TYN – Capítulo 49 – Voluntários



O dia tinha acabado, então nós decidimos ir para um hotel e dar tratar Raphtalia.
Nós re-vestimos as feridas da Raphtalia encharcando as bandagens na água benta que eu comprei.
Depois das bandagens serem aplicadas, fumaça preta começou a subir da ferida.

“U…ku…” (Raphtalia)
“Você está bem?” (Naofumi)
“S-sim. Tem um sentimento de tensão rigidez saindo do corpo e também meio que dá coceira.” (Raphtalia)
“Entendo….” (Naofumi)

Eu quero curar ela o mais rápido possível, porque eu machuquei ela.
A ferida preta parece ter ficado mais clara.

“O lugar que o Naofumi-sama feriu está curando rapidamente.” (Raphtalia)
“Isso é bom.” (Naofumi)

Eu quero te recuperar o mais cedo possível.

“Ah, Raphtalia Onee-chan é tão furtiva, pare de xavecar com mestre.” (Firo)

Apesar da Firo dizer isso, ela estava pendurada em mim durante todo o tratamento.

“Eu não estou flertando!” (Raphtalia)
“Isso mesmo, tudo que estou fazendo é tratar as feridas da Raphtalia.” (Naofumi)

Raphtalia e eu estamos xavecando… mas qual é a dessa gíria ultrapassada? Que coisa. Onde você aprendeu algo assim? Raphtalia e eu não estamos nesse tipo de relacionamento.

“As costas da Raphtalia Onee-chan estão pretas.” (Firo)
“Por favor não diga essas coisas.” (Raphtalia)

Essas duas se dão até que bem.

“Bem, a onda está chegando logo, então apenas relaxe.” (Naofumi)
“Okay~!” (Firo)
“Isso mesmo. Nós estivemos meio ocupados recentemente, então relaxar ocasionalmente não é ruim.” (Raphtalia)
“Sim.” (Naofumi)
“Mestre, quando você vai fazer comida?” (Firo)
“Vejamos… que tal amanhã?” (Naofumi)
“Yaay~!” (Firo)

Desse jeito, enquanto fazia o tratamento da Raphtalia, nós dormimos no hotel.

No dia seguinte.
O equipamento que eu pedi para o Oyaji fazer ainda não estava pronto.
Não tem nada particularmente importante para fazer, só que pode ser uma boa ideia passar na loja de magia ou farmácia.
Ou devo ir para a loja da costureira e olhar?

“Então tá, onde devemos ir hoje?” (Naofumi)
“Vejamos…” (Raphtalia)
“Comida!” (Firo)
“Sim, sim. Eu sei.” (Naofumi)

Quanto à remédios de recuperação, eu já preparei um monte entre as ondas….
Como Raphtalia e Firo já alcançaram seu limite de level, só eu preciso upar. Pode ser um desperdício, mas não deve ter problema descansar por um tempo.
E também, as feridas da Raphtalia não estão completamente curadas.

“Devo ir pegar mais água benta?” (Naofumi)
“Eh? Ainda tem um pouco sobrando.” (Raphtalia)
“Isso é o suficiente para uma recuperação completa?” (Naofumi)

Apesar da negritude ter diminuído um pouco, ainda está longe de uma recuperação completa. O que sobrou me deixa incomodado.
O efeito não será tão potente se a água benta não for trocada todo dia. Desse jeito, ainda haverá algum dano presente durante a onda.

“Eu sinceramente me desculpo.” (Naofumi)
“É uma ferida que eu consegui eu mesma. Não se preocupe com isso.” (Raphtalia)
“Okay.” (Naofumi)
“Então, vamos para a farmácia primeiro. Nós podemos pegar comida depois.” (Naofumi)
“Certo!” (Firo)

Raphtalia e Firo concordaram, então nós deixamos nossa bagagem no hotel e fomos para fora.
Quando nós chegamos na farmácia, a atitude do balconista da loja não mudou enquanto ele me cumprimentava.

“A quanto tempo.” (Farmacêutico)

Eu primeiro respondi a dúvida do balconista da loja.

“Ah, o livro de receitas intermediárias foi recebido e colocado em bom uso.” (Naofumi)
“Entendo….” (Farmacêutico)

Olhando para os remédios lidados, eu ainda não estou no mesmo nível.

“Isso me lembra, meu velho amigo, o mercador de acessórios parece ser seu conhecido.” (Farmacêutico)
“Ha?” (Naofumi)

Eu fiquei surpreso com a conexão com uma pessoa inesperada.

“Como você ficou tão amigável com aquele miserável? Ele te elogiou profundamente.” (Farmacêutico)
“Vocês dois são conhecidos?” (Naofumi)
“Nós nos conhecemos desde os velhos dias. Aquele cara, ele tinha uma aptidão para usar ervas medicinais de fragrância para fazer remédios de tratamento.” (Farmacêutico)

Voltando então, aquele cara sabia que eu estava fazendo medicina de tratamento de nível médio somente pelo cheiro!?
Mercador de acessórios, que tipo de pessoa você é? Eu não consigo imaginar o que mais ele pode estar escondendo…

“Hm… você ainda está vendendo e viajando?” (Farmacêutico)

O balconista da loja parece ter ouvido falar de mim viajando e vendendo por um conhecido da vila Riyuuto.

“Aquele cara estava andando com a gente na carruagem quando um ladrão que estava atrás dele apareceu.” (Naofumi)
“Eu não acho que aquele cara iria ficar muito feliz sobre isso.” (Farmacêutico)

Eu não entendo. Mercador de acessórios, você é algum tipo de celebridade?

“Ah, onde eu estava? Oh certo, depois que nós capturamos o bandido, eu tirei dele todas suas possessões e confisquei tudo do esconderijo dele.” (Naofumi)

O balconista da loja estava quieto, colocou uma mão na sua testa e acenou com a cabeça.

“Isso certamente parece com você. De fato, aquele sujeito também é capaz de algo assim.” (Farmacêutico)
“Depois disso, ele me ensinou várias coisas.” (Naofumi)
“Oh, ele estava elogiando como você é um aprendedor rápido e disse que você era o sucessor dele em espírito comercial.” (Farmacêutico)
“Por favor me deixe sozinho.” (Naofumi)

Eu fui viajar e vender pela taxa de equipamento. O verdadeiro propósito não era pelo dinheiro. (NT: Acho que a ideia é que não era só PELO dinheiro, mas que ele era um intermediário pros equipamentos)

“Então, do que você precisa hoje?” (Farmacêutico)
“Ah, você tem quaisquer Receitas de Alto Nível para vender?” (Naofumi)

O balconista da loja parou de misturar.

“… Isso foi rápido, apesar de eu achar que você ainda não está preparado.” (Farmacêutico)
“É, também tem remédios que estão em uma receita que eu não posso fazer.” (Naofumi)

Água Ácida Forte, Água de Poder Mágico e Água Medicinal Espiritual ainda não podem ser feitas. Ainda não teve necessidade para esses, mas é possível conseguir os materiais raros através de uma rota de distribuição aprendida do mercador de acessórios.

“Mas… eu não fui capaz de salvar pessoas com o remédio que eu faço. Felizmente, o Mestre de Tratamento fez remédios de Alto Nível. Eu senti inadequado em termos de habilidade.” (Naofumi)

O balconista da loja é convencido pela minha resposta e acena.

“Entendo… Mas ainda é muito cedo para uma receita de Alto Nível.” (Farmacêutico)
“É assim tão difícil…?” (Naofumi)
“Tem várias outras aplicações para remédios das receitas de Nível Médio. Além do mais, tem outras coisas que você pode fazer sem uma receita.” (Farmacêutico)

São os materiais necessários para compor? Certamente, isso não pode ser tão ruim…

“Só que eu ainda posso vender um livro de Receitas Altas, mas vai ser caro.” (Farmacêutico)
“Quanto?” (Naofumi)
“São 500 moedas de prata. Não pode ser nem um pouco mais baixo.” (Farmacêutico)

Eu entendo que estou conseguindo um bom negócio.
Aprendendo sobre medicina, eu tenho certeza que há organizações e companhias que estão dispostas à ensinar, eu também consigo imaginar guildas trocando informação.
Mas se eu aprender de outro lugar, vai ter pressão para ajudar eles. Contudo, um livro de receitas vai me salvar do problema.

“Eu vou levar.” (Naofumi)

Eu obedientemente dei para ele 500 pratas.

“Hmm… próximo é isso.” (Farmacêutico)

Eu recebi um livro chamado [Plantas venenosas e receitas de Veneno].
Eu sou lento mas eu sou capaz de ler as letras desse mundo, até um ponto.

“Receitas para veneno?” (Naofumi)
“É impossível de evitar isso quando se está tentando se tornar acostumado com remédio. Essas são receitas intermediárias.” (Farmacêutico)
“Hmm….” (Naofumi)

Eu dou uma folheada por ele. Ele contém uma anestesia simples e outros tipos de drogas. Isso parece difícil, mas não vai doer aprender isso. Além do que, aprender as receitas de Alto Nível está longe do meu alcance no momento.

“Obrigado. Você tem receitas de nível iniciante como a pílula de cura e remédio comum?” (Naofumi)

O balconista da farmácia quase teve uma esplêndida queda.

“….Você estava fazendo remédios de nível médio sem nem saber os fundamentos?” (Farmacêutico)
“Eu vi o que você estava fazendo e lembrei.” (Naofumi)
“Você é um garoto de um templo que não consegue ler…?” (Farmacêutico)

Essas palavras são de um provérbio do Japão. O escudo provavelmente está traduzindo a frase correspondente desse mundo.
O balconista da loja suspira e fluentemente escreve algo num pergaminho.

“Eu escrevi os básicos da classe iniciante nisso. Lembre disso.” (Farmacêutico)
“Sim.” (Naofumi)

Quando nós saímos, Firo já estava do lado de fora porque ela não gostou do cheiro vindo dos remédios e Raphtalia estava olhando para ervas medicinais.

“Herói do Escudo-sama!” (???)

Eu ouvi uma voz desconhecida depois de sair da farmácia.
Tinham cinco crianças de 14 anos vestidos como soldados que estavam sem fôlego.
Eu comecei a escapar de uma vez. Firo e Raphtalia também começaram a correr. Tinha muitos ideias na minha mente.

“Por favor espere! Nós não estamos aqui para capturar você! Por favor espere!” (Soldado A)
“Então o que você quer?” (Naofumi)
“Eu só quero falar por um momento!” (Soldado A)

…Duvidoso… vamos parar por enquanto.
Se for uma mentira, devo deixar a Firo surtar?

“Haa… haa… no fim, eu finalmente posso te encontrar.” (Soldado A)

Os ombros do garoto estavam pesados enquanto ele recuperava seu fôlego.

“O que você quer comigo?” (Naofumi)
“Umm. Você pode por favor me deixar ir com você durante as ondas…?” (Soldado A)
“Como é?” (Naofumi)

O que você está dizendo? Eu olho para o garoto com uma expressão intrigada.

“Nós somos soldados juniores que ficaram impressionados com o método de luta do Herói do Escudo-sama durante a onda mais cedo.” (Soldado A)

A história do garoto é assim.
Durante a última onda, os soldados de rank baixo ficaram impressionados pela aparição da Raphtalia e eu, que fomos os únicos à ficar para trás e proteger a vila Riyuuto.
Parece que a Ordem dos Knights estavam me elogiando depois da onda, parece que teve novos boatos se espalhando sobre mim enquanto eu estava longe.

“Durante a patrulha da cidade, eu ouvi que o Herói do Escudo estava aqui na cidade, então eu vim até aqui ter essa conversa.” (Soldado A)
“Sério…” (Naofumi)
“Nosso dever é lutar contra a onda, mas nossa maior prioridade é prevenir dano causado para as pessoas.” (Soldado A)

Esse é um pensamento nobre. Só que você devia estar dizendo isso para os outros heróis.

“Logo por favor nos deixe participar juntos com o Herói-sama durante a onda.” (Soldado A)
“Eu não quero particularmente lutar contra a onda, então nós não podemos lutar separadamente?” (Naofumi)

Tem um outro lado nessa proposta. Talvez, com soldados e knights mais ativos lutando contra a onda, a segurança seja melhor. A posição deles também irá subir devido à participar ativamente como o companheiro de um herói.
Contudo, o Herói também teria que lutar na onda. Tem uma magia de status que requer companheiros. Talvez, eu possa testar isso durante uma das ondas.
Seria provavelmente uma boa ideia usar isso e estabelecer um grupo para lutar a onda. Se por qualquer coisa, isso pode ser algo estilo batalhas com guildas ofensivas e defensivas em um jogo online.
Os inimigos não são humanos, mas erros podem ser feitos. Seria extremamente precipitado lutar sozinho contra tal quantia larga de demônios.
Um Herói está provavelmente carregando a obrigação de derrotar os demônios de nível boss porque eles são os trunfos… Mas os habitantes desse mundo devem ser capazes de lidar com os fracotes.
A última onda provou isso. Porque a onda aconteceu perto da vila Riyuuto que era perto da cidade do castelo, os knights foram capazes de correr para lá, mas e dessa vez?
Esse país é grande. Seria catastrófico se a onda aparecesse em algum lugar longe. Caso isso aconteça, o dano não será suprimido com um grupo tão pequeno de pessoas.
Bem, uma estratégia padrão em lutar contra a onda é a proposta que eu dei ao garoto; eu quero ouvir a resposta dele.
Ele veio até mim por que teria menos competição comparado com os outros heróis?

“Nós queremos proteger a nação juntos com o Herói do Escudo-sama.” (Soldado A)

Na superfície eu posso dizer qualquer coisa.

“Você está mirando em promoções?” (Naofumi)
“Não, isso é diferente.” (Soldado A)

O garoto balança sua cabeça e responde imediatamente. Eu vejo outro garoto que parece um mago para mim.
O robe que ele estava usando não era roxo como a loja de magia, mas uma cor amarela barata.
Eles se alinharam na minha frente e se curvaram.

“Eu… sou um nativo da vila Riyuuto. Minha família foi ajudada pelo Herói do Escudo-sama anteriormente… Logo eu quero ajudar, mesmo que só um pouco.” (Soldado B)
“Aah, entendo.” (Naofumi)

Esse sujeito quer repagar a gentileza de ajudar a família dele?

“Como o Herói-sama disse, certamente há pessoas que querem promoções. Mas, eu quero ajudar o Herói do Escudo-sama.” (Soldado A)
“Entendo, bem, eu só estava curioso…. Hm?” (Naofumi)
“Umm… Herói-sama.” (Soldado B)

O garoto nas roupas de bruxo olhou para cima, tirou do robe dele e me deu uma pena para escrever.

“… Por favor assine.” (Soldado B)

Pode ter um truque. Eu devo escrever Motoyasu em Japonês?
Hm?
Quando eu olho de perto, essa criança é um Demi-humano.
Mesmo nesse país de supremacia humana, quando se trata de soldados, há espaço para Demi-humanos.
Comparando a idade dele e a roupa barata com bruxos e knights, ele deve ser de um level baixo.
Eu silenciosamente escrevo minha assinatura no robe dele como o desejo do garoto enquanto preparando para qualquer magia. Não há nenhum sentimento estranho ou efeitos mágicos depois que eu assinei.
Bem, isso não quer dizer que nada vai acontecer mais tarde. Eu vou lidar com isso depois se algo de fato acontecer.
O garoto com as roupas de bruxo sorri alegremente com um rosto levemente vermelho.
O que é isso? Isso é suspeito.

“Esse camarada é um fã do Herói do Escudo-sama. De muito tempo atrás, ele ouviu tradições dos heróis de diferentes países e queria encontrar com o Herói do Escudo.” (Soldado A)
“Wow…” (Naofumi)

Esse grupo parecia extremamente nos confiar e querem ajudar. Esse garoto não está falando, mas pessoas da vila de Toka que foram salvos durante a venda e viagem se juntaram com o mesmo tipo de pensamento.
Bem, devo tentar isso?
Eu me virei para o garoto capitão na frente e murmurei a magia de formação de grupo.
Como as condições para o grupo, o líder do grupo sou eu seguido pela Raphtalia e então Firo.
Sobre isso, o capitão do esquadrão foi dado autoridade.
Já para esse grupo, minha autoridade leva precedência. Em outras palavras, é possível roubar todos os pontos de experiência.

“Isso é…” (Soldado A)
“Você não sabe?” (Naofumi)
“Nem.” (Soldado A)
“Se você não está no grupo, vá pedir para aquele sujeito, e vá juntar qualquer outra pessoa que queira participar. Contudo, não entenda errado. Se você tentar me usar, ou alguma coisa deselegante for feita, eu estou desmembrando todos vocês imediatamente. (NT: Ficou estranho, eu sei – mas só para garantir, com ‘desmembrando’ Naofumi quis dizer em acabar com o grupo)
“Sim! Muito obrigado!” (Soldado A)

Os dois me saudaram e saíram juntos. (NT: Eram 5 pelo texto acima, onde os outros 3 estão, eu não faço ideia)
Eu acho que mesmo nesse país, eu posso confiar um pouco.
Foi só por um momento que eu senti isso.
Naturalmente, como eu disse, se algo acontecer, eu não serei leniente.


Tradução: Thyros




Fontes
Cores