TYN – Capítulo 291 – Fé do Dragão



Vários dias depois.

Para poder consultar a Rainha sobre as forças que iriam ajudar contra a onda, eu sigo para o castelo.

Eu também quero ver se o Oyaji terminou a carruagem que eu pedi, então eu trago Firo comigo.

Raphtalia e Firo, e também Fohl, foram arrastados no meu portal. Eu teleportei ele embora bem na frente dos olhos da Atlas.

“Nós chegamos.” (Naofumi)

Nós imediatamente chegamos dentro do castelo, e Fohl instantaneamente começa a demonstrar hostilidade contra mim.

“Você…” (Fohl)

“O que? Isso também é uma forma de punição, você sabe. Nós precisamos fazer ela se arrepender, de algum jeito.” (Naofumi)

“Pense sobre minha posição também!” (Fohl)

Ah, Fohl começa a chorar.

Ele está aturando até que bastantinho agora.

Eu acho que ser o alvo do ódio de sua amada irmã é um demais para aguentar.

“Me desculpe, Folh-kun. Nós estamos pedindo pelo impossível, não estamos?” (Raphtalia)

“Não há motivo para Aneki se preocupar. Quem tem culpa é aquele cara!” (Fohl)

“Naofumi-sama é… bem, ele só é assim. Isso também é para ajudar Atlas-chan a desenvolver independência.” (Raphtalia)

“Eu sei. Eu sei, mas…” (Fohl)

“Mestre! Carruagem!” (Firo)

Ela já pode voar sozinha, então já não está bem?

Ah, será que ela ainda prefere viajar por terra?

E, tipo, eu não poderia só ter confiscado a carruagem dela como a punição dela? Apesar que eu acho que tudo deu certo.

É verdade que a força das pernas dela é digna de elogios, e se nós não fizermos uso delas, a razão de existência da Firo entrará em conflito.

“Ah, sim, sim. Nós iremos checar ela depois dos nossos negócios no castelo. Até lá, vão descansar no jardim do castelo ou algo assim.” (Naofumi)

“Entendido.” (Raphtalia)

“Pode deixar.” (Firo)

“Então você irá treinar comigo, Aneki?” (Fohl)

“Eu acho que eu irei. Com a onda tão perto, não é como se eu pudesse relaxar.” (Raphtalia)

“É assim que funciona? Aneki lutou aquela montanha enorme ali, certo? Me conte como foi isso, eu quero usar isso como referência.” (Fohl)

“Tudo bem. Firo está aqui também, então vamos fazer um regime de treinamento baseado nisso.” (Raphtalia)

O grupo da Raphtalia sai para o jardim do castelo, e eu vou pedir uma audiência com a Rainha.

Quando eu finalmente chego pela sala de audiência, eu vejo ela trabalhando.

Ouvindo os problemas do povo é trabalho também, eu acho.

O ministro de estado está conversando com ela.

Hmm? O ministro sempre se pareceu assim?

Quando eu fui invocado aqui, o ministro que me esnobou não era esse.

“Se não é Iwatani-sama. Como vai seu progresso?” (Rainha)

“Eu acredito que eu já enviei palavra disso.” (Naofumi)

“Eu ouvi que seu Escudo saiu do controle e causou um pouco de um incidente. Sobre isso… em alguns minutos, um oficial de Silt Welt irá chegar. Eu ficaria grata se você ficasse em nossa conversação.” (Rainha)

“… Pode deixar.” (Naofumi)

Se tratando desse assunto, não há nada que eu possa refutar.

Quero dizer, a culpa fica comigo.

A porta range se abrindo, e os dois mensageiros que eu vi antes entram.

Hmm?

O rosto do Shusaku está claro. (NT: No sentido de brilhante)

Talvez ele esteja num bom humor. Ele sorri no que ele olha para mim.

“Ah, Herói do Escudo-sama. Eu tive a oportunidade de ingressar em observar sobre sua prática de guerra.” (Genmu)

O mensageiro Genmu começa a falar num modo leve e fino.

Prática de guerra?

Ah, certo. Meu surto foi marcado assim para o público.

“Ah, eu vejo… o que você achou disso?” (Naofumi)

“Depois de ver os planos e fatores que você colocou em prática para se preparar para a onda, nosso lado agora se sente satisfeito.” (Genmu)

Eu imagino no que ele verdadeiramente acredita… mas o mensageiro Shusaku parece estar olhando para isso favoravelmente, então talvez irá dar tudo certo.

“Eu planejo combater Houou, que está para ser revivido no oeste. O que vocês irão fazer?” (Naofumi)

“Nós planejamos incluir nossos exércitos nas forças aliadas do mundo para combater a onda. Muitos de nossos soldados estão cheios de entusiasmo com o pensamento de ver a performance do Herói do Escudo-sama em batalha.” (Genmu)

“Entendo… eu espero que eles não entrem no quadro com corações tão leves.” (Naofumi)

Por que uma força dessas não veio da última vez? É provavelmente melhor não trazer isso agora.

Como eles tiveram três meses e meio, eles acabaram com preparações.

Eu não posso fazer nada senão colocar minhas expectativas na confiabilidade das forças do país dos demi-humanos.

“Eu definitivamente vi um pouco da sua determinação. Muitos dos meus medos foram aliviados.” (Genmu)

“Medos?” (Naofumi)

À minha pergunta, o mensageiro Genmu encara o Shusaku.

O Shusaku mantém sua boca aberta, como que tentando lembrar algo importante.

“O que?” (Naofumi)

“Não, não há problemas.” (Genmu)

“… Sério? Se você tem um problema comigo, seria benéfico para mim se você fosse esclarecer ele agora.” (Naofumi)

“Isso é verdade…” (Genmu)

Honestamente, essa é a hora que nós devemos colocar a batalha que está por vir acima de todo o resto.

Mas se problemas brotarem imediatamente depois, isso será problemático.

O Genmu-ojiisan começa a mexer em sua barba e fazer contato visual com a Rainha antes de abrir sua boca de novo. (NT: Vovô Genmu é estranho; eu não tenho certeza se está escrito realmente ojiisan, mas é meu melhor chute -> é, ojiisan é uma forma de falar Vovô)

“Uma das raças que guiam nosso país, a raça Aotatsu é um pouco… os superiores do nosso país começaram a notar eles tomando ação secretamente contra a crença dos Heróis invocados.” (Genmu) (NT: É uma forma diferente de se ler o kanji para Sei Ryuu, e fica Ao Tatsu)

“Então eles irão vir e causar um distúrbio no meu canto?” (Naofumi)

“Não, não, não. Nada do tipo. É só que eles começaram a mostrar apoio forte para Faubley.” (Genmu)

“Fumu…” (Naofumi)

Faubley.

A terra governada por um porco.

Minha imagem do país está negra com preconceito pessoal.

Contudo, por que pessoas iriam começar a levantar protestos para a crença à Herói no país dos Heróis?

“Muitos da tribo Aotatsu migraram para Schild Freiden, e… recentemente, o líder deles esteve trabalhando dentro de Faubley. Nosso lado está levemente ansioso.” (Genmu)

“Líder?” (Naofumi)

“Ele trabalha fora de Faubley. Aquele país emprega uma larga quantia de Dragões, então as relações deles são favoráveis.” (Genmu)

Por que…?

Ah, Aotatsu pode ser lido como Dragão Azul.

Então eles são uma raça dragão.

Quando eu penso em dragões, o fracote que tá no meu lugar é o único que vem à mente.

Mas Rat me contou sobre isso antes: A raça de demi-humanos Dragonewt.

“Se você fosse categorizar os Aotatsu, eles seriam pessoas Dragão. Eles possuem uma fé profunda em dragões. Que tolice…” (Genmu)

Heh… eu não realmente entendo, mas parece haver várias facções por lá também.

Mesmo dentre as religiões que eu conheço, há facções moderadas e radicais.

Mesmo que as escrituras deles sejam as mesmas, pessoas agindo nelas diferentemente é algo comum. Eu aposto que a Crença do Escudo tem muitas seitas também.

“Então há algum problema com as ações atuais deles?” (Naofumi)

“Há flutuações na fé do país. Alguns dizem que se o Herói do Escudo se recusar à vir para nosso país, então nosso país não é um digno de se proteger… algumas vozes fortes estão protestando…” (Genmu)

“Entendo…” (Naofumi)

Eu acho que eu terei que ir em algum ponto, mas eu não tenho o tempo e eu não quero ser jogado no meio de uma conspiração.

Contudo, depois que nós determos essa onda, eu irei precisar coletar o máximo de aliados que eu puder.

Eu não quero ler um livro de história dizendo que nós perdemos devido à conflito interno.

Mas, não é natural que pessoas de uma Fé do Dragão estejam juntando apoio no país dos heróis.

Eu tenho uma impressão ruim sobre isso. Parece com a vez com Witch e a Igreja dos Três Heróis.

Com tempo sendo essencial, eu preciso priorizar Houou, mas eu ainda preciso pagar uma visita depois.

Mais importantemente, eu quero encontrar aquele guiando aqueles dragões.

Eu não tenho certeza se eles possuem quaisquer núcleos, mas eu quero ver se eu consigo pegar qualquer informação como eu consigo do Gaelion.

Apesar de eu não esperar nada grande.

Se eles tiverem informação importante, salvadora de mundo, eles teriam enviado ela até os Heróis nessas horas.

“Mas ao ver o treinamento do Herói do Escudo para a Onda de perto, nós ficamos satisfeitos com sua determinação e aceitamos o fato que você não tem tempo para ir lá.” (Genmu)

… Recentemente, eu fui alvo de até que um pouco de boa vontade. Eu realmente não estou acostumado com isso.

Quero dizer, eu quase cometi uma quantidade substancial de atos malignos sem nem sequer estar ciente disso. É mais assustador que realizar o mal enquanto mantendo minha consciência.

“Talvez eles irão vir lhe incomodar, mas se eles fizerem qualquer coisa para prejudicar o Herói do Escudo-sama, meu país não ficará quieto. Isso concerne o orgulho da nação.” (Genmu)

“Isso realmente ajuda. Independentemente dos seus motivos, neste momento, lutar a Onda é prioridade. Eu gostaria que nós pudéssemos resolver esses assuntos problemáticos mais tarde.” (Naofumi)

“Sim. Para poder realizar uma grande varrida da sujeira de Melromarc, os heróis ficaram neste país. Eu pensei que as operações deles estivessem sendo estendidas para todos os países exceto nós, mas ao ver a guerra de teste, eu fiquei aliviado.” (Shusaku)

O jovem Shusaku diz assim, como se fosse um assunto concernente pessoalmente à ele.

Sujeira de Melromarc… é?

Eu realmente desejo que ele parasse de tratar este como um país inimigo.

Mas enquanto ele estiver disposto em recuar por boa vontade, eu não tenho problema.

“Rafu~”

“Durante o tumulto passado, nós tomamos um desses espécimes sob nossa proteção.” (Shusaku)

O Shusaku tira uma gaiola contendo um Raph e apresenta ele para mim.

Geh!

“Uma besta divina criada para defender contra a onda… ‘Sa é a legendária segunda vinda. Você não irá  me ceder um para eu levar para nosso país como evidência?” (Shusaku)

Não… eu não realmente quero deixar eles fora do meu território, mas… quero dizer, é embaraçoso.

Eu viro meus olhos para a Rainha, mas ela inclina sua cabeça para o lado e me rejeita.

Eu acho que recusar aqui seria ruim para negociações.

Ainda assim, finalmente veio o Segundo Advento.

“Legendária Segunda Vinda?” (Naofumi)

“Sim. Os pássaros divinos foram ditos como sendo as criações de heróis muito antigos. Ou ao menos, as lendas dizem assim.” (Shusaku)

“A verdade está cercada em mistério, mas isso não muda o fato que uma nova espécie de monstro veio a surgir aqui. Nós gostaríamos de poder levar ele como evidência.” (Genmu)

“Criar um novo monstro é tão difícil assim?” (Naofumi)

Olhando para a pesquisa da Rat, parece relativamente possível.

Mas diferente da raça Raph, é mais como se ela misturasse as propriedades de raças diferentes.

Os Raphs foram feitos do DNA da Raphtalia, então eles são mais perto de clones.

Contudo, eles já podem ser classificados completamente como uma existência separada.

“Um monstro com esse grau de completude não é nada besta. Eu terei algumas pessoas autorizadas olharem nisso, mas é essa é uma situação digna do nome, A Segunda Vinda dos Pássaros Divinos.” (Genmu) (NT: Eu acho que devia ser das Bestas Divinas, porque Raphs não são pássaros, mas enfim…)

“É… mesmo…” (Naofumi)

Não vá muito longe nisso… mas se isso permitir a paz continuar, então eu irei concordar com isso.

Isso é: enviar um animal raro para aumentar relações diplomáticas.

Os custos de manutenção deste monstro… não serão um problema.

Os Raphs possuem uma eficiência de combustível melhor que a esperada. Eles comem pouco e são omnívoros.

Eles são de disposição gentil e provavelmente fariam mascotes legais.

“Então eu deixarei esse aí com vocês.” (Naofumi)

“RAFU!” (Raph)

Como que dizendo ‘Certo!’ o espécime de Raph me encara e faz uma continência.

Parece ter uma boa cabeça em seus ombros.

É, eu estou levemente relutante em mandar ele embora.

“Agora que eu penso sobre isso, eu acredito que eu vi um Hakuko no jardim do palácio.” (Genmu)

Uu… a conversa tomou um rumo perigoso.

“De acordo com o perigo afligindo o mundo, a Rainha começou um movimento de abolição de descriminação contra demi-humanos… eu definitivamente confirmei este fato. Isto se tornará bom combustível para a abolição de discriminação contra humanos do nosso próprio país.” (Genmu)

“Obrigada.” (Rainha)

Eh? Eles estão satisfeitos em encerrar isso aqui?

Não é que eu não esteja grato por isso.

“A propósito, Herói-sama?” (Genmu)

“O que?” (Naofumi)

“Você tem quaisquer planos em amarrar o nó com alguém do meu país?” (Genmu)

… Meus ombros caem.

Depois disso, eu fui mostrado uma série de pedidos de entrevista de casamento que os mensageiros trouxeram.

Há muitas garotas bonitas, mas eu respondi que eu não tenho interesse. Eu educadamente retornei eles.

O Herói do Escudo é realmente tão buscado assim?

“Iwatani-sama, então como soa minha filha Melty?” (Rainha)

… Desse lado também.

Pare logo com isso.

Depois, nós fomos para as discussões reais. As negociações com o país que Houou estava selado já foram completadas. Nós iremos chegar cinco dias antes do tempo agendado, ter o país e Sombras procurando pela localização, e ter os outros Heróis confirmar isso. Para esses cinco dias, nós iremos enfiar a habilidade para coordenar ataques nos recém exércitos aliados.


Tradução: Thyros



Fontes
Cores