamado que ele encontrou durante o incidente do fantasma.

Desde que a passagem subterrânea foi fechada, Sorzak gradualmente perdeu seu espírito e retornou à sua ocupação original de ser um vendedor. Parecia que ele tinha usado seus fundos restantes para comprar minério de ferro, os purificou e começou a vendê-los, focando seus negócios para ferreiros.

“Você não era um artesão de acessórios?” (Yuusuke) (NT: Só não uso joelheiro porque ele fazia lembrancinhas, não necessariamente joias)

“Ah, este era originalmente meu ramo. Eu comecei a fazer acessórios quando a febre da torre começou. Contudo, recentemente a quantia de artesãos aumentou ainda mais e não é tão lucrativo quanto era antes, eu retornei à purificar ferro que gera uma renda mais estável.” (Sorzak)

“Hmm, então você é um usuário de artes de terra bem capaz, Sorzak-san?” (Yuusuke)

“Apesar de provavelmente haverem melhores artesões do que eu, eu não perderei para ninguém em Sanc Adiet quando se tratar de espírito.” (Sorzak)

No que ele disse isso, a atmosfera sobre ele não era como de um vendedor, ostentando ou blefando sobre seus feitos, mas mais próximo como a de Zeshald, de um homem confiante em sua habilidade. Yuusuke pensou por um pouco e, quando uma ideia veio à sua mente, ele virou para retornar ao palácio por ora.

“Eu voltarei mais tarde.” (Yuusuke)

“Tudo bem. Volte qualquer hora, já que eu não tenho mais nada para fazer esses dias.” (Sorzak)

***

No que ele retornou ao palácio, Yuusuke foi para os campos de treinamento e aproximou Sun e Violet, que estavam tendo uma competição de arqueria. As garotas pareciam estar num intervalo agora e tinham trocado os uniformes de corps para algumas roupas mais simples. As garotas estavam sentadas na mesa, se encarando, e curtindo um copo de chá.

“Oh, Yuusuke-san?” (Sun)

“Hm? O que é, Yuusuke? Você voltou meio cedo.” (Violet)

“Ehmm, você vê, a razão-” (Yuusuke)

Yuusuke contou à Violet que ele retornou para consultar ela sobre contratar um excepcional usuário de artes de terra capaz de purificar minério de ferro, produzindo ferro de alta qualidade. No que ele estava falando com a princesa, Yuusuke espontaneamente mencionou contratar Sorzak como subordinado dele na corps do deus maligno.

“Eh, está tudo bem?” (Yuusuke)

“Depende se a pessoa em si estará disposta em se juntar, mas você é o capitão da corps do deus da escuridão, um dos pilares do poder militar do palácio.” (Violet)

Essa corps de elite atualmente era composta de só cinco pessoas da corps de cavaleiros. “Você não pode esperar continuar disse jeito”, continuou Violet.

“Você descobrirá disso mais cedo ou mais tarde, então me deixe lhe contar uma coisa, há um monte de excelentes soldados que querem se tornar membros da corps do deus maligno.” (Violet)

Parecia que haviam casos de cavaleiros de outras corps do palácio mandando pedidos para serem transferidos para a corps do deus maligno. Corps do deus do fogo, d’água, da terra, do vento, um soldado não podia ser membro de todas as forças simultaneamente, então haviam muitos pedidos de transferência vindo por toda parte.

“Bem, cada um deles está atrás do equipamento que você fornece aos seus subordinados.” (Violet)

“Oh, então é por isso!” (Yuusuke)

Focando nesta razão, Violet decidiu que seria melhor deixar a busca de novos membros com o próprio Yuusuke, o que autorizaria ele à convidar qualquer pessoa que ele julgue adequado à se juntar à sua corps.

Durante esta conversa, Sun deu uma olhada rápida à Yuusuke e rapidamente virou seus olhos embora antes que qualquer um pudesse notar.

***

Em seguida, Yuusuke retornou para o lugar do Sorzak novamente, brevemente explicando para ele a situação, e perguntou se Sorzak concordaria em se tornar um usuário de artes de terra sob a bandeira da corps do deus maligno. (NT: Eu estou vendo eles falando isso descaradamente… acho que vou mudar escuridão para trevas, que não é errado, mas eu pessoalmente estava querendo evitar…)

“Como dizer, eu como um membro dos cavaleiros do palácio?!” (Sorzak)

“Ainda mais, você será reconhecido como um usuário de artes divinas de elite.” (Yuusuke)

Sorzak, que era um simples usuário de artes divinas, ao se juntar a corps do deus maligno, seria promovido de um simples engenheiro para um soldado de elite e teria que participar de operações militares.

“Sem problema! Sem problema! Para ser convidado à me juntar às corps de elite, ainda mais a tão falada corps do deus maligno. Que sorte a minha!” (Sorzak)

“É-é mesmo? … Então, por favor assine este contrato.” (Yuusuke)

Brilhando de felicidade, Sorzak colocou sua assinatura. Com isto, Yuusuke assegurou uma pessoa que adicionaria muita utilidade para a corps do deus maligno.

***

As montanhas de Gazzeta eram dotadas com incontáveis vilas que tinham seus próprios campos de treinamento de soldados. Numa dessas vilas, líderes da cavalaria da espada branca estavam discutindo a mais recente informação que havia chego da capital deles.

“É uma conspiração de Fonclanc?” (Girosmar)

“É altamente provável.” (Beto)

“É improvável que o rei esteja envolvido”, Shinra sacudiu sua cabeça pelos comentários do oficial dele.

O contato com o grupo de soldados que foi enviado para investigar os distúrbios dentro de Fonclanc foi perdido um dia após a partida dele. O sobrevivente que retornou relatou que eles foram atacados por alguém vestindo uniformes das forças de Fonclanc, no que eles viajavam através do território de Blue Garden.

Apenas uma pessoa conseguiu retornar viva, trazendo feridas severas que pareciam ter sido infligida por um usuário de artes de fogo altamente habilidoso. Assim que ele terminou de relatar a situação, o sobrevivente perdeu sua consciência e foi entregue para usuários de artes d’água.

Seus assistentes estavam questionando se era uma conspiração de Fonclanc para se passar pelo exército de Gazzeta para matar pessoas artless, reduzindo o número de fontes de distúrbio em potencial assim como reduzir o fluxo de pessoas que estavam relocando para Gazzeta depois de serem seduzidas pelos seus emissários.

Contudo, Shinra duvidou altamente tal teoria. Ele sentiu o caráter de rei Esvobus quando ele havia viajado para Fonclanc para investigar o deus maligno. Ainda mais do que isso, ele ordenou que o velho homem que retornasse para casa após o incidente de Blue Garden ao invés de pedir direitos vantajosos ou qualquer outro tipo de recompensa. Um homem desses não podia pensar em usar a estratégia que os assistentes próximos de Shinra estavam falando.

“Nós precisamos de informação mais precisa.” (Shinra)

“Mas Vossa Majestade, a maioria dos espiões estão direcionados para a ocupação de Nossentes.” (Girosmar)

No que a corps de inteligência estava preocupada com a infiltração de Nossentes, redirecionar eles era impossível. Contudo a situação era séria.

“Nós não podemos deixar a situação como está… Comandante, tome controle do exército inteiro por um tempo.” (Shinra)

“Vossa Majestade, você não poderia possivelmente…” (Girosmar)

Shinra desatou sua armadura da cavalaria das espadas brancas no que ele colocou seus olhos no céu adiante na direção de Fonclanc. Ele prendeu sua greatsword prateada em suas costas e selou seu cavalo.

“Eu estarei fora por um tempo.” (Shinra)

Novamente ele havia se tornado um viajante artless e deixou seus assistentes, congelados em confusão, para trás no que ele cavalgou na estrada em direção de Fonclanc.


Tradução: Thyros



Fontes
Cores