TMID – Capítulo 2 – Eu conto com o grito



Tão longe quanto eu posso ver tem um vasto deserto e montanhosas colinas rochosas.

Um cenário que continua e continua.

Quando eu estava caindo, meus olhos estavam cheios de lagrimas eu não tive tempo para cuidadosamente olhar para o chão.

Sério? Esta situação.

Este já é o terceiro dia sabe?

Seria legal ter uma mudança agora.

Desde o dia que eu cai, eu tenho andado para frente sem ligar para o dia e a noite. De qualquer forma, uma vasta e infértil terra. Antes que eu percebesse eu estava no mesmo lugar, este tipo de coisa, para que não acontecesse novamente eu fiz sinais em uma parte do cenário e continuei andando.

Mesmo com isso, a coisa que eu mais estou acostumado a ver na minha frente, uma grande montanha que podia ser facilmente vista, eu sentia que eu não estava chegando nem um pouco mais perto dela. Pode ser uma ilusão, e muitas vezes eu senti meu coração se despedaçar.

Depois de tudo, não tinha incrivelmente ninguém nem nada aqui.

Em um sentido era incrível. Não apenas pessoas, não tinha nem mesmo animais sabia?

Ah, eu esqueci.

Coisas que eu poderia comer não podiam ser vistas em local algum. Algumas vezes eu via uma palha seca como grama, mas eu não acho que eu seja capaz de come-la. Mas mesmo isso é bastante escasso!

Eu me sentia faminto, mas ainda sim podia caminhar, pode ser porque meu corpo se tornou parecido com o de um super-humano. Se fosse o meu eu normal, eu ira ter secado e seria incapaz de ficar de pé.

Fazendo o que o Tsuki-sama me disse, eu tentei usar o meu ‘poder’ então eu me concentrei para ativa-lo, mas eu falhei(?)

Eu tentei juntar o poder na palma da minha mão, mas eu não entendo nem um pouco, eu podia certamente sentir o poder se acumulando, mas nada está acontecendo.

Eu tentei colocar minha mão no chão, mas foi em vão.

Eu tentei muitas coisas, mas somente os objetos que eu colocasse na mão iriam minimamente se mover dependendo no quanto de energia eu utilizasse. Esta é a forma mais fácil de ver e de entender.

Mas não são movimentos propriamente ditos, eles só tremem na minha mão.

É um mistério. E também, eu não acho que eu possa sair dessa situação com esse poder.

Bem, este poder é algo precioso que o Tsuki-sama me deu. Eu acredito que aquela grande pessoa não iria cometer um erro.

Eu vou tentar experimentar mais ele, eu tenho que entender este poder o mais rápido possível.

De qualquer forma, está incrivelmente quente.

De noite é incrivelmente frio.

É assim que eu me sentia, mas a tarde eu podia claramente ver o vapor do calor com meus olhos. Agora mesmo está assim.

De noite a superfície das pedras congelaria.

Este parecia um ambiente incrivelmente duro para um humano, sim. Eu mais uma vez penso que eu tenho um corpo super-humano.

Bem, sem ligar para os meus arredores eu avanço em frente em um passo bem rápido.

No momento em que eu alcançar aquela montanha deve ter uma mudança nesta situação, provavelmente. Por favor que tenha. Eu imploro.

A única coisa que eu ouço é o vento e os meus passos!

Já fazem três dias!

Neste ponto já deveria ter um evento certo?

“Eu vejo, é porque eu não sou mais um herói~ Eu sou somente um pato feio depois de tudo.”

Eu começo a falar sozinho. Pode ser um efeito da solidão, mas as vezes que eu disse o quê estava pensando aumentaram, que triste.

Meus olhos se tornam levemente vazios. Eu olho na distância longínqua, eu quero acreditar que existe uma população humana naquele lado.

O que os dois heróis devem estar fazendo agora eu imagino? Eles devem certamente ter sido recebidos de braços abertos pela realeza e pelos nobres, e devem estar comendo um bom banquete.

Comparado a mim.

Eu olho para trás. Nada mais que um deserto vermelho-marrom. O caminho que eu tenho viajado.

Cada vez que eu vejo uma miragem, eu corro para cima dela então eu devo ter diminuído bastante a distância, ou era o que eu pensava.

Mas parece ser um privilégio reservado para personagens principais.

Também, para ser perfeitamente vazio, não havia nem mesmo a sombra de uma pess-

“?? ???”

Então.

Aquela voz era leve, mas.

Eu tentei com toda a minha habilidade concentrar meu corpo mudado, provavelmente esta iria ser a primeira vez na minha vida em que eu estaria tão sensitivo.

Meus ouvidos não deixaram o som escapar.

Eu parei meus passos.

Eu levantei minhas orelhas com minhas mãos e silenciosamente fechei os olhos.

Onde foi, de onde eu ouvi isso?

Eu tenho que concentrar, somente se concentre.

Como se não fosse perder nem mesmo uma única gota de uma cachoeira.

Eu definitivamente ouvi uma voz, eu tenho que ter certeza.

“? Sal.. Por… r”

Eu ouvi mais uma vez, foi definitivamente um grito.

Eu abri meus olhos, como se quisesse obter aquelas ondas sonoras!

Eu ainda sou admiravelmente rápido!

Meu estomago esta extremamente vazio, mas desde o dia que eu cheguei aqui este é o maior poder que eu já tive.

Eu chutei o chão e corri.


Tradutor:Michael | Revisor:BravoEd



Alterar fonte
Cores