TYN – Capítulo 32 – Recompensa



Firo estava vestindo meu manto enquanto nós íamos para a loja de armas.

“Hey guri.” (Oyaji)

O Oyaji acenou para mim enquanto nós nos aproximávamos.

“Alguma coisa aconteceu?” (Naofumi)
“Sim. Espere um pouco.” (Oyaji)

O Oyaji fechou a loja de armas e nos guiou.
Nós chegamos na loja de magia onde eu recebi o livro de magia.

“Ora ora.” (Velha Bruxa) (NT: Lembrando de novo: não é uma ofensa, é só meu jeito de identificar ela rápido)

A senhora da loja de magia brilhou quando ela viu o Oyaji.

“Por que vocês rapazes não entram?” (Velha Bruxa) (NT: Tá, vou mudar para Velha Maga na próxima… menos ofensivo, não?)
“Certo. Firo, não mude para sua forma verdadeira até que eu permita você mudar.” (Naofumi)
“Okay.” (Firo)

Nos fundos da loja de magia, tinha um local de trabalho que cheirava à natureza.
Nós fomos guiados pelo local de trabalho.
O teto era meio alto, cerca de três metros.
No meio do chão tinha um quadrado mágico com um cristal.

“Me desculpe se está um pouco apertado porque eu estou trabalhando.” (Velha Maga)
“Não, está bem. De qualquer jeito, tem alguma roupa para crianças aqui?” (Naofumi)
“Essa senhora da loja de magia é uma conhecida que pode te ajudar.” (Oyaji)
“É verdade~” (Velha Maga)

Ela removeu o cristal e colocou uma máquina de costura com um design antigo em um pedestal.

“Essa criança realmente é um demônio?” (Velha Maga)
“É, me deixe tirar o manto primeiro antes dela se transformar. Firo, volte para sua forma original.” (Naofumi)

Deve ter espaço o suficiente aqui para a forma original dela.

“Ok.” (Firo)

Quando eu dei o comando, Firo removeu o manto e retornou para a forma original dela.

“Ora ora, ó querida!” (Velha Maga)

A senhora da loja de magia olhou para Firo que tinha retornado para sua forma de Rainha Philorial espantada.

“Isso está bem?” (Firo)

A cena era muito estranha devido à voz da Firo contrastar com o corpo dela.
Mesmo que isso fosse um mundo fantasioso, ainda era estranho…
Eu olhei para Raphtalia.

“O que foi?” (Raphtalia)
“Nada.” (Naofumi)

Isso me lembra, Raphtalia também era uma Demi-humana.
Agora que eu penso sobre isso, no passado quando eu podia sentir algo como romance, eu talvez estaria muito excitado; parecia que Motoyasu era o mesmo, apesar disso estar no passado.

“Então que tipo de roupas você precisa?” (Velha Maga)
“Você pode fazer algo que não quebre quando ela se transformar?” (Naofumi)
“Falando estritamente, eu não tenho certeza se eu posso fazer roupas.” (Velha Maga)
“O que!?” (Naofumi)
“Herói-sama, o que você vê?” (Velha Maga)
“Loja de magia… E uma bruxa.” (Naofumi)
“Isso mesmo. Eu só tenho algum conhecimento sobre transformação.” (Velha Maga)

Apesar de eu não realmente entender o senso comum desse mundo… eu sei que bruxas podem se transformar em animais.

“Olha só, isso leva uma grande quantidade de poder mágico e pode ser um procedimento bem problemático para se transformar em um animal. Não seria cansativo colocar roupas toda vez que você transformasse?” (Velha Maga)

Hm? Então parece que era possível para bruxas se transformarem.
A senhora respondeu enquanto trabalhava na roca. (NT: Bela Adormecida, aquela coisa)
Pela aparência sozinha isso lembrava uma máquina de costura do meu mundo.

“Seria tudo bem se ela se transformasse em casa. Mas se ela se transformar num lugar lotado, será algo bem sério.” (Velha Maga)
“É, isso mesmo.” (Naofumi)

Roupas são minha principal preocupação. Andar por aí pelada iria destacar muito.

“Logo, seria melhor se as roupas pudessem ser guardadas seguramente quando transformada e re-equipadas quando revertendo.” (Velha Maga)
“Entendo.” (Naofumi)

Verdade, se as roupas só desaparecessem depois dela reverter de volta, o problema seria resolvido.

“É uma técnica passada pela categoria demoníaca de Demi-humanos que lidam com esse problema. Um famoso de uma roupa que incorpora essa técnica é o manto do vampiro.” (Velha Maga)

É, como quando eles se transformam em morcegos ou lobos. Então isso também era assim nesse mundo.

“Bem, essa roca faz os materiais para essas roupas.” (Velha Maga)
“Oh… Então como exatamente as roupas se transformam?” (Naofumi)
“Falando estritamente… o que são roupas exatamente? É algo que pode ser visto pelos outros, certo?” (Velha Maga)

Eu virei meu pescoço e dei à senhora da loja de magia um olhar confuso.
Aonde ela quer chegar?

“O que eu quero dizer é, esse item pode transformar as linhas em poder mágico e poder mágico em linhas. Logo, o usuário pode mudar as linhas para poder mágico a qualquer momento. Para colocar de uma maneira mais simples, o usuário pode mudar os fios para poder mágico e vice-versa.” (Velha Maga) (NT: Eu não sei o que mudou, mas é isso que está escrito)
“Oh, eu entendo.” (Naofumi)

Agora eu entendo porque o Oyaji da loja de armas nos trouxe aqui.
Vai ser certamente estranho chamar isso de roupas. Quando não está na forma humana o poder mágico iria circular no corpo, e se tornaria roupas quando voltasse para a forma humana.

“Então agora, Firo-chan certo? Gire a alça dessa ferramenta lentamente.” (Velha Maga)
“Ok.” (Firo)

Firo começou a lentamente girar a alça da roca.
Um fio saiu imediatamente e a senhora enrolou ele em um carretel.
Então, o fio começou a juntar no carretel.

“Hmm? Eu sinto como se algum poder está saindo de mim.” (Firo)
“Isso muda poder mágico para fios. É cansativo mas por favor aguente. Isso ainda é insuficiente para fazer roupas.” (Velha Maga)
“Hmm… Interessante.” (Naofumi)

Firo ainda era uma criança que mal tinha uma semana de idade.
Firo parecia cansada enquanto girava a máquina.

“Aguente isso, eu te prometo algo.” (Naofumi)
“Comida? Comida deliciosa?” (Firo)
“Okay.” (Naofumi)

Eu sou um homem que mantém suas promessas. Eu vou deixar você comer sua parte de comida deliciosa mais tarde, Firo.

“Eu farei meu melhor!” (Firo)
Firo começou a energeticamente girar a roca.
“Yay, eu vou trabalhar duro!” (Firo)

A senhora parecia surpresa com a velocidade.

“Oyaji, eu lembrei que eu te devo uma refeição. Você está livre depois disso?” (Naofumi)
“Eu deixei uma nota na loja explicando que eu estarei fechado até o começo da tarde. O que vou comer nas suas contas, guri?” (Oyaji) (NT: Eu sei que ficou estranho, mas não tive ideia melhor)
“Que tal isso, você consegue arrumar um grande prato de ferro?” (Naofumi)
“Pra que você vai usar algo assim?” (Oyaji)
“Eu vou cozinhar.” (Naofumi)
“A comida caseira do guri? Eu estava esperando algo diferente.” (Oyaji)
“Como é que é?” (Naofumi)

Eu estava levemente ofendido pela expressão de decepção do Oyaji.

“Tá bom, né, o que eu tava esperando.” (Oyaji)
“Raphtalia, vá ao mercado pegar carne, vegetais e carvão. Eu acho que Firo pode comer a porção de 5 pessoas.” (Naofumi)

Eu dei algumas moedas de prata para Raphtalia ir às compras.

“Comida~ Comida~” (Firo)

Firo estava animada enquanto girava a roca.

“Isso é o suficiente. Você pode parar de girar agora.” (Velha Maga)

Depois de um tempo a senhora mandou ela parar.

“Vai ter mais comida se eu girar mais isso?” (Firo)
“Não, você pode parar.” (Naofumi)
“Yay~” (Firo)

Firo retornou para a forma original dela.

“Mestre~ Comida~” (Firo)
“Espere um pouco.” (Naofumi)
“Eh-…” (Firo)

Firo soou muito desapontada. Raphtalia ainda não tinha voltado, então não tinha comida.

“Quando nós sairmos da loja, volte para sua forma humanoide.” (Naofumi)
“Ok.” (Firo)

Você realmente entende?

“Você pode usar isso para fazer suas roupas.” (Velha Maga)

A senhora da loja de magia nos mostrou os fios.

“Eu vou perguntar alguém que sabe como tecer isso.” (Oyaji)
“Eu tenho altas esperanças para esse camarada. Firo, vamos lá.” (Naofumi)
“O que eu devo dizer para a jovem senhorita que foi fazer compras?” (Velha Maga)
“Diga para ela que nós vamos estar esperando ela no portão saindo da cidade.” (Naofumi)
“Entendido.” (Velha Maga)

Seguindo o Oyaji da loja de armas, nós deixamos a loja de magia.

“Quanto a taxa, eu vou estar encaminhando para a loja de armas~” (Velha Maga)
“Quanto isso vai ser…?” (Naofumi)

Eu perguntei um pouco ansioso.

“Fazer o fio mágico? Porque o cristal é caro, eu vou cobrar do Herói-sama 50 pratas.” (Velha Maga) (NT: Só para deixar claro [de novo] que ‘pratas’ aqui é de ‘moedas de prata’, não nossa expressão para dinheiro)

Droga! Por que Firo é tão cara?
No futuro, nós vamos precisar ser cuidadosos com roupas, era como vestir dinheiro.
Nós fomos para a tecelã com os fios.

“Isso é um material inusitado, eu poderia fazer muito com isso. Vá para o provador e tire suas medidas. Eu serei capaz de completar o vestido essa noite. Você pode vir pegar mais tarde.” (Tecelã)

Depois que ela disse isso, nós fomos direto para o provador.
Mesmo que era só fazer uma peça de roupa, isso ainda levou um tempo.

“Wow….. Que criança muito bonitinha!” (Costureira)

A costureira era uma garota com óculos e um cachecol.
Ela parecia um pouco plana. Com isso, eu quero dizer que ela parece alguém do meu mundo que escreveria doujinshi.

“As asas dela são como as de um anjo. Ela parece similar com um Demi-humano… Bem, chega disso, eu vou trabalhar no seu pedido agora.” (Costureira)
“É mesmo?” (Naofumi)

O Oyaji colocou uma mão no meu ombro.

“Tem Demi-humanos que tem mãos ou pés que lembram pássaros. Mas essa criança parece só ter asas, então é bem incrível.” (Oyaji)
“Hm~?” (Firo)

Firo curvou seu pescoço enquanto olhava para a costureira.

“É… essa camarada é um demônio que pode transformar em um humano. Quando ela volta para sua forma verdadeira, suas roupas ‘quebram’.” (Naofumi)
“Interessante… então é por isso que você precisa roupas feitas de poder mágico.” (Costureira)

Os óculos dela deram uma luz perigosa.
Como eu pensei, essa garota me lembrava de um Otaku.
Eu senti um pouco nostálgico porque eu tinha uma conhecida que vendia doujinshi dentro de um círculo. Ela iria frequentemente me dar ingressos de admissão para o círculo e era bem amigável.
Sigh… Não tinha nada assim em um mundo diferente.

“Como o material é excelente, fazer um simples vestido de uma peça pode ser bom. E se ela não levar nenhum impacto durante a troca de magia para roupas, então isso seria perfeito.” (Costureira)
“Eh? Uh, claro?” (Naofumi)

Firo foi medida de novo depois que ela colocou seu manto e então a costureira começou a fazer o design de alguma coisa.

“Eu quero ver a forma verdadeira dela!” (Costureira)

Firo olhou para mim com uma expressão preocupada. Eu engoli a seco e olhei em volta.

“Parece que ela vai mal vai caber aqui.” (Naofumi)

Quando Firo voltar para sua forma original, sua cabeça iria ficar contra o teto de menos de dois metros de altura.

“Você pode se sentar?” (Costureira)
“É, eu acho que isso é melhor.” (Naofumi)

Firo encarou a costureira enquanto mudava de volta para sua forma de demônio e tomando cuidado com o teto.

“Oh-… essa diferença é boa!” (Costureira)

Para não ser afetada mesmo depois de ver a forma verdadeira da Firo… essa costureira é capaz!
Ela é absolutamente do tipo-doujinshi que tem uma personalidade desagradável. Eu estou feliz que esse é um mundo diferente.

“Eu aposto que um laço vai combinar com ela.” (Costureira)

O tamanho do pescoço da Firo foi medido pela costureira e ela começou a fazer designs de roupa novamente.

“Bem, eu vou esperar pelos materiais chegarem!” (Costureira)

Ela parece excitada enquanto respondia.

“Essa camarada é uma boa artesã.” (Oyaji)
“Eu acho…” (Naofumi)

Ela é do tipo que é absorvida no seu trabalho e vai completar ele por todos os meios.

“Bem, vai ficar pronto amanhã.” (Oyaji)
“Isso é rápido. Quanto vai custar ao todo?” (Naofumi)
“Eu recomendei você para esse lugar, então deve ficar por volta de 100 peças de prata.” (Oyaji)

Ugh… eu recebi um choque.

“Firo, você entendeu?” Eu gastei uma larga soma de 400 moedas de prata em você. Eu espero que você trabalhe diligentemente.” (Naofumi)
“Okay!” (Firo)

Você realmente entendeu? Nós deixamos a loja com Firo na forma humana dela.
Nós nos juntamos com a Raphtalia, que estava esperando no portão da cidade do castelo.

“Naofumi-sama, eu comprei os ingredientes que você pediu.” (Raphtalia)
“Firo custou 400 moedas de prata. Raphtalia foi mais barata.” (Naofumi)
“Por favor não diga como se eu fosse uma mulher barata!” (Raphtalia)

Sigh… Isso vai ficar bem?

“Certo, Oyaji, traga o prato de ferro. Firo, arrume uma carroça e carregue ele da loja de armas.” (Naofumi)
“Ok!” (Firo)
“Certo…” (Oyaji)

Firo saiu com o Oyaji da loja de armas e voltou puxando uma carroça.
Por que ela está puxando isso na forma humana dela?
Um prato de ferro perto do tamanho que eu tinha imaginado estava dentro da carroça.

“Certo, vamos deixar a cidade do castelo e ir para o margem do rio perto das planícies gramíneas.” (Naofumi)

Nós chegamos na margem do rio.
Eu tirei o prato de ferro, coloquei ele numa chapa e imediatamente coloquei carvão debaixo dele.

“Raphtalia e Oyaji, cuidem do fogo.” (Naofumi)
“É, é.” (Oyaji)
“Okay.” (Raphtalia)

Como esperado do Oyaji de uma loja de armas, parece que administrar fogo é seu forte.

“E quanto a Firo?” (Firo)
“Esteja em guarda para que balões não se aproximem de nós…” (Naofumi)
“Okay~!” (Firo)

Eu fiz com que Firo, que estava curiosa sobre o que nós estávamos fazendo por algum motivo estranho, fazer alguma outra coisa porque ela é provável de atrapalhar as tarefas que nós estávamos fazendo.
Eu cortei a carne e vegetais que Raphtalia comprou em tamanhos apropriados e coloquei perto do grill.

“Guri, o carvão está pronto.” (Oyaji)
“Sim.” (Naofumi)

Raphtalia e Oyaji aqueceram o prato de acordo com minhas instruções, então eu coloquei a carne suculenta no grill pelo óleo.
Então eu espalhei os vegetais e carne para que eles não ficassem diretamente sobre o fogo.

“Você realmente é habilidoso.” (Oyaji)

Eu usei um pedaço de pau e uma faca para virar a carne e vegetais para que eles não queimassem.

“Bem, isso deve estar bom.” (Naofumi)

É. O almoço de hoje é churrasco pela margem do rio. A recompensa da Firo.

“Firo, está pronto.” (Naofumi)
“Okay~” (Firo)

Firo já estava babando pelo cheiro quando ela pegou o espeto que eu dei para ela.

“Yaay~! Isso é delicioso!” (Firo)

Firo começou a jogar a carne e vegetais que acabaram de ser cozinhados na boca dela.

“Hey, não coma tudo, isso é para todo mundo.” (Naofumi)
“Mfkay~” (Firo) (NT: De boca cheia falando ‘okay’)

Firo acenou com a cabeça enquanto enchia sua boca.
Você realmente entendeu?

“Bem, tanto faz. Raphtalia e Oyaji, vão e comam.” (Naofumi)
“Okay.” (Raphtalia)
“Claro.” (Oyaji)

Eu distribuí a carne e vegetais em algumas folhas e dei elas para Raphtalia e Oyaji.

“Oh, isso é delicioso! Eu estou surpreso de carne grelhada ser tão boa.” (Oyaji)
“Por algum motivo, os pratos que Naofumi-sama fazem são estranhamente deliciosos.” (Raphtalia)
“Eu vou receber isso como um elogio.” (Naofumi)
“Eu não estou te elogiando a toa. Por que isso é tão bom?” (Oyaji)

O Oyaji olhou para seu prato com uma expressão confusa.

“É provavelmente por causa da skill de culinária do meu escudo.” (Naofumi)
“O poder do escudo?” (Oyaji)
“Bem, eu ao menos acho que sim.” (Naofumi)

Do canto da minha visão eu vejo, Churrasco agora está disponível. Qualidade: Bom -> Ótima qualidade.
E pensar que um ícone tão estranho iria existir.

“Esse é um escudo tão misterioso. Eu estou com um pouco de inveja.” (Oyaji)
“Eu não posso tirar ele, então é meio inconveniente.” (Naofumi)

Sem mencionar o poder ofensivo não-existente.
Oh certo, tinha o efeito especial do Escudo de Espinho de Abelha. Agora eu posso usar o [Escudo de Espinhos] para atacar inimigos.
Apesar que o inimigo iria escapar antes de eu vencer ele, à não ser que seja lento como um balão.
Como esperado, mesmo que demônios fujam, eu estou em desvantagem.
Algumas vezes, um monstro esperto iria me ignorar e mirar na Raphtalia.

“Você não se tornou meio forte?” (Oyaji)
“Eu não sei… Comparado com os outros heróis…” (Naofumi)
“É mesmo, as armas lendárias são tão poderosas assim?” (Oyaji)
“Isso mesmo, eu aprendi de experiência.” (Naofumi)
“Entendo.” (Oyaji)
“Então-” (Naofumi)

Porque skills podiam ser ativadas de várias maneiras, o poder de uma arma lendária era muito além da média.
Ainda mais, acumulando melhorias de status toda vez que um escudo era liberado era bom.
Monstros, materiais, levels, e a árvore de skill. Tinha muitas condições diferentes que iriam liberar novos escudos.
Além do mais, os efeitos exclusivos de qualquer escudo que tinha a habilidade liberada dava bônus permanentes.
Até um escudo fraco poderia ser útil se eu liberasse ele.
Devido aos Bônus de Equipamento acumulando, quanto mais escudos eu liberava, mais fortes as skills que eu podia usar.
Eu posso ver quantos bônus de stats eu tenho. Meus stats eram em geral mais altos que da Raphtalia. Talvez porque eu era um herói.
Especialmente no aspecto de defesa. Eu tinha 3 vezes mais e isso não incluindo os bônus permanentes de liberar outros escudos.
Porque eu nunca ataco, todos os melhores equipamentos vão para Raphtalia. Afinal, o Herói do Escudo só tem potencial em defender, é por isso que minha defesa é tão alta. Mas o preço para isso é ter 1/10 do poder de ataque.
A diferença entre um residente desse mundo e um herói seria de qualquer efeitos garantidos por esse escudo.
De outro jeito, eu nunca posso derrotar um monstro só com defesa.
No fim das contas, a única razão de um herói ser diferente de uma pessoa normal era por causa da arma lendária.
Pode ser considerado que você só é um herói porque você tem a arma lendária.
Eu odeio isso, mas eu só sou um herói por causa desse escudo.
Parece que tem uma influência por ser a companheira de um herói.
Raphtalia é superior dos Demi-humanos normais por causa dos efeitos do Escudo do Escravocrata e as habilidades da Firo estão igualadas com ela apesar da diferença de level.
Eu não sei quanto é o efeito da Correção de Crescimento, mas parecia que era bem grande.
Os efeitos do Escudo do Escravocrata e Escudo do Treinador de Demônio eram bons. Eu imagino que efeitos Escudo de Amigo teria, se isso até existisse.
Parecia que as existências chamadas ‘companheiros’ são essenciais para um herói.
Amigo, huh… algo que eu não tenho.

“Entendo… parece que heróis realmente são diferentes de nós, pessoas normais.” (Oyaji)
“Esse parece ser o caso.” (Naofumi)

Viajando pelo mundo, absorvendo vários demônios e materiais para crescer mais forte.
Honestamente, tem só muito mais para examinar.
Eu não entendo quanto mais eu posso melhorar o escudo.
E mesmo que eu não faça nada, a onda de desastre vai atingir.
Eu não sei quantas vezes mais ela vai vir também.
Já foram duas vezes. Talvez 5 vezes, 10 vezes, ou até 100 vezes, eu não sei. (NT: Contando com a que atingiu antes dos heróis serem invocados)
Não importa qual é, eu não posso só sentar e não fazer nada.
Isso me lembra… Parece ter um preocupante escudo chamado Serie Maldita.
Na hora que eu quase perdi Raphtalia, a serie Maldição foi liberada e começou a erodir o escudo. (NT: O nome certo é Serie da Maldição, mas uso Serie Maldita se ambos estiverem em maiúsculo)
Eu procurei por essa árvore de skill várias vezes.
Contudo, eu não consigo achar não importa o quanto eu procure.
Eu vou tentar pedir por ajuda.

[Serie Maldita]

Eu hesitei até em tocar isso.
Eu só tinha escrito essa sentença. Mas quando eu chequei isso várias vezes, eu senti um choque e as letras mudaram.

Serie Maldita
A Serie Maldita outorga poder mas consome o usuário. Herói, Não Use Isso!

Logo, eu decidi ficar longe desse tópico.
Quando eu precisar isso, o poder irá aparecer. Esse escudo parece ter várias limitações.

“Mestre~ não tem mais carne.” (Firo)
“O que!” (Naofumi)

Quando eu olhei, não tinha mais carne. Todo mundo já havia acabado de comer as coisas que eu preparei.
Todo que sobraram foram vegetais.

“Já acabou? Firo ainda quer comer mais.” (Firo)
“Uhmm, bem… Vá para a floresta e pegue 5 Usapirus. Eu vou cozinhar esses também.” (Naofumi)
“Okay~!” (Firo)

Firo correu para a floresta na velocidade máxima.

“Cara, isso foi delicioso. Valeu totalmente a pena.” (Oyaji)
“Se você acha isso, então desconte o preço das roupas.” (Naofumi)
“Guri, já tem um desconto pesado, serpa uma grande perda se eu descontar ainda mais.” (Oyaji)

Fazer o que, nós churrascamos próximos da margem do rio até a noite e então acabamos por ali.
A propósito, Firo pegou 10 Usapirus.
Eu mal tive tempo para comer. Principalmente porque estava administrando o churrasco e desmembrando o Usapiru para torrar.


Tradução: Thyros




Fontes
Cores