TYN – Capítulo 30 – Habilidade de Transformação



“Oyaji! Oyaji! Oyaji!” (Naofummi)

Eu bati de novo e de novo na porta da loja de armas fechada.
Depois que eu fiz isso, o Oyaji mal humorado da loja de armas relutantemente abriu a porta.

“O que é isso de repente guri do escudo? A loja fechou faz um bom tempo.” (Oyaji) (NT: Houve uma mudança no jeito que o Oyaji chama Naofumi, pelo menos em inglês, para an-chan, que é uma forma de dizer ‘irmão mais velho’ e também serve para falar com gente de meia idade que você é amigo; tem uma inflexão do povo – mas eu manterei por consistência [e gostar de usar guri], uma vez que pode ser simplesmente a troca de tradutores em inglês)
“Não é sobre isso!” (Naofumi)

Eu mostrei ao Oyaji a Firo que eu vesti na minha capa.

“Guri, não venha se achando porque você conseguiu uma boa escrava.” (Oyaji)
“Você está errado!” (Naofumi)

O que o Oyaji pensa que eu sou!
Se eu encontrasse o eu que está dentro da mente do Oyaji, parece que eu poderia matá-lo sem remorso.

“Mestre? Qual o problema?” (Firo)
“Você fique quieta.” (Naofumi)
“Sem chance.” (Firo)

Droga! Mas que raios tá acontecendo!
Depois daquilo não teve fim para o pânico.
Aquele vendedor de escravos ele tinha sua boca caída enquanto apontava. Seus homens também estavam chocados demais para falar.
Até Raphtalia estava sem conseguir falar.
Firo tinha realmente desejado estar ao meu lado, então ela se tornou humana.
Na hora que eu me toquei, eu tinha carregado ela até a loja do Oyaji.

“Ha-hachooo” (Firo) (NT: Espirro da moç-, av-, da Firo, ué)

Poof! Screeech!
Ela se transformou e eu ouvi o som da capa que eu coloquei nela rasgando.
Em um momento Firo se transformou no corpo de uma (pendente) Rainha Philorial.
Esse pássaro! Capas não são de graça, sabe.

“Ma..” (Oyaji)

Oyaji também perdeu suas palavras. Ele olhou para Firo.
Firo retornou para sua forma humana, e segurou minha mão. A coisa que lembrava um manto caiu no topo da cabeça dela.

“… Você entendeu a situação?” (Naofumi)
“Si-sim.” (Oyaji)

Oyaji me levou para dentro da loja com um rosto bem complicado.

“Então, a razão pela qual você veio até mim, é pelo equipamento para aquela garota?” (Oyaji)
“Só deixando de lado o poder defensivo, não tem nenhum outfit que não qubre mesmo se ela transformar?” (Naofumi)

Eu sabia que era sem sentido enquanto eu perguntei ao Oyaji.

“Eu quero dizer, por que ela está se transformando!?” (Naofumi)
“Guri, se acalme um pouco.” (Oyaji)

É verdade. Pensando sobre isso cuidadosamente, por que Firo está se transformando em um humano?
Talvez tenha alguns restos da sua forma original, mas tinham asas crescendo das costas dela. Ela era uma garota loira e de olho azul, então ela meio que parecia um anjo.
E para completar, ela era tão bonitinha que ela tinha um rosto como uma pintura.
Ela parecia ter uns 10 anos de idade. O físico dela era como o da Raphtalia de um tempo atrás.
Guuuuuu…
Um clássico resmungo alto de estômago.

“Mestre, eu estou com fome.” (Firo)
“Aguente isso.” (Naofumi)
“Sem chance.” (Firo)

Ku! Mas que raios está acontecendo.

“Por enquanto, você quer o que eu estou tendo para jantar?” (Oyaji)

Oyaji disse enquanto ele trazia uma panela dos fundos da loja. Parecia uma sopa.

“Par-” (Naofumi)
“Yaaaaay, obrigada pela comida!” (Firo)

Firo roubou a panela do Oyaji e bebeu direto, a panela inteira.

“Hmm… isso não era tão bom assim.” (Firo)

Ela devolveu a panela para o Oyaji.
Oyaji olhou pra mim, atordoado.

“Un, desculpe.” (Naofumi)
“… Guri, me pague uma refeição depois disso.” (Oyaji)

Eu senti mais e mais como que o desespero estivesse me esperando.

“Certo… eu acho que eu posso ter algumas roupas para demi-humanos que tem poderes de transformação, mas… quero dizer, vá para uma loja de roupas guri.” (Oyaji)
“Você está me dizendo para ir para uma loja de roupas que não me conhece essa hora da noite com uma garota completamente pelada? E para completar isso a garota pode mudar em um monstro, você sabe?” (Naofumi)
“… Isso é verdade, segura aí um pouco.” (Oyaji)

Mexe mexe, Oyaji revirou pelo fundo da loja.

“Eu não sei se o tamanho vai server, e elas são algumas roupas singulares então não espere muito.” (Oyaji)
“Eu entendi.” (Naofumi)

No fim, Oyaji gastou um tempo antes de voltar.

“Desculpa. Nenhuma das roupas parecem que vão servir ela depois que ela se transformar.” (Oyaji)
“O que, foi isso!?” (Naofumi)

Essa era minha última opção, o que eu devo fazer agora. Você está me dizendo que não há roupas para esta jovem garota que olha para mim carinhosamente e entra em contato comigo?
Com isso, a boa opinião recente que eu consegui vai cair num abismo.

“Mestre.” (Firo)
“Não se transforme!” (Naofumi)
Mesmo que eu tenha que usar o selo mágico, não há escolha senão proibir ela de transformar em uma humana. Um monstro se transformando em um humano tem que ser bem raro.

“Sem chance.” (Firo)

Ku.. o que essa criança quer fazer!
E também ela está indo completamente contra o que eu digo.
É a fase rebelde dela? Ela não devia ser permitida a entrar em uma fase rebelde alguns dias depois de ter nascido.

“Porque… na minha forma verdadeira mestre não vai dormir comigo.” (Firo)

Firo apertou mais forte minha mão e sorria com o rosto dela inteiro.

“… Por que nós temos que dormir juntos?” (Naofumi)
“Porque eu me sinto sozinha.” (Firo)
“Ahh… como dizer isso, guri. Você sofre, huh?” (Oyaji)

Só que eu não vim para esse mundo para cuidar de crianças…

“Parando pra pensar, cadê a Raphtalia?” (Naofumi)
“Eu finalmente alcancei.” (Raphtalia)
Raphtalia entrou na loja com a respiração pesada.

“Você saiu correndo do nada… eu procurei por você.” (Raphtalia)
“Ah, foi mal.” (Naofumi)
“Ahhh Raphtalia onee-chan.” (Firo)

Firo acenou com a mão alegremente.

“Eu não estou te dando o mestre, ok?” (Firo)
“O que essa criança está dizendo!” (Raphtalia)
“Não me dar, eu não sou sua coisa. Mais como vocês são minhas, certo?” (Naofumi)

No sentido que elas são escravas.

“Bem, por hora eu verei se tem um caminho para a loja de costura para ela, então volte por hoje.” (Oyaji)
“Certo, desculpe sobre isso.” (Naofumi)
“Obrigada pela comida~” (Firo)
“Cara… você consegue me surpreender de novo e de novo, guri.” (Oyaji)

Eu sai da loja de armas e comecei cansadamente a ir ao hotel quando Raphtalia me chamou.
“Ah, aquele vendedor de escr-… monstros pediu para você voltar.” (Raphtalia)
“Hm? Certo.” (Naofumi)

Nós voltamos para a tenda e o vendedor de escravos, que estava só nos esperando, saiu e nos cumprimentou.

“Bem, esse foi um desenvolvimento surpreendente. Sim.” (Slave Dealer)
“É.” (Naofumi)
“Então, eu me toquei do porque visões de Rainhas Philoriais são tão raras.” (Slave Dealer)
“Oh? Você descobriu?” (Naofumi)
“Sim. Quero dizer, eu acho que o Herói do Escudo-sama também será capaz de entender.” (Slave Dealer)

O que? o vendedor de escravos está usando um jeito bem enrolado pra falar. (NT: Pensando em mudar esses ‘vendedor de escravos’ que não são usados como apelidos (letra minúscula) logo para ‘Slave Dealer’ e acabar com isso… já tá aqui um aviso)

“Você não entende?” (Slave Dealer)
“… Não, então me diga.” (Naofumi)

O vendedor de escravos apontou para a Firo em forma de humana que estava vestindo a capa rasgada.

“Rainhas Philoriais tem uma habilidade de transformação de alto nível, então eles se transformam em philoriais comuns para evitar os olhos humanos, é o que nós pensamos.” (Slave Dealer)

Eu entendo… eles tem o poder de transformar e se esconder para que as pessoas não percebam que eles são o boss dos philoriais na vista. Eles também podem usar isso para se transformar em humanos.

“Bem, bem, para ser capaz de ver com meus próprios olhos a Rainha Philorial que raramente pode ser estudada, eu estou movido pela alta habilidade de domesticação do Herói-sama. Sim.” (Slave Dealer)
“O que?” (Naofumi)
“Para criar um philorial normal em uma rainha… que método de criação você usa para criar uma rainha, você pensa?” (Slave Dealer)

… Eu entendi a intenção do vendedor de escravos. Esse cara quer ouvir como criar Rainhas Philoriais de mim e produzir em massa elas.
Deve ser uma classe bem rara de monstros, além de ter poder de transformação.
Ele vai criar elas com custos mínimos e vender elas num preço alto para um lucro imenso.

“É provavelmente, o poder do escudo lendário eu acho.” (Naofumi)

Eu raciocinei que o poder de correção de crescimento criou ela para essa altura, de outro modo não seria digno de ser lendário.

“Quando o Herói-sama é vago assim, me deixa todo arrepiado. Quanto eu teria que te pagar para você me ensinar, eu me pergunto?” (Slave Dealer)
“Não é isso que eu quis dizer!” (Naofumi)
“Então tá, eu vou te presentear com outra philorial, então por favor tente–” (Slave Dealer)
“Eu recuso!” (Naofumi)

Se eles aumentarem um que seja, minha carteira não vai aguentar. Eu já tenho que fazer algo sobre as roupas da Firo, se minhas despesas com comida crescerem mais vai ser puramente indecente.

“Sigh… pensando em qualquer outra possibilidade, eu acho que teve aquilo.” (Naofumi)
“O que é isso, se você puder.” (Slave Dealer)

Uu.. os olhos do vendedor de escravos estavam brilhando.
Era doentio.

“Eu alimentei para ela carne de um monstro enorme que foi derrotado durante a onda, então eu não posso negar a possibilidade daquilo ter afetado ela.” (Naofumi)

Bem, até eu acho que isso parece loucura.
Mas ela realmente comeu a carne da quimera, então eu não estou dizendo nada errado.

“Hmm… então não tem o que fazer.” (Slave Dealer)

O vendedor de escravos também não acreditou, mas ele não queria me irritar então ele recuou.

“Eu vou te dar um philorial a qualquer hora, então por favor tente criar um. Sim.” (Slave Dealer)
“Se possível, eu queria recusar, mas…” (Naofumi)
“Se você criar ele para ser fácil de usar, o dinheiro vai formar pilhas.” (Slave Dealer)
“Hm, se eu não estiver ocupado eu pensarei sobre isso.” (Naofumi)

Com essa uma uma frase, eu me tornei ainda mais consciente que eu sou um miserável.

“Você terminou sua conversa com ele?” (Raphtalia)
“Sim.” (Naofumi)
“A propósito, o que nós devemos fazer?” (Raphtalia)
“Sobre o que?” (Firo)

Firo foi atraída para a conversa, então ela tinha uma interrogação em cima da cabeça dela.

“Sobre seu tratamento.” (Naofumi)
“Eu vou dormir junto com o mestre~” (Firo)
“Eu não vou deixar você!” (Raphtalia)
“Ahh não é justo! Raphtalia onee-chan, você está tentando manter o mestre para você mesma~” (Firo)
“Não, eu não estou!” (Raphtalia)

Pelo que elas estão ficando tão empolgadas…

“Certo, então Firo vai dormir nos estábulos anexos ao hotel.” (Naofumi)
“Sem chance!” (Firo)
Eu fui claramente rebelado por um pássaro.

“Eu vou dormir com o mestre!” (Firo)

… Isso é o mesmo que uma criança tendo um ataque porque ela quer dormir com seus pais.

“Entendo, entendo, não tem o que fazer.” (Naofumi)
“Naofumi-sama!?” (Raphtalia)
“Mesmo que eu negue ela, ela só vai continuar sendo egoísta, então eu tenho que chegar num meio termo, certo?” (Naofumi)
“Bem… sim, mas…” (Raphtalia)
Raphtalia murmurou como se ela estivesse dessatisfeita.

“Mas garanta que você não vai ficar pelada na frente de outras pessoas.” (Naofumi)
“Okaaaay!” (Firo)

Ela realmente entendeu? Bem, tanto faz. Eu vou rezar para que o Oyaji possa fazer algo sobre isso amanhã, nada para fazer além de voltar para o hotel por hora.
Eu voltei para o hotel, paguei o hoteleiro por um a mais e voltei para meu quarto.
Estudar ou misturar poções… o tempo livre para isso desapareceu quando Firo se transformou em uma humana.

“Yay! Uma cama macia~!” (Firo)
Eu avisei Firo que estava pulando na cama e decidi deitar mais cedo.

… Está quente!
Por que está tão quente!?

“Uuu…” (Naofumi)

Meu corpo não se move como eu quero.
O que está acontecendo?
Eu abri com medo meus olhos e o mundo era puramente branco.
Eu estava preso em asas.

“Su… su…” (Firo)

A cama está respirando!
Eu lentamente levantei para ver que eu não estava dormindo em uma cama. Eu estava em cima da barriga da Firo depois que ela retornou para sua forma real.
Pela mesma hora, o corpo original da Firo rolou em seu sono, caindo da cama enquanto me abraçava como um travesseiro.

“Acorda! Seu pássaro gordo!” (Naofumi)

Quem disse que estava bem retornar para sua forma original.

“Nããããão…” (Firo)

Essa coisa estava falando mesmo estando na sua forma real.

“Qu-que você está fazendo!?” (Raphtalia)

Raphtalia gritou para mim enquanto parecia meio dormindo.

“Oh, Raphtalia, me ajuda!” (Naofumi)

Essa coisa não estava acordando mesmo que eu estava socando ela. Meu poder de ataque era simplesmente muito baixo.

“Acorda Firo!” (Raphtalia)

Firo rolou pelo chão.
Creak creak creak…
Eu ouvi um som ameaçador do chão. Com apenas um piso de madeira, nós estávamos perto do ponto de quebra.

“Levanta!” (Naofumi)

Contudo, Firo continuou me fervendo sem mostrar sinais de acordar.

“Acorda agora!” (Raphtalia)

Raphtalia forçadamente puxou o braço fervente da Firo aberto.
Eu não perdi a chance e de algum jeito consegui escapar.

“Whew… ainda é só de manhã e já é tão ruim assim.” (Naofumi)
“Nnya?” (Firo)

Firo percebeu que eu tinha sumido e abriu seus olhos.
Firo notou eu e Raphtalia encarando ela e inclinou sua cabeça.

“Que foi?” (Firo)
“Primeiro volte para sua forma humana!” (Naofumi)
“Ehhh… eu acabei de acordar.” (Firo)

Ku! Isso é a última coisa que eu queria fazer mas não tem o que fazer!
Eu usei a magia de status e escolhi o ícone de monstro e no index de restrições eu coloquei um check na parte que dizia que minhas ordens eram absolutas.
Se eu fizer isso, ela não será capaz de ir contra nenhuma ordem que eu fizer.

“Se torne humana!” (Naofumi)

Eu encarei Firo e dei uma ordem.

“Ehhh… eu quero dormir com o mestre mais um pouco.” (Firo)

Depois de agir contra minha ordem, a marca da maldição na barriga da Firo emergiu.

“Eh?” (Firo)
“Se você não escutar isso vai doer.” (Naofumi)

A brilhante e vermelha marca da maldição se espalhou pelo corpo da Firo.

“Nãããããão…” (Firo)

Algum tipo de padrão apareceu na asa da Firo. Ele voou para a origem da maldição e, com um fiasco, a marca parou.

“Huh?” (Naofumi)

Eu chequei o ícone de monstro. Por algum motivo, a parte do index de restrições que eu marquei tinham sido desmarcadas.
Eu tentei marcar de novo, mas mesmo que eu fuçasse nele ele não mudava.
Droga! Eu comprei um monstro porque ele iria escutar minhas ordens.
Slave dealer… eu estou indo para seu lugar agora, então lave seu pescoço e espere. (NT: Primeiramente, troquei agora por ‘slave dealer’ e continuará assim nas minhas futuras traduções; e a expressão de lavar o pescoço e esperar é comum no japonês, é o nosso ‘vou te matar’, e lavar o pescoço é para poder cortar a cabeça)


Tradução: Thyros




Fontes
Cores