TYN – Capítulo 131 – Onde nos Encontramos



“Onde você pretende ir em seguida?” (Raphtalia)

“Eu acho que tenho que falar com o cara que eu não quero ver.” (Naofumi)

“O que?” (Raphtalia)

“Eh-?” (Firo)

“O-onde seria isso?” (Rishia)

Raphtalia olha para o caminho que eu estou seguindo. Ela parece entender. Ela segura um suspiro.

Estou surpreso que ela podia adivinhar dessa sentença. Ela é uma médium?

… Eu acho que ela tinha visto isso acontecer quando eu obtive a terra.

“Você está vendendo a Firo?” (Firo)

“Será que esse homem é realmente assustador?” (Naofumi)

Firo parece entender muito bem. Ela olha para mim com os olhos de um filhote abandonado.

Firo geralmente atua bastante despreocupada, mas eu acho que ela tem um trauma deste lugar.

Embora eu ache que ela poderia matar o homem imediatamente se ela definir sua mente para isso.

Isso é um fenômeno em que um elefante tem a perna amarrada a uma árvore como uma criança, para que ele não tentar fugir como um adulto? (NT: Veja Síndrome do Bebe Elefante Indiano)

Poderia ser algo como isso.

“Calma, eu não estou vendendo ninguém.” (Naofumi)

“Eu consegui ele…” (Firo)

“Eh? O que?” (Rishia)

Rishia… ela é uma nobre então ela provavelmente sabe.

Concedido, um nobre caído. Há também uma chance de que ela não fez.

Eu vou para baixo de uma rua e acabo na frente da tenda sempre tão familiar.

“Ora, ora…” (Slave Dealer)

O traficante de escravos, que eu não quero ver, me cumprimenta com uma expressão de tédio. (NT: Eu traduzi porque aqui ele não menciona slave dealer como nome. | ED: Normalmente, dealer é traficante mesmo, mas também é uma forma de dizer vendedor; bati o olho e comentei isso, mas como não está ERRADO, to mantendo)

Se você pensar sobre isso, há poucas pessoas que saem para comprar escravos no meio do dia.

Essa pessoa é mais famosa na cidade como um Mercador de Monstros.

“Se não é o Herói do Escudo. Faz um bom tempo. Já ouvi falar muito sobre sua vitória.” (Slave Dealer)

“Sim, já faz um tempo.” (Naofumi)

“Eu tinha certeza que você tinha esquecido de mim.” (Slave Dealer)

“Eu não seria capaz de esquecer alguém suspeito como você, mesmo que eu tentasse.” (Naofumi)

É muito difícil de esquecer esse homem. Ele tem uma espécie de aura única.

É um sentimento semelhante ao do Mercador de Acessórios.

Eu acho que ele precisa agir assim para fazer esse tipo de negócio.

A última vez que estive aqui foi para comprar as garras da Firo. Isso foi na época que eu estava proibido de utilizar o aumento de classe.

Naquela época, eu tinha tentado fugir para Silt Welt ou Shield Freiden para o aumento de classe da Firo e Raphtalia.

Eu acredito que este homem tinha alguma conexão com a rainha… Embora ele nunca a conheceu pessoalmente.

“Você tem ficado bastante ocupado. Eu não acho que você teria laços duvidosos com o governo deste país.” (Naofumi)

“Isso não muda o fato de que me aproximei do Herói do Escudo porque achei interessante.” (Slave Dealer)

“Sim, estou ciente disso.” (Naofumi)

“Então agora, como eu posso te ajudar hoje?” (Slave Dealer)

“É sobre a sua verdadeira profissão.” (Naofumi)

“Oh!” (Slave Dealer)

Os olhos do Slave Dealer brilham por um momento.

Por que ele está tão animado? Não pense que será fácil me enganar.

Ele está feliz que uma pessoa famosa como eu está lutando com os escravos dele?

Enquanto isso é um fato, isso não significa que eles são poderosos, porque eu comprei eles dele, ele sabe.

“Qual faixa de preço você está procurando?” (Slave Dealer)

Atualmente, eu tenho 5000 moedas de prata restantes que a Rainha me deu.

Eu precisarei do Oyaji para fazer mais algumas armas, então eu não posso sair gastando com qualquer coisa.

“Por agora, eu gostaria de comprar alguns escravos demi-humanos em torno de 3000 moedas de prata. Se possível, eu gostaria que eles fossem de baixo level.” (Naofumi)

“O que você pretende em usar eles?” (Slave Dealer)

“Por que eu preciso te dizer você?” (Naofumi)

“Eu sei. Você adquiriu um terreno e precisa de alguns escravos lá.” (Slave Dealer)

“Eu acho que já disse isso antes, mas não pergunte por coisas que você já sabe.” (Naofumi)

Realmente, quanto é que esta pessoa sabe…. Se ele me dissesse que podia ver o futuro, eu poderia acreditar nele.

“Por favor, venha aqui.” (Slave Dealer)

O Slave Dealer me leva para a parte de trás da barraca.

À medida que começamos a seguir ele, Firo nos para.

“O que é isso?” (Naofumi)

“… Eu não quero ir.” (Firo)

Parece que a escuridão da tenda e os cheiros estão desencadeando seu trauma.

Eu já estou acostumado com isso, mas eu sei que não é um bom cheiro.

“Você quer esperar aqui?” (Naofumi)

“Sim…” (Firo)

Firo acena com a cabeça como se ela tropeçasse na direção do mostruário de ovos monstro.

Você sabe Firo, é ai que conheci você.

Não comer eles, eu alertei ela, enquanto continuo seguindo o Slave Dealer.

“Um… O que estamos procurando?” (Rishia)

“Nós estamos indo pegar pessoas em posições semelhantes às suas.” (Naofumi)

“Fueeee!?”(Rishia)

“Mesmo caída, você ainda é uma nobre, não é? E antes Itsuki a salvou, você estava em uma situação semelhante não foi? Por favor, leia a situação.” (Naofumi)

Esse país tem um comercio de escravos ativo. Nobres e outros povos ricos devem estar bem conscientes de sua existência.

Por que Rishia está tão surpresa?

Ela está inesperadamente muito estúpida?

“Este é um… eu nunca percebi.” (Rishia)

“Mas eles não lidam no comercio humano.” (Naofumi)

“Entendo…” (Rishia)

Nós seguimos o Slave Dealer, e acabamos perto das gaiolas, onde vi pela primeira vez Raphtalia.

“… Este é o lugar onde meu destino mudou…” (Raphtalia)

Também estou relembrando esse momento.

Embora não foi há muito tempo, parece que anos se passaram.

“Deixe-me escolher alguns escravos que estão dentro do seu orçamento. Eu mesmo lhe darei um pequeno desconto.” (Slave Dealer)

“Quão generoso.” (Naofumi)

“Ouvi dizer que você está começando uma cidade muito interessante. Isso é emocionante! Talvez você se torne meu melhor cliente após isto.” (Slave Dealer)

“Bem… Eu só vim para preencher as minhas necessidades.” (Naofumi)

“Apesar do negocio parecer lento hoje, eu já ganhei um bom lucro com a fama do Herói do Escudo.” (Slave Dealer)

“O que você quer dizer com isso?” (Naofumi)

“Durante as negociações, se eu trouxer o seu nome, eles esperam que os seus novos escravos se tornem como seus companheiros. Mesmo se eu cobrar um preço alto, eles parecem aceitar com conhecimento da causa.” (Slave Dealer)

Raphtalia ganhou um pouco de fama durante a última batalha.

Ela ultrapassou todo o exercito continental em capacidade. Se as pessoas souberem que este é o lugar que vendeu ela, eu acho que o negocio iria melhorar muito.

“Ah, além daqueles, há também outro tipo de escravo que eu desejo comprar.” (Naofumi)

“Em que tipo você está interessado?” (Slave Dealer)

Em resposta a pergunta do Slave Dealer, eu mudo meu foco para Raphtalia.

Eu me aproximo da cabeça e coloco meu braço em seu ombro.

“O-o que é isso?” (Raphtalia)

“Raphtalia, há alguém da aldeia que você usou para sobreviver? Eu não me importo com o preço, escolha qualquer um que você reconheça.” (Naofumi)

“!?” (Raphtalia)

Raphtalia arregala os olhos,surpresa.

“U-umm… você realmente está bem com isso?” (Raphtalia) (ED: Peguei daqui para traduzir, só avisando)

“O que você está dizendo agora? Empregar pessoas que costumavam viver naquela terra é a opção mais eficiente para reconstrução. Eles podem ter que lutar um pouco, mas nosso objetivo principal por hora é re-estabelecer a terra.” (Naofumi)

Raphtalia  provavelmente tem o desejo de voltar para a vila que ela costumava viver preso em algum lugar no coração dela.

Isso me ocorreu quando eu visitei o cemitério com Raphtalia. Eu preciso trabalhar duro para que quando eu deixar esse mundo, Raphtalia irá ainda ter um lugar para chamar de casa. Mesmo se eu tiver sumido…

Claro que essa não é minha única razão.

A antiga vila da Raphtalia é no mar, e se você andar por algumas horas dela, você pode alcançar as montanhas.

Como pessoas costumavam viver lá, o solo é relativamente nivelado e pronto para agricultura.

É a área perfeita para testar várias coisas.

Por causa da onda, eu também não estarei mais chutando as pessoas fora das suas casas .

“Ah, Slave Dealer, você pode perguntar pela loja onde você pegou a Raphtalia? Eu estou disposto à comprar de volta escravos dos nobres se eu precisar. Eles irão provavelmente estar dispostos à partir com eles se você mencionar o Herói do Escudo.” (Naofumi)

Minha popularidade está aumentado neste país. Não há motivo para eu não usar isso.

“Você planeja motivar seus escravos dando para eles suas antigas casas, tudo enquanto coloca eles para trabalhar? O processo de pensamento do Escudo me intriga! Eu entendo. Eu irei perguntar por aí.” (Slave Dealer)

“Então agora, Raphtalia, você vê quaisquer rostos familiares?” (Naofumi)

“… Por favor me dê um momento.” (Raphtalia)

Numa nota paralela, aquele chapéu de seda… ele parece pular junto em qualquer ideia que eu sugiro.

Eu estou assustado dos motivos ocultos dele. Eu irei investigar os movimentos dele mais tarde.

O Slave Dealer mostra para Raphtalia as gaiolas em volta contendo escravos, e ela cuidadosamente examina cada indivíduo.

“-Achei um!” (Raphtalia)

Então tinha um.

Raphtalia está apontando seu dedo para uma criança Demi-humana… é um homem com feições estilo de cão. Sua idade parece ser por volta dos 10 anos. Ele é um pouco maior que Raphtalia era quando eu primeiramente encontrei ela.

“Você é Kiel-kun, certo?” (Raphtalia)

“…Quem é você? Por que você sabe meu nome?” (Kiel)

Então ele não estava escutando nossa conversa anterior.

“Você esqueceu meu rosto? Eu posso ter ficado um pouco maior, mas eu sou Raphtalia.” (Raphtalia)

“Eh!?” (Kiel)

O garoto chamado Kiel parece bem surpreso.

“Isso é uma mentira. A Raphtalia-chan que eu conhecia era menor que eu, e ela não era tão bonita quanto você. Apesar que ela era meio fofa…” (Kiel)

Kiel disso isso como se ele estivesse falando sobre uma pessoa morta.

“Então eu irei provar para você que eu sou a verdadeira. Dois meses antes daquele incidente acontecer, você estava procurando por uma concha bonita para dar para o padre para seu aniversário, então você mergulhou no oceano. Você quase se afogou, então Sadina pulou para resgatar você e juntos, você…” (Raphtalia) (ED: ‘Father’ é um jeito de chamar padre, além de ser o clássico; eu não sei qual ela quis dizer, mas como a letra estava maiúscula e não tinha algo como ‘SEU pai’, vai de padre)

“…Eh!? Você realmente é… Raphtalia-chan?” (Kiel)

“Isso mesmo, e depois daquilo, lembra quando você acidentalmente comeu um cogumelo venenoso que você achou no campo, ferrou seu estômago, e escondeu para evitar ouvir sermão?Você me disse para manter isso um segredo quando eu achei você Você tinha até molhado suas cal–” (Raphtalia)

“Esper–! Sim! Eu acredito em você! Você é Raphtalia-chan.” (Kiel)

Memórias do passado? Que charmoso.

Mas os conteúdos parecem ser meio embaraçosos.

“Raphtalia-chan. Por que você se tornou tão grande… tão bonita?” (Kiel)

“Sabe, eu sou atualmente a escrava do Herói do Escudo.” (Raphtalia)

“Eh!?” (Kiel)

“Naofumi-sama é uma bela pessoa confiável. E pelo pedido dele, eu estou atualmente procurando pelas pessoas que costumavam viver na nossa vila.” (Raphtalia)

“V-você quer dizer eu? Eu posso finalmente voltar para casa?” (Kiel)

“Sim, mas… você será empregado como o escravo do Naofumi-sama, e colocado para trabalhar. Só que eu garanto que ele não fará nada de mau. Você quer vir conosco?” (Raphtalia)

A criança Kiel se mexe e pisca bastante enquanto ele ouvi o pedido da Raphtalia.

O rosto dele está levemente pálido.

“O Herói do Escudo é aquele homem ali?” (Kiel)

Kiel me encara.

Qual é dessa atitude.

“Isso mesmo. Ele pode ter um olhar maligno em volta dos olhos dele, e ele pode ter um hábito de sorrir cinicamente toda vez que algo ruim acontece com pessoas que ele não gosta, mas ele é uma boa pessoa.” (Raphtalia)

“Você sequer está tentando persuadir ele?” (Naofumi)

Ela parece estar casualmente jogando reclamações contra mim. Ela cresceu bem confiante.

Mas tentar persuadir alguém com essas palavras é impossível.

Se fosse eu, essas palavras me fariam ainda mais alerta.

Se eu ouvisse essas palavras, eu iria pensar que Raphtalia sofreu lavagem cerebral por uma pessoa estranha.

… Isso dói que as reclamações dela acertaram na mosca.

“Ele é o Herói que salvou esse país. Você não sabe sobre ele?” (Raphtalia)

“Agora que você mencionou isso, tem ficando mais barulhento ultimamente… eu realmente irei poder voltar para aquela vila?” (Kiel)

“Sim. Sua mãe e seu pai… não estarão lá, mas se nós trabalharmos duro juntos, nós podemos reconstruir aquela vila.” (Raphtalia)

“…Eu entendo.” (Kiel)

Kiel acena e segura a mão esticada da Raphtalia.

“Eu irei adicionar ele à sua compra. Por favor continue a pegar escravos com aquela garota.” (Slave Dealer)

“Eu irei precisar preparar algumas coisas sobre esse assunto. Deixe isso conosco.” (Naofumi)

“Sim!” (Raphtalia)

“Fufufu, eu sinto que eu irá ficar interessante por aqui.” (Slave Dealer)

“Vamos lá, Rishia.” (Naofumi)

“Que incrível…Sim!” (Rishia)

Rishia segue de perto com olhos cheios de lágrimas.

Será que Rishia não se dá bem com esses tipos de histórias? Ela parece que ela iria ser uma leitura ávida.

Firo de repente aparece.

“Você já acabou?” (Firo)

“Oh, certo… Firo, tem um favor que eu gostaria de pedir para você.” (Naofumi)

“O que?” (Firo)

“Por favor leve Rishia e vá upar um pouco. Vá caçar até você se sentir satisfeita.” (Naofumi)

“Fue?” (Rishia)

Os olhos da Firo brilham e Rishia solta um som confuso.

O que é tão surpreendente?

Você se esqueceu sobre querer ficar mais forte?

“Eu vou ter que treinar meus novos escravos adquiridos de qualquer jeito, então isso será boa prática. Também, eu estarei preocupado se Rishia ficar no level 1 por muito tempo.” (Naofumi)

“M-mas como eu sou suposta de treinar com Firo-san?” (Rishia)

“Não se preocupe, você só tem que andar na Firo e ter certeza de não cair. Você ainda irá ganhar EXP. A carruagem da firo é um veículo durode se andar, você pode precisar se treinar. Raphtalia foi por essa estrada ela mesma. Isso é matar dois pássaros com uma pedra.” (Naofumi)

Isso é uma estratégia frequentemente usada em jogos online. Ela também é usada em vários RPGs de console.

Um personagem de level alto luta com suporte mínimo de um de level baixo.

Se eu deixar isso para Firo, as coisas irão simplesmente acabar bem.

“Então, Firo está indo embora~!” (Firo)

“Fuee!?” (Rishia)

Firo muda para sua forma de monstro, segura Rishia e joga ela nas suas costas. Ela então prossegue à correr fora da tenda.

“FUEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEeeeeeeeeeeeeeeeee-” (Rishia)

O grito de terror da Rishia apaga-se em silêncio.

“Então agora…” (Naofumi)

Eu coloco uma capa e saio da tenda.

Há alguns outros lugares que eu preciso parar também.


Tradução: Thyros




Fontes
Cores