TYN – Capítulo 152 – Negócios Oficiais



Na cidade vizinha, uma loja de magia, roupas e farmácia foram agora construídas.

Eles ainda estão trabalhando de estandes temporários, mas os negócios já começaram.

“Ah, Herói-sama. Bem vindo.” (Velha Maga)

A dona da loja de magia me cumprimenta.

O prédio que ela está trabalhando obviamente não é tão bom quanto a loja antiga dela, mas eu tenho dado para ela algum tratamento preferencial.

Eu tenho altas esperanças para essa cidade mesmo que nós tenhamos acabado de começar os esforços de reconstrução nela.

“Como você está?” (Naofumi)

“Eu estou indo. Eu acho que eu reabrirei a loja na Cidade do Castelo também.” (Velha Maga)

“Então essa será só uma franquia?” (Naofumi)

“É. Eu irei trabalhar aqui até aquela loja abrir e eu irei ocasionalmente ensinar magia lá… parece que você está fazendo algo interessante lá também, certo?” (Velha Maga)

A velha maga parece ter notado a mudança repentina na minha vila.

Esse tipo de progresso é certamente em si digno de ser chamado de magia.

“… Hmph.” (Naofumi)

Eu acho que eu posso provavelmente sentir o cheiro da Farmácia.

As vezes meu olhar vira para a direção da vila.

“Nós podemos pesquisar medicina avançada agora que a Farmácia começou a cuidar disso. Eu estou esperando ansiosamente pelos resultados e gostaria de agradecer você por me ajudar já que minha programação se tornou até que apertada.” (Naofumi)

“… Entendo.” (Apotecário) (NT: Assim como ‘Velha Maga’ é meu jeito de chamar a ‘balconista da loja de magia’, que também é a dona, ‘Apotecário’ é meu jeito de chamar o farmacêutico/balconista/dono da loja de medicina; não é errado, mas também não é como estão chamando)

“Agora… onde está a loja de roupas?” (Naofumi)

“Eu imagino se eu cometi um engano. Eu estava sob a impressão de que eu iria viver na vila do Herói.” (Costureira)

Fumu… eu dei os vários materiais de monstros que eu acumulei para a Costureira.

Eu tive que dizer para ela que eu daria para ela vários materiais interessantes.

Eu acho que eu posso deixar a medição dos materiais com ela.

“Tem tido também um monte de reconstrução acontecendo por aqui.” (Naofumi)

Diferentemente da minha vila, esta tem um monte de força humana, então eu vejo montes de progresso todo dia.

Parece ter um plano para reconstruir a casa do Senhor Feudal.

Atualmente as fundações foram erguidas, e eles planejam para isso ser acabado em duas semanas.” (Naofumi)

“Desculpe por várias coisas.” (Naofumi)

“Sem problema. Maioria das pessoas aqui tinham um monte de tempo livre nas mãos de qualquer jeito.” (Líder)

“Entendo.” (Naofumi)

“Em vez de te odiar, todo mundo está esperando ansiosamente pela sua culinária. Ela é tão boa quanto eles dizem? Eu também gostaria de participar dela ao menos uma vez.” (Líder)

… Eu iria ocasionalmente vir aqui e cozinhar comida para apoiar os esforços deles, mas isso se tornou a motivação deles?

O escudo de fato prepara boa comida.

“Bem, ótimo. Também, eu não estarei cozinhando de novo até eu voltar de vender e viajar.” (Naofumi)

“Okay, eu irei passar a mensagem.” (Líder)

“Sim, sim.” (Naofumi)

Eu aperto a mão dele, e saio para começar a vender e viajar na cidade vizinha.

Eu estou acompanhado pela Raphtalia, Firo e duas outras pessoas.

Há uma necessidade para eu aumentar minhas forças de combate e eu não estou com certeza se Rato será capaz de produzir resultados no tempo devido.

No segundo dia de vender e viajar.

Eu chego numa cidade grande.

“Hm?” (Naofumi)

Há uma comoção acontecendo envolvendo um esquadrão de Guardas.

Eu deveria provavelmente ignorar isso, mas…

“Por que essas pessoas estão saindo impunes, enquanto eu estou sendo levado sob custódia?!” (Voz Familiar)

Quando me aproximo, eu paro a carruagem por causa da voz que eu ouvi soou muito familiar.

Eu não posso ver pela multidão, então eu pergunto para alguém por perto.

“O que está acontecendo?” (Naofumi)

“Parece que o Herói da Espada ajudou a capturar um ladrão, mas agora ele está sendo preso.” (Pessoa da Multidão)

… É uma história que eu já ouvi em algum lugar antes.

“Hm? Você não é o Herói do Escudo?” (Pessoa da Multidão)

Então eu fui notado. Bem, minha carruagem de fato se destaca um pouco, e Firo está na sua forma de monstro, então até isso é de ser esperado.

A multidão se abre e o chefe do bando é visto.

Lá, eu vejo um grupo familiar de bandidos com rostos sorridentes, e Ren sendo segurado por alguns guardas.

… Eu meio que entendo a situação.

Capturar ladrões. Algo parecido aconteceu comigo antes.

Não há escolha. Eu faço meu caminho pela multidão.

“Yo.” (Naofumi)

Surpreender eles seria perigoso, então eu chamo eles de uma distância.

“É o Naofumi, não é?” (Ren)

“Faz um tempo.” (Naofumi)

Ren parece feliz ao me ver. Ele acena sua mão para mim.

Mas a pessoa com quem eu estava falando não era Ren, mas o líder dos bandidos.

Assim que os ladrões me veem, eles começam a parecer pálidos.

Bem… eles já passaram por isso duas vezes. Essa será a terceira.

Essa gente, eles realmente devia aprender a viver honestamente, talvez se tornar mercenários ou alguma coisa.

“Vocês realmente não aprendem, não é? Vocês realmente acharam que armando para a pessoa que prendeu vocês iria safar vocês tão facilmente?” (Naofumi)

“C-calado!” (Ladrão)

Tem algo que eu quero gostaria de testar.

Eles podem estar um pouco assustados de mim, mas eu tenho algo que dá pesadelos para eles.

“Firo.” (Naofumi)

“Sim?” (Firo)

Firo vem para cá pulando pela multidão.

Os rostos dos bandidos ficam pálidos.

“Aproveite sua refeição.” (Naofumi)

“Yup.” (Firo)

Parece que ela irá comer qualquer coisa que não seja uma criança.

Os ladrões desesperadamente encaram os guardas e começam a implorar para eles.

“Nós somos os culpados, por favor nos ajude!” (Bandidos)

Eles confessaram… Firo é tão assustadora assim?

Bem, Rato de fato me disse que Philorials são supostamente muito cruéis, e essa acabou sendo uma Rainha.

“Não, essas pessoas não são ladrões. O Herói da Espada está enganado.” (Naofumi)

Parece que os guardas ainda tem que descobrir o esconderijo deles.

Essas pessoas tem um pouco de habilidade, e eles são bons em economizar dinheiro.

Eu acho que eu farei deles uma fonte de renda novamente.

“Naofumi! Você também!?” (Ren)

“Eu não estou dizendo que você é culpado. Só fique quieto por um segundo. Eu tenho uma ideia.” (Naofumi)

“Nós falaremos! Nós falaremos, então mantenha o pássaro daquele homem longe de nós!” (Bandidos)

“Hey, mestre. Firo sente que ela está sendo odiada, mas Firo fez alguma coisa errada?” (Firo)

“Eu acho que o fato de que você irá comer qualquer coisa além de uma criança é fundamentalmente errado.” (Naofumi)

“Mu…” (Firo)

Eu posso ouvir a multidão cochichando.

“Aquele Pássaro Sagrado come pessoas?” (Multidão)

“Nah, eu ouvi que o Herói do Escudo é bem habilidoso em enganar.” (Multidão)

“Sério? Como eu pensei. Uma vez eu vi o Pássaro Sagrado brincando pacificamente com crianças na Cidade do Castelo.” (Multidão)

Isso é bom, Firo. Você não se tornou um símbolo público de medo.

Depende dela se ela será tratada como uma humana ou um monstro.

“É assim que é. Essas pessoas uma vez tentaram fazer a mesma performance comigo quando eu tinha uma notória reputação ruim. Por favor tenha certeza de deixar eles secos.” (Naofumi)

“O-o que?” (Guardas)

Os guardas se espantam.

“A recompensa dessas pessoas, você me dará elas?” (Naofumi)

“S-sim, mas nós não pegamos o líder deles.” (Guarda)

“Hey, onde é sua base.” (Naofumi)

“Sim! Por favor tragam um mapa!” (Bandido)

Eles estão sendo bem cooperativos.

“Firo e Raphtalia, vão pegar os caras escondidos ali.” (Naofumi)

“Yup!” (Firo)

“Entendido.” (Raphtalia)

Eu passo o mapa para Raphtalia e Firo. E elas partem.

“O resto de vocês, continuem vendendo.” (Naofumi)

“Hai.” (Escravos)

Eu ando pela multidão até minha carruagem.

“O Herói do Escudo lidou com a situação.” (Multidão)

“Incrível. Ele fez os bandidos confessarem sozinhos.” (Multidão)

“Ele deve ser realmente forte.” (Multidão)

“É.” (Multidão)

Pelo amor de…

Mesmo que eles falem a verdade, eu não realmente quero habilidades desnecessárias presas à minha reputação.

“Bem, isso não tem sido um longo tempo, Ren?” (Naofumi)

“Ah, ah…” (Ren)

Ren lentamente se distancia de mim, enquanto parece vigilante.

“Espere, espere. Ignorando aquilo, eu não tenho nenhuma intenção de te pegar. Eu só quero escutar sua história.” (Naofumi)

“Entendo… todo mundo que eu encontrei até agora tem tido suspeitas de mim. Eu até tive pessoas aleatórias me jogando pedras.” (Ren)

Ren responde desafiadoramente.

Eu acho que não tem problema se for só nesse nível.

No meu caso, eu era literalmente tratado como o demônio.

A causa daquilo tudo foi Lixo, Bitch e a Igreja dos Três Heróis.

“Por hora, vamos para a taverna conversar?” (Naofumi)

Eu levo Ren para a taverna. Eu notei algumas pessoas da multidão nos seguindo lá, mas eu não realmente me importo.

Eu sentei no balcão do bar, e pedi um drinque.

Junto com meu drinque, eu também sou dado uma fruta Rukoru real.

O chefe da taverna me olha com olhos cheios de expectativa.

Não há escolha. Eu como a fruta inteira.

“O verdadeiro!” (Chefe)

“Inacreditável!” (Alguns Caras)

Minha identidade foi confirmada por todos.

É um teste meio estranho de identificação.

“Parece que você passou por muita coisa.” (Naofumi)

Eu falo com Ren sem nenhum motivo oculto.

Parece que ele esteve sozinho e foi perseguido sem saber o motivo exato disso.

Quando eu estava sozinho, antes de eu encontrar Raphtalia e Firo, a única coisa que eu podia pensar era em vingança.

“É… a guilda disse que eles não estavam mais aceitando Heróis, eu não fui capaz de matar monstros livremente mais, e eu não pude clamar recompensas. Então, para completar, isso tinha que acontecer!” (Ren)

O auto-proclamado legal Ren começou a reclamar com raiva.

Mas não é como se eu não visse de onde ele está saindo.

“Então eu comecei a vender drops de monstro e comecei viver dia por dia… isso ficou realmente irritante. Todo mundo que eu encontro parece me trair. Por que eu sequer tenho que defender esse mundo escroto?” (Ren)

“Isso é só como os humanos são. Quando eu era chamado de Demônio do Escudo, eu era tratado da mesma forma. Não, eu era tratado pior que você, você sabe.” (Naofumi)

“E-entendo…” (Ren)

“Primeiro, me deixe perguntar. Você estava envolvido com o incidente da Tartaruga Espiritual?” (Naofumi)

Agora que eu penso sobre isso, os membros do grupo dele não estão em nenhum lugar para serem vistos.

Eles fugiram dele?

Bem, só que eu acho que eles vão se manter bem sem ele. Se ele foi cortado fora, ele não pode realmente reclamar.

“Não… isso é…” (Ren)

Ren de repente começa a tropeçar nas suas palavras.

“Então você vai evitar o tópico?” (Naofumi)

“Não, isso não é…” (Ren)

Como normalmente, esse cara.

A insociabilidade dele está me dando nos nervos.

Eu tenho alguns rancores contra essa pessoa, mas ele me fez favores o suficiente para balancear eles.

“Eu ainda sou grato por aquela vez durante a tentativa falha de matar Melty. Eu irei escutar o que você tem para dizer, assim como você fez para mim. Eu sempre tenho certeza de devolver um favor.” (Naofumi)

“……” (Ren)

“Ren, se você não disser isso, sua posição só vai piorar. Você se tornará o próximo Demônio do Escudo.” (Naofumi)

“… Eu entendo. Eu irei lhe contar minha história.” (Ren)

Ren suspira, e começa a falar.


Tradução: Thyros




Fontes
Cores