TYN – Capítulo 149 – Alquimista



Eu terminei de conversar com o oyaji e fui para a entrada da Cidade do Castelo, já que estava perto da hora de encontro.

Pela hora que chegamos até a entrada, Firo e os escravos tinham se juntado.

“”Bem vindos de volta~”” (Escravos)

“Estou de volta, todo mundo está aqui?” (Naofumi)

Eu conto só por precaução.

Yep. O grupo inteiro se juntou.

“Hey Mestre~” (Firo)

“O que é?” (Naofumi)

Firo se aproximou com uma questão.

Melty… não está aqui.

“O que é essa criança que parece deliciosa do seu lado?” (Firo)

“Eep!?” (Imya)

Imya soltou um chiado assustado.

A forma humanoide da Firo era de altura parecida, mas… para dizer que ela parece deliciosa, será que Firo realmente pensou que ela podia comer ela?

De qualquer jeito, os escravos que sabiam da forma real dela tomaram uns passos longe da Firo e cochicharam juntos.

“Então Firo-chan é realmente…” (Fulano)

“Isso mesmo.” (Beltrano)

“Ela é gulosa ou…” (Ciclano)

Firo olhou em volta preocupada, será que essa criança percebeu seu próprio erro?

“O-o que? Não~!” (Firo)

Hm, eu consegui ver uma Firo excluída, embaraçada, o que era raro.

“Você sabe, Firo… essa criança pode parecer um pouco diferente de nós, mas ela ainda é parte humana.” (Raphtalia)

“E de todas as coisas para dizer, você tinha que dizer que ela parecia deliciosa… então você finalmente revelou seu verdadeiro caráter.” (Naofumi)

“Fuee!?” (Firo)

Firo arregalou seus olhos e cafungou o cheiro da Imya.

“Não~! Não evite Firo!” (Firo)

Eu posso facilmente imaginar a cena da Firo, na sua forma de monstro, atacando Imya como uma coruja iria comer um rato.

Isso é provavelmente o que todo mundo aqui está imaginando.

“Eu não irei comer você! Eu não irei comer você então não tenha medo!” (Firo)

Firo tentou freneticamente persuadir ela, mas o medo da Imya não foi embora.

Imya se pendurou em mim com medo extremo.

É bom que ela está ligada à mim, mas… o que há com essa interação.

“Mestre, me ajude!” (Firo)

“Mesmo que você diga isso… é bom como uma ameaça, então você não se tornará uma encarnação de medo?” (Naofumi)

“NÃÃÃãããããããoooooo!” (Firo)

Ah, ela é tão alta.

“Eu estou brincando. Imya, você não tem que ter medo dela. Firo é uma criança legal que gosta de brincar com crianças. Ela pode parecer uma garotinha agora, mas a verdadeira forma dela é…” (Naofumi)

… Ela definitivamente não é uma Philorial normal… como eu devo descrever ela?

“A-a forma verdadeira dela?” (Imya)

Imya perguntou, mais assustada que antes.

“Naofumi-sama, se você só parar aí, o medo dela irá aumentar.” (Raphtalia)

“Nãããoooo!” (Firo)

Firo soltou um grito ainda mais alto.

“Foi mal. Eu estava pensando o melhor jeito de explicar isso… er, essa pessoa é algo conhecido como um pássaro sagrado nesse país, então está tudo bem.” (Naofumi)

Imya olhou para Firo enquanto tremia ansiosamente.

Firo sorriu docemente.

Contudo, isso só pareceu piorar e Imya se escondeu atrás das minhas costas.

“Mestre~” (Firo)

“Não tem outro jeito para ganhar a confiança dela do que mostrar sinceridade. Trabalhe duro.” (Naofumi)

“Aww… eu entendi.” (Firo)

De algum jeito esse incidente se tornou meio complicado. Parece que Firo é relutante em ser rejeitada por seus amigos.

Mesmo que isso seja devido à sua própria falta de cuidado…

“De agora em diante, não vá falando sem pensar que alguém parece delicioso.” (Naofumi)

“É…” (Firo)

Firo aprendeu algo hoje. Ou eu devo dizer, só o fato dela escolher amizade sobre o apetite dela significa que ela cresceu um pouco.

“E, nós saímos do tópico. Vocês não ouviram nada disso da Kiel?” (Naofumi)

“Eu pensei que eu iria surpreender eles então eu fiquei quieta.” (Kiel)

Nossa… aquela Kiel.

“Bem, nós iremos fazer uma auto introdução.” (Naofumi)

Eu troquei de lugar com a assustada Imya que estava se escondendo.

“Essa criança irá ir para casa conosco de agora em diante. Vamos lá, se introduza.” (Naofumi)

O comportamento da Imya era uma mistura de vergonha, medo e embaraçamento mas ela espremeu algumas palavras fora enquanto constantemente olhava para cima e para baixo.

“Eu sou Imya Lucullan Lisella Tereti Quariz. Por favor me tratem bem.” (Imya)

“”Que nome grande!”” (Escravos)

Ah, claro que todo mundo pensou isso. Raphtalia e Kiel não reagiram então eu pensei que isso era normal.

“Então de novo, você é uma garota. Prazer em te conhecer, Imya-chan.” (Kiel)

“Certo…” (Imya)

Bom. parece que ela é rápida em abrir seu coração.

“Nós vamos voltar para a vila agora. Vocês não se esqueceram de nada, certo?” (Naofumi)

“Tudo certo.” (Beltrano)

“Sim.” (Ciclano)

“É.” (Fulano)

Depois que eu chequei todo mundo, nós andamos até a carruagem.

E então, Firo mudou para sua forma de monstro para puxar a carruagem.

“Mah!” (Imya)

Imya soltou sua voz em surpresa.

“Is-isso é?” (Imya)

“Isso mesmo. Essa é a forma de monstro da Firo. É difícil de explicar, certo?” (Naofumi)

“É…” (Imya)

Firo se virou até Imya e sorriu. Imya timidamente esticou sua mão.

“E simplesmente assim a boca dela irá abrir e… SNAP!” (Ciclano)

Um dos escravos tentou intimidar Imya.

Imya ansiosamente retraiu sem braço com pressa.

“Aww~…” (Firo)

Uma Firo muito dessatisfeita encarou o escravo que estava fazendo a provocação.

Bem, foi ela que estava sendo a piada…

Firo é, como devo dizer isso, normalmente quem causa problemas, então isso é um pouco inusitado.

Bem, ela é uma onívora então ela não pode se conter em comer qualquer coisa.

Esse não era o caso quando Firo era uma criança, mas agora que ela cresceu ela parece comer qualquer coisa ou é só minha imaginação?

… Ah, isso é porque eu usei ela para ameaçar pessoas.

“Por hora, nós vamos subir na carruagem e ir com calma.” (Naofumi)

“Se você ficar enjoada, diga isso propriamente, okay?” (Raphtalia)

“Ok.” (Imya)

Não tem motivo para correr, então nós iremos numa velocidade razoável.

Eu garanti que todos os escravos tinham subido  e então instruiu Firo para partir.

“Ah, Mestre.” (Firo)

“O que é?” (Naofumi)

“Melty-chan irá vir para brincar alguma hora no futuro próximo.” (Firo)

“Entendo.” (Naofumi)

Então Melty irá vir até a vila, só o pensamento daquela garota falante, barulhenta vindo faz minha cabeça doer.

Bem, ela ficará quieta quando brincando com Firo então não tem problema.

O dia seguinte.

Depois de uma noite acampando, nós chegamos na vila. Nós mudamos o ritmo um pouco porque da última vez Firo só dormiu quando nós chegamos.

“Ah, Escudo Nii-chan. Bem vindo de volta.” (Taniko)

Taniko veio nos cumprimentar. Que raro.

Que ela iria se aproximar de mim mesmo quando nós estamos frequentemente em conflito quando se trata de monstros.

“Nii-chan, uma forasteira veio e estava sendo muito insistente, o que era problemático. Por favor ajude!” (Taniko)

“Huh?” (Naofumi)

Taniko bateu na porta do prédio que os soldados estavam abrigados e chamou pela knight feminina.

A knight feminina também parecia um pouco preocupada.

“Só espere, você pode manter uma vigia sem estar tão impaciente.” (Knight Feminina)

“Mas ela parecia que ia fugir algumas vezes!” (Taniko)

“É de fato perigoso mas, nós não conseguimos um mandado de prisão ainda. Nós não podemos prender ela sem razão e nós devemos ouvir a opinião do senhor.” (Knight Feminina)

“Qual o assunto?” (Naofumi)

“Uma visitante desagradável, um pouco egocêntrica veio. Ela queria uma reunião com Iwatani-dono imediatamente.” (Knight Feminina)

“*Sigh*… Apenas quem era ela?” (Naofumi)

“Uma alquimista que causou um monte de problemas em Faubley.” (Knight Feminina)

… Como é?

Aquela que a Rainha e o slave dealer tinham me avisado sobre já veio para minha vila?

“Ela olhou para os monstros que Iwatani-dono cuida várias vezes, e de toda maneira queria examinar —-” (Knight Feminina)

“Oh~… então esse é o falado pássaro sagrado?” (???)

Sério, antes que eu percebesse, uma mulher desconhecida veio e sondou o corpo da Firo por inteiro.

“Mestre~!” (Firo)

Firo soltou um grito.

“Oh, então ela entende linguagem humana, essa criança parece ser da variação de espécie Rainha Philorial que eu ouvi falar.” (???)

A cor do cabelo dela era loiro platinado, ela tinha longo cabelo e pele bronzeada. Ela parecia humana baseada na aparência dela.

Ela parece estar nos meus vinte e algos.

O que se destacou se destacou, o que não se destacou não se destacou, uma expressão padrão do meu mundo seria que ela me deu a impressão de uma sensual senhorita num jaleco branco.

“A plumagem dela é densa. Eu imagino como os órgãos internos dela são?” (???)

Uma alquimista? fanática forçou aberta a boca da Firo e pegou a língua dela. Firo resistiu mas ela foi lidada com facilidade, a poderosa Firo foi contida tão facilmente quanto tirar doce de um bebê. (NT: A interrogação é porque o Naofumi não sabe se ela é uma alquimista mesmo)

E ela até colocou sua cabeça dentro da boca dela.

“Uhn!” (Firo)

Uma firo resistindo cuspiu a alquimista? fora.

“Não é bom se ela resiste. Eu suponho que não tenha o que fazer.” (???)

Pouco antes dela cair, ela tirou uma seringa do nada e jogou ela na Firo.

Firo não foi capaz de evitar ela e com um *pop* a agulha prendeu na boca dela.

Que feito.

“Funya…” (Firo)

Firo colapsou com um *thud*.

“E-eu não consigo invocar nenhuma força…” (Firo)

“H-hey…” (Naofumi)

“Espere só um pouco. Eu estou atualmente no meio de uma examinação.” (???)

“Não, se você fizer esses tipos de coisas na sua conveniência, eu, o dono, ficarei preocupado.” (Naofumi)

“Oh querido…” (???)

A alquimista? mudou seu interesse depois de ouvir minhas palavras.

“Poderia ser você o Herói do Escudo-sama?” (???)

“Is-isso mesmo, mas… você é?” (Naofumi)

“Eu? Eu sou Ratotil Anthreya. Meus amigos me chamam de Rato.” (Rato) (NT: É isso mesmo, mas não comecem com a encher o saco com o animal rato…)

“En-entendo. Meu nome é Iwatani Naofumi, Naofumi é meu primeiro nome.” (Naofumi)

“Então é Naofumi-san. Prazer te conhecer.” (Rato)

Rato respondeu, prendendo a Firo manca com seu olhar.

“E então, você me deixará examinar essa criança?” (Rato)

Ela pegou a oportunidade para pedir minha permissão.

Julgando pelo comportamento dela, ela provavelmente não entenderia se eu dizer não.

Mas a ecologia da Firo é cheia de mistérios.

“Me-mestre! Não~!” (Firo)

Hmm… eu sinto que se eu aceitar isso então o enigma que era Firo seria resolvido, mas eu também sinto que isso iria incomodar pesadamente Firo.

“Wow, ela derrubou aquela Firo-chan tão facilmente.” (Fulano)

“Isso não é incrível? Se isso tivesse funcionado propriamente, a droga que eu usei deveria ter feito ela perder a consciência e ainda assim ela ainda está ciente e capaz e falar.” (Rato)

“Então você usou esse tipo de droga.” (Naofumi)

“Não tinha o que fazer. Se ela continuasse a resistir, isso teria feito mais mal do que bem.” (Rato)

“*Sigh*… Primeiro de tudo, eu terei que recusar.” (Naofumi)

“Oh, que pena.” (Rato)

“Ungh…” (Firo)

Firo recuperou e lentamente ficou de pé.

“Ora ora, parece que se eu não usar uma droga mais forte será impossível examinar ela.” (Rato)

“Nããoo!” (Firo)

Firo fugiu.

Ela não irá voltar por um tempo.

“Então é você que queria uma reunião comigo.” (Naofumi)

“Isso mesmo.” (Rato)

“O que você quer?” (Naofumi)

“Ser capaz de dar uma olhada numa variedade de coisas. Por exemplo, uma planta de uma certa vila ou os monstros nessa vila.” (Rato)

“*Sigh*…” (Naofumi)

“Você vê, isso realmente atraiu minha atenção. Eu realmente gostaria de mexer por aí com alguns deles.” (Rato)

“Para deixar você mexer por aí, você diz…” (Naofumi)

Mas o que essa pessoa pretende fazer?

Parece que ela até sabe da origem da Bioplanta, então deve ser provavelmente tranquilo só deixar ela fazer alguma pesquisa.

Ela era uma alquimista? Ao menos, ela pode ser chamada de especialista. Ela pode ser bem esperta.

Para ser honesto, eu não era muito bom em estudar, então eu estou ciente que eu não sou bom com esse tipo.

Ainda que esse seja o caso, eu não poderia só deixar ela ir.

“Eu também ouvi boatos sobre você. Que você é uma alquimista que causou um monte de problemas em Faubley.” (Naofumi)

“Problemas? Isso não está certo. Eles só estão dizendo isso porque eles são muito incompetentes para entender minha pesquisa. E então eles fabricaram algumas mentiras e exageraram alguns erros para fazer isso algo grande.” (Rato)

“É, é.” (Naofumi)

Ela disse isso como algum personagem cientista louco. Não tem mérito em cuidar de alguém que seguiria esse papel muito bem.

Bem, ela derrubou Firo facilmente o bastante, então essa habilidade pode merecer alguma apreciação.

Ela pode ter algum potencial de guerra.

“Aqueles caras, eles chamaram minha pesquisa de monstros ‘um ato que iria assustar até os deuses’ e me baniram de todas as coisas. E por deuses, eles estavam se referindo aos Quatro Heróis Santos e os Sete Heróis Estelares, eu acho?” (Rato)

“E então, você veio para aprovação dos atuais Quatro Heróis Santos você mesma?” (Naofumi)

“Não. Os gritos deles sobre heróis estava me deixando doente. Eles não são nada senão um empecilho!” (Rato)

“… De quem você pensa que está falando. Por que você veio aqui então?” (Naofumi)

“Eu vim para examinar o monstro que era a Tartaruga Espiritual. Incidentalmente, eu também peguei a oportunidade para visitar esse lugar.’ (Rato)

“Vá para o castelo de Melromarc.” (Naofumi)

“Isso é bom também. Meu interesse já passou.” (Rato)

Rato esticou sua mão entusiasticamente, pretendendo pegar a minha.

Eu respondi enquanto evitava aquela mão.

“Não me toque. Eu odeio mulheres como você.” (Naofumi)

“Entendo, então eu não irei te tocar, então me deixe brincar com os monstros.” (Rato)

“Você não pode!” (Taniko)

Taniko rejeitou arbitrariamente.

Se isso envolve monstros, então ela irá atacar inesperadamente, essa criança.

“Espere, espere… primeiro eu quero ouvir seu objetivo.” (Naofumi)

Pode ser bom recrutar ela dependendo da situação.

Ela é uma especialista em monstros. Terá muitos usos para ela.

Eu posso estar esperando muito dela mas ela pode ser capaz de cuidar de modificar a Bioplanta e os monstros no meu lugar.

Bem, isso também depende do motivo dela.

Se ela está pensando em coisas idiotas como buscar vingança no país ou tentar destruir o mundo, eu irei tirar ela daqui sem hesitação.

“Meu objetivo? É criar monstros poderosos é claro.” (Rato)


Tradução: Thyros




Fontes
Cores