TYN – Capítulo 297 – A Terra de Houou



Então agora, já é hora de acabar de escolher os membros para levar à batalha.

Amanhã, nós iremos partir para a terra onde Houou está selado.

Os Heróis e seus companheiros. Raphtalia e Firo são certas. Também Fohl, Atlas, Sadina, Kiel e os voluntários da vila.

Imya, e os outros que se especializam em manufaturar, ficarão em casa.

Não é como se eu estivesse forçando alguém a vir junto. Eu dei para eles amplos avisos.

“Só para que vocês saibam, a Onda não é um jogo. Eu não tenho a confiança para proteger todos vocês. Se você não tem a determinação para lutar por sua vida, então não venha junto!” (Naofumi)

Eu rezo para que minhas palavras realmente alcancem essas crianças.

Certo… eu quero superar isso com a menor quantia de casualidades possível.

Os escravos todos acenam para mim, mas eles realmente entendem…?

Ah, certo, certo.

Nós de fato pensamos em enviar um herói lá com antecedência, para que ele pudesse voltar de portal, levar todos nós lá, e nos deixar registrar lá em nossos portais. Mas isso soou como um grande pé no saco, então a proposta foi rejeitada.

Se todos nós quatro usássemos nossas skills de teleporte, quantos nós seríamos capazes de levar junto…?

Incluindo as forças aliadas, só quantos soldados há em Melromarc sozinha?

Quero dizer, talvez os escravos no meu lugar ficariam bem sozinhos, mas se nós temos a força humana, então é melhor usar ela.

E então, acabou que os Philorials do meu lugar iriam ajudar em transportar todo mundo, escravos e soldados.

“Então nós iremos acompanhar você.” (Rainha)

A Rainha está vindo junto como a estrategista para o exército.

Parece que ela deixou o castelo para Melty. A guarda da Melty foi deixada para Knight Feminina.

Nós não podemos usar todas as forças do país, e ela ficará bem como uma guarda.

E Melty e Knight Feminina parecem ter personalidades compatíveis, então eu não acho que haverão quaisquer problemas.

Apesar que a pessoa em si estava frustrada que ela não estaria participando.

Ela é bem habilidosa, mas não tem o que fazer. (NT: Não tem o que fazer sobre deixar ela cuidando da Melty, não que a Eclaire é desocupada)

Ela apertou a mão da Raphtalia, dizendo que ela deixaria isto com ela.

Pelo bem da argumentação, Lixo também está na carruagem da Rainha.

… Ele está encarando silenciosamente de dentro. Ele parece ter envelhecido ainda mais do que antes.

Sua amada filha morreu horrivelmente, então eu acho que isso iria fazer um homem envelhecer.

E a sósia da sua amada irmã, Atlas, está servindo sob seu inimigo odiado. Ele deve estar bem miserável.

Ele estava carrancudo comigo com vigor, mas quando Atlas sentou ao meu lado, a expressão dele de repente ficou mole.

De qualquer jeito, é assim que foi nossa jornada.

“Ehehe~ está tudo bem~” (Firo)

Firo está se exibindo para os Philorials puxando as carruagens das forças aliadas. Ela está sendo irritante.

Os Philorials em si parecem um pouco invejosos, como que… não, isso não me importa.

Por competir as carruagens puxadas por Philorials deles e as carruagens puxadas por Dragões deles, as Forças Aliadas também estão prosseguindo num ritmo razoável.

Eu acho que esse é um jeito de usar eles.

“KYUA!” (Gaelion)

Kogaelion está puxando uma carruagem com a mesma expressão feliz que Firo. Ele está competindo bem com nosso pássaro, e… os passageiros dele estão fazendo algumas memórias legais, envolvendo muita náusea e vômito. (NT: Kogaelion = Gaelion criança)

“Rafu~”

Eu também levei os Raphs comigo.

Mii-kun queria se juntar ao quadro também, então Rat veio junto com seu equipamento debaixo de um braço.

A propósito, os Raphs ex-Lagarterras também estão ajudando à puxar as carruagens. (NT: Eu sempre escrevo isso, mas eu me impressiono como consegui fazer dar certo o nome desse bicho; Lagarta + terra = Lagarterra)

Os olhares do exército são dolorosos.

Como esperado do Herói do Escudo! Para criar um novo tipo de monstro para nos ajudar é incrível!

… Eu ouço cochichos por todo lado. Todo mundo está trazendo minha história negra. Esse foi o resultado de algo que definitivamente não era eu.

Mesmo que você me elogie por isso, isso não me deixa feliz mesmo.

E, alguns dias de viagem passaram… nós chegamos na terra do selo.

“Então é aqui onde Houou está selado…” (Naofumi)

A terra em que nós chegamos era… bem, ela deu um sentimento de um país pequeno, remoto.

Há até que algumas pessoas que vestiam roupas estilo chinesas em Melromarc, e parece que elas vieram daqui.

Mas os tetos são realmente baixos. É bem diferente da Melromarc de estilo ocidental.

Eu tenho um sentimento diferente do que da cidade da Tartaruga Espiritual.

É como se fosse uma era diferente…? Eu não sou muito familiarizado com configurações de fantasia orientais, então eu não posso realmente dizer.

De qualquer jeito, vamos só dizer que é ‘chineisado’. (NT: Porque ‘estilo chinês’ ia quebrar o que ele disse)

“Ali seria o equivalente ao castelo do país, Iwatani-sama.” (Rainha)

A Rainha anda na nossa frente, e ela nos mostra pela cidade.

Ela não parece saber muito disso, então eu não realmente acho que ela tem que fazer também, mas…

“Por algum motivo, eu não vejo muitas pessoas.” (Naofumi)

Certo, apesar do tamanho da cidade, e estradas largas, eu quase não vejo ninguém andando por aí.

É quase uma cidade fantasma.

Se alguém me dissesse que esta era a capital de um país, eu iria inclinar minha cabeça em confusão.

“Com três meses de antecedência, esta terra foi informada que Houou iria despertar. Depois um grande tumulto, maioria da população evacuou.” (Rainha)

“Bem, é…” (Naofumi)

Pensando sobre as casualidades na terra da Tartaruga Espiritual, o povo iria tentar sair daqui o mais rápido possível.

A destruição da Tartaruga Espiritual se tornou bem famosa, e esse é o resultado.

“…” (Ren)

Ren está silenciosamente olhando para baixo.

Ele ainda está consciente sobre aquele incidente. Só não faça isso aqui também.

Motoyasu está incessantemente olhando pela cidade.

Ele está realmente se arrependendo?

Itsuki está seguindo Rishia com uma expressão apática como sempre.

“… Eu farei meu melhor.” (Itsuki)

Ele murmurou para ele mesmo.

Eu não realmente entendo o que está acontecendo com a maldição dele. Está curada ou não?

Eu tenho quase certeza que ela já deve ter sido desfeita por hora, mas as emoções dele ainda estão fracas.

“E? Nós vamos ter uma conversa com o chefe do país, ou algo assim?” (Naofumi)

“Isso mesmo. Só que nós iremos falar com um representante.” (Rainha)

“Hmmm…” (Naofumi)

No quarto que a Rainha nos levou, estava um único garoto jovem, sentado num trono.

Este é o representante?

“Obrigado por virem até aqui, Quatro Heróis, e a Rainha de Melromarc. Eu sou aquele agindo como o rei deste país.”

“Ora, ora. O rei que eu conhecia era um homem bem diferente. O que aconteceu?” (Rainha)

“O rei anterior achou certo ir numa longa jornada com seus homens, e todos os tesouros sem preço do país.”

Eu solto um grande suspiro.

De novo… por que todos da realeza deste mundo são tão podres?

Seguindo para as colinas por medo de ser arrastado na Batalha do Houou…

“Entendido, então você é o representante de que eu ouvi?” (Rainha)

“Esse parece ser o caso. No momento, os soldados do meu país estão fora, tentando capturar o rei anterior.”

“Hey, Rainha.” (Naofumi)

“O que seria?” (Rainha)

“Por que todos da realeza deste mundo…” (Naofumi)

“Ele devia ser um líder habilidosos carregando o sangue da Realeza de Faubley, mas para algo assim ter acontecido numa situação de emergência… eu realmente não posso dizer nada sobre isso.” (Rainha)

Não… ele não é podre porque ele tem sangue Faubliano?

É o que eu penso, a criança na minha frente está agindo bem maduro para a idade dele.

Ele pode ser uma pessoa como Melty.

Eu acho que ele será melhor que as pessoas que correram.

“Nós humildemente recebemos os Heróis, e o exército aliado. Como vocês propuseram antes, nós temos compiladas toda informação em nossa possessão pertencendo ao Houou, então se vocês por favor olhassem por isso mais tarde, eu ficaria grato.”

No que o garoto acenou sua mão, uma pessoa estilo estudiosa saiu das sombras. Parecia que ele iria nos guiar.

“Então os exércitos ficarão em reserva na cidade.” (Rainha)

“Sim…”

Por alguma razão, a expressão do garoto é sombria.

Ah, certo, a terra em volta da cidade parecia ser um campo vazio estéril.

Pelo que eu vi, os poucos residentes sobrando são bem magros.

Eu ouvi que algumas partes deste mundo estavam numa falta de comida.

Como eu tinha minha Bioplanta, eu não realmente me preocupei sobre isso, mas… nós precisamos garantir uma fonte de comida para nós mesmos.

“Sombra.” (Naofumi)

“O que é?” (Sombra)

… Essa não é a Sombra que eu conheço.

De qualquer jeito, eu chamei uma Sombra, peguei algumas Sementes de Bioplanta do meu bolso e espalhei elas na mão dela.

“Nós ficaremos aqui por um tempo. Vá plantar isso em algum lugar para fazer uma fonte de comida. Enquanto você estiver nisso, você pode ir encher os armazéns deste país também.” (Naofumi)

“Entendido.” (Sombra)

Nas minhas palavras, a Rainha silenciosamente abaixou sua cabeça.

Ao mesmo tempo, o garoto se curvou também.

“Eu sou grato pela benevolência do Herói.”

“Se nós tentarmos enviar um exército faminto para batalha, nós seremos aqueles com problemas no fim.” (Naofumi)

Hmm… não é problema meu, mas parece que problemas de comida são prevalecentes nesta área.

Eu estou preocupado sobre quanto tempo os suprimentos que nós trouxemos conosco irá durar.

Os outros heróis também liberaram as armas necessárias para modificar Bioplantas.

O problema é… se eles ficarem modificando, uma arma estranha como aquele escudo pode aparecer, então eu avisei eles para fazer isso em moderação.

Eu estou começando a imaginar se as Armas Lendárias possuem ou não algum tipo de sistema de Karma nelas.

Ren e os outros fizeram até que um pouco. Então… se eles fizerem qualquer coisa estranha, tem uma possibilidade que as armas deles irão deixá-los insanos. (NT: Na realidade, a palavra usada é ‘berserk’, que é aquele estado de insanidade onde você ataca tudo e tal… Deu preguiça de arrumar uma frase para aplicar ela)

Ainda assim, produzir em massa a Bioplanta é essencial para nosso lucro.

Se alguém sair do controle aqui, não será piada.

“Você irá gentilmente nos direcionar para a informação que vocês compilaram?” (Rainha)

“Sim, por aqui.”

Nós encerramos nossa curto audiência com o rei, e seguimos o estudioso para o lugar onde a informação estava guardada.

Mas antes disso.

“Raphtalia, Fohl e Atlas. Vão observar os exércitos aliados.” (Naofumi)

“Eu acredito que nós já fizemos anunciamentos para eles.” (Raphtalia)

“Mais forças irão vir em breve, certo? Vão lidar com essas adições. Se algo acontecer, reportem para mim imediatamente.” (Naofumi)

“Ah, sim. Entendido.” (Raphtalia)

Mesmo que nós olhemos pelo material juntos, eu não acho que a atual Raphtalia vai ter muito de um papel.

Eu envio Firo para achar um lugar para colocar a carruagem, e para investigar a área.

Então ela já não está aqui.

Talvez eu deva ter ela cantando para aumentar a moral. Ela é realmente popular, aparentemente.

Eu acredito que tinha um anime sobre isso. Isso é realmente tão efetivo assim? (NT: Meu chute de anime é Sora no Woto, que é sobre guerra e música… mas pode ser Macross Frontier que envolve aliens e tal -> há muitas possibilidades)

Eu penso no que prossigo em frente.

“Naofumi-sama.” (Atlas)

“O que?” (Naofumi)

“Se qualquer coisa acontecer com você, chame por mim.” (Atlas)

“É, pode deixar.” (Naofumi)

Não é como se algo fosse acontecer ainda.

Eu acho. Eu dou uma resposta vaga para Atlas e fui para ler sobre nosso próximo inimigo.


Tradução: Thyros



Fontes
Cores