TYN – Capítulo 39 – Invasão de Plantas



“Raphtalia, Firo, tomem cuidado.” (Naofumi)

Então tá, o inimigo que está vindo é uma planta. (NT: Vou começar a alterar bastante, pelo visto, para que fique com mais sentido – aos meus olhos)
De acordo com meu vasto conhecimento de ervas medicinais, a planta em frente é bem única.
Vários frutos maduros podem ser encontrados de suas vinhas e batatas podem ser vistas em suas raízes.
Isso não é tudo, aparentemente também tinha a habilidade de cuspir veneno e anexar parasitas no corpo humano.
Será que o herbicida será efetivo? Fisicamente derrotar ela também não parece um bom plano…
Ela nos atacou com suas vinhas enquanto avançava.

“Haa!” (Raphtalia)
“Yaa!” (Firo)

Raphtalia e Firo cada cortaram algumas vinhas.
Mas, nós já fomos cercados por elas.
Já que é assim, testar magia também…

“Eu sou o Herói do Escudo que comanda a origem do poder. Eu li e decifrei uma lei da natureza. Que o poder da natureza me defenda!” (Naofumi)
“Guarda Rápida!” (Naofumi)

Eu apliquei magia defensiva na Raphtalia e Firo.
Essa magia aprimora a defesa do alvo por um percentual. É uma magia de suporte que brilha quando o alvo tem uma defesa alta.

“Obrigada, Naofumi-sama.” (Raphtalia)
“Valeu~” (Firo)

O par me agradece enquanto elas continuam a decimar as vinhas atacantes.
Apesar de nós estarmos destruindo plantas aqui e ali, é ainda difícil de avançar.
Tem que ser isso. Para limpar um caminho, nós precisamos usar alguma magia forte, eu acho que nossa única opção é recuar por enquanto.
Mas pelo menos, nós vamos aniquilar os inimigos aqui.
Tem uma grande chance que um demônio forte está rondando pela vila.
De acordo com as histórias passadas, não tem um jeito garantido de exterminar as plantas.
Então um ataque totalmente frontal… seria impossível, tem que ter outro jeito.
Devido à falta de poder de ataque das vinhas, meu progresso deve ser sem impedimentos.

“De qualquer jeito, eu vou investigar eu mesmo primeiro.” (Naofumi)
“Okay!” (Raphtalia)
“Okay~!” (Firo)

Eu comecei a correr em direção da raiz das plantas no centro da vila.
Está transbordando de plantas demônios, apesar desse level ainda ser administrável por nós três.
Contudo, eu estou um pouco preocupado sobre a defesa da Raphtalia e da Firo.

“Humm….” (Naofumi)

Os nomes dos demônios são Bio Planta, Plantriwe e Mandrágora. (NT: Eu não tenho a menor ideia de como traduzir Plantriwe, nem mesmo de como surgiu o nome)
Bio Planta é o nome geral para todas as plantas comuns. Plantriwe é um demônio na forma de um humano feito de vinhas. Mandrágora parece ser um forte imóvel de planta.
De acordo com Firo, a Plantriwe solta polem venenoso com a grande flor no topo da sua cabeça.
A Mandrágora espirra ácido de uma vinha para enfraquecer e arrastar sua vítima.
Bio Planta é o demônio que está produzindo esses dois. Ocasionalmente, uma vinha incha e esses demônios estouram dela.
Eu sorrio em satisfação enquanto o herbicida mata esses demônios.
Parece que o escudo não considera jogar herbicida um ataque. Será isso porque elas só são plantas realmente agressivas e não verdadeiros demônios?
Eu imagino qual deve ser o critério. É o mesmo tipo de princípio que jogar água benta e magia de cura em monstros do tipo zumbi? Tem também o fato do meu remédio poder curar o estado parasitário para ser considerado… eu não entendo.
Talvez os parasitas sejam patógenos e meu tratamento medicinal é efetivo contra doenças.

“Então o que nós fazemos?” (Naofumi)

Plantriwe e vinhas continuaram me atacando sem sentido. Os ataques em si não faziam nada, mas meu nariz está levemente cheio por causa do veneno.
O ácido também é problemático. Parece ser efetivo em diminuir o status defensivo. Apesar de que, não é como se elas pudessem me superar. Garra Venenosa da Cobra (M) faz esses efeitos inúteis.
Isso é bem comum. O inimigo é uma planta e usa veneno.

“Raphtalia.” (Naofumi)
“Coff…! O que foi?” (Raphtalia)

O ar parece ser mau para a Raphtalia…
O sistema respiratório da Raphtalia estava danificado antes. Apesar dela estar curada, ele ainda pode ser fraco.

“Aqui, pegue esse herbicida por precaução.” (Naofumi)
“Ah, okay!” (Raphtalia)

Eu joguei um pouco de herbicida para Raphtalia. Eu espero que seja útil em uma emergência.
Raphtalia foi pega pelas vinhas e parece que está para ser violada.
O jeito que essas vinhas se enrolam sobre ela me lembra das heroínas de um eroge… (NT: Okay, dessa vez é sujo mesmo)

“Naofumi-sama?” (Raphtalia)
“Você estava pensando em algo meio rude, não estava?” (Raphtalia)

Contudo, quando as vinhas enrolaram Raphtalia, ela arrebentou elas calmamente.
Inesperadamente, parece que elas não tem nenhuma durabilidade.

“Naofumi-sama? Vamos acelerar e ir!” (Raphtalia)
“O-okay.” (Naofumi)

Quando eu cheguei no centro da vila mais cedo, eu vi uma árvore gigantesca.
Não pera, se eu olhar cuidadosamente, é uma vinha gigante.

“Aquele parece ser o corpo principal…” (Naofumi)

De repente, olhos enormes apareceram no tronco e nos encararam.

“!!!!!!!!!!!!!!!!!!!” (Monstro)

Isso é bizarro.
Mas, esse é o corpo principal.

“Mestre~ Firo está entrando.” (Firo)

Firo dá um pulo correndo no olho do corpo principal. Contudo, ela é interceptada por uma vinha gigante.

“Ei!” (Firo)

Firo chuta a vinha no meio do ar, usando como um apoio, mas a distância que ela ganhou é insuficiente.

“Mestre~.” (Firo)
“Eu sei! Escudo Aéreo!” (Naofumi) (NT: Depois de ter seguido um dos tradutores, eu reparei que Escudo Aéreo fica melhor que Ataque Aéreo de Escudo ou algo assim)

Eu usei o Escudo Aéreo onde Firo estava caindo para ela usar como um apoio.
Firo pulou do escudo e direto para o olho de novo.

“Tei!” (Firo)

Bisha! Com um squish, Firo chutou o olho.
Isso foi bem nojento…

“!!!!!!!!” (Monstro)

A terra tremeu enquanto as vinhas tremem em fúria.
Ainda não está morto mesmo depois que o olho foi destruído?
Hmm…. o que aconteceu?

“Não está caindo.” (Raphtalia)
“Eu notei.” (Naofumi)

Com um som grotesco, o olho regenerou.
Ao mesmo tempo, eu achei uma semente de planta no meio do olho.

“Raphtalia, Firo. O corpo principal está dentro daquele olho. Jogue herbicida nele.” (Naofumi)

O cooldown acabou. Eu posso usar Escudo Aéreo de novo. A propósito, Plantriwe e Mandrágora estavam me atacando juntas.
Mas isso não faz nada, então eu posso levar isso para sempre.

“Eu entendo!” (Raphtalia)
“Certo~!” (Firo)

Raphtalia pula nas costas da Firo enquanto aproximando o olho regenerando.
O olho deve ter registrado elas como a ameaça de maior prioridade e soltou um chuva de vinhas nelas.

“Prisão de Escudo!” (Naofumi)

Eu usei a gaiola formada da Prisão de Escudo para proteger as duas.
O escudo vai ficar no ar, à não ser que um ataque seja forte o suficiente para quebrar por ele.
O tempo efetivo é 15 segundos.
Enquanto isso, as vinhas estão quicando da Prisão.
Oops… as vinhas cercaram a Prisão.
Depois de 15 segundos, a Prisão dispersa. Nesse momento, eu conjuro Escudo Aéreo debaixo da Firo para ser usado de apoio.

“Tei!” (Raphtalia)

A espada da Raphtalia some e as vinhas cercando Firo foram cortadas.
As vinhas foram cortadas belamente e Firo conseguiu pular do escudo.
Ela chutou o olho duas vezes.

“!????” (Monstro)

Os movimentos do olho pararam para ele se reparar.
Tirando vantagem dessa chance, Raphtalia espalhou o herbicida sobre as feridas do olho.

“!!!!????????” (Monstro)

Uma enorme vibração que não era exatamente uma voz se espalha pela Bio Planta.

“Nós conseguimos?” (Naofumi)

Eu nem me importo que eu me ergui uma death flag, esses ataques não são o suficiente nem para me fazer coceira.
Contudo, a Bio Planta começou a se mover de novo.

“Eu me desculpo. Parece que eu não espalhei o herbicida bem o bastante.” (Raphtalia)
“Não, você fez isso corretamente. Parece que o herbicida não é efetivo o bastante.” (Naofumi)

Tem que ter alguma coisa que nós possamos fazer…
Oh, isso pode funcionar.
Pessoalmente aplicando remédio faz dele mais efetivo. Eu imagino o que aconteceria se eu aplicar o herbicida eu mesmo.

“Bem, não machuca tentar isso depois.” (Naofumi)

Eu ignorei os inimigos me cercando e tirei o herbicida com uma mão.
Apesar de ser recentemente, eu notei que minha defesa é agora à distância, eu posso então passar pelos inimigos mesmo estando cercado. (NT: Acredito que ele quer dizer algo do tipo ‘hey, não preciso bloquear com o escudo’, mas enfim)
Contudo, isso não se aplica aos meus ataques.
Eu ando pela larga quantia de demônios como se não fosse nada.
Por fim, eu cheguei na Bio Planta.

“O efeito pode aumentar ainda mais se eu aplicar o herbicida enquanto monto na Firo.” (Naofumi)

Eu espalhei herbicida em todas as raízes.

“!!!!!!!!!!!!!??????????????????” (Monstro)

A Bio Planta convulsionou violentamente. Parece ser seus gritos de morte.
A Bio Planta é tingida de marrom enquanto seus olhos secam.
Com um puff, a coisa toda começa a cair.
Toda a Bio Planta colapsa e nós evacuamos.

“Oooh…” (Naofumi)

Todos os outros demônios começaram a ficar marrom e morrer. Tudo se foi exceto pelas frutas que cresceram em seus corpos e nós.
E… onde a Bio Planta estava tinha uma semente brilhante.
… Seria perigoso deixar isso aqui…

“Eu vou ficar com isso por enquanto. Talvez meu escudo possa absorver isso.” (Naofumi)
“Okay.” (Raphtalia)
“Comida!” (Firo)

Nós ficamos coletando sementes enquanto Firo se enchia com os frutos restantes e batatas.


Tradução: Thyros




Fontes
Cores