TYN – Capítulo 309 – Desviando do Caminho



Nós iremos para Faubley depois que Firo e os outros descansarem esta noite.

Agora mesmo, estamos hospedados em uma pousada de um país vizinho.

Raphtalia saiu para tomar banho em um banheiro público.

Amanhã, será que iremos nos encontrar com as Sete Estrelas?

Poderá haver só um lá, mas nós ainda assim precisamos ir protestar.

O rei parece gostar um pouco de mim, e devemos ter ao menos poder político suficiente para reunir os Heróis das Sete Estrelas.

A Rainha já enviou um mensageiro, então eles podem se reunir a tempo de chegarmos.

A mensagem também continha um pedido meu.

Ele continuava enviando a mim aqueles vídeos desagradáveis um após o outro, então eu não acho que ele vai me negar tão facilmente.

Mas… quem será o culpado?

O herói que derrotou Kirin provavelmente conhece os outros.

Eu não posso negar a possibilidade de alguém como Glass estar por trás das cortinas. Seja qual for o caso, nós não vamos deixar o cara que tentou tirar a vida de quase todo o exército continental ficar impune.

Ainda sim… Eu preciso pensar em Firo, e nossas outras bestas que estão cansadas.

Mesmo que estamos somente ficando uma noite, eu sinto que todo o meu tempo está sendo perdido. Eu estou irritado.

Outra emoção parece ter emergido de meu coração. Quando eu fiquei sozinho no quarto, eu me senti deprimido.

Eu acho que isto é o que existe entre o eu que somente planeja vingança, e o eu que não pode fazer nada além de chorar.

“O que foi Aniki?” (Fohl)

Fohl acabou suas compras, e entrou no quarto.

… Ele é irmão da Atlas.

Nós dormimos na mesma cama antes.

”Fohl?” (Naofumi)

”Que?” (Fohl)

”Você já vai dormir?” (Naofumi)

”… vejamos. Eu estou um pouco cansado, então vou dormir mais cedo.” (Fohl)

”Entendi. Fohl? Você gosta de mim?” (Naofumi)

”O que!?” (Fohl)

Fohl soltou uma voz estranha enquanto me encarava.

… Eu acho que ele não gosta.

Digo, eu sou o único que não pôde proteger sua preciosa irmã.

”…Eu não te odeio. Eu prometi a mim que eu nunca iria odiar quem Atlas amava.” (Fohl)

”Então… durma aqui.” (Naofumi)

Eu apontei para a cama.

”O que deu em você?” (Fohl)

Fohl fez um gesto grandioso de se espalhar na cama.

Eu gentilmente sentei na cama onde Fohl estava, e coloquei minha mão nas suas costas.

Ah, ele tem o cheiro da Atlas… eu acho.

”HII!” (Fohl)

Fohl pulou da cama.

”O-O que você diabos pensa que está fazendo?” (Fohl)

”Eu pensei em dormir com você.” (Naofumi)

Por alguma razão, eu vejo características faciais de uma garota nele.

Isso me faz sentir que tudo o que ocorreu nunca aconteceu.

”Seu bastardo! Espere!” (Fohl)

A face de Fohl ficou pálida, e ele correu do quarto.

”Naofumi-chan?” (Sadina)

”… O que?” (Sadina)

Eu não tenho certeza se ela voltou antes, mas Sadina entrou no meu quarto com uma garrafa de Saquê na mão.

”Eu ouvi do Fohl-chan… beba isto, e recupere um pouco de seu espírito.” (Sadina)

”Me desculpe… Álcool não faz nada comigo.” (Naofumi)

”Ah, é mesmo…” (Sadina)

Antes dela, outros vieram tentar me animar.

Eu acho que não importa em que mundo você esteja. Pessoas vão lhe oferecer álcool quando você está deprimido.

Se eu conseguisse ficar bêbado, eu acho que eu estaria bebendo agora.

”Então você quer fazer algo divertido com a Onee-san?” (Sadina)

Atlas disse que desejava que eu respondesse as pessoas que me amavam…

Então eu precisava responder esta mulher que sempre disse que tinha sentimentos por mim.

”Naofumi-chan?” (Sadina)

”Sadina, você gosta de mim?” (Sadina)

”Sim. Eu te amo.” (Sadina)

”Entendo… então mude para a forma humana, tire sua tanga, e deite aqui.” (Naofumi)

”Naofumi-chan?” (Naofumi)

Sadina inclinou sua cabeça em dúvida, enquanto deitava na cama.

”Hey, eu disse forma humana.” (Naofumi)

”Ah, sim.” (Sadina)

Sadina desfez sua transformação.

Eu abaixei minha calça, peguei os ombros dela, desci a tanga, e…

”Espere, Naofumi-chan, PARE!” (Sadina)

Eu fui empurrado.

”Naofumi-chan, o que você estava tentando fazer?” (Sadina)

”Eu não estava fazendo o que você queria o que eu fizesse?” (Naofumi)

”…Espere um pouco, Naofumi-chan. Sente aqui.” (Sadina)

”Se eu sentar no chão, não poderemos fazer isto, sabia.” (Naofumi)

”Tudo bem, só sente logo!” (Sadina)

Que?

Eu senti o humor de Sadina piorar.

”Eu vou perguntar primeiro, mas você sabia que existem coisas como atmosfera e preliminares e muitas outras coisas antes dessa parte, certo?” (Sadina)

”Sim, eu sei. E?” (Naofumi)

Digo, eu coloquei minhas mãos em vários Eroges.

Não havia como eu não saber.

Honestamente, eu conheço coisas incríveis que Sadina provavelmente nunca ouviu falar.

…Não que eu esteja me achando.

”Mesmo assim, você mecanicamente tentou fazer isto comigo. Raphtalia-chan ficaria zangada.” (Sadina)

”…Talvez. Mas Atlas queria que eu lhe respondesse.” (Naofumi)

”Veja bem, Naofumi-chan, todos amam você um pouco. Mas eu não acho que você deve sair por ai fazendo isto.” (Sadina)

”Sério?” (Naofumi)

Ela me deu uma resposta séria pela primeira vez.

Com alguém como Sadina me dando bronca por conta de minhas ações, eu consegui recuperar um pouco de compostura, e entender o que ela estava tentando dizer.

”Naofumi-chan, eu penso assim. Se você quer se divertir comigo, e me ama, então eu vou aceitar. Se você acha as coisas muito tristes para aguentar, então eu vou lhe confortar como uma mulher. Mas do jeito que as coisas estão agora você parece não ter nenhum desses sentimentos. E eu não acho que você vai atrás da Raphtalia por causa da sua promessa comigo.” (Sadina)

”hmm… Eu acho que eu vou esperar para dar uma resposta a Raphtalia.” (Naofumi)

”Hmm… parece que você tomou uma decisão. Bom. Mas eu sou diferente certo? Parece que você tentou fazer algo com Fohl-chan, mas você entende o que eu quero dizer certo?” (Sadina)

”Provavelmente.” (Naofumi)

”Naofumi-chan, agora mesmo, você está pensando em nada além de fazer filhos comigo. Não é diferente com a Raphtalia?” (Sadina)

”…Diferente? Fohl é… bem…” (Naofumi)

Será que a Atlas… queria que eu fizesse outra coisa?

Ela não queria os filhos do Herói do Escudo… ou algo assim?

Eu acho que entendi.

Eu não tenho nenhuma tendência homossexual.

”Veja, Naofumi-chan.” (Sadina)

Sadina sorriu, e colocou pressão em mim enquanto ela pegava meus ombros.

Eu acho que ela está agindo como Raphtalia.

Elas não são relacionadas por sangue, mas eu acho que são irmãs.

”Ter um filho é supostamente resultado do amor; o resultado, e não o objetivo. A jornada é importante. Talvez se você queria que eu lhe confortasse, eu não iria me importar de ficar grávida como resultado.” (Sadina)

”Fumu… agora que você disse, faz sentido.” (Naofumi)

”Mesmo se você odiar, você acha que enquanto você puder fazer a outra pessoa feliz, você vai se oferecer, agora mesmo, certo?” (Sadina)

”…Sim.” (Naofumi)

”Verdadeiramente… Eu acho que Atlas-chan não queria algo assim. Então se acalme.” (Sadina)

Minha cabeça clareou com as palavras dela.

Mesmo quando eu ainda não encontrei meu inimigo, eu desviei do caminho para ter certeza de não se arrepender.

Eu me perdi no ideal de ”…Enquanto Sadina querer…”

…Sadina também é humana, no fim das contas. Assim como o meu coração não estava preparado, o dela também não, e ela não pediu por isso, foi um erro tentar dar em cima dela.

Eu sei mais que todos que estrupo é um crime.

Eu iria me satisfazer com ela, mas como não era o verdadeiro eu, ela recusou. Eu me pergunto o que o verdadeiro eu quer.

Então… o que… devo fazer?

”Eu entendo que você quer assumir a responsabilidade, mas se eu lhe aceitasse agora, o Naofumi do futuro somente teria mais arrependimentos. É por isso que vou lhe rejeitar agora.” (Sadina)

”Entendi.” (Naofumi)

”Eu vou avisar Raphtalia-chan e as outras crianças, então pense sobre o que você tem que fazer novamente.” (Naofumi)

Com o sermão de Sadina, meus pensamentos começaram a vagar novamente.

Sadina me alertou se preocupando com meu futuro.

Para que eu não me arrependa, eu não posso por a mão nesses que me amam.

Ou o eu do futuro só vai se castigar.

Eu poderia ter dado mais felicidade a Atlas, e ainda sim…

Ao invés de se arrepender por não fazer isto, é melhor fazer e se arrepender… não, isso está errado, certo?

”Naofumi-chan, pode ser impossível para você sorrir agora. Mas lentamente você vai se recuperar… E então quando você o fizer e descobrir a verdadeira intenção de Atlas, você pode nos dar uma resposta. Sua atual determinação não é boa. Eu te amo, então isso só me desgraçaria como mulher agora.” (Sadina)

Ela gentilmente acariciou minha face, e deixou o quarto.

Várias coisas rodaram na minha cabeça.

Eu estou… o que eu quero?

Matar quem fez isso a Atlas, vencer a Onda, e trazer paz para o mundo… então o que?

Eu não tenho intenção de ficar neste mundo.

Este sentimento não mudou desde o início.

Provavelmente era isto que Sadina estava tentando me dizer.

Algo assim não faria ninguém feliz.

Ela não queria ser tratada como uma vaca de criação [1], eu acho.

Quando eu percebi o quanto ela estava pensando em mim, meu humor piorou novamente.

Algo estava errado comigo. Não tem como Fohl ser um homo…

E eu nunca posso substituir Atlas.

Apesar de achar que eles não tinham nenhum amor de irmãos destorcido.

Eu não posso impor meu egoísmo nos camponeses.

Eu tenho de cumprir as expectativas desses que acreditam em mim.

Mas para isto, eu tenho de ter a responsabilidade de carregar a vida deles em minhas costas.

Agora, Atlas está me dando o poder dela como meu escudo.

Então quando eu retornar para meu mundo… o que irá acontecer com ela?

Eu não sei, mas… Eu acho que seria um adeus.

Meus pensamentos de voltar para casa, e meus pensamentos de ficar com todos, e as respostas aos sentimentos deles, se intercedem.

Sem eu conseguir uma resposta, a noite veio e foi.


Tradução: Thyros



1 – O original literalmente era algo como Cavalo de criação ou parideiro


Fontes
Cores