TYN – Capítulo 280 – Experimentação Humana



“Ara-?” (Sadina)

O lugar que eu especifiquei para a fortaleza ir era a Base Secreta da Sadina.

Abaixo, eu vejo Sadina acenando sua mão para mim.

“Hmm? Mestre, nós já estamos saindo?” (Firo)

“É, a eficiência de combustível do Modo Castelo Voador é realmente ruim, então nós não podemos voar por longos períodos de tempo.” (Naofumi)

Eu troco de volta para modo Laboratório. A Planta Castelo estende suas raízes fundo no subsolo e começa a recarregar.

Eu ainda tenho muito o que fazer.

Eu irei precisar juntar o máximo de energia que eu puder.

“O que há, Naofumi-chan? Você fez uma bela de uma grande entrada.” (Sadina)

“Fumu, eu acredito que você era a guardiã da Raphtalia, certo?” (Naofumi)

“Não, nesse momento é o Naofumi-chan.” (Sadina)

“Ela era uma fake. Ela pisoteou nos meus ideais.” (Naofumi)

Eu explico os eventos que acabaram de ser ocorridos para Sadina.

E Sadina pisca rapidamente em surpresa.

“… Ara… Isso é o que…” (Sadina)

Ela acena com uma expressão indiferente.

“Que tipo de guardiã é você? Você nem pode dizer a diferença entre a coisa real e uma fake.” (Naofumi)

“Para ter enganado Onee-san, aquela deve ter sido uma bela fake…” (Sadina)

“É!” (Naofumi)

Que protetora inútil!

Quão estúpida é ela, para não notar que ela estava protegendo a pessoa errada.

“Mestre, o que você irá fazer de agora em diante?” (Firo)

“Você está indo para dominação mundial, certo? Que país nós derrubaremos primeiro?” (Atlas)

“Ainda não!” (Naofumi)

Como se eu pudesse invadir quando eu não tenho um bom entendimento das minhas próprias forças ainda.

Ainda mais, se Raphtalia não está aqui, não há motivo em eu governar este mundo em primeiro lugar.

Isso significa que tem uma coisa que eu preciso fazer.

Dentro da Planta Castelo, eu devo conduzir modificações maiores.

Eu ordeno ela para procurar por inimigos.

Eu aumento a saída de energia ao máximo.

Eu não preciso considerar as consequências. Só uma vez é o suficiente.

As luzes internas da Planta Castelo piscam no que a saída de energia aumenta mais alto e mais alto.

“Mah!?”

“O-o que é isso?”

Começando com as pessoas na Planta Castelo, então as pessoas do mundo. Toda forma de vida no planeta sentiu, por um único momento, o sentimento de alguma magia passando através de seus corpos. O mundo inteiro virou sua cabeça para o estranho fenômeno.

Mas no máximo, as pessoas iriam pensar nisso como parte de suas imaginações, ou algum terremoto pequeno.

Do poder liberado pela planta, eu pude sentir a localização de todos e cada um dos meus escravos.

“Bom!” (Naofumi)

A pessoa que eu quero achar. Há somente uma dela no mundo.

Onde está Raphtalia?

Claro, eu não me refiro àquela fake. Onde está a Raphtalia real?

Por este motivo, eu uso o cabelo dela que eu havia alimentado no Escudo para designar ela como um alvo de buscas.

A placa de pedra na minha frente mostra as palavras, ‘Busca em progresso’. O sistema computa a larga quantia de dados em alta velocidade.

… Busca completada. Resultados…

“O que?” (Naofumi)

Eu não posso fazer nada. Eu estou numa perda de palavras.

1 Correspondente.

Quando eu excitadamente trouxe a localização, eu vi que era apenas aquela fake.

Isso não pode ser… isso significa então que a real já se foi deste mundo…

Absurdo! Minha Raphtalia nunca seria morta tão facilmente.

Mas, eu tenho que olhar para a verdade diante de mim.

Não há como o sistema que eu fiz mentir para mim.

“U… uu…” (Naofumi)

Desespero extremo obnubila meu coração. Parece que eu estou sendo estrangulado.

“Mestre, você está chorando. Você está bem?” (Firo)

“Niichan, alguma coisa triste aconteceu?” (Kiel)

“Naofumi-sama…? Por favor pare de chorar. Se tem algo que eu possa fazer para parar suas lágrimas, por favor me conte. Eu farei qualquer coisa.” (Atlas)

“Atlas! Não diga coisas como essa. E esse cara! Ele está realente chorando! Elas são lágimas reais.” (Fohl)

Quão calmas estas pessoas são.

Mesmo quando Raphtalia não está mais neste mundo!

Se esta é a verdade então por qual propósito eu estou vivendo neste mundo…!?

De qualquer forma, quando Raphtalia foi morta?

Eu não consigo me lembrar de nada do tipo.

Foi quando ela estava fora treinando? Ou depois que ela retornou?

A fake fez um bom trabalho em fazer o papel. Ela deve ter investigado minunciosamente Raphtalia.

Isso significa que o jeito mais rápido de descobrir seria capturar ela e torturar ela para remover a informação.

… Não, se Raphtalia não está aqui, então não há sentido em primeiro lugar.

Certo.

Se Raphtalia se foi, então eu só tenho que reviver ela.

Mas como eu não tenho ideia sobre onde ou como ela morreu, eu não tenho como achar os restos dela.

O que eu devo fazer?

“Naofumi-chan, o que aconteceu? Você estava apenas chorando, então você fez uma expressão séria, e dali em diante, várias emoções estiveram passando pela sua cara.” (Sadina)

“… Se eu recrear ela através de um Homunculus… não, isso seria só fazer uma fake como aquela outra.” (Naofumi)

É, aquela fake é definitivamente um Homunculus na forma da Raphtalia.

Pela informação que o Escudo introduziu em mim, eu sei os funcionamentos dos Humunculi. (NT: Regra rápida de latim – palavras no singular que terminam em ‘-us’, no plural terminam em “-i”)

Um Homunculus é capaz de perfeitamente imitar uma pessoa, mas para eles terem uma vida prolongada, eles devem passar por constante manutenção. Mesmo com isso, é difícil para eles viverem muito tempo.

Eu não posso chamar algo assim de viver.

Eu irei precisar trazer Raphtalia de volta num jeito diferente.

Eu percebo que essa afirmação parece muito vaga, mas para o atual eu, nada é impossível.

Okay. Vamos fazer reviver Raphtalia o primeiro passo para minha Dominação Mundial.

Eu também tenho que fortalecer essas pessoas que escolheram ser meus subordinados.

No que eu estava pensando isso, a Planta Castelo, que tinha acabado de se recuperar do superaquecimento causado por minhas ordens, começou a soltar um alarme.

Eu imediatamente coloquei minha mão no painel de pedra usado para administração.

Uma imagem de bem longe é mostrada na tela.

“Wah, incrível!” (Firo)

“O que está acontecendo agora, Naofumi-sama?” (Atlas)

Isto é porque Atlas não consegue ver.

Ela não pode ver a imagem mostrada.

“Fumu, aquela fake tomou os Heróis, e eles estão vindo aqui montados no Gaelion.” (Naofumi)

Neste ritmo, eles irão chegar aqui num estalar de dedos.

Meu Castelo ainda está sob construção.

Como está agora, eles devem ser capazes de derrubar ele do céu facilmente.

“O que devemos fazer?” (Atlas)

“Sem problemas. Eu esperava isso, então eu já preparei contra-medidas.” (Naofumi)

Eu insiro comandos para a pedra.

A Fake está voando direto para nós acima do Gaelion.

Som também passa, então eu posso ouvir a conversa deles.

“O que é aquele prédio!?” (Ren)

“Uma estrutura com uma forma como uma caveira está cobrindo a ilha…” (Itsuki)

“KYUA!” (Gaelion)

“Pelo amor de… vamos só capturar Naofumi-sama rapidamente e devolver ele aos seus sentidos.” (Raphtalia)

“É…” (Rishia)

Como se isso fosse acontecer.

Naquele momento, meu comando ativa, e as sementes que eu espalhei no caminho para cá germinaram. Elas rapidamente explodiram para fora do oceano. A parente da Planta Castelo, a Planta Torre.

“O-o que são isso!?” (Raphtalia)

Gaelion concentra no que ele evita as torres ascendentes.

É como uma cena de um filme de ação.

Mas não é como se as torres são o suficiente para espantá-los. Gaelion e a Fake não são tão moles assim.

Gaelion continua voando.

Sem chance disso ser tudo que eles possuem.

As coberturas das recém crescidas torres começam a brilhar, e junto com o Laboratório de Pesquisa, elas erguem uma barreira.

Claro, o centro é o laboratório.

Com o laboratório no centro, uma barreira poderosa é formada no formato de um domo enquanto as torres agem como paredes protetoras em volta da base.

“O-o que!?” (Raphtalia)

Gaelion não tem tempo de esquivar. Ele bate direto na barreira e é atordoado por um momento.

No próximo instante, a barreira repele ele, e ele é enviado voando enquanto fazendo revoluções no ar.

“KYAAAAAAAA-…” (Raphtalia)

“UWAAAAAAH-…” (Ren)

A fake e seus Heróis Fakes soltam sons idiotas no que eles são enviados voando embora. A cena é bem humorosa aos meus olhos. (NT: Já que a palavra chave daqui é ‘fake’, não vou traduzir ela durante este arco)

“Então agora, com isso, aqueles fakes não serão capazes de se aproximar por um tempo. Não devemos fazer preparações enquanto eles estão longe?” (Naofumi)

“O que seria isto?” (Sadina)

Sadina pergunta enquanto assiste a tela.

Fumu, eu acho que eu tenho que oferecer uma explicação.

“Ah, isso é uma barreira de longo-termo conectada ao meu escudo. Sua origem é baseada na minha Prisão de Escudo e Escudo Meteoro!” (Naofumi)

Dependendo do meu próprio poder, esta quantia não é nada.

“… Que conveniente. Isso tem alguma fraqueza?” (Sadina)

“Vejamos. Eu acho que se você destruir todas as Oito Torres que eu ergui, ela irá perder seus efeitos. Armar ela é difícil, então se for quebrada uma vez, eu terei que parar toda atividade nas torres para restaurar ela. Bem, você terá que destruir as torres começando pela primeira indo até a última, então é ao menso bom para atrasar por tempo.” (Naofumi)

“Niichan, isso significa que você quer que a gente defenda as torres, certo?” (Kiel)

“É, proteger elas é um dos deveres de vocês. Mas aqueles fakes incompetentes nunca irão descobrir isso. Porque eu fiz toda e cada torre tendo a mesma aparência externa. Eles nunca serão capazes de descobrir qual é a primeira à tempo.” (Naofumi)

“… Naofumi-sama, você não nos ensinaria a ordem? Quero dizer, nós teremos que defender elas, de qualquer jeito.” (Sadina)

“Esta é número um, esta é número dois…” (Naofumi)

Eu cuidadosamente aponto os números das torres.

O inimigo provavelmente não irá descobrir isso, mas se eles descobrirem, nós teremos que defender elas naquela ordem.

“Ren-chan e Itsuki-chan estão lá também, certo? Eles não serão capazes de quebrar a barreira?” (Sadina)

“Eu garanto a força da barreira. Ainda mais, se ela realmente quebrar, enquanto as torres estiverem lá, eu posso aplicar ela de novo instantaneamente. Eles nunca serão capazes de ultrapassar apenas com os poderes daqueles Heróis.” (Naofumi)

“Então nós não podemos sair também? Isso é um pouco problemático.” (Sadina)

“Sem problema. Ela usa o mesmo conceito que meu Escudo Meteoro. Aqueles que eu dou permissão podem sair e entrar livremente. Defenda os mares como você bem quiser.” (Naofumi)

No momento, é problemático manter ativa. Mas não tem como eles perfurarem minhas defesas absolutas.

Nós nem somos aqueles na defensiva aqui. Nós somos os atacantes.

Pisotear os inimigos perante nós será meu primeiro passo para Dominação Mundial.

Mas há algo que eu preciso fazer primeiro.

“Wow, incrível.” (Sadina)

“Como esperado do Naofumi-sama.” (Atlas)

“Mestre é incrí~vel.” (Firo)

“Sogro! Bom trabalho.” (Motoyasu)

“I-isso é incrível? Eu não realmente entendi o que está… Atlas, você realmente planeja seguir aquele homem? Eu só consigo ver ele como um completo vilão no momento.” (Fohl)

Todos cantam elogios à mim.

Claro que eu sou incrível. Mas ter eles dizendo isso me deixa feliz.

“Hahaha, me elogiem mais!” (Naofumi)

“Não tem algo errado aqui?” (Midori)

“Certo, o dono daquela puta definitivamente tem um parafuso solto.” (Kuu)

“É, mas isso não muda o que nós estaremos fazendo.” (Marin)

“E espera, eu acho que essa é a primeira vez que eu vejo ele sorrindo…” (Midori)

“Ele sempre teve uma expressão entediada no rosto dele.” (Kuu)

“Não importa como eu olhe para isto, ele está se achando demais.” (Marin)

As três do Motoyasu conversam entre si.

Como se eu me importasse.

“Niichan, Niichan! O que você vai fazer agora?” (Kiel)

“Primeiro, eu irei confirmar nossas forças! Todo mundo, juntem-se!” (Naofumi)

“OKAY!” (Todos)

Os escravos e os monstros de reúnem pela minha ordem.

Fumu… é cerca de metade da minha vila.

Ah, certo. Devo usar a marca de escravo para acabar com aquela garota que pensou que ela poderia tomar o lugar da Raphtalia?

Eu abro a tela dela, mas talvez um erro tenha ocorrido. Está com muita estática, e eu não posso dar a ordem.

Eu não posso usar a marca de escravo. Que problemático.

Não há escolha. Eu deixarei a eliminação daquela fake para mais tarde… espera.

Eu notei algo.

“Firo, você não tem muitos seguidores.” (Naofumi)

Apenas cerca de um quinto dos Philorials seguiram.

Isso é pouco demais.

“Motoyasu, você também.” (Naofumi)

“Nem todo mundo estava lá para nos seguir! Havia muito pouco tempo, então eu terei que ir pegar eles mais tarde.” (Motoyasu)

“Eu deixarei isso com você. Ainda assim, com ambos Firo e Motoyasu aqui, por que há tão poucos?” (Naofumi)

“Bom, veja só, Piyo-chan ficou no caminho da Firo e não seguiu mestre.” (Firo)

“Piyo-chan?” (Naofumi)

“O primeiro seguidor da Firo.” (Firo)

Ah, seguidor número um. Ele tinha um nome desses?

Aquele maldito traidor!

Mesmo quando ele é um faker ele mesmo, ele escolheu seguir aquela fake. Que tolice. (NT: Termo usado para Piyo foi Burikko, que é uma forma de falar aquelas pessoas que mudam o jeito de falar/agir/vestir para parecerem mais fofas e tal)

Eu terei que lidar com ele pessoalmente.

“Também, há alguns precisando de cuidados médicos dentro do laboratório.” (Firo)

“Entendo… então eu terei que ir perguntar para aqueles primeiro. Todo o resto, ao trabalho.” (Naofumi)

“Entendido.”

“No que nós iremos trabalhar, Niichan? Vendas?” (Kiel)

“Errado. Em outros quartos, você irá achar pedras brilhantes. Apenas descanse perto delas. Elas irão automaticamente recuperar sua magia.” (Naofumi)

“Pode deixar, Niichan!” (Kiel)

Kiel sai, e os outros Monstros e Escravos seguem.

As pessoas que sobraram são Atlas, Fohl, Firo e Sadina.

Nós seguimos para a divisão médica do laboratório.

“Uu…”

“Não se aproxime… vá embora…”

Há crianças demi-humanas passando por tratamento lá.

Rat e o pessoal médico deviam estar cuidado das feridas deles, mas… não parece que eles estão indo bem.

Há escravos curvados nos cantos, e um escravo está tremendo com uma expressão vazia.

Até que alguns deles parecem a beira de colapsar.

Eu sei, porque eu visitei esta sala bem frequentemente.

Remédio Yggrasil é para todo propósito, mas eu restringi o uso para prevenir que se viciem.

O uso exagerado de Yggdrasil irá afetar a vida deles, então eu limitei ele.

Mas ainda, nós demos para eles um pouco, então eles estão ao menos vivos.

Nós iremos precisar tratar deles um pouco de cada vez. A saúde mental deles também precisa ser cuidada. Por sorte, eles começaram a confiar em mim e na Rat.

“Firo não gosta deste lugar… ela realmente não gosta…” (Firo)

Firo murmura para ela mesma.

Sim, se você tem uma mente saudável, você não iria querer gastar um longo tempo aqui.

“Toda vez, eu sinto um Chi triste daqui. Como se ele fosse sair à qualquer segundo.” (Atlas)

“…” (Fohl)

Fohl olha para os escravos na sala. Ele tem uma expressão triste no seu rosto, mas ele não diz nada.

É porque a Atlas do passado estava num estado parecido.

“Então agora, todos vocês.” (Naofumi)

Eu ergo minha voz para os escravos passando por tratamento.

“KYAAAAAAAA!”

Um deles grita em resposta à minha voz. Isso acontece toda vez que eu venho aqui. Eu estou acostumado com isso.

Eventualmente, a voz do escravo some.

Várias drogas foram envoltas em metade do corpo do escravo, e seus olhos cresceram anormalmente grandes. Talvez eu deva dizer que ele se tornou como um monstro.

Ele está gradualmente recuperando, mas é pensamento extremamente otimista acreditar que o poder do meu Escudo irá conceder uma recuperação completa.

“Você se acalmou? Então agora, você quer me seguir? Ou você quer apodrecer aqui?” (Naofumi)

“…” (Escravo)

Não há resposta. O escravo encara vazio para o céu com olhos preenchidos por insanidade.

Fumu… isso é problemático.

Eu ativo meus poderes de Experimentação Humana e Manipulação de Genes, e uso isso no escravo diante de mim.

Meu objetivo é tratar a distorção ao melhor da minha habilidade.

Do meu Escudo, um padrão de fórmulas azuis claras e letras voam. Elas se enrolam em volta do escravo.

“!?” (Escravo)

Sem nenhum jeito de escapar, o escravo treme violentamente. Ele tenta soltar um grito, mas nenhum som escapa seus lábios.

Os outros escravos recuam para mais fundo nos seus cantos no que eles olham para a cena.

Talvez eles acreditem que esta seja a hora que eles serão eliminados.

Eventualmente, os padrões brilham mais claros, e… o tratamento acaba.

“Ah…” (Escravo)

O escravo que passou por tratamento pisca no que me encara.

“Como você se sente?” (Naofumi)

“Não dói. Eu não estou em dor… minha consciência não parece mais fraca.” (Escravo)

“Entendo.” (Naofumi)

“Eu acho que você era… a pessoa que ocasionalmente veio para nos dar remédio. Você me salvou também?” (Escravo)

“É, agora você está definitivamente de volta ao normal. Se você quiser, tente correr por aí lá fora. Firo, brinque com ele um pouco.” (Naofumi)

“É!” (Firo)

“Obrigado!” (Escravo)

O escravo abaixa sua cabeça para mim.

E acompanhado pela Firo, ele vai para fora e retorna um pouco mais tarde.

“É verdade. Novamente, muito obrigado.” (Escravo)

“Então agora, me deixe lhe perguntar mais uma vez.” (Naofumi)

“O que é?” (Escravo)

“Você será meu aliado, e me emprestará seu poder para que eu possa construir meu novo mundo? Ou você irá tolamente se opor à mim, e se juntar àqueles idiotas lá fora?” (Naofumi)

“… O que você irá fazer se eu me tornar seu inimigo?” (Escravo)

“Eu irei lhe espantar. Você se tornará parte deste vasto mundo. Mas isso aplica para todo mundo lá: se você me atacar, sua vida será uma curta. Lá fora, você pode ir para onde quer que você queira. Eu irei até desfazer sua marca de escravo.” (Naofumi)

O escravo rumina sobre minhas palavras de novo e de novo…

“Sim. Você é a pessoa que salvou minha vida, então eu desejo repagar o favor no melhor que eu puder. Que tipo de pessoa é você?” (Escravo)

“Quem sou eu, você pergunta? Eu sou-” (Naofumi)

“Naofumi-chan é o Herói do Escudo. O deus de todos demi-humanos.” (Sadina)

“Eh!?” (Escravo)

Sadina corta minha auto-introdução. Os escravos passando por tratamento estão todos surpresos.

“Eu ouvi sua vontade. Então agora, para o próximo paciente. Eu gostaria ter vocês fora desta instalação e colocá-los para trabalhar já.” (Naofumi)

“E-entendido.” (Escravo)

Desse jeito, eu tratei todos os escravos na instalação e ganhei novos subordinados.

O problema é que todos eles são de level baixo.

Eu irei superar isso com o poder do Escudo de um jeito ou de outro.

Mas tem uma sequência para coisas assim.

Se eu ter o tempo para conceder poder para eles, então há várias coisas que eu tenho que fazer.


Tradução: Thyros



Fontes
Cores