TYN – Capítulo 286 – Reversão da Guerra



O terceiro dia.

Eu concedo as modificações para os escravos que desejaram isso, mas…

Para completar as modificações, uma larga quantia de energia é requerida. Pela hora que o boost da Terceira Torre se esgotou, eu só pude terminar alguns dos escravos e monstros.

A quantia de barcos do lado da Faker aumentou um pouco.

“Eu não deixarei vocês ficarem no caminho dos planos do Deus do Escudo-sama!”

A frente de defesa da Terceira Torre é um turbilhão de discórdia.

É uma guerra total.

Contudo… por algum motivo, eles foram capazes de fazer uso de todas as fraquezas dos meus novos escravos modificados, e nós encaramos uma corrente de derrotas.

“Como Deus-sama ordenou, nós temos que correr!”

“É!”

Levando em conta o que aconteceu na segunda torre, eu fiz passagens de escape secretas para prevenir captura pela derrota.

Só por entrar nos vários corredores de escape dentro da torre, meus subordinados podem conquistar segurança quando em desvantagem…

Então agora…

Aqueles nas linhas de frente são os monstros que eu modifiquei para terem a aparência de Raphs e Talis. A visão deles manda Rat e Taniko numa frenesi.

“Marquês! Eu definitivamente não estou te perdoando por isto aqui!” (Rat)

“É! Eu irei fazer você lamentar isso!” (Taniko)

Ambas estão bem bravas, mas não é como se eu me importasse.

É algo que os monstros desejaram.

Mais importantemente… aqueles caras não estão dizendo nada sobre os novos escravos ajudando nossas forças…

Bem, é uma situação de emergência, então talvez eles tenham se acostumado com isto.

… Eu estive pensando isso por um tempo, mas nossa informação não está sendo vazada?

Eu preciso lidar com isto imediatamente.

Oh? Até Melty está participando nesta invasão.

Mesmo que eles eram contra isso, eu organizei o grupo de Atlas, Firo, Fohl e Motoyasu para guardar o núcleo.

Todo o resto engaja com os inimigos dentro da torre toda vez que eles encontram eles.

A situação é desfavorável. Minhas forças são frequentemente empurradas numa recuada inevitável.

“Você veio de novo, Raphtalia-oneechan… você não pode deixar o mestre ser livre logo?” (Firo)

“O que você quer dizer com livre!? Naofumi-sama não estava planejando em voltar para seu mundo? Por que ele precisa conquistar este mundo de qualquer jeito?” (Raphtalia)

“Firo-chan! Pare logo com isso.” (Melty)

“Ah, Melty-chan. Melty-chan irá seguir mestre, certo?” (Firo)

Firo inclina sua cabeça no que ela pergunta.

Mas infelizmente, Melty não consegue retornar o sorriso de Firo.

“Firo-chan, não tem como eu poder fazer isso.” (Melty)

“É mesmo?” (Firo)

“Claro. Eu ainda não encontrei ele, mas ele começou a bolar por dominação mundial, começou a produzir legiões de monstros estranhos, e começou a modificar as crianças da sua própria vila. Eu não posso deixar ele continuar!” (Melty)

“Mestre é, veja só, ele tem um grande sorriso. Firo raramente sequer viu mestre tão feliz antes, sabe.” (Firo)

“Sério? Eu meio que quero ver isso… não, isso não importa. Firo-chan! Por favor nos ajude a parar Naofumi.” (Melty)

“Eh~? Mesmo se for pedido da Melty-chan, eu não farei este.” (Firo)

“… Firo-chan. Quando o Naofumi retornar ao normal, ele irá lhe dar uma bronca severamente. Melhor você estar preparada para isto.” (Melty)

“Eu não vou te deixar~” (Firo)

E a batalha começa.

Ou devia. Motoyasu, que estava ficando quieto até agora, se adereça à Firo.

“A propósito, Firo-tan. Você não chamou aquela porca ali de Raphtalia-oneechan agora mesmo?” (Motoyasu)

“Mu! Não fale comigo!” (Firo)

Firo descaradamente demonstra seu desgosto dele e rejeita conversação.

É como eu pensei. Este grupo de batalha não é bom.

“Oy, noiva ali! Firo-tan realmente chamou aquela coisa de Onee-san?” (Motoyasu)

“Quem é noiva de alguém!? Você ainda está acreditando na besteira do Naofumi?” (Melty)

“É, ela definitivamente disse isso.” (Midori)

Aquele que suplementa a informação é Midori.

E espera, isso é desnecessário.

“Motoyasu, não ligue para isso.” (Naofumi)

Eu me adereço à ele de uma distância.

“É mesmo, Sogro?” (Motoyasu)

“Não ignore isso tão facilmente!” (Raphtalia)

“Oya? Eu pensei que você fosse meramente uma porca, mas você pode falar língua humana.” (Motoyasu)

“Palavras estão…?” (Naofumi)

Mu… devido a alguma razão estranha, as palavras da fake entram nos ouvidos do Motoyasu.

Além de Philorials, Melty é supostamente a única mulher que ele pode ouvir.

“Melty-chan! Por favor diga para o Herói da Lança que eu sou a irmã da Firo.” (Raphtalia)

“Oneechan, se prepare!” (Firo)

Firo direciona chutes para a fake.

A fake esquiva eles indo para os lados e entrega um pedido para Melty.

“Ren-san!” (Raphtalia)

“Sim!” (Ren)

Ren vai para frente para confrontar Firo.

“Saia, pessoa da espada.” (Firo)

“Me desculpe, mas eu não posso fazer isso. Eu estou lutando para repagar meu débito para o Naofumi aqui.” (Ren)

“Mu!” (Firo)

“Eu não posso ir por aí aceitando aquele Naofumi. Não, desta vez, pelo bem dele… eu irei lutar para retornar a casa que ele fez ao normal!” (Ren)

Como que ressonando com o grito dele, a espada nas mãos dele muda de forma.

“Poder crescente…? Isto é…” (Naofumi)

A espada de dois gumes nas mãos dele mudou de forma para a de uma katana.

Poderia isto ser?

“Ela upou… e virou a Katana de Tartaruga Espiritual?” (Naofumi)

Ren balança ela algumas vezes na frente dele e vira ela na sua mão antes de tomar uma pose.

De repente, o inimigo libera um novo poder. Não é uma boa sensação estar do lado que recebe dessas situações.

“Mu…” (Firo)

Ren e Firo começam a encarar um ao outro.

Eles dois entendem que uma única ação pode ser fatal. Nenhum deles se move. Isso significa que um lado precisa receber suporte, ou isto não irá a lugar algum.

O que Atlas está fazendo? Eu olho em volta, e acho ela interceptando Rishia. Ela não está permitindo nenhum fogo de suporte chegar.

Aquela fake! O que ela está bolando.

Ela tem Ren e Itsuki e até Rishia para suporte.

Devo chamar os escravos que escaparam e Kiel para ajudar?

Não, uma larga porção da torre já está ocupada pelos escravos da vila.

Eu irei precisar libertar o grupo da Firo para ligeiramente lidar com eles.

Ku… numa hora destas, Sadina está… dura no trabalho lutando os aldeões.

Ela está usando magia desta vez, mas talvez por causa da velocidade do oponente dela, ela não está acertando com isso. Eu não posso contar com ela como um reforço.

“E Fohl-kun, que diabos você está fazendo?” (Raphtalia)

“E-eu!? Mas…” (Fohl)

“Da jornada que nós tivemos juntos, eu posso entender só quão importante Atlas-chan é para você. Contudo… você só está silenciosamente observando sua preciosa irmã ir por um caminho perigoso… isso é realmente algo que um irmão que se importa deva fazer!?” (Raphtalia)

“Uwah… eu sou… eu sou sempre um aliado da Atlas!” (Fohl)

Fohl balança seus punhos na fake.

Mas antes dos golpes acertarem ela, a fake estapeia Fohl fortemente pelo rosto.

Haha, o que há com esse ataque? Não tem poder por trás dele.

“Se Naofumi-sama começar a fazer coisas ruins, então como agora, eu irei fazer meu melhor para colocar ele no caminho certo. Mas o que você está fazendo? Você só age como um tumor no lado dela… desse jeito, nada será resolvido. Isso irá acabar com… Atlas-chan ficando com aquele Naofumi estranho! Esse é o resultado do seu cuidado pela sua irmã?” (Raphtalia)

Com olhos como se ele tivesse acabado de ter uma epifania, Fohl olha pela fake.

“… Isso mesmo. Eu sou… eu prezei tanto pela Atlas, então eu nunca pensei sobre ela. Eu tinha aprovado ele um pouco, mas quando ele está deste jeito, eu não posso estar entregando Atlas para ele!” (Fohl)

Através de uma virada de eventos, Fohl vira. Ele dispara uma skill na direção da Atlas.

Vendo através disso, ela desvia por muito pouco.

“… Onii-sama, que tipo de piada é esta?” (Atlas)

“Isso não é piada! Eu irei usar todo meu poder para prevenir você de sair para o caminho errado!” (Fohl)

“Então você irá trair Naofumi-sama?” (Atlas)

“É, aquele cara não é o que eu conheço. O que eu conheço não tem um sorriso tão perigoso, e ele tinha um tipo de gentileza atrapalhada. Se for aquele… cara atrapalhado, eu acho que eu estaria bem em confiar você para ele. Só um pouco.” (Fohl)

Ku… o traidor Fohl começa a batalhar com Atlas.

Que diabos Motoyasu está fazendo!?

“Hey, você vai me atacar? Se você relar mãos na noiva da Firo, você sabe o que vai acontecer, certo?” (Melty)

“Mu~. Melty-chan, você vai se machucar. Vá para casa!” (Firo)

Firo não quer ver Melty se machucar, mas ela também não quer olhar para o Motoyasu. Ela fala sem tirar seus olhos do Ren.

“Gu…” (Motoyasu)

Mas Motoyasu não é capaz de levar a força de vontade da Melty?

Você não devia ser um Herói?

Por que seu coração está perdendo para uma garotinha?

“Sobre sua pergunta anterior, você está certo. Raphtalia-san é a pessoa que cumpre o papel de irmã da Firo. Da perspectiva do Naofumi também.” (Melty)

Melty aponta para a fake no que ela responde.

A fake ergue seu peito e encara o Motoyasu.

“E-esse era o caso!?” (Motoyasu)

“Você consegue ouvir minhas palavras agora?” (Raphtalia)

“C-claro, bela irmã da Firo-tan, minha Cunhada[1]!” (Motoyasu)

Este aqui… ele começa a elogiar a garota que ele tinha referido como uma porca momentos antes.

Ele olha para mulheres como porcas e tem anseia por pássaros. Só quão podres são os olhos dele?

“Então Motoyasu-san. Por favor nos ajude a parar Naofumi-sama. Este é um pedido da irmã da Firo.” (Raphtalia)

“Não escute as palavras dela, Motoyasu. Apenas mate a fake logo.” (Naofumi)

“Naofumi-sama, por favor fique fora disto.” (Raphtalia)

“Não tem como fazer isso. Eu sou-” (Naofumi)

A fake arremessa sua espada na Bioplanta que eu modifiquei para agir como uma caixa de som.

Isso irá levar 30 segundos para regenerar. O que eu devo fazer?

“O atual Naofumi-sama se tornou estranho devido a uma maldição. Como você esteva com ele, você sentiu algo fora do lugar?” (Raphtalia)

“É mesmo? Eu tenho a impressão que Sogro sempre passou esse tipo de impressão.” (Motoyasu)

“… Seu ponto ruim é que você não consegue olhar nada para os outros. Você só pensa sobre você mesmo! Naofumi-sama nunca irá dar Firo embora para alguém assim!” (Raphtalia)

“Sem chance! Então eu estou…” (Motoyasu)

“Não é tarde demais. Eu ouvi sobre isso. Quando Firo ficou estranha, você trabalhou duro para ajudar ela. Como daquela vez… por hora pare Firo, e então vamos parar Naofumi-sama. Tudo ficará bem!” (Raphtalia)

“Entendido Cunhada! Eu, Motoyasu, irei derramar lágrimas no que eu faço um inimigo da Firo-tan e Sogro!” (Motoyasu)

“Quando Naofumi-sama voltar ao normal, ele irá definitivamente lhe elogiar pelo seu trabalho duro. Eu lhe prometo isso.” (Raphtalia)

“MUUUUU! Oneechan é malvada!” (Firo)

“Ara, Firo? Agora sua pessoa odiada não será tão próxima do Naofumi-sama.” (Raphtalia)

“Ah, entendo. Oneechan, obrigada!” (Firo)

“Não agradeça ela!” (Naofumi)

Eu grito pela caixa de som reparada.

Fohl e Motoyasu, como eles chegaram no mesmo consenso?

Se eles saírem, nossas forças já esparsas irão sofrer uma perda pesada.

“Mestre, qual o problema?” (Firo)

“Olhe à sua volta.” (Naofumi)

“Eh?” (Firo)

Atlas está lutando com Fohl, e Firo foi levada a lutar com Ren e Motoyasu. Ainda mais, Melty ainda está aqui.

Eu também irei adicionar que fazer um inimigo do Motoyasu significa fazer um inimigo do exército dele de três.

O lado da batalha imediatamente se reverte.

Deste jeito, nos não teremos nem uma chance de vitória de 1 em 10000.

“Firo, minta o quanto você quiser. Persuada Motoyasu para voltar.” (Naofumi)

“Okay. Por favor salve Firo, pessoa da lança.” (Firo)

“Me desculpe Firo-tan. Isso terá que esperar até eu parar Sogro com a Cunhada.” (Motoyasu)

“Que malvado!” (Firo)

“Isso também é para o bem da Firo-tan, ah… eu, Motoyasu despertei para minha missão do amor.” (Motoyasu)

“Mu~! O resultado está bem, mas eu não consigo suportar aquela puta!” (Trio do Motoyasu)

Como sempre, as três do Motoyasu falam no que elas cooperam com o Motoyasu elas e encaram Firo.

Esses caras são idiotas, mas a presença deles pode alterar grandemente o fluxo da batalha.

Se eu não ordenar uma retirada, será perigoso.

“… Nós fomos colocados num pouco de desvantagem.” (Atlas)

“Mas Firo irá trabalhar duro~!” (Firo)

“Não. Nesse ritmo, nós seremos feitas de reféns. Naofumi-sama, por favor conceda permissão para retirada.” (Atlas)

“… Não há escolha. Concedida!” (Naofumi)

Seguindo minhas ordens, Atlas bate fora as mãos do Fohl e ativa uma passagem de escape de emergência.

Ku… meus planos todos ruíram tudo de uma vez.

Agora eu temo pelo amanhã e o dia depois.

“Eh? … Firo não perdeu.” (Firo)

“Mas você irá em breve.”

“Mu… eu não irei perder amanhã!” (Firo)

Isso é o que você chama de vantagem numérica.

Cercada pelo grupo fake, Firo bate seu pé em frustração. Ela chuta o chão forte o suficiente para abrir um buraco e corre para a saída de emergência no piso inferior.

“Espere, Firo-chan!” (Melty)

“Firo-tan!” (Motoyasu)

“Aquela barreira impede perseguição, então é impossível. Por hora, vamos destruir a torre.” (Raphtalia)

Sua puta… fake, você torceu suas palavras para tomar Motoyasu e Fohl.

Como pode isso… desse jeito, eu estou numa desvantagem extrema.

Como esperado, a terceira torre é destruída, e eu só tenho cinco sobrando.

“Então agora… para uma reunião estratégica.” (Kiel)

No laboratório da minha base principal, uma Kiel exausta aglomera os escravos e monstros modificados.

“Seguindo este incidente, Fohl-Niichan e o Herói da Lança-sama foram tomados pelo outro lado.” (Kiel)

Aqueles malditos traidores.

… Ah, certo, deve ter mais um traidor.

“Mesmo que nós tenhamos trabalhado tão duro.”

“Por que eles foram capazes de aprender nossas fraquezas tão facilmente?”

“Isso é algo que eu irei explicar.” (Naofumi)

Eu toco um tablet de pedra e trago uma certa imagem.

Aquela imagem é a de um indivíduo que estava relaxando mesmo na reunião estratégica… aquele que cuida de todo mundo.

“Sadina, isto não é culpa sua?” (Naofumi)

“Ara? Por que você pensa isso?” (Sadina)

“Você não tem motivação quando lutando nas torres. Também, você estava lá na maioria das vezes que eu falei das fraquezas. Também tem o fato que você vai patrulhar bastante.” (Naofumi)

Eu realmente tinha suspeita vaga.

Mas eu nunca pensei que alguém iria planejar traição na minha frente. Especialmente não alguém habilidosa como ela.

Não, como nós dois perdemos Raphtalia, eu pensei que nós estávamos compartilhando tristeza.

Contudo, na verdade, ela estava vazando informação para a oposição.

Minhas dúvidas me levaram a confirmação.

Eu iria ter deixado isto passar se não fosse pelo resultado de hoje.

Talvez seja minha culpa por não monitorar. Por ela ter jurado a vida dela para Raphtalia, eu não queria pensar nela como uma traidora.

“Você tem certeza que não é uma coincidência?” (Sadina)

“Se você queria que aparentasse desse jeito, então você devia ter lutado num jeito assim. Infelizmente para você, eu lhe sentencio a confinamento dentro do meu laboratório. Se os escravos que eu modificar da próxima vez não terem suas fraquezas exploradas, você será confirmada como uma espiã. Como meu material de pesquisa, você será sujeitada à experimentos muito mais duros que os outros escravos.” (Naofumi)

“Ara…” (Sadina)

Sadina alcança atrás de suas costas pelo seu arpão, mas…

“Se você tentar qualquer coisa engraçada, eu serei sua oponente.” (Atlas)

“Firo também.” (Firo)

Antes que ela possa, Atlas e Firo aparecem atrás dela.

“Arara, então deve esta Oneesan se render pacificamente?” (Sadina)

Sadina ergue suas mãos acima de sua cabeça.

“Por que você faria algo assim?” (Naofumi)

“Porque a criança que Naofumi-chan pensa sendo como uma fake é a coisa verdadeira.” (Sadina)

“Hah! Que tolice.” (Naofumi)

Aquela fake é real?

A real já se foi!

É por isto que eu estou revivendo ela, não é?

“Joguem ela numa cela!” (Naofumi)

As celas que eu fiz são de um material que nem Sadina pode quebrar. Há um aparelho que absorve magia, então ela não será capaz de usar nenhuma. Eu posso controlar a saída dele, e desta vez eu irei colocar para sugar cada fibra de magia fora do corpo dela.

Dentro da cela, eu fiz ela mudar para forma humana e pendurei os braços dela em manilhas.

“Se arrependa aqui por um tempo.” (Naofumi)

“Ara…” (Sadina)

Se você realmente acabar sendo uma espiã, eu lhe darei o inferno depois disto.

“E então, nós devemos esperar alguns resultados da próxima vez.” (Naofumi)

“Como esperado do Niichan! Mas Sadina-neechan, que malvada.” (Kiel)

“Certo. Se isso se provar verdade, nós iremos torturar ela um pouco quando isto ter acabado.” (Naofumi)

“Um jogo de penalidade, certo? Você irá enviar ela para ser vendida em Zeltburg ou algo assim?” (Kiel)

“Não, tortura.” (Naofumi)

Quão pacífico é o cérebro deste cão.

Nosso lado perdeu nossa força de luta, Motoyasu, sabe.

Mesmo que ele seja podre, ele é um herói. Os escravos modificados estão numa desvantagem… entendo, Motoyasu não tem abundância de fraquezas?

“Firo.” (Naofumi)

“O que?” (Firo)

“Conquiste Motoyasu. Se possível, faça ele jurar lealdade. Como aquela fake fez, você terá que convencer ele vir para cá.” (Naofumi)

“Eh? …” (Firo)

Firo claramente parece odiar a noção.

“A pessoa da lança não escuta mesmo palavras.” (Firo)

“Ah.” (Naofumi)

É, isso mesmo. Eu estou surpreso que a fake conseguiu pegar ele.

Até eu não tenho tanta confiança assim na minha habilidade em falar com ele.

Por hora, eu estive usando Firo como uma intermediária e as coisas tem funcionado.

Eu pensei que eu poderia ter Firo persuadindo ele, mas agora que ele tem um objetivo distorcido, eu não estou certo se nós podemos parar ele.

Se eu fazer Firo abrir suas pernas e seduzir ele… não, isso não vai acontecer. Isso não é o suficiente para parar o idiota.

Droga… o que devo fazer?

“Niichan, todo mundo aqui decidiu seguir você. Não se preocupe com isso sozinho. Vamos trabalhar duro juntos.” (Kiel)

Os escravos e monstros olham para mim com olhares calorosos.

… Isso mesmo. Eu só terei que tentar o que eu posso.

“Então, devemos começar as modificações?” (Naofumi)

Eu também preciso devotar tempo para pesquisar a Raphtalia real.

Eu prossegui até que longe na regulagem do Mii-kun, então eu só terei que dar o meu melhor.

Eu estou no meio de usar os dados que eu consegui dos monstros para completar uma terceira geração.

“Primeiro, vamos começar com o melhoramento[2] da Firo.” (Naofumi)

“Yay!” (Firo)

Eu pego Firo e retorno para meu laboratório.

Eu deixo Kiel e os outros simularem uma batalha na quarta torre.

Para os escravos que tiveram suas fraquezas conhecidas, eu disse para eles lutarem sem se transformarem para anular os ataques inimigos antes de atacar.

Os escravos recém modificados vão ser uma grande força de luta da próxima vez.

Se os fakes não conseguirem pegar as fraquezas deles, Sadina é culpada. Caso contrário, ela será livre.

“Naofumi-sama.” (Atlas)

Atlas me segue em volta.

“Na batalha de amanhã, você terá que parar seu irmão.” (Naofumi)

“Sim. Mesmo que custe minha vida.” (Atlas)

“Se parecer impossível, recue. Não arrisque sua vida. Se nós sacrificarmos demais para ganhar, então eu não posso chamar isso de vitória.” Naofumi)

“Entendido. Mas você tem certeza que está tudo bem isso?” (Atlas)

“Não há nada que eu não possa resolver com meu novo intelecto. Enquanto a última torre permanecer, eu serei capaz de fazer algo. Antes disso, eu preciso aperfeiçoar minha raça Raph para a batalha final! Uma vez completa, um único deles deve ser capaz de segurar um monte deles.” (Naofumi)

Certo… o revivimento da Raphtalia não foi assegurado ainda, mas pesquisa progride.

Eu preciso fazer o que eu posso.

Eu coloco Firo no tanque de cultura e ativo minhas habilidades.

“O-o que!?” (Naofumi)

Antes que eu pudesse prosseguir com a modificação dela, eu estou surpreso pela janela de informação dela.

Há traços de experimentações como as que eu estou fazendo nos Raphs.

Isto é como a vez que eu tentei modificar Fohl.

“Qual o problema?” (Firo)

“Não, não se preocupe com isso.” (Naofumi)

Oh? Tem até um programa de segurança como o meu.

Eu fiz com que se qualquer um além de mim crie um Raph, ele não crescerá normal.

Com isto, é impossível para qualquer outra pessoa criar propriamente um Raph.

No máximo, eles seriam capazes de trazer um terço do verdadeiro potencial deles.

Um sistema como este foi implantado nos Philorials.

O código parece ter sido socado junto, e partes importantes estão embaçadas.

É como os códigos da minha primeira e segunda geração fossem misturados juntos. Eu me preocupo se isto faria ou não uma boa referência.

Eu quero alguns espécimes além da Firo. Se eu casal de Philorials, minha pesquisa iria disparar longe.

Eu tinha alguns outros além de Firo entre meus subordinados. Devo pegar algumas amostras mais tarde?

Eu também quero alguns dados dos traiçoeiros Philorials. Eu irei pensar em como capturar eles.

Por hora, vamos copiar a informação da Firo e guardar ela.

“Então Firo, você disse que você queria ser capaz de voar, certo?” (Naofumi)

“É, eu não quero perder para o Gaelion! A única em que o mestre anda é Firo.” (Firo)

“Fumu, entendido.” (Naofumi)

Eu olho para a tela de modificação dela e leio as entradas individuais,

Hmm? Tem uma parte estranha, desconectada.

Olhando para a árvore de modificação, há um ramo que eu mal tenho os materiais necessários para desbloquear.

Se eu conectar isto, o que irá acontecer?

Parece que há alguma relação com asas.

Há uma alta probabilidade que é uma função que a raça perdeu ao longo do tempo.

No armazém, Melty tinha um tesouro que pareceu ser o fóssil de um Philorial voador.

Se eu analisar e mexer com isto, ela deve ser capaz de reverter à sua forma ancestral. Este ramo, eu devo ser capaz de conectar ele.

Os materiais são realmente raros. Eu só tenho um no meu armazém.

Isto pode acabar num problema grande mais tarde.

“Qual o problema?” (Firo)

“Firo, como você quer voar?” (Naofumi)

“Como?” (Firo)

“Você quer usar suas asas ou usar magia para se propelir? Você quer fazer apoios para os pés no ar ou acumular gases dentro do corpo para flutuar?” (Naofumi)

Na janela aberta, eu posso implantar qualquer um destes conceitos.

A propósito, por razões pessoais, se ela escolher o último, eu estou mudando o nome dela para Balão Firo[3].

Isto é baseado na escolha da Firo, mas eu recomendo aquela.

Eu sinto uma afinidade forte por balões.

Se for Balão Firo, ela deve ser capaz de derrotar Motoyasu.

Eu só tenho essa impressão.

“Eu não quero só flutuar.” (Firo)

“… Entendo. Então asas ou magia. O primeiro requer força física, o segundo magia.” (Naofumi)

“E quanto ao Gaelion?” (Firo)

“Eu ainda não confirmei isto, mas é provavelmente o último. Com asas, você pode voar por um tempo, mas se você não deixar seu corpo mais leve, suas habilidades em geral irão cair. Com magia, você pode usar só magia para se propelir, mas você terá um tempo de voo menor.” (Naofumi)

Na verdade, o tempo de voo do Gaelion não é tão longo assim.

Ele plana até que por um tempo, e eu aposto que ele recupera magia enquanto faz isso.

E Firo não tem jeitos de recuperar magia?

“Eu acho que o último será mais fácil.” (Naofumi)

“Então isso está bom.” (Firo)

“Pode deixar.” (Naofumi)

Os materiais são escassos, mas se for para aumentar o poder da Firo, eu irei alegremente usar eles.

Com um estalo, Firo reganha um dos poderes de seus ancestrais.

“Agora Firo não irá perder para Gaelion~!” (Firo)

Irá levar um tempo até que a modificação acabe.

Eu uso meus dados de pesquisa de Philorial e dos outros monstros modificados para criar minha terceira geração da Raça Raph… eu também construo o conceito para minha Raça Riya.

Eu também quero usar um dragão para referência agora.

“Assim que sua modificação acabar, eu tenho um trabalho para você.” (Naofumi)

“Pode deixar!” (Firo)

Depois que a modificação dela acaba, Firo bate suas asas. Elas deixam rastros de luz atrás no que ela decola do chão.

“WaaAAAH! Eu realmente estou voando, mestre!” (Firo)

Em grande excitação, Firo relata isto para mim.

“É, mas você está usando magia para voar. Será difícil voar por longos períodos de tempo.” (Naofumi)

“Pode deixar!” (Firo)

“Então me deixe lhe dar sua missão.” (Naofumi)

“O que é?” (Firo)

“Bem…” (Naofumi)

“KYUA!” (Gaelion)

“Por que eu tenho que ir pegar Gaelion?” (Firo)

“Eu queria usar ele como referência, e ele irá providenciar alguma força.” (Naofumi)

Eu sei que Gaelion queria vir para meu lado.

É por isso que eu enviei uma Firo voadora para infiltrar e convidar ele.

“… Por que você me convidou?” (Gaelion)

Gaelion Verdadeiro aparece.

“Aquele que eu convidei não foi você. Eu disse isto antes, mas eu estou repondo minhas forças. Em vez de seguir a fale, o Kogaelion[4] queria me seguir.” (Naofumi)

Eu dei para Firo outro trabalho.

Ela acena e voa de novo.

“Gu… Não saia, apenas quietamente… Kyua!” (Gaelion)

Parece que as personalidades dentro de Gaelion estão em guerra.

Fumu…

“Gaelion, você queria poder, então você foi até Rat para modificações, não foi? Eu não sirvo?” (Naofumi)

“Não, você está bem. Mas eu não posso aguentar estar na mesma posição que aquela Philorial.” (Gaelion)

“Fu… Kogaelion. Se você trabalhar duro, eu irei lhe modificar como você deseja.” (Naofumi)

“Gunu! Par- você não vai parar!?” (Gaelion)

Gaelion segura sua cabeça por um tempo e grita, mas eventualmente, ele ergue seu rosto.

“KYUA!” (Gaelion)

Kogaelion é capaz de segurar o mais velho quieto.

“Que tipo de modificação você quer?” (Naofumi)

Eu também verei só quão longe minha pesquisa será ajudada por estudar um dragão.

Para dizer o resultado, Gaelion quer pernas rápidas, mesmo quando puxando a carruagem.

Firo não é a única pensando no seu rival.

Gaelion também estava bem preocupado sobre sua velocidade lenta em terra.

Então junto com minhas investigações, eu aumento a velocidade de perna dele.

Claro, na promessa que ele iria me seguir.

Depois disso, eu enviei Firo algumas vezes e peguei a maioria dos Philorials traidores para se juntarem ao nosso lado.

Como?

Piyo é aquele nos segurando, mas ao ver Firo voando livremente pelo céu, muito poucos Philorials escolheram não me seguir.

Agora nos resultados do quarto dia.

Para todos os outros heróis se oporem a mim foi um erro fatal.

Mas havia algo que eu fui capaz de determinar.

Eles foram incapazes de acertar com precisão as fraquezas dos escravos recém modificados.

E isso foi aquilo.

Bem antes da quarta torre ser destruída, a faker até me perguntou.

‘O que aconteceu com Sadina?’

“Sadina, como esperado, eles foram incapazes de acertar com precisão os pontos fracos dos meus escravos.” (Naofumi)

“Ara…” (Sadina)

Eu prendo algemas nela, tiro ela da cela dela e a forço ao tanque de cultivação do meu laboratório.

“Eu imagino o que irei me tornar.” (Sadina)

“Eu imagino. Primeiro, eu irei cobrir sua pele macia em cabelo. A cor será marrom. Eu farei sua cauda listrada com preto e marrom. Então toda vez que você entrar na água, ela irá encharcar no pelo!” (Naofumi)

“Nossa. Que assustador.” (Sadina)

“Depois disto, eu lhe darei duas presas e farei pessoas imaginarem se você é uma baleia, um leão marinho ou uma foca! Você se tornará uma forma de vida completamente não identificável!” (Naofumi)

“Kya que assustador. Enquanto você está nisso, você pode aumentar minha tolerância à álcool? Eu gostaria de algumas guelras, então eu posso gastar todo meu tempo debaixo d’água.” (Sadina)

“… Você com certeza está calma!” (Naofumi)

Que impudente! Quando você não é nada além de uma traidora!

Eu irei fazer modificações dolorosas o suficiente que sua vida ficará numa balança!

Mas no que eu ativo minha habilidade na Sadina, eu perco minha habilidade de falar.

O-o que?

Eu olho para a tela da Sadina e me acho numa perda de palavras.

É fundamentalmente diferente da Atlas, Fohl e as outras crianças.

Traços de modificação, vestígios de magia, não há nada do tipo. Só há dados para a forma física dela.

Talvez eu deva comparar isto a uma folha de papel.

Os da Fohl, Atlas, Kiel e Firo eram coloridos desde o começo. Ainda mais, as deles tinham várias coisas coladas nelas.

Eu não ficaria surpreso em achar vermelho onde eu estava esperando azul.

Mas a folha da Sadina é a de uma demi-humana branca-pura.

A coisa verdadeira… essas são as palavras que eu devia estar usando aqui?

“Você… realmente, o que é você?” (Naofumi)

“Ara? O que você quer dizer por isto?” (Sadina)

“Tem algo diferente sobre você dos outros demi-humanos.” (Naofumi)

“Ah, então é isso. A família da Onee-san, veja só… é uma linhagem sanguínea de longa data com sangue exclusivo. Poderia ser isto? Ah, isso é um segredo, mas Raphtalia-chan é igual.” (Sadina)

“Raphtalia também!?” (Naofumi)

Isso significa… que tipo de existências são demi-humanos? A quantia de mistérios aumenta por um.

… Se eu não entender o conceito, reviver Raphtalia será impossível.

“Mas isto é isto, e aquilo é aquilo.” (Naofumi)

Eu ativo uma modificação dolorosa na Sadina.

Esta é a punição por traição!

Mas como ela é a guardiã da Raphtalia, eu faço ela na casca, dentro do escopo onde eu posso reverter ela ao normal.

Depois que ela perder seu espírito de luta, eu posso implantar um núcleo nela para fazer ela seguir minhas ordens e ter ela lutando os fakes.

“Ara, que estimulante, Naofumi-chan. Oneesan está quase indo…” (Sadina)

“Só quão despreocupada é você!?” (Naofumi)

Eu fiz o suficiente que uma pessoa normal iria desmaiar da dor, mas Sadina permanece calma durante o processo.

Para poder preencher o buraco deixado pelo Motoyasu e Fohl, eu tentou fazer alguma recrutamento na vila e várias outras coisas, mas… no quinto dia, Gaelion Verdadeiro me traiu, e com nossas forças aleijadas novamente, nós encaramos ainda outra derrota.

Sadina destrói o núcleo que eu implantei para controlar ela, e ela se junta ao campo da fake.

Do quarto ao sétimo dia, eu encontrei nada além de derrota.

E no oitavo dia.

“Niichan! Nós não podemos segurar eles mais tempo!” (Kiel)

A faker destrói o núcleo da oitava torre, e a barreira cercando o laboratório colapsa por completo.

Eu não tenho tempo para erguer ela mais uma vez.

Eu pensei sobre isto antes, mas como regular o equipamento é difícil, mover a base iria significar abandonar o laboratório.

Eu finalmente fiz a oitava geração da Raça Raph, Raça Tali, Raça Riya, Raça Rafuta e Raça Talia. Mesmo que eu esteja tão perto de reviver Raphtalia.

Se eu trabalhar até o último momento, eu serei incapaz de evitar a morte.

Também… eu já completei minha arma suprema.

… Se em vez de fazer a Raça Raph, eu colocasse minha energia para fazer armas perfeitos de genocídio em massa, então talvez eu teria ganho.

Mas eu eliminei tais pensamentos.

Meu objetivo é conquistar o mundo junto com Raphtalia.

Ela é mais importante que dominação.

Eu não tenho arrependimentos.

“Niichan! Nós precisamos sair daqui rapidamente! Eles estão vindo, todo mundo já foi capturado.” (Kiel)

A fake e os heróis infiltraram o laboratório. Sem um lugar para correr, meus seguidores que arriscaram suas vidas nas linhas de frente foram todos capturados pelos inimigos. Eu vi tudo pelas filmagens daqui.

Eu acho que esta é uma hora tão boa quanto sempre.

“Eu irei com você, então Niichan, nós temos que fugir.” (Kiel)

“Então nós desistimos deste forte para eles… ah certo, Kiel.” (Naofumi)

“O que? Se você não se apressar, nós não conseguiremos ir.” (Kiel)

“Você me disse para fazer uma árvore de crepe antes, certo?” (Naofumi)

Eu entrego uma semente de bioplanta modificada para Kiel.

“Veja, esta aqui é uma semente para uma árvore de crepe. Seu ponto fraco é que ela não tem capacidades reprodutoras. Você não pode fazer mais que uma.” (Naofumi)

“Niichan…” (Kiel)

“Não importa o que aconteça, você tem que sobreviver. Você entendeu isso?” (Naofumi)

“Sim! Eu irei trabalhar duro pelo bem do Niichan!” (Kiel)

Dizendo isso, Kiel corre para fora.

“Naofumi-sama.” (Atlas)

Atlas vem junto com Firo.

“Ah, então são vocês… vão com Kiel para a batalha final. Há ainda coisas que eu preciso fazer.” (Naofumi)

“E quanto ao mestre?” (Firo)

“No caso de vocês perderem, eu irei ativar meu último recurso.” (Naofumi)

Eu aponto para um tanque largo e mostro minha arma final.

“Não é como se eu não tivesse formas de me defender. Lutem sem se preocupar.” (Naofumi)

“Okay, pode deixar.” (Firo)

“Para servir como o escudo do Naofumi-sama, eu irei colocar minha vida nesta luta.” (Atlas)

“Eu deixarei isso com vocês.” (Naofumi)

“Essas palavras sozinhas são motivação suficiente para mim.” (Atlas)

E Atlas e Firo saem.

… Bem, o conceito básico já está acomodado na sétima geração.

Mesmo sem minha inserção, se eu aumentar minha quantia de Sétima Gerações, uma oitava irá nascer.

Não importa quanto tempo leve, eu irei reviver Raphtalia.

Eu não posso dar para ela a habilidade de se transformar, e eu não tenho o tempo agora.

Não, é mais como isto sendo o limite da minha tecnologia…

Com o máximo de tempo que eu tiver, eu preciso aumentar a quantia de Raphs de Sétima Geração o quanto for possível. Então, talvez, Raphtalia irá um dia ser revivida.

A probabilidade é baixa, mas o atual eu não tem outra opção.

A batalha final começa.


Tradução: Thyros



  1.  Irmã na Lei, não é o jeito mais bonito de falar, mas enfim.
  2. Power-up, isso dói de traduzir, mas…
  3. Eu odeio admitir, mas eu adoraria ver a Firo assim lutando.
  4. Kogaelion = Gaelion criança.

Fontes
Cores