TYN – Capítulo 50 – Antes da Tempestade



“Guri, sua armadura ainda não está pronta. Se você está aqui para usar a cozinha, eu gostaria de pedir que você se contenha.” (Oyaji)
“Por que? Eu achei que você tivesse me dado permissão um tempo atrás.” (Naofumi)
“Se você quer usar minha cozinha, algum tipo de compensação é necessária.” (Oyaji)

Depois de separar das crianças soldados, nós paramos pelo mercado para comprar largas quantidades de comida.
Então nós prosseguimos para impor ao nosso prático conhecido da loja de equipamentos e começar a cozinhar uma tempestade.
Essa comida não é minha sinceridade e gratidão pela loja de equipamentos por prover armas e armaduras baratas?

“Comida! Comida!” (Firo)

Por um tempo já, Firo tem consumido a carne assada e os espetos que eu tenho feito.

“Isso cheira muito bem! Todo mundo que entrou na loja ficou tentado pelo cheiro. Eu fui e chequei quando eles saíram e todos foram para o mercado para comprar comida.” (Oyaji)

Raphtalia levou para o Oyaji um pouco de comida enquanto ele fazia minha armadura no balcão.

“Além disso, algum idiota roubou um pouco de comida do prato que a mocinha me trouxe. Como você produz um gosto desses?! Está tendo uma comoção maluca desde um tempo atrás.” (Oyaji)
“Só chute o cara que roubou comida para fora.” (Naofumi)
“O cara que roubou comida foi generoso e comprou uma arma. Guri, com você aqui meu recorde de vendas pelo mês está indo pelo telhado.” (Oyaji)
“Isso é bom. Leve isso como meus agradecimentos para você.” (Naofumi)
“Tudo bem. Não! Isso não é algum restaurante, isso é uma loja de equipamentos!” (Oyaji) (NT: Sabe, apesar de fazer mais sentido e ser desse jeito que está escrito, acho que vou voltar a chamar de ‘loja de armas’, é mais fácil de digitar várias e várias vezes)

Para uma loja de armas, você realmente tem um monte de panelas extras e uma até que grande frigideira.
Graças à isso, eu estou emprestando um caldeirão para fazer o curry único desse mundo.

“…..” (Estranhos)

Uma tia da vizinhança espiou através da janela de ventilação, junto com vários outros caras que pareciam aventureiros.
Eu fechei as janelas de ventilação com um bang.
O cheiro anda para a frente da loja de armas.

“Guri!” (Oyaji)

Eu ouvi o grito do Oyaji.
Sério…
Depois que o curry ficou pronto, nós fomos despejados da cozinha do Oyaji e então assim acabou nossa sessão de culinária para Firo.
Firo ainda parecia insatisfeita e queria comer mais. Só tem metade dos conteúdos na panela sobrando.
Devido à panela deixada para trás, a loja de armas teve mais tarde um boato sobre ter comida absolutamente deliciosa, mas isso é uma história para mais tarde. (NT: Vulgo nunca)

“Mestre, Firo quer comer mais comida~” (Firo)

Eu comprei alguns espetos para Firo que encheu suas bochechas com uma expressão insatisfeita enquanto vagava pela cidade por comida barata.

“Hmm, devemos simplesmente fazer algo pela margem do rio?” (Naofumi)
“Carne de novo?” (Firo)
“É, você está cansando disso?” (Naofumi)
“Eu não me cansarei de nada que o Mestre faça~” (Firo)
“Claro, claro.” (Naofumi)

Nós voltamos para a loja de armas para emprestar um prato de ferro, que Firo carregou. Bem, nos provavelmente vamos nos acostumar com esse lugar já que nós vamos churrascar aqui no futuro também.
Eu comprei os materiais decentes e comecei o churrasco na margem do rio.
Firo está preocupada sobre carne insuficiente, então ela foi para a floresta para caçar Usapirus.

Nós tivemos que manter o churrasco por um tempo até Firo ficar satisfeita e começamos a discutir sobre o que fazer depois.

“Essa é a primeira vez que nós relaxamos assim.” (Raphtalia)
“Agora que você falou, é mesmo.” (Naofumi)

Todo dia nesse mundo anormal tem sido uma batalha, e agora olhando para cima para o céu azul dá um sentimento muito pacífico.
Faz um esquecer tudo sobre a onda de desastre que só está alguns dias longe.
Inesperadamente, Raphtalia brinca com a bola que eu comprei para ela um tempo atrás.

“Isso não é…. a bola que eu comprei para você?” (Naofumi)
“Raphtalia sorri quando eu aponto para a bola.
“Então você lembra.” (Raphtalia)

Eu pensei que ela tinha perdido isso faz um tempo. E pensar que ela ainda tinha isso…

“Isso é a primeira coisa que Naofumi-sama me deu.” (Raphtalia)
“Você estava olhando para isso com tanta vontade que qualquer um teria comprado isso.” (Naofumi)
“Eu não acho.” (Raphtalia)
“Na?” (Firo)

Depois que Firo limpou o resto do churrasco, ela se virou.

“Onee-chan, do que você está falando?” (Firo)
“É só algo que aconteceu antes da Firo nascer.” (Raphtalia)
“Hmm….” (Firo)

Eu observei a bola quicando.
Ela parece gasta e algumas partes estão arrebentadas. Talvez Raphtalia estava brincando com a bola enquanto eu não estava olhando.

“Você quer que eu compre uma nova para você?” (Naofumi)

Não é um item caro. Se brincar com bolas é o hobby da Raphtalia, então pela causa do relaxamento dela, eu iria comprar mais.

“Não, isso não é necessário porque isso é meu memento.” (Raphtalia) (NT: Memento são itens que as pessoas possuem grandes memórias ligadas)
“Eu não entendi, mas…” (Naofumi)

Se ela quer tratar disso como uma memória valorizada, então eu não vou questionar isso.

“Você quer brincar junto?” (Naofumi)
“Eh!?” (Raphtalia)

Raphtalia me olhou em choque.

“Qual o problema?” (Naofumi)
“Não… eu só não pensei que Naofumi-sama seria alguém que gostaria de brincar com bolas.” (Raphtalia) (NT: Péssima escolha de palavras, mas foi culpa dela)
“Bem…. é inevitável que eu seja visto como alguém que pensa desse jeito. Só que, hoje seria um bom dia para ir de leve e brincar.” (Naofumi)

Nós podemos jogar vôlei só com nós dois? Bem, sempre tem ficar passando a bola para frente e para trás sem derrubar ela.
A bola é jogada para mim e eu ergo minha mão para devolver ela para Raphtalia.
Isso é inesperadamente difícil… Lá trás, eu raramente sequer joguei vôlei de praia.

“Mestre e Raphtalia Onee-chan estão brincando! Firo quer brincar também!” (Firo)

O pássaro terminou sua refeição e começou a fazer uma comoção enquanto nós estávamos jogando a bola pra frente e pra trás.

“Se você quer brincar, tenha certeza de controlar seu poder e não destruir a bola.” (Naofumi)
“Okay~!” (Firo)
“Fufufu.” (Raphtalia)

Raphtalia passou a bola muito alegremente.
Mesmo que o corpo dela é adulto, ela ainda é uma criança.

“Quando a onda ter acabado, eu estou pensando em ir para outro país para subir de Classe.” (Naofumi)
“Okay. Eu irei te seguirei para todo lugar.” (Raphtalia)
“Firo também~” (Firo)

A bola voa da Raphtalia para Firo e então finalmente para mim.

“Ah.” (Naofumi)

A bola voou para trás da Raphtalia e está prestes a cair no chão.

“Tei!” (Raphtalia)
“Que!” (Naofumi)

A bola foi habilidosamente acertada para Firo com a cauda dela.

“Wa… Firo também.” (Firo)

Firo acerta a bola com as asas nas costas dela.
Vocês… não usem partes que seres humanos comuns não possuem.

“Naofumi-sama.” (Raphtalia)

Eu imagino porque esse jogo está se tornando um com condições estranhas.
Não tem o que fazer.

“Escudo Aéreo!” (Naofumi)

A bola quicou pelo escudo que apareceu no ar.

“Ah, isso é trapaça!” (Raphtalia)
“Não é!” (Naofumi)

Sério… isso é brincadeira de criança.
Como um resultado do cooldown, eu perdi. Depois disso nós só jogamos vôlei normalmente.

“Bem, o que devemos fazer agora?” (Raphtalia)

Vai ser essencial para Raphtalia se tornar mais forte de uma subida de Classe.
Adicionalmente, toda vez que uma onda aparece, eu sou invocado. No meio tempo, eu devo trabalhar em upar e ganhar dinheiro em um país diferente.

“Nós ainda temos tempo. Raphtalia, Firo. Tem algum acessório que vocês queiram?” (Naofumi)
“Acessório?” (Raphtalia)
“Ah, eu posso fazer alguns, então eu estava pensando se vocês duas queriam algum.” (Naofumi)

Desde um tempo atrás, eu já decidi em recompensar Raphtalia e Firo por causa do trabalho duro delas.

“Raphtalia, você está numa idade que você quer algo assim, certo?” (Naofumi)
“S-sim…” (Raphtalia)
“Firo também!” (Firo)
“Eu entendo. Agora me digam o que vocês duas querem.” (Naofumi)

Raphtalia parece embasbacada.
Isso é uma ocorrência tão rara assim?

“Uhmm, Firo quer uma presilha de cabelo.” (Firo)

Firo quer uma presilha huh… isso é surpreendente já que eu esperava ela querer uma sela ou algumas rédeas.

“Presilha? Por que?” (Naofumi)
“Porque isso não vai cavar na minha pele depois que eu transformar.” (Firo)

Você ainda se importa com isso? Bem, talvez algo para prender na cabeça dela seja bom. Eu acho que é apropriado considerando quão velha Firo parece. (NT: Uma criança)

“Raphtalia, o que você quer?” (Naofumi)
“Eu? Vamos ver…” (Raphtalia)

Raphtalia pensa por um tempo antes de responder.

“Eu quero um bracelete. Dando um efeito é importante. Seria inútil se não tiver sentindo.” (Raphtalia)
“Huh?” (Naofumi)

“Naofumi-sama, um item que possa aumentar minhas habilidades seria preferível.” (Raphtalia)

Eu imagino sobre isso. Minha mente parece tem problemas entendendo a resposta da Raphtalia.
Um bracelete que dê um efeito. Eu pensei que ela iria querer anéis, brincos ou um colar.
Meu cérebro é só ruim?

“C-certo. Eu vou fazer ele propriamente.” (Naofumi)
“Firo também~” (Firo)
“Sim, sim.” (Naofumi)

Nós brincamos na planície gramínea até o fim do dia, então voltamos para o hotel para preparar para a onda.


Tradução: Thyros




Fontes
Cores