TYN – Capítulo 279 – Fortaleza dos Céus Flutuante



“O qu…” (Naofumi)

O que foi isso!?

Por que Raphtalia está me encarando com tal hostilidade!?

“O que tu estás dizendo, Raphtalia!?” (Naofumi)

“Mesmo que o Naofumi-sama que eu conhecia era um pouco deturbado, ele nunca iria fazer algo assim!” (Raphtalia)

“Eu estou sempre evoluindo. Meus valores meramente foram alterados!” (Naofumi)

“Anda assim, tem um limite para isso. Quem é você?” (Raphtalia)

Ku… por que ela se opõe a mim?

“Ah, Naofumi-sama. Alguma coisa aconteceu?” (Atlas)

Atlas aparece com Fohl.

“Atlas-chan, Naofumi-sama está agindo estranho. Você pode sentir qualquer coisa? Não, ele pode até ser um fake.” (Raphtalia) (NT: Eu ia traduzir para falso, mas acho que isso é mais rápido e prático; eu não sei como está no original, às vezes é isso mesmo)

Raphtalia segura sua raiva no que ela pergunta para Atlas.

Do que tu estás duvidando? O que há de estranho sobre mim?

A estranha é Raphtalia, não é?

Tua Raphtalia nunca iria me negar. (NT: Ele fala isso mesmo, de “sua Raphtalia”, não sei o motivo)

Ela deve aceitar meus novos pensamentos.

“Vejamos…” (Atlas)

Atlas olhou fixadamente para minha face. Apesar que ela não tem a capacidade de ver.

“Tu continuas duvidando de mim!?” (Naofumi)

“Não importa como eu olhe, é estranho, Atlas! Tem alguma coisa errada com ele!” (Raphtalia)

“Ah, não se preocupe. Ele não é nenhum fake.” (Atlas)

“Isso é verdade? Então o que aconteceu com ele!?” (Raphtalia)

Talvez ela ativou alguma Skill de Hengen Musou. Raphtalia me olha.

“Ele parece estar… vestindo uma aura estranha. Aquele escudo é a fonte dela?” (Raphtalia)

“Raphtalia-san.” (Atlas)

“O que é?” (Raphtalia)

“Não há problemas. Não há nada de errado com Naofumi-sama.” (Atlas)

“Mesmo com o jeito que ele está falando!?” (Raphtalia)

“Sim. Eu irei continuar desejando pelo Naofumi-sama não importa o que ele se torne.” (Atlas)

“Isso não significa que você admite que alguma coisa aconteceu com ele!?” (Raphtalia)

Raphtalia e Atlas estão mais acaloradas que o de costume.

Ouvindo a comoção, Ren, Motoyasu, Itsuki, Rishia e outros escravos saem do refeitório e vem aqui.

“O que? O que há?” (Ren)

“É uma luta? Que raro.” (Itsuki)

“Sogro, eu gostaria de falar com você sobre a saúde da minha Firo-tan.” (Motoyasu)

Ren e os outros vem para cá.

“Ora, se não são os pedaços de lixo que se auto-destruíram com seus próprios conhecimentos inúteis. Vós não ficaríeis fora!? (Naofumi) (NT: Eu não coloco minha mão no fogo pela minha conjugação de verbos em segunda pessoa, ainda mais no plural – maior motivo seria escolher o tempo adequado)

“!?”

Os olhos do Ren perdem a cor, e ele olha para Raphtalia.

Ela não é alguém que lixo como você deve colocar seus olhos!

“Fuee… Aconteceu alguma coisa!?” (Rishia)

“Então eu devo ficar fora? Eu sinto que tem algo errado.” (Itsuki)

“Não fuja!” (Rishia)

Eu canso das questões destes tolos.

Mais importantemente, Raphtalia.

Por que Raphtalia me nega!?

“Sogro, o que aconteceu?” (Motoyasu)

“Motoyasu, você cale a boca.” (Naofumi)

“Atlas-chan, você ainda pode dizer as mesmas coisas depois de ver isso?” (Raphtalia)

Ao inquérito da Raphtalia, Atlas acena duas vezes e fala.

“Sim, eu irei declarar isso quantas vezes eu precisar. Não há nada de errado com Naofumi-sama. Você vê algo estranho sobre ele?” (Atlas)

“Claro! Um monte! O que foi aquela linha lá trás!? Ele declarou algo sobre dominação mundial, sabia!” (Raphtalia)

“Então vamos sair para dominar o mundo. Se Naofumi-sama deseja por isso, isso deve ser necessário.” (Atlas)

Atlas me reconhece em minha integridade.

Raphtalia nunca me aceitou cegamente assim, mas ao menos, ela me entendeu.

Então por que é que a Raphtalia diante de meus olhos falha em entender? O que ela não vê?

… É isso!

“Você ali! Você não é uma impostara!?” (Naofumi)

“O que você está dizendo de repente!?” (Raphtalia)

“É verdade, não é? A Raphtalia que eu conheço nunca iria demonstrar animosidade contra mim!” (Naofumi)

“Naofumi-sama, vamos ter uma longa conversa depois que você voltar ao normal. Agora fique parado por um segundo.” (Raphtalia)

Apontando sua lâmina para mim, Raphtalia abaixa sua pose, e prepara seu Chi para usar uma skill de Hengen Musou.

Como eu pensei.

Raphtalia nunca iria apontar sua espada para mim.

Esta deve ser uma assassina enviada pelo Lixo. Este deve ser o plano dele.

“Eu não irei lhe deixar.” (Atlas)

“Atlas-chan, por favor saia da frente.” (Raphtalia)

Atlas joga Fohl no chão, e vai para frente.

A fake e Atlas começam a trocar diálogo.

Naquela hora, Firo apareceu, e falou com um olhar curioso em sua face.

“Onee-chan, qual o problema?” (Firo)

“Firo, não há nada de errado comigo. Naofumi-sama está agindo estranho, então por favor ajude a capturar ele.” (Raphtalia)

“Eh… Mestre parece estar tendo mais diversão que o normal.” (Firo)

“Não há nada de divertido sobre isso! Por favor me ajude! Rápido!” (Raphtalia)

“Firo.” (Naofumi)

Eu chamo pela Firo, e ela enche sua face com algum Fruto de Pão, e se vira para mim.

A chance desta Firo ser uma fake é baixa.

Quero dizer, o fato que ela ainda está comendo o Fruto de Pão que eu fiz aponta para a validação dela.

“O que~?” (Firo)

“Me compre algum tempo por lutar com aquela fake. Eu não quero estar em nenhum lugar próximo de uma faker como aquela.” (Naofumi)

Eu não finalizei preparações para batalha.

Se eu permanecer aqui, eu não sei que tipo de coisas irão acontecer comigo.

Por sorte, eu tinha acabado de completar as modificações para a Semente Kernel no laboratório.

Por hora, ela deve estar respondendo à minha disposição.

“Entendido.” (Firo)

“Firo, por favor saia.” (Raphtalia)

“Não.” (Firo)

“Eu irei lhe ajudar, Firo-chan.” (Altas)

“Yay.” (Firo)

Firo e Atlas vão para as linhas de frente para me defender.

Ao lado da Fake, Ren, Itsuki e Rishia preparam para batalhar.

“Eu não sei o que está acontecendo, mas Naofumi foi devorado por alguma maldição, certo?” (Ren)

“… Se Atlas-chan, que é infinitamente mais perceptível que nós, diz que ele é o Naofumi-sama real, então eu estou certa que este é o caso.” (Raphtalia)

“Mas para o Naofumi ficar assim nessas horas… o que devemos fazer?” (Ren)

“Por hora, vamos parar ele. Nós precisamos fazer ele superar sua maldição.” (Raphtalia)

“É assim que é. Naofumi, eu estou profundamente em débito com você. É por isso que eu irei emprestar meu poder à Raphtalia para devolver você aos seus sentidos.” (Ren)

“Ren… não uma vez, mas duas!? Seu maldito traidor!” (Naofumi)

Eu salvei ele, e dei para ele uma oportunidade de se reabilitar, e ainda ele toma parte com aquela impostora!?

Só quão ingrato esses bastardos são.

“Marquês! O que está acontecendo!?” (Rat)

Parece que Rat ouviu a comoção e veio para cá.

Isso significa que o laboratório de pesquisa está atualmente vazio.

Que descuidado dela.

“Ah, se não é Rat.” (Naofumi)

“Eu não lhe perguntei sobre mim. Eu estou lhe perguntando o que diabos está acontecendo!” (Rat)

“Aquela impostora ali está apontando sua lâmina para mim.” (Naofumi)

“Impostora… não importa como eu olhe para isso, o Marquês é o estranho aqui.” (Rat)

“Hmm… então você estará tomando o lado deles? No fim você é só uma Alquimista incompetente, não é?” (Naofumi)

“Qual é o significado disto. Por que você está dirigindo estas palavras para mim?” (Rat)

“Este é o significado disto.” (Naofumi)

“Mah-” (Rat)

Eu aperto um ícone no escudo, e controlo remotamente as Bioplantas modificadas no Laboratório.

Um som de quebra soa. Usando o poder da terra… a energia do pulso de dragão como comida, o laboratório de pesquisa começa a se mover. Ele se ergue para fora do chão, e começa a flutuar acima de mim.

Como seu tamanho não mudou, é cerca do tamanho de um ginásio.

Uma escada descende de cima.

Eu seguro ela, e ordeno-a para subir.

“Que diabos é aquilo!?” (Rat)

“É minha mais nova Modificação de Bioplanta. A Fortaleza dos Céus, a Planta Castelo!” (Naofumi)

“Oy, oy… Naofumi, você está realmente fazendo isso!?” (Ren)

“É uma fortaleza voadora!” (Itsuki)

“Fuee! O que é aquilo!?” (Rishia)

“Escravos e monstros da vila! Daqui em diante, eu estarei venturando em diante para criar um novo mundo. Aqueles que desejam seguir meu sonho, venham à bordo! Eu irei deixar a escolha para vocês. Se você escolher se tornar meu aliado, eu serei benevolente. Se você desejar seu meu inimigo, eu não terei perdão!” (Naofumi)

Os escravos cada se viram entre si, e começam a falar. O ar é preenchido com barulho.

O que há para se hesitar?

Nós estaremos eliminando os fakes, e os traidores que seguem eles. Nós estaremos reconstruindo o mundo.

“Todo mundo, devido à alguma influência estranha, Naofumi-sama ficou estranho. Não sejam coagidos pelas palavras doces dele.” (Raphtalia)

A fake sem vergonha faz um ato como da Raphtalia para incitar os escravos.

É inútil.

Olhe para realidade.

“Niichan! Eu irei lhe seguir!” (Kiel)

“Uwah! Kiel, pare!” (Ren)

“Kiel-kun!” (Raphtalia)

Kiel muda para a forma de filhote dela, derruba Ren e segura a espada.

Receber um ataque da Kiel, que ele pensou que ela era uma aliada, parece ter grandemente confundido Ren.

“Inimigo da Firo-tan é nosso inimigo também.” (Motoyasu)

Motoyasu está se aliando com nosso acampamento, parece.

Ele pode ter alguns problemas com sua mente, mas a habilidade dele é certa.

Eu irei usar quem quer que eu possa.

“A-Atlas! Uwa! Par! Uwaaaaah!” (Fohl)

Fohl começa a correr. Ele estica sua mão.

Bem, enquanto Atlas estives deste lado, ele irá escutar minhas ordens.

Eu irei trazer ele junto.

Motoyasu mantém fora Itsuki e Rishia. O grupo faku não consegue lançar nenhum largo.

Enquanto ele manteve eles fora, os monstros estavam erguendo suas vozes em aprovação, então eu ordenei a Bioplanta resgatar eles. (NT: Não no sentido de salvar, mas no sentido de pegar mesmo)

… Gaelion veio voando para cá. Taniko está nas costas dele.

“KYUA!?” (Gaelion)

“O que está acontecendo dessa vez?” (Taniko)

“Naofumi-sama se tornou estranho devido à uma maldição.” (Raphtalia)

“De novo?” (Taniko)

KYUAAAAAAA!” (Gaelion)

Gaelion muda para sua forma pequena, e voa até mim.

Bom. Eu irei lhe conceder as modificações que você sempre desejou.

É o que eu pensei, mas.

“Não.” (Taniko)

Taniko segura a cauda dele para pará-lo.

“O que você planeja fazer por seguir aquele Herói do Escudo?” (Taniko)

“Ele quer se tornar forte. Natureza tem seus limites. Ele não se tornará forte como ele está no momento. Como ele deseja, eu irei fazê-lo o mais forte, então não fique no caminho dele!” (Naofumi)

“Não vai rolar! Nada de bom irá vir de mandar ele para você do jeito que você está agora.” (Taniko)

“Hmph. Eu pensei que eu iria lhe usar como uma substituta para Rat. Que tolice.” (Naofumi)

Então agora. Cada escravo decidiu quem irá seguir.

“Daqui em diante, nós iremos nos mover para uma localização adequada para dominação mundial. Adeus, impostora. Como você ousa imitar minha Raphtalia. Eventualmente a que é real irá aparecer, e você terá sua punição devida. Melhor você estar preparada para isto.” (Naofumi)

“Como se eu fosse deixar isso acontecer!” (Raphtalia)

A fake brande sua espada, e pula em minha direção.

Ora, ora, ora. Ao menos a resistência desta fake é de primeira classe.

“Eu não irei permitir isso!” (Atlas)

“Onee-chan, não fique no caminho!” (Firo)

Atlas e Firo trabalham juntas para bloquear a espada dela. Firo chuta ela para longe.

“Kya!” (Raphtalia)

Isso aconteceu no meio do ar. Eu imediatamente usei vinhas da Planta Castelo para envolver Atlas e Firo para recuperá-las.

Este tanto de distância é o suficiente.

Eu terei que preparar magia e skills para interceptar eles.

“Adeus!” (Naofumi)

Eu ordeno a Planta Castelo, e ela libera uma tela de fumaça para escapar, e uma simples interferência mágica para prevenir contra ataques. Eu me preocupo sobre a consumação de combustível no que eu conjuro uma barreira também, só por precaução.

Ao mesmo tempo que a tela de fumaça é liberada, o castelo começa a mover para sua escapada.

“Ah, espere! Ku… fumaça!” (Raphtalia)

“Se eu atirar para derrubar, a Fortaleza Flutuante irá cair no chão, e as pessoas à bordo irão levar danos pesados. Você quer que eu derrube atirando?” (Itsuki)

“Você não pode, Itsuki-sama! Se você fizer algo assim…” (Rishia)

“Entendido.” (Itsuki)

Fufufu. A fake e seus inúteis Heróis nos observam indo embora com expressões sombrias.

A faker estende sua mão em minha direção.

“Naofumi-sama—-!” (Raphtalia)

Eu não tenho nada para ofecerer à uma fake.

Se eu tivesse tempo para olhar para aquele pedaço de lixo, eu gastaria ele procurando pela verdadeira.

Seguindo minhas ordens, a Planta Castelo segue para acima do oceano. Ninguém mais pode nos seguir.


Tradução: Thyros



Fontes
Cores