TYN – Capítulo 345 – Remorso



“… Como eu pensei, eu sou ‘Lixo’.” (Lixo)

Enquanto assistia Witch queimar, Lixo murmura debaixo do fôlego dele.

Eu silenciosamente assisto a cena do lado dele.

“Minha falta de controle sobre as ações da minha filha, tudo que aconteceu foi trazido pelas minhas ações.” (Lixo)

“Isso pode ser verdade. Mas você ainda tem trabalho que você tem que fazer.” (Naofumi)

“Eu sei.” (Lixo)

A amada filha dele Witch usou o mundo como o brinquedo dela e colocou uma farsa tosca até o final do fim.

Porque ela pode usar humanos tão bem…

Eu realmente acredito Lixo sendo uma pessoa terrível. Mas, tem que ter outra fonte.

Eu comecei a pensar dele diferentemente do que eu penso da Witch.

A vida do Lixo deu à ele ampla razão para odiar o Herói do Escudo.

O Herói era a perdição da própria existência dele.

Os pais dele e sua amada irmã foram levados pelos homens cantando elogios pelo amado Escudo deles. Por Silt Welt.

Eu nunca tive nenhuma relação direta com eles, mas isso não é uma história que eu não posso compreender.

Há muitos protagonistas com histórias de fundo assim.

“Minha esposa… tentou corrigir minha filha de novo e de novo… mas eu nunca pensei demais disso na hora. E este é o resultado.” (Lixo)

“…” (Naofumi)

Seria fácil afirmar as frases dele.

Mas uma grande pergunta paira sobre minha cabeça.

É verdade que a filha do Lixo e da Rainha, Witch, é um demônio irredimível de mulher.

A Rainha lamentou que Witch havia herdado os piores traços dos dois deles, e ela fez muito para tentar e corrigir ela.

Ainda assim, quando olhando para o Lixo e a Rainha, eu vejo uma disparidade muito grande entre eles e aquela puta.

A Rainha era aparentemente habilidosa o suficiente em negociações que ela era chamada de Megera de Melromarc.

Mas ela agiu pelo bem do país por princípio.

Ainda que ela cometa mal, ela coloca o país primeiro, e ela conduz ele calmamente enquanto reconhece a malícia por trás dele.

Os atos malignos dela carregam um objetivo maior.

Para a Rainha fazer isso sabendo sugere que ela tem um pouco de um problema de personalidade, mas você também pode dizer que ela se importa com seu povo.

Depois vem Lixo.

Ele é chamado de o Grande Rei da Sabedoria, e não tem um homem melhor em planejar, parece. (NT: Esse planejar é de bolar planos, não é uma forma muito bonita de falar, mas estou com preguiça de sinônimo…)

Isso pode soar legal de longe, mas quando você é o alvo dos planos dele, isso não é algo para se rir.

Mas, você pode dizer que esse é o preço padrão em guerras e conflitos, e se você não planejar, você pode perder contra inimigos que você poderia facilmente ter derrotado.

Para o lado mais fraco, é natural para eles terem que usar planos para derrubar o forte.

E aqui está a grande questão.

Lixo… ele faz um bom trabalho usando seu conhecimento para aqueles queridos à ele.

Na guerra recente, ele fez seu melhor para cumprir a vontade de sua esposa e proteger o país.

Mas… e quanto a Witch?

Por qual propósito ela acha prazer de ter pessoas caindo em suas armadilhas?

Eu só consigo pensar que ela está agindo por ela mesma.

Isso é um pouco precipitado de pensar que a criança daqueles dois iria apenas agir pelo seu próprio bem, não é?

Estou  demais? Claro, Lixo ficou senil depois de ter aquela criança.

Mas olhando para Melty me faz imaginar.

Apesar do que ela diz, Melty valoriza amizade.

Quando Firo estava com problemas, ela tomou a iniciativa, e ajudou em administrar minha terra.

É a influência do ambiente de crescimento dela… é tudo que eu consigo pensar.

Mas ainda, ela nasceu para realeza.

E a mãe de nascimento dela, a Rainha, gastou seu tempo tentando corrigir ela.

Para ela ter ficado daquele jeito independentemente do ambiente dela, deve ter algo relacionado com a personalidade básica dela.

Olhando para as personalidades dos pais, eu posso ver de algum modo como Melty pôde resultar.

Bem, o passado da Witch não me interessa, e talvez Lixo meramente mimou ela demais.

Eu pensei sobre isso algumas vezes, mas Witch verdadeiramente parecia isolada do resto daquela família. Se fosse só o egoísmo, eu poderia apontar para Lixo e acenar, mas ela não tem sentimentos pela família dela.

Eu não estou certo sobre a Rainha, mas eu tenho quase certeza que ela tinha tanta afeição familiar como qualquer outra pessoa.

Quero dizer, a linhagem do Lixo está conectada com Faubley, e com o sangue de heróis passados fluindo nela, eu acho que não é impensável para ela acabar num caminho do mal.

… Poderia se que como Tact, havia um reencarnador entre os Heróis do passado?

Ou poderia ser que um daqueles que foram invocados para este mundo tinha uma personalidade distorcida?

Honestamente, eu não sou nenhum santo.

O Espírito do Escudo me chamou de Primeiro Candidato, mas eu imagino quanto das palavras dele eram verdade.

Meus pensamentos estão vagando. De volta à personalidade da Witch.

É como se ela existisse meramente para causar mal ao mundo; meramente para colocar os Heróis através de dor.

Eu imagino se ela é uma reencarnada ela mesma, mas julgando pelas ações dela, a possibilidade é baixa.

Mas… é assustador que eu não posso negar isso.

Isso poderia ser…? A coisa assustadora que Glass disse sobre reencarnadores?

Incluindo aqueles no meu lugar, eu não posso dizer que não há um indivíduo reencarnado entre nós.

Claro, eu iria saber se eles tomassem ações destacantes como Tact.

Mas se alguém fosse verdadeiramente habilidoso em esconder isso, então não teria como eu dizer.

As pessoas que eu confiei até agora podem me trair no último minuto. Isso não é nada para se rir.

Eu posso entender como o mundo da Glass caiu numa armadilha de suspeitas.

Raphtalia era realmente uma reencarnadora, e nos últimos momentos, ela iria me atacar… se algo assim acontecesse, meu coração iria quebrar.

Mas também é difícil de negar isso. Eu rezo para que isso não seja verdade, mas eu não posso dizer isso com certeza.

Pelas afirmações e ações dela, há coisas demais que eu tenho que analisar.

Se eu pudesse ler os corações das pessoas, então tudo isso poderia ser resolvido, mas aquele se chamando de deus parece ser capaz de dar alguns poderes estranhos.

Se eu pudesse, e eles tivessem a habilidade para bloquear isso, então eu estaria certo no meu julgamento e esse seria o fim.

Bem, é mais divertido tentar e achar a razão pela qual Deus não ajudou Tact.

Para proteger nossa sanidade, nós tivemos todos os Heróis reunidos aqui só por precaução, mas isso foi uma decepção.

Eu cheguei a ver a execução, mas… até que alguns de nós se retirou no meio de alguma parte.

Quero dizer, não era uma visão boa.

No final, Lixo, Glass e eu ficamos como representantes.

“Eu irei aceitar qualquer trabalho… este é meu crime.” (Lixo)

Tendo perdido sua esposa e tendo aquela que causou isso sendo sua filha. Tendo aquele que a filha dele estava junto sendo aquele que destruiu o memento deixado por sua irmã. Se eu estivesse na posição dele, talvez meu coração quebrasse.

O atual Lixo tem uma habilidade e capacidade de decisão admiráveis.

Honestamente, eu vejo porque a Rainha colocou sua fé neste homem.

A força do coração dele… se fosse eu, eu não acho que eu seria capaz de imitar ele.

Pela primeira vez, eu simpatizei com Lixo. Pela primeira vez, eu pensei que talvez eu deva parar de chamar ele de Lixo.

Mas, porque o indivíduo em si deseja se condenar, eu devo continuar referindo à ele assim.

“Eu pensei que aquela criança iria viver tão livremente quanto ela pudesse. Ela respondeu ao meu amor paternal, e eu frequentemente fui mole demais com ela. Para isso alcançar uma conclusão dessas…” (Lixo)

“Eu apostarei que foi a liberdade. Onde diabos ela aprendeu a tomar prazer em esnobar os outros?” (Naofumi)

“Eu não tenho resposta… ainda assim, quando aquela criança propôs a ideia de aceitar a Igreja dos Três Heróis e invocar os Quatro Heróis, eu senti que eu havia despertado para minha missão.” (Lixo)

“O que?” (Naofumi)

Foi Witch que propôs a ideia de dos invocar?

Bem, nós não somos os únicos Heróis, e ela já tinha a experiência de esnobar todo mundo ao lado de um Herói.

Mas, eu estou começando a entender menos e menos os motivos da Witch.

O estado tolo do Lixo também foi feito dela? (NT: Ela que fez, é isso que ele quer saber…)

Ela é boa em conseguir outros mimando ela, e olhando para todos os Heróis, eu incluso, ela é uma mestra em ter pessoas caindo em depravação.

Talvez se Tact nunca tivesse se associado com ela, ele teria sido um Ser Humano um pouco mais decente.

A primeira vez que eles entraram em contato foi na Academia em Faubley.

Isto é apenas especulação, mas Witch provavelmente deu sua primeira vez para ele.

“Você sabe como Witch estudou fora em Faubley, certo?” (Naofumi)

“Sim, bem, até certo ponto.” (Lixo)

“Então você sabe o primeiro parceiro da Witch?” (Naofumi)

“Não… mas eu aprendi disso pelas notas da minha Esposa. Parece que aquela criança estava tentando esconder isso.” (Lixo)

“Entendo.” (Naofumi)

A Rainha realmente disse um bocadinho.

Como que Motoyasu estava longe de ser o primeiro dela.

Ela criou fricção entre Heróis e chutou eles no chão toda vez que ela queria. Até o Incidente da Tartaruga Espiritual, a Rainha fez olho gordo nas ações dela por benevolência.

Mas depois disso?

Se ela estivesse assustada demais para fazer qualquer coisa, tudo teria sido resolvido se ela viesse perante a Rainha. Mas invés, ela seduziu Ren e colocou acusações falsas no Motoyasu. Depois de roubar os pertences do Ren, ela fugiu. Depois disso, ela tomou os Remanescentes da Igreja dos Três Heróis, e Itsuki, e começou sua revolta.

Não importa quão brava ela pensou que a Rainha estaria com ela por ela desertar o campo de batalha, eu não acho que ela teria sido executada, ou enviada ao Rei Porco naquele ponto, ao menos.

Quando Motoyasu honestamente admitiu sua culpa, ele só recebeu punição mínima.

O estado mental dela pode ter sido afetado pela recompensa na cabeça dela, mas apesar do status dela não ser o que era antes, ela teria sido capaz de compensar por isso.

… Será que ela odiou os boatos e dificuldades tanto assim?

Isso foi o suficiente para um coup d’état? Ela realmente se proclamou sendo aquela digna de ser Rainha.

Só quanto ela estava agindo pela sua própria auto-satisfação?

Será que Lixo ensinou ela a odiar o Escudo desde uma idade jovem, e ela começou a emular as piores partes dele?

“Você alguma vez ensinou para ela que o Herói do Escudo era o Deus do Inimigo e uma existência para ser odiada?” (Naofumi)

“Eu não. Apesar de que isso era a política do país.” (Lixo)

Bem, ela de fato parecia participar na religião deles, então ela sendo uma devota seguidora da Igreja dos Três Heróis constituiria uma razão decente?

Mas… os movimentos dela são um pouco erráticos para ela ser uma crente.

Ela de fato tirou vantagem deles, mas eu não acho que ela tinha qualquer crença firme.

Honestamente, isso só não combina com ela.

Religiões como essa parecem proibir excesso de luxúria em todos os mundos, então isso não combina com o caráter da Witch.

Era meio óbvio que ela estava usando eles, e o Papa ficou enfurecido quando ele percebeu isso.

Se ela fosse uma crente devota, ela teria sido aceita lá.

O objetivo dela é incerto demais.

No fim, o fato que a Witch era aquela cujo malfeito derrubou o mundo no caos é inegável.

Será que ela recebeu alguma interferência ou objetivo daquele se nomeando como Deus?

“Isso é tudo culpa minha.” (Lixo)

Aquele dia, as costas do Lixo pareciam tão estreitas.

Nós estávamos num relacionamento de ódio-ódio, mas até escória como eu sinto que eu devo animar ele um pouco.


Tradução: Thyros



Fontes
Cores