TYN – Capítulo 36 – Tirando Tudo Menos Sua Vida



“Ohh… eu sou tão sortudo de ser capaz de andar na carruagem do Pássaro Sagrado.” (???)
“Do Pássaro Sagrado?” (Naofumi)

Naquele dia nós encontramos um mercador que estava querendo ir para a próxima cidade, então nós demos para ele uma carona.

“Você não sabe? Uhm, você é o dono dessa carruagem, correto?” (Mercador) (NT: Ao longo do capítulo, o nome desse cara vai mudar bastante, eu aviso quando for ‘oficial’)

O mercador que estava conversando com Raphtalia apontou para mim ao invés dela.
Ele apontou para mim mesmo que eu tento fazer parecer que Raphtalia é a dona enquanto eu pretendo ser simplesmente o cara que sintetiza nossos produtos.

“Eu sou…” (Naofumi)
“Vocês estão ficando bem famosos. Dizem que há uma carruagem puxada por um Pássaro Sagrado cujos proprietários vagam por aí trazendo milagres enquanto eles vendem seus produtos.” (Mercador)

A carruagem trepida enquanto eu dou uma olhada de dentro da carruagem na Firo.
Pessoas parecem pensar alto de você, quando na verdade você é só uma gulosa que quer ser mimada.
Mas só o que são esses milagres de que ele está falando?
Hm?

“KWEEEEEH!” (Firo) (NT: Toda vez que são esses gritos de Philoreal da Firo, eu fico tentado a colocar que é outra pessoa falando, só pela zoera)

Firo de repente solta um grito estranho e corre descontrolada.

“Uwah!” (Naofumi)

Nós três que estávamos na carruagem (eu, Raphtalia e o mercador) seguramos nos corrimões da carruagem para evitar de cair.

“—-GYAAAAAA…” (Raphtalia)
“—-YASU-SAMAAAAA…” (Mercador)

Gararara!
As rodas deixam um som alto, então eu não podia escutar o que estava acontecendo lá fora.
Vez ou outra Firo surta e causa uma confusão dessas.
Essa é a quarta vez desde que nós começamos a vender viajando. Que criatura caprichosa essa.

“Cuidado, não é só nós dois aqui, você sabe.” (Naofumi)
“Oka-y, digo… Kweh!” (Firo)

Eu cochicho para ela para que o mercador não possa escutar.
Parece que um monstro que fala se destaca bastantinho, e eu preferiria não convidar nenhuma atenção desnecessária.
… Apesar de eu ter um sentimento de que eu talvez já esteja conseguindo essa atenção.
O mercador está me dando um olhar em completa surpresa.

“Eu ouvi que ele também pode entender nossa linguagem, mas isso é realmente incrível.” (Mercador)
“É, eu também acho.” (Naofumi)

Agora que eu paro para pensar, só de entender a linguagem humana já é bem incrível, mas ser capaz de falar nossa língua também? Que monstro de especificações altas esse.
Eu considerarei isso como uma das expansivas possibilidades que a raça de monstros pode ter.
Mas mesmo nesse sentido ela pode ser algo inacreditavelmente raro.

“Nós só vendemos bons e velhos remédios e pegamos qualquer trabalho que irá se beneficiar da nossa carruagem.” (Naofumi)

Eu respondi voltando para nosso tópico original.

“É dito que um santo andando na carruagem possuí remédio especial, e que os doentes e aflitos que bebem esse remédio especial da mão dele serão salvos.” (Mercador)
“É mesmo…” (Naofumi)

É um pouco caro, mas é remédio que quase qualquer um pode pagar.
Numa nota paralela, parece que eu posso mudar que tipo de ervas usar para fazer remédios que melhor mirem em sintomas específicos.
O primeiro remédio que eu fiz era um para todos os propósitos, então sua Qualidade era bem baixa. Ela podia ser muito boa para parar uma tosse.
Mas agora que eu consegui em minhas mãos uma grande variedade de ervas, eu posso filtrar o remédio para um propósito específico.
Febres, problemas pulmonares, problemas digestivos, problemas de pele, a eficiência do remédio contra cada um desses problemas depende do tipo de ervas que eu uso. Eu acabei de conseguir todos tipos desses remédios procurados à mão.
Esse tipo de coisa estava coberto muito bem detalhado no livro de receitas intermediárias. Apesar de eu ainda usar a skill do escudo [menus] para me ajudar enquanto eu misturo ervas.

“Bom e velho remédio, você diz?” (Mercador)

Eu puxo uma garrafa da nossa caixa de produtos e deixo ele dar uma olhada nela.

“Essa é a droga miraculosa?” (Mercador)

O mercador puxou o topo e deu uma cheirada.

“Bem, isso certamente… cheira como o remédio que eu tomei um tempo atrás.” (Mercador)
“… Você sabe o que é isso?” (Naofumi)

Esse cara também é um apotecário?
Enquanto questões desse tipo vão pela minha mente, ele balança a cabeça.

“Nem, esse é só o sentimento que eu tive.” (Mercador)

Então você não tem ideia!
Eu considerei responder, mas eu vou deixar passar.

“Então, que tipo de mercador é você?” (Naofumi)
“Eu sou um joalheiro.” (Joalheiro)

Quando ele diz joalheiro ele provavelmente quer dizer aqui. É provavelmente assim nesse mundo também.
Ele provavelmente vende acessórios e o tipo para alguns nobres importantes.

“Um joalheiro huh… Você faz dinheiro vendendo objetos de valor para nobres e ainda você está lidando sozinho?” (Naofumi)

Se tivesse todo esse dinheiro andando com esse mercador então faria sentido trazer uma escolta comparável para proteger ele. E anda ele está sozinho, o que me deixa bem suspeito.

“Suas palavras atingiram um ponto dolorido.” (Joalheiro)

Hahaha, o mercador respondeu com uma risada curta.

“Joalheiros vem em todos os tipos. Se eu tivesse que ser mais específico então eu diria que eu sou um mercador de acessórios.” (Mercador de Acessórios) (NT: E é assim que ele será chamado, eu jurava que tinha mais algum nome além de Joalheiro, mas enfim)
“Qual é a diferença?” (Naofumi)
“Bem, você gostaria de dar uma olhada nos meus produtos?” (Mercador de Acessórios)

Enquanto ele diz isso, o mercador de acessórios tirou sua bagagem.
Quando eu dou uma olhada dentro, eu vejo coisas como broches e colares. Parece que tem alguns braceletes ali também.
Mas os minérios usados parecem ser na maioria ferro ou cobre. Quanto à gema afixada… como eu posso dizer isso, realmente chamar isso uma gema parece algo como uma área cinza. (NT: Ou seja, não parece ser certo, mas não é errado)

“Dessa vez só trago majoritariamente bens baratos.” (Mercador de Acessórios)
“Entendo… seu negócio não vai muito bem?” (Naofumi)
“Nem, dessa vez eu só estou vendendo acessórios de baixo lucro para aventureiros.” (Mercador de Acessórios)
“É mesmo…” (Naofumi)

De acordo com o mercador de acessórios, acessórios podem ser Encantados, o que iria dar um boost nas habilidades de quem os usa. (NT: Acredito que boost não precise ser definido, mas é um aumento)

“A propósito, por quanto cada um desses iria?” (Naofumi)
“Por quanto, você diz… esse bracelete de ferro que aumenta o Poder de Ataque do usuário iria por cerca de 30 pratas.” (Mercador de Acessórios)

Ooh… Isso é meio carinho. Nem meus remédios vendem por tudo isso.

“Se ele estivesse Encantado, iria por 100 pratas.” (Mercador de Acessórios)
“É mesmo.” (Naofumi)
“Iria.” (Mercador de Acessórios)

Hmm… eu definitivamente devo pensar sobre isso.
Meu negócio de remédios está mais ou menos nivelado no momento. Eu tipicamente fico bem próximo de vender tudo, mas como tenho que comprar ervas como materiais, não tem muito lucro.
Eu não daria conta das vendas se eu tivesse que ir e juntar as ervas.
Elas podiam ser boas para usar lá trás, mas os remédios feitos de ervas juntadas são de uma eficiência muito baixa para ser vendida.

“Você faria isso com Crafting, correto?” (Naofumi) (NT: Traduzido pela Minami em um dos capítulos dela como ‘trabalhos’, mas estou na dúvida entre manter esse termo ou usar ‘Artesanato’; trabalhos manuais, por assim dizer, é a melhor tradução que ofereço)
“Hmm… Certamente, fazer os acessórios nessa forma seria crafting, mas então eu iria Encantar eles. Até esse ponto seria Crafting, eu diria.” (Mercador de Acessórios)

… Entendo. Então você poderia craftar um acessório, mas ele não seria efetivo até você Encantar ele. Encantando… isso parece ser a chave.
Tem um som desagradável nisso. Por que teria? Eu já vi o termo algumas vezes quando eu estava fazendo remédios. Ele apareceu até que algumas vezes nas instruções de mistura da Água Mágica e Água Espiritual.
Isso é algo que você não pode fazer à não ser que você seja capaz de usar magia.

“Isso foi bem educativo. Obrigado.” (Naofumi)
“Sem problema nenhum, o prazer é meu.” (Mercador de Acessórios)
“Mestre-, parece que algo está vindo.” (Firo)

Firo me avisou em uma voz levemente suspeita enquanto ela nos fazia parar.
Da carruagem repentinamente parada, Raphtalia e eu demos uma olhada nos nossos arredores.
E de dentro da floresta vieram várias figuras.
Todos eles portavam armas e nos aproximaram com um olhar que era tudo menos bom.
Eles pareciam meio esfarrapados, mas eles tinham pedaços de armadura aqui e ali que lembravam bárbaros. É quase certo que eles são bandidos da montanha ou alguma coisa do gênero.

“Bandidos!” (Mercador de Acessórios)

O mercador de acessório gritou em pânico.

“Hehehe… vocês, tragam seus bens de valor e deixem aqui.” (Bandido)

Eu estava quase besta numa linha tão clichê.
É esse tipo de coisa, não é. Tem realmente algum ponto em entrar nesse tipo de situações?
Ah, eu tenho certeza que Firo já percebeu mas avançou reto de qualquer jeito.
Está escrito por toda a cara dela, ‘eu posso derrotar esses caras, eles com certeza estão me subestimando’.

“Nós sabemos que vocês têm um Joalheiro escondido aí!” (Bandido)

Os bandidos gritaram para nós.
Eu olhei para o mercador de acessórios.

“Eu achei que você tinha dito você não tinha nada que fosse de valor realmente alto?” (Naofumi)
“Sim… eu não tenho nada assim dessa vez…” (Mercador de Acessórios)

Muito nervosamente, o mercador de acessórios colocou sua mão no bolso da sua camisa como se estivesse cobrindo algo importante.

“Eu de fato tenho um acessório que iria vender por um bom valor.” (Mercador de Acessórios)
“Entendo… então é disso que eles estão atrás, huh.” (Naofumi)

Parece que eu deixei subir um passageiro de alto risco.

“Eu achei que eles não iam mirar num mercador que está carregando na maioria nada além de bens baratos e indo por assuntos pessoais em vez de oficiais, então eu diminui na segurança.” (Mercador de Acessórios)
“Você é estúpido? Nossa…” (Naofumi)

Tudo que eu posso fazer é suspirar.

“Eu vou cobrar de você uma taxa de irritação por isso.” (Naofumi)
“… Eu entendo.” (Mercador de Acessórios)

O mercador de acessórios acenou com a cabeça com um olhar solene.

“Raphtalia, Firo. Eles são inimigos.” (Naofumi)
“Certo!” (Raphtalia)
“Yup!” (Firo)

No meu sinal, Raphtalia pulou do vagão e se armou.
Eu puxei o mercador de acessórios comigo enquanto eu segui o plano.

“Não saia do meu lado.” (Naofumi)
“P- pode deixar!” (Mercador de Acessórios)

Eu mudei de um escudo que eu estou trabalhando em liberar as habilidades para um escudo feito para batalha.

“V-, você é o escudo…?” (Mercador de Acessórios)
“É…” (Naofumi)

O dono da carruagem do Pássaro Sagrado era na verdade o notório Herói do Escudo. Para esse fato, o vendedor de acessórios ficou pasmado.

“O que é isso? Vocês querem ter vir tretar?” (Bandido)
“É. Um precisa ser capaz de se proteger de qualquer perigo que venha no fim das contas.” (Naofumi)

Eu respondi, encarando o bandido.
O objetivo dessa luta era prevenir o inimigo de alcançar seu objetivo.
Em outras palavras, era prevenir eles de roubarem o que o mercador de acessórios está segurando.

“Raphtalia. Firo. Vocês estão prontas?” (Naofumi)
“Sim, eu estou pronta quando você estiver.” (Raphtalia)
“Eu estava prestes a morrer de tédio.” (Firo)
“Entendo, então… VAI!” (Naofumi)

Ao meu comando, os bandidos também brandiram suas armas e avançaram em frente. Pelo que eu pude ver tinham cerca de 15 inimigos, tirando e colocando. Esse era aproximadamente nosso número de alvos.

“Escudo Aéreo!” (Naofumi)

Eu distraí os inimigos correndo até mim com meu escudo que repentinamente apareceu do nada, então rapidamente ativei minha próxima skill.

“Troca de Escudo!” (Naofumi)

Troca de Escudo é uma skill que me permite trocar os escudos que aparecem do Escudo Aéreo ou Prisão de Escudo em outro Escudo que eu saiba.
O escudo que eu mudei para foi o Escudo de Espinho de Abelha (NT: Pensando em usar só ferrão para falar dele, mais fácil).
O Efeito Especial do Escudo de Espinho de Abelha é o Escudo de Espinhos (P) e Veneno da Abelha (Paralisia).

“Wha, o escudo de repente…! Gaah–!” (Bandido)

Uma das pessoas correndo até mim correu de cabeça no escudo que apareceu de repente. Ele caiu no chão, ficou paralisado e começou a convulsionar. Legal, parece que o Efeito Especial está de realmente agindo.

“Prisão de Escudo!” (Naofumi)
“Que diabos é–!” (Bandido)

A gaiola que veio de escudos então prendeu um dos outros bandidos.
Cada uma das skills tem tempos limites diferentes. O cooldown da Troca de Escudos é de 30 segundos. Não é algo que eu realmente possa usar repetidamente.
Mas isso me deixa derrubar o número deles então é bem efetivo.
Três bandidos apareceram na minha frente. Eles devem achar que eu sou idiota já que apesar de estar escoltando, eu não tenho nada comigo além de um escudo.
Eu fiquei na frente do mercador e bloquei o ataque.
Faíscas voaram da ponta que atingiu o escudo, e eu defleti o ataque do assaltante enquanto um clang metálico reverbera. Parece que o poder ofensivo dele é menor que meu poder defensivo.
O escudo que eu estou atualmente equipando é o Escudo de Víbora Quimérica.
Seus Efeitos Especiais são Garra Venenosa da Cobra (M) e Gancho.
A escultura de cobra no escudo começa a se mover e morde os bandidos que vem me atacar.
A Garra Venenosa da Cobra retalha com um contra-ataque venenoso para quem quer que tente me acertar.

“Guaaaaaaahh!” (Bandido #1)
“Eu, eu não vou cair só com… Ugh!” (Bandido #2)
“Eu, eu me sinto doente…” (Bandido #3)

Garra Venenosa da Cobra envenena todos que me atacam. Não é muito efetivo em coisas que tenham resistência. Parece estar funcionando. Eu nunca tentei isso em pessoas antes mas parece ter um efeito considerável. Também, não é realmente um detrimento, mas o veneno é na realidade letal.
Eu ordenei o escudo a usar Gancho. O ornamento de cobra no escudo saiu e segurou um dos bandidos. O efeito do Gancho não tem poder ofensivo, mas pode puxar qualquer coisa dentro de 2 metros. É bem útil quando se está subindo um penhasco.
O movimento dos bandidos começou a ficar duro depois que alguns deles já tinham caído.

“Es-, esse cara é o Herói do Escudo!” (Bandido)

Os bandidos começaram a ficar um pouco assustados.
Parece que eles realizaram que eles bateram num dos famosos heróis do país.
Mas é tarde demais para eles nesse ponto. Com esse medo os bandidos rapidamente afirmaram sua própria posição desvantajosa.

“Tei!” (Raphtalia)
“E-i!” (Bandido)

Raphtalia, com espada em mãos, usou um balanço no bandido quando ela viu uma abertura. A armadura dele protegeu ele do corte, mas com a força bruta do balanço da Raphtalia, o bandido foi esmagado no chão, bateu sua cabeça e desmaiou.
Firo se move numa velocidade estrondosa, chutando um, depois outro, com suas pernas poderosas que mandam os bandidos voando. Cada chute, os bandidos voam cerca de 5 metros como Motoyasu fez… Não, pera. Aquele acabou de voar 20 metros.
… Eu tenho quase certeza que você morreria disso?
Muito rapidamente, o número dos bandidos diminuíram, e aqueles que ainda estavam de pé numeravam 6.

“Merda! Recuar!” (Bandido)
“Você acha que eu vou deixar?!” (Naofumi)

Eu capturei o cara que parecia ser o líder dos bandidos com a Prisão de Escudo. Os bandidos restantes que tentaram correr foram capturados pela Raphtalia que está montada na Firo.
Eu estou feliz que eles eram mais fracos do que eu pensei que eles seriam.
Apesar que Raphtalia e Firo com certeza fizeram bem o trabalho.

“Então vamos lá.” (Naofumi)

Eu passei meu julgamento nos bandidos amarrados.

“Talvez eu possa entregar vocês por algum tipo de recompensa?” (Naofumi)
“Em tempos como esses, não tenho certeza se tem dinheiro para ser dado por isso…” (Raphtalia)

Raphtalia respondeu com um rosto preocupado.

“Você sabe?” (Naofumi)

Eu perguntei ao mercador de acessórios, mas como esperado ele balançou sua cabeça.

“Ainda assim, eu acredito que você deva entregar eles de qualquer jeito.” (Mercador de Acessórios)
“Hmm… é mesmo…” (Naofumi)

O líder da trupe de bandidos estava me olhando com um sorriso petulante.
Eu posso facilmente imaginar o que ele está pensando.

“‘Nós fomos atacados pelo Herói do Escudo. Nós somos só aventureiros normais!’ é o que você está pensando?” (Naofumi)

O líder deu um grunhido desgostoso.
É isso mesmo! Os oficiais vão provavelmente tomar nossa palavra em vez da sua, seu Herói do Escudo de araque!

“Bem, eu não posso eliminar essa possibilidade.” (Naofumi)

Mas porque minha reputação é tão ruim… Eu penso sobre isso agora, e eu realmente não consigo aceitar.
Graças à porra daquela princesa e rei, mesmo que eu faça boas ações, ninguém vai acreditar que eu fiz elas.
Sigh…

“Não tem o que fazer. Eu só vou matar todos vocês.” (Naofumi)

Como se eles não imaginassem que eu poderia fazer essa escolha, os bandidos ficaram todos instantaneamente pálidos.
Dentro do bando um deles estava freneticamente tentando soltar as cordas, mas Firo veio rapidamente e chutou ele, que desmaiou em agonia.

“Eu acho que posso ter meu perigoso monstro aqui aprender qual o gosto da carne humana…” (Naofumi)

Eu disse isso para a trupe de bandidos em voz baixa e com uma pitada de coação.

“Comida?” (Firo)

Firo diz enquanto ela encara a trupe de bandidos, babando.

“H-, Hiii—?!” (Bandidos)
“Eu imagino o que eu vou fazer.” (Naofumi)
“V-você é a Carruagem do Pássaro Sagrado, não é?! Você supostamente traz milagres e ainda você está prestes a cometer assassinato?!” (Bandido)
“Não é como se fosse um título que eu criei. Um precisa se proteger de quaisquer perigos que vem, certo? Eu fiquei levando na bunda de todo mundo até agora. Mas agora é a vez de vocês, então apenas desistam.” (Naofumi)
“P-pelo menos poupe nossas vidas!” (Bandido)
“Então me dê tudo que vocês tem de valioso e equipamento, e me diga onde seu esconderijo é. Você pode mentir o quanto quiser. Mas você sabe, eu odeio que mintam pra mim até a morte. Se você me dizer uma mentira, eu terei meu Pássaro Sagrado aqui arrancar cada um de seus quatro membros um por um e comer eles.” (Naofumi)

Eu digo isso casualmente enquanto os bandidos tremem em medo absoluto.
Já que eu sou o notório Herói do Escudo, isso é muito efetivo.

“Eu, Eu entendi! Nossa base está–” (Bandido)

Eu confirmo a localização no nosso mapa.
É perto.

“Certo, parece que as negociações foram um sucesso.” (Naofumi)

Enquanto eu abaixo minha mão, Firo solta um chute com uma força que nocauteia todos os bandidos.

“Em qualquer caso, vamos tirar deles qualquer valiosidade que eles possam ter. Oh? Esse cara tem um equipamento muito bom. Raphtalia, isso será seu.” (Naofumi)
“Tirando os bandidos dos seus bens… o que nós estamos fazendo é exatamente o mesmo que eles.” (Raphtalia)

Então Raphtalia diz enquanto ela segue minhas ordens e rapidamente tira o equipamento do bandido.

“Agora dê aos caras envenenados algum antídoto e carreguem eles na carruagem. Rápido agora, nós vamos trazer esses caras para o esconderijo também.” (Naofumi)
“Oka-y!” (Firo)

Depois de confirmar que a base dos bandidos é realmente lá, eu prossegui em tirar dos guardas que estavam de tocaia dos seus bens do mesmo jeito.
Nós então socamos a considerável pilha de tesouro na carruagem, e pegamos todos os bandidos e amarramos eles na base deles.
Os vários tesouros eram bem ricos.
Coisas como pleno dinheiro, comida, licor, armas e armadura, metais preciosos, pílulas de cura e outro remédio barato.
Era de longe mais rico do que eu imaginei e acabei com uma inesperada renda extra.
Esses caras devem ser os bandidos que estão atacando pessoas por toda a região.

“Que… Firmeza.” (Mercador de Acessórios)

O mercador de acessórios, que estava seguindo minhas ações num jeito desconcertado, olhou profundamente para mim.

“Então, quanto de uma taxa de irritação eu te cobro?” (Naofumi)

O mercador de acessórios voltou para seus sentidos na minha pergunta.

“Talvez algumas moedas de prata…” (Naofumi)

Eu prossegui em ameaçar ele.
Graças a você, toda essa situação aconteceu. Eu não coloquei todo esse esforço só pra isso.
Depois das negociações, nós concordamos em um acessório como uma recompensa decente.

“… Essa mentalidade de não apenas levar o ataque dos bandidos sem algo de volta… eu estou profundamente emocionado.” (Mercador de Acessórios)

Alguma coisa parecia ter brilhado dentro dele. O mercador de acessórios está me olhando com um fogo nos seus olhos. É, ele provavelmente está dizendo a verdade.

“Okay então. Eu vou te dizer meus segredos em Crafting e Encantamento assim como as rotas de troca.” (Mercador de Acessórios)
“… Isso não é um pouco de mais?” (Naofumi)

Isso é de longe muita compensação, pro ponto de me fazer ficar suspeitando.
Tem uma boa chance que ele esteja tentando me enganar de algum jeito já que eu tirei um acessório dele.

“De jeito nenhum. Mercadores gananciosos como você que não deixam de levar um único acerto sem algum tipo de recompensa estão se tornando uma raridade.” (Mercador de Acessórios)
“Eu tenho certeza que há incontáveis pessoas que são gananciosas por aí.” (Naofumi)
“Não foi isso que eu quis dizer. É como você espremeu até a última gota de lucro de alguém. Não só usando eles e então se livrando deles, mas manter eles continuando para tirar tudo que eles tem é o que eu estou dizendo que é necessário.” (Mercador de Acessórios)
“Usando e depois se livrando huh…” (Naofumi)

Eu olhei para os bandidos que eu tirei tudo deles.
Eles pareciam estar muito bem julgando por quão boa era a roupa deles eram, então eu tirei todo o equipamento que eles tinham.
Eles só estão pagando suas contas justas. Ter todos os seus bens levados deles parece como uma ação justa.

“Por fazer isso?” (Naofumi)
“Esses caras tentaram tirar nosso dinheiro e nossas vidas. Contudo, você negociou e se comprometeu a deixá-los viver contanto que eles desistissem de todas suas possessões. Eles estavam atrás da sua vida, então seria só natural para você matá-los. Da sua posição, [que tinha a vida deles nas suas mãos], isso é o melhor resultado possível para eles.” (Mercador de Acessórios)

Bem, eu realmente tenho uma reputação terrível, então mesmo que eu tentasse entregar eles, tem uma boa chance dos oficiais acreditarem no testemunho deles em vez do meu. Apesar de ter também a chance deles acreditarem em mim.

“Eles compraram a vida deles de você por dar para você todas as possessões deles.” (Mercador de Acessórios)
“Eu acho que você pode ver assim…” (Naofumi)
“E então, quando você podia ter tido sua vingança justa, você usou isso como barganha para aumentar seus próprios lucros e tirou cada gota deles!” (Mercador de Acessórios)

O mercador de acessórios soltou um sorriso nefasto.
O que há com esse cara?! Eu posso ver que ele é absolutamente cruel!

“B-, bem, eu vou te deixar na próxima cidade.” (Naofumi)
“Sem chance, eu tenho tanto que preciso te ensinar. Eu não vou sair enquanto eu não acabar.” (Mercador de Acessórios)

Mas o que é que esse mercador de acessórios está almejando me ensinar!
Eu estou um pouco preocupado sobre quão animado esse cara está ficando…
Mas com isso nós carregamos os bens que tiramos dos bandidos e esse mercador que parece ter se familiarizado conosco.
Essa parte pode não ser de nenhum valor, mas quem vendeu o mercador de acessórios para os bandidos era aparentemente um membro na união dos mercadores. Parece que depois desse ato ele foi excomungado da união.


Tradução: Thyros




Fontes
Cores