TYN – Capítulo 162 – Philorials e Dragões



Seguindo a Knight Feminina, eu deixei os escravos com eles mesmos e prossegui em direção ao Armazém da Vila.

E lá eu achei Rato com seus braços cruzados e uma expressão desagradável no seu rosto.

Contrastantemente, os olhos da Taniko brilhavam. Ambas estavam me esperando.

“Pelo que vocês me chamaram?” (Naofumi)

“Primeiro, olhe dentro do armazém.” (Knight Feminina)

Eu lentamente abro a porta e espio dentro.

Dentro há… várias armaduras e materiais. Também há ovos de monstros.

Hm? Não devia ter nenhum aqui.

“Você usou meu dinheiro para comprar essas coisas?” (Naofumi)

“Não, eles foram enviados num pacote encaminhado para você.” (Knight Feminina)

“O que?” (Naofumi)

Dentro do armazém, eu vejo uma caixa de madeira aberta.

As palavras, ‘Para o Herói do Escudo, por favor dê esses presentes para os escravos abençoados com azar’ estão escritos no lado numa letra de mão horrível.

“…?” (Naofumi)

“Eles parecem ser algum tipo de doação. Há algumas armaduras fortes misturadas com as que foram enviadas e algumas ervas, joias e lenhas enviadas são meio raras.” (Knight Feminina)

“A razão que Rato e Taniko estão aqui são pelos ovos, certo… quem foi? Quem enviou eles?” (Naofumi)

“… Eu consegui eles da Rainha quando eu fui para dar meu relatório. Eles foram deixados anonimamente, mas são provavelmente de Schild Welt ou Schild Frieden. Baseado na letra de mão e tinta usada, esse é mais provavelmente o caso.” (Knight Feminina)

“Não tem problema eu pegar eles?” (Naofumi)

“Todos os itens enviados são impossíveis de rastrear. Até as inscrições das armaduras foram destruídas. Mesmo que nós achemos o remente, será impossível de confirmar isso.” (Knight Feminina)

É isso, não é. Alguém de alto escalão me enviou eles para conseguir meu favor

Não importa quem enviou isso. Só o fato que eu recebi um presente mostra que o país deles favoreceu o herói.

Um longo tempo atrás, o editor irritado de um certo deus do mangá ficou cansado das pegadinhas maldosas do filho do deus e finalmente jogou ele no lago do jardim.

Depois disso, o editor honestamente disse o que ele fez, e isso se tornou algo de que ele podia se gabar.

A verdade é incerta, mas há uma grande probabilidade que algo assim realmente aconteceu. (NT: Nem ideia, pesquisei e não achei nada)

Não importa quem enviou o presente. Agora qualquer um pode se gabar e se chamar um benfeitor do Herói do Escudo.

“Eles realmente enviaram algumas coisas problemáticas.” (Knight Feminina)

“É, e o que são aqueles ovos?” (Naofumi)

“Eles são uma grande variedade desde comuns Usapirus até raros monstros de temporadas.” (Knight Feminina)

Então os conteúdos já foram inspecionados.

Mas Rato está agindo estranha. Ela está realmente brava.

“E o problema é aquele ali. O enorme ovo no fundo.” (Knight Feminina)

Tem um ovo excepcionalmente grande no canto do fundo do armazém.

O que poderia ser isso? Poderia ser um monstro no mesmo nível da Tartaruga Espiritual?

“O que é isso?” (Naofumi)

“É um ovo de dragão voador. É supostamente uma espécie gentil, confiável e cara.” (Knight Feminina)

É, eles realmente enviaram algo problemático para cá.

Apesar de eu não saber o motivo, Rato odeia dragões.

“Para um dragão viver nesta vila… que maravilhoso!” (Taniko)

Taniko parece muito excitada.

O que há com ela? Ela é o oposto da Rato?

“O que devemos fazer? O remetente é desconhecido, mas devemos tentar achar eles e devolver isso?” (Knight Feminina)

“Mesmo que você diga isso… eu nunca pensei que nós estaríamos tão preocupados com um presente.” (Naofumi)

Eu estou de algum jeito preocupado pelo fato que alguém me mandou bens caros. Alguém pode tentar tomar vantagem de mim com eles mais tarde.

Mas devolver eles parece impossível, então eu só posso aceitar eles.

Se algo ruim vir disso, nós só precisamos estar prontos.

Se o pacote é realmente de Schild Welt, então é mais provável uma doação honesto ao Herói do Escudo.

“Por hora, vamos aceitar eles. Se alguém vier pedir eles mais tarde, então ignore eles. A propósito, nós seremos capazes de colocar uma marca de monstro no Dragão Voador?” (Naofumi)

“Nós vamos precisar de um nível mais alto de selo para isso. Mas o remetente gentilmente forneceu as ferramentas necessárias para o ritual com os ovos, então… se o Conde desejar por isso, então eu posso colocar um selo em todos esses monstros.” (Rato)

“Hey, por que você odeia tanto Dragões?” (Naofumi)

“Ah, eu ainda não te contei.” (Rato)

Rato encara com raiva para Taniko e começa a falar.

“Dragões de level alto, sabe. Quando eles entram no cio, eles perdem todo controle próprio.” (Rato)

“Espera, o que?” (Naofumi)

“Você não sabe? Maioria dos dragões começam a corromper a terra onde eles vivem. Seu lares sempre são meio perigosos.” (Rato)

“É assim que é?” (Naofumi)

O único dragão que eu conheço é… o dragão que Ren derrotou.

Lá a maldição do dragão causou uma praga.

Era definitivamente uma área contaminada.

“Dragões, sabe. Quando eles perdem o controle próprio, eles irão tentar violar monstros de diferentes espécies. É por isso que na terra onde dragões vivem, muitos monstros estilo dragões acabam nascendo.” (Rato)

“Esse é um tópico meio perigoso.” (Naofumi)

Muitos jogos de fantasia possuem raças meio-dragões, mas é essa a causa?

“Bem, eles de fato pegam a cortesia de estabelecer um território e nunca deixar ele, mas a razão que eu odeio eles é porque eles podem facilmente ferrar um ecossistema. A propósito, Dragões Voadores são uma mistura entre um Dragão e algum outro monstro fraco.” (Rato)

Fumu… então é assim que é.

“O maior problema são os dragões de raça. Eles realmente, absolutamente não possuem distinção, e irão até violar mulheres humanas.” (Rato)

Parece que isso é uma espécie problemática.

Hm? Taniko está nos encarando?

“Eles tem dignidade sim!” (Taniko)

Por que você está ficando brava? Ela está agindo como alguém diretamente relacionada com o tópico.

Toda vez que um monstro aparece, essa garota começa a gritar.

Ela toma turnos com Rato cuidando dos vários monstros.

“Já tem uma raça de Demi-Humanos Dragões. Os Dragonewts.” (Rato) (NT: Eu não consegui achar uma tradução para isso, e aparentemente alguns jogos usam essa nomenclatura para criautras; ‘Dragoscidos’ seria meu chute, por ser ‘dragões + nascidos’, mas enfim…)

Eu acho que eu ouvi algo sobre Demi-Humanos Dragões antes.

“Claro. Mesmo que dragões não estejam no cio, aquela raça irá continuar à existir, e eles são pessoas bem dóceis. Mas as únicas que podem aguentar a luxúria de um Dragão são as Philorials.” (Rato)

“É mesmo?” (Naofumi)

“Sim, as Philorials frequentemente estão em guerras de território com os dragões.” (Rato)

… Firo apareceu na minha mente.

Aquele pássaro demônio guloso não parece ser uma raça de tão alto nível para mim.

“E porque aquele ovo contém um Dragão, você irá odiar ele?” (Naofumi)

“É, meio. Eu acredito que o selo de monstro tem uma opção que controla luxúria sexual, então tenha certeza de marcar aquele item. Ou então a população de monstro dessa área será corrompida.” (Rato)

O que é esse sentimento?

Nos jogos de caça que eu joguei antes, eu tive que caçar dragões algumas vezes. Pela quantia de crianças que eles tinham, eu sempre imaginei porque eles não simplesmente eliminaram a humanidade de logo.

“O Imperador Dragão-sama não irá permitir tal comportamento!” (Taniko)

Taniko diz.

Esse é um nome que soa bem poderoso.

Por que ela tem tanto conhecimento sobre assuntos de monstros?

Foi só assim que ela foi criada? Eu não me importo o suficiente para perguntar.

“Sim, sim. O lendário Rei dos Dragões. Eu acredito que ele estava em guerra com a Rainha Philorial.” (Rato)

“Tem uma lenda assim?” (Naofumi)

“É só uma lenda. A existência de ambos são sujeitas à dúvida.” (Rato)

… Bem, eu encontrei um deles antes.

Mas uma discussão irá rolar se eu trazer isso aqui.

De qualquer jeito, eu assumo que a história é algo entre as linhas do Lendário Rei Dragão ameaçando as vidas de muitos civis e a Sagrada Rainha Philorial espantando ele.

Ou algo sobre como os dois lados estavam em guerra um com o outro.

“Mas… se eles possuem tal capacidade reprodutiva, por que eu nunca encontrei um vivo?” (Naofumi)

“Eles normalmente vivem em áreas remotas. O Conde alguma vez já foi tão longe?” (Rato)

Eu só usei as estradas mercantis para vender e viajar… eu quase nunca entrei cavernas ou montanhas.

Então é por isso…

“Então é por isso.” (Naofumi)

“Eles basicamente ficam nos seus territórios. Se você não tentar expandir uma estadia no dito território, você provavelmente não irá encontrar um.” (Rato)

“Entendo. De qualquer jeito, eu tenho uma regra de usar o que eu posso, então eu irei manter e criar o dragão.” (Naofumi)

“Tenha certeza de ser estrito com ele. Eu não quero me tornar parte do Harém de um Dragão” (Rato)

“Sim, sim.” (Naofumi)

Enquanto ele tiver um selo de monstro, eu devo ser capaz de cuidar. Se qualquer coisa ruim acontecer, eu posso alimentar ele para a Firo.

Como se ela pudesse ler minha mente, o olhar da Taniko se intensifica.

“Não abra suas pernas para um dragão recém-chocado.” (Rato)

“E-eu não irei abrir minhas pernas para ninguém!” (Taniko) (NT: Esse é o texto original, o Yoraikun tentou deixar mais bonitinho para preservar a criança inocente, mas… isso é combina mais com a Rato)

O que ela está dizendo?

“Por favor pare com sua conversa vulgar.” (Naofumi)

Rato solta um suspiro.

Knight Feminina… está nos encarando com uma expressão impressionada.

“Treinar um dragão voador é difícil. Pessoas que conseguem isso são chamadas de Knights Dragão.” (Knight Feminina)

“Ah, eu lembro de ter visto alguns quando nós lutávamos com a Tartaruga Espiritual.” (Naofumi)

Só que eles não realmente ajudaram.

Maioria deles caíram no chão gritando depois de levar ataques dos servos da Tartaruga Espiritual.

“Tem o perigo de cair deles. E os dragões em si não são particularmente fortes.” (Rato)

“Entendo, bem criar ele não deve ser tão difícil.” (Naofumi)

“Eu não sei o que irá acontecer se o Conde criar ele. Ele pode acabar como sua Philorial.” (Rato)

“Mu… você está certa. Eu serei cuidadoso.” (Naofumi)

E então foi decidido que nós iremos manter o Ovo de Dragão Voador.

Mas parece que ele irá levar um tempo para chocar. Eu tenho que pessoalmente prender ele com meu sangue.

Rato volta para seu laboratório com uma expressão desapontada.

A pesquisa de Bioplanta continuou, e parece que Rato finalmente completou um protótipo que pode crescer ervas medicinais. Contudo neste momento ela só pode produzir ervas que podem ser achadas em qualquer lugar ao lado da estrada. Mas ainda, a pesquisa progrediu.

“Por que eu tenho que carregar por aí o ovo!” (Naofumi)

Por alguma razão, eu recebi a tarefa de manter o ovo de Dragão Voador quente.

Assim que ela me viu, Kiel caiu na risada.

“Se você não fizer isso, você não será capaz de se marcar como o pai. Se você não começar com isso, ele pode ignorar seus comandos mais tarde!” (Rato)

Rato parece de saco cheio.

Os Dragões Voadores são realmente tão problemáticos assim de se lidar? Eu já lamento minha decisão de criar ele.

“É assim que é?” (Naofumi)

“Sim! Eu por acaso sou uma expert no assunto, então confie em mim.” (Rato)

“Eu estou tendo dificuldades em acreditar porque é você que está dizendo isso…” (Naofumi)

“O que foi isso?” (Rato)

“Entendido. Eu não disse nada.” (Naofumi)

Isso é um saco.

“AHAHAHAHAHAHAHA! Naofumi, o que você está fazendo?” (Melty)

Melty aparece, andando na Firo. Ela aponta seu dedo para mim e começa a rir.

“Calada, segunda princesa!” (Naofumi)

“Você prometeu não me chamar de ‘Segunda Princesa’, lembra!?” (Melty)

“Então não ria, baka!” (Naofumi) (NT: Para quem não conhece, ele chamou ela de idiota, mas prefiro assim)

“Baka! Quem você está chamando de baka!?” (Melty)

Ah, parece que brincar com Firo fez ela esquecer seu objetivo original.

“um… você parece… peculiar… Naofumi-sama.” (Raphtalia)

Raphtalia está tentando escolher suas palavras. Eu não preciso da simpatia dela.

“Droga… só vão ir vender logo! Dessa vez, eu, Raphtalia, e Firo teremos que ir sozinhos.” (Naofumi)

Eu não posso ser visto assim por todos os aldeões. Eu preciso enviar eles fora.

“Você está fugindo da questão~!” (Melty)

“Calada.” (Naofumi)

Melty está sendo exageradamente chata.

“Bem, você terá que aguentar isso por dois ou três dias. Depois disso, ele deve chocar.” (Rato)

“Que merda.” (Naofumi)

“Se você precisar de qualquer coisa feita na vila adjacente, deixe comigo. Senão você terá que sair desse dever e ir até lá, certo?” (Melty)

“…!” (Naofumi)

Melty acertou na mosca.

Por hora… devo me esconder com ele na carruagem.

“Mestre, você está carregando um ovo?” (Firo)

“É. Eu aparentemente tenho que fazer isso porque é um dragão.” (Naofumi)

“Hmm… Firo pode aquecer ele?” (Firo)

Certo, Firo é um pássaro então o corpo dela é bem quente.

Devo deixar isso com Firo?

“Não.” (Rato)

“Não!” (Firo)

Assim que Firo ouviu o aviso da Rato, Firo foge.

Ela realmente odeia ela tanto assim?

“Como eu disse antes, Philorials e Dragões não se dão bem. Você não pode deixar ela aquecer ele.” (Rato)

“… Entendo…” (Naofumi)

Eu pensei que eu podia jogar meus problemas nela…

Eu podeira dar ele para Raphtalia?

“É seu dragão, certo? Você não pode dar ele para outra pessoa.” (Rato)

“Droga!” (Naofumi)

Como ela é capaz de ler meus pensamentos?

Não tem o que fazer. Eu irei me esconder na carruagem e ir numa pequena viagem.

E desse jeito, eu vou vender e viajar para fugir dos meus problemas.

Eu estou vestindo uma capa para esconder o embaraçoso ovo nas minhas costas.

“Faz um tempo desde que nós fomos viajar e vender só nós três.” (Raphtalia)

“Agora que eu penso sobre isso, você está certa.” (Naofumi)

A última vez que eu fui vender e viajar só com Raphtalia e Firo foi a muito tempo atrás.

Agora nós estamos sempre cercados pela Kiel e os outros aldeões. Antes do assunto com a Tartaruga Espiritual, nós estávamos sempre correndo por aí por nós mesmos.

“Um dragão voador. Eu imagino que tipo de criança ele irá crescer para ser.” (Raphtalia)

“Nem ideia.” (Naofumi)

“Firo ainda estará puxando a carruagem?” (Firo)

“Claro.” (Naofumi)

Parece que Firo segura um estranho senso de Orgulho. Mas eu não acho que um Dragão Voador possa puxar uma carruagem em primeiro lugar.

“Firo irá sempre ser as pernas do Mestre!” (Firo)

“Eu imagino.” (Naofumi)

A habilidade de voar será bem vantajosa. Se ele se tornar mais eficiente que a presa-no-chão Firo, então eu irei usar ele no lugar.

Contudo um Dragão Voador possui uma capacidade de carga bem limitada.

Só uma pessoa pode andar nele de cada vez. Eu só irei usar ele se eu tiver que ir com pressa sozinho. Ou assim Rato me contou.

“Mu…” (Firo)

“Firo, tenha certeza de olhar em frente enquanto anda.” (Raphtalia)

“Mas Mestre disse…” (Firo)

“Está tudo bem. Se Firo trabalhar duro, Naofumi-sama irá aprender a confiar mais em você.” (Raphtalia)

“… Mesmo?” (Firo)

“Eu imagino.” (Naofumi)

“Naofumi-sama, por favor fique quieto por um segundo.” (Raphtalia)

Eu acho que tem um limite para provocar Firo.

Talvez esse Dragão seja capaz de trazer o lado competitivo da Firo.

Ela está ficando muito convencida sobre o poder das suas pernas.

“Firo irá trabalhar duro!” (Firo)

“Sim, vamos trabalhar duro juntas.” (Raphtalia)

“É!” (Firo)

“Então agora, eu acho que eu devo começar a fazer algum remédio para vender.” (Naofumi)

Eu também preciso pensar em que trabalhos dar para os escravos mais tarde.

E… o primeiro dia de vender e viajar passou sem problemas.


Tradução: Thyros




Fontes
Cores