TLK – Capítulo 6 – Invidia


Parte 1: Virar Alguém

Não era nada.

Desde nascimento, nem uma vez eu ganhei algo, nunca eu tive desejo algum, nunca eu soube de nada.
Sem ser desejada por ninguém, conhecida por ninguém e mesmo sem qualquer desejo pela vida.
Uma Vida onde eu nem mesmo abracei o Pecado Original que uma maioria dos Demônios carregam.
Preguiça e Ganância e Luxúria e Ira e Gula e Orgulho e todo o resto, sem uma razão suficiente para vida, e sem vontade.
Antes que eu pudesse ser um Extra, talvez eu tinha que virar um Zero primeiro. (NT: Plus, que pode ser tanto extra quanto mais)

Eu sou uma mera existência Negativa. (NT: Minus)

Neste Mundo Demônio, governado pela sobrevivência do mais apto, Demônios sem conhecimento de poder são destinados à simplesmente sentarem e esperarem pela morte levá-los.
Demônios assim não eram de forma alguma raros, e a capital imperial assim como todas cidades provinciais estavam transbordando com tais existências.
É por isso que eu acredito que seja apenas uma coincidência que eu escapei de um destino desses.
Há tantos Demônios cujas vidas nem são dignas de se tomar, mas se eu tivesse que dizer, minha sorte foi boa.

Havia um homem que me levou embora. Havia um homem que, com uma expressão letárgica, permaneceu quieto, no que ele deixou o que quer que acontecesse, acontecer. Seu manto preto feito de um material como veludo bem costurado arrastava-se junto ao chão, e estava sempre sujo de branco.
Havia uma mulher que me levou embora. Havia uma mulher que iria soltar chamas queimantes que fizeram pessoas que ela passava na rua tremerem, e pisoteava pelo chão no que ela andava. Seu cajado de caminhar batia no chão, como que para gritar sua fúria no lugar da mulher em silêncio. (NT: Em teoria, é uma bengala, mas é só um cajado que ela usa, e seria meio zoado chamar de bengala)
Havia eu. Havia eu que, na beira da estrada, sem vontade, sem significado, olhada por eles por pura coincidência da borda da rua. E ao meu lado, haviam meus companheiros que olharam para eles igualmente.

O homem e a mulher, e eu, e aqueles ao meu lado nunca trocaram olhares, mas no momento de passar… o homem esticou seu braço esquerdo, e meu corpo… sem nada para comer diante de mim, meu corpo era leve e frágil comparado com aqueles de idade similar… foi abraçado.
Movimentos leves e claros de mão como se ele estivesse meramente segurando uma maçã numa loja de beira de estrada.
Meus companheiros não disseram nada no que eles me observaram ser levada embora, e eu não disse nada também.

Pelo que eu ouvi mais tarde, ele queria um travesseiro. Que diabos.

E desse jeito, coincidências se acumularam, e o Lorde da Preguiça por acaso estava procurando por um travesseiro perfeitamente do meu tamanho. Por alguma causa e efeito estranha, eu acabei sendo alistada no exército do Leigie dos Bonecos de Massacre.
A propósito, isso vai sem dizer, mas pela hora que ele me segurou no corpo dele, Leigie-sama já estava dormindo.

O que aconteceu depois não era tão interessante.

Depois de retornar para o Castelo das Sombras, eu comecei a brigar pela existência contra o travesseiro inanimado normal que ele já tinha em uso, e ao mesmo tempo, a inspetora monitorando Leigie-sama, a líder da Ordem de Preto, Kanon Iralaude disse algo como “quando você pegou algo tão sujo!” numa voz exausta. Quando eu estava para ser eliminada por incineração, eu fui salva pela maid Lorna, que entendeu errado o 『Euvo』 num jeito favorável para mim.

Pela hora que eu notei, eu estava vestida em algum tipo de roupas bonitas que uma boneca vestiria e tinha os ‘mais’ que eram sempre feitos para a uma em um milhão chance do Leigie-sama fazer algo tão problemático quanto pedir por mais enfiados pela minha gargante. (NT: Estamos falando de comida, se você quer repetir, aqui falamos mais, certo?)
Meus pensamentos finalmente me acompanharam.

Huh? O que é isto, eu pensei.

As vontades de um Demônio não são algo que eles decidem por si. Eles são algo que são automaticamente obtidos por fontes desejos que eles guardam.
Se você guardar múltiplos Pecados, seu desejo se torna embaçado, e seu crescimento de Classe como um Demônio é mais lento. É por isso que Demônios geralmente subconscientemente se regulam para não seguir quaisquer desejos além daqueles que eles perseguem.
Sem o ócio para buscar desejo excessivo, o pior dos Demônios, onde era meramente um milagre eu estar viva. Dada um ambiente onde vida era finalmente sustentável, e finalmente com algum tempo para dar consideração à isso, o que era o primeiro desejo forte que me veio?

O que eram meus fortes sentimentos?

Não era alívio que eu fui salva, ou orações alegres de pura gratidão, ou melancolia pelos meus companheiros deixados para trás ou nem auto-satisfação.

Isto pode parecer óbvio, mas isso definitivamente não era Luxuria.

Para colocar diretamente… Inveja.

Ciúmes contra os típicos Demônios que carregavam e aceitavam suas vidas até agora como se elas fossem naturais.
Inveja contra o belo rosto da incarnação das chamas que estava aproximando o nível de Lorde Demônio com sua poderosa magia, aquela que nasceu a filha de um Lorde Demônio e lidera a elite Ordem de Preto, Kanon.
Inveja contra aquela que nasceu numa casa para servir Leigie-sama, e que recebeu um alto nível de educação para isto apenas, Lorna.
Inveja contra o homem que é a mão direita do Lorde da Preguiça que liderou o exército, Sobre-Governou todo e qualquer tipos de poder, e tomou o poder do Lorde dele para ser supremo, Heard Lauder.

Era inveja contra tudo neste mundo.

“Se possível, eu quero mudar…”

Essa era a origem do meu Pecado Original da Inveja.
No que nunca me foi garantido nada, eu senti ciúmes contra tudo no lugar.

Mais sombrio que 『Gula』.
Mais ganancioso que 『Avaritia』.
Mais violento que 『Ira』.
Mais caprichoso que 『Luxuria』.
Com menos sentido que 『Acedia』.
Mais grosseiro que 『Superbia』.

Não era nada além de simples, feia『Inveja』.

Mas no momento em que eu obtive ela, eu pensei para mim mesma.
Ah, com isto, eu finalmente tenho uma razão para existir.

Com isto, eu finalmente posso virar alguém.


Parte 2: Vamos nos Encontrar Novamente

“Ora ora, depois de enviar tanto quanto dois oficiais comandantes, que estado lamentável em que vocês voltaram… para trazer problema para as mãos do Leigie-sama… que vergonhoso.”

O jovem homem falou com olhos frios, como se ele estivesse olhando para restos de cozinha que caíram no chão.
Ele era um belo jovem com olhos tão pretos quanto a profundeza do abismo. Como se ele fosse um rei, ele sentou profundamente em sua cadeira. Com uma perna cruzada sobre a outra, talvez ele faltasse com algum decoro, mas ele realmente era a imagem cuspida de um rei. Se Leigie-sama e este homem ficassem lado a lado, dez entre dez pessoas diriam que este homem era o Lorde Demônio entre os dois.
Ao mesmo tempo, ele seguiu o desejo dele, e gastou seu tempo perpetuamente treinando e se melhorando. Um homem puramente militar.

Heard Lauder. Mão direita da Preguiça. Um Demônio governando Orgulho.

Minha cabeça começou a doer.
Mas isso definitivamente não era devido à raiva contra este homem orgulhoso.

“Não, não… aquela Zebul Glaucus era um Lorde Demônio prominente e poderoso entre os seguidores da Kanon-sama… ela era demais de um oponente para lidar sem a presença de outro Lorde Demônio.”

Aquela que cometeu o ato insolente de puxar Leigie-sama para fora, despacho da Kanon, fala num tom repreensivo.

Os meios arrogantes dela de fato acabaram salvando nossas vidas, então eu não posso dizer nada, mas…
Das profundezas mais internas do meu cérebro, eu senti a dor de algo sendo espetado. Para aliviar ela, eu mexi na minha testa mais uma vez.

Heard respondeu o olhar dela com um sorriso cínico. As palavras dele estavam, como sempre, transbordando com ele mesmo.

“Hmm… esse seria o caso para um típico, mero Demônio, correto? O que eu estou tentando dizer, é que para aqueles que deveriam estar liderando o exército do grande Lorde da Acedia, é vergonhoso demais, Lize Bloodcross.” (NT: Esses hmm do Heard são como uma afirmação)
“… Bem, você com certeza sabe como falar grande. Especialmente quando você era o único General que não participou na batalha.”
“Isso mesmo. Eu verdadeiramente nunca pensei que os outros dois seriam inúteis assim. Da próxima vez que um Lorde Demônio pensar em invadir, vamos ter eu indo sozinho.”

Apesar do tom irritado dele, ele deu uma resposta imediata.

Não há uma única gota de piada no rosto de Heard. Um exército liderado por dois Generais foi facilmente derrotado por um único Lorde Demônio, mas nos olhos dele não há impaciência, não há nervosismo.
Nada além de elegância. Mais orgulhoso quetudo.

Demônios Superbia são fortes.

Na verdade, é dito que daqueles Demônios que alcançam Classe Lorde, cerca de setenta porcento são Orgulho.
Os perdedores são pior que lixo, os vencedores equivalentes à Deus. E o ego de alguém de longe passou o de Deus.
Esse é o Pecado Original da Superbia. Força em fraqueza, e fraqueza no forte, uma natureza altamente instável. Ainda assim, eles são chamados os mais fortes dos Demônios.

Tudo que eles sempre demandam é pelo resultado, e não importa que passo do processo resultou em derrota, eles irão demonstrar desprezo.

E assim como os desejos dos outros Pecados, quanto mais fortes eles ficam, maiores as inclinações deles.

Dos quatro cercando a mesa redonda… tendo perdido uma maioria de suas possessões, e até seu exército, a maior vítima Deije inspecionou uma Celeste gasta no que ele falou.

“… Ainda assim, Supremo Comandante Heard, é assim como aquela garota Lize está dizendo. Zebul, a Devoradora ficou topo de classe entre Lordes Demônio, e ela tinha uma quantia de poder impossivelmente larga, sabia? Mesmo para alguém tão orgulhoso como você, Supremo Comandante, eu apostarei que se provaria difícil de 『Sobre-Governar』 ela.”
“Hmm… por isso, você está comparando os Lordes Demônio que você serviu até agora?”
“Ki ki ki, é. Se você tentar achar uma existência mais poderosa que aquela… eu só consigo pensar no Chefe Leigie, e o Grande Maou.”

Ele respondeu com um sorriso amargo.
As palavras de um Demônio antigo como Deije tinham algum poder persuasivo.

Em primeiro lugar, a Devoradora Zebul Glaucus tem o ranque logo no meu top três para Lordes Demônios mais atrozes que eu já encontrei. A magia dela, e skills, e direção fez dela uma guerreira absoluta, onde Demônios normais iriam falhar em sequer alcançar os pés dela. Ela é uma 『Gula』 tão forte que eu não consigo nem rir dos boatos que ela comeu o Exército Celestial na guerra com os Céus dez mil anos atrás.

Se apenas eu tivesse esse tanto de poder…
Assim como areia acompanha o tempo no que ela cai da ampulheta, eu sinto algo como lama coletando nas profundezas da minha alma.
O peso dela está me deixando tonta.

Desde alcançando a Classe General, eu nunca encontrei derrota nem uma vez. Esta guerra foi a primeira.
Por causa da minha primeira falha num longo tempo, eu não consigo controlar meus impulsos.

“Hmm, mas eu ouvi que nosso Lorde aniquilou ela bem tão facilmente, não aniquilou?”
“Ki ki ki, bem, tudo que eu posso dizer é, como esperado do Ranque Três. Chefe Leigie é… um monstro. Ele levou o Lorde Devorador pelo nariz a batalha inteira. Quero dizer, Chefe… nem se moveu o tempo inteiro.”

Nas palavras de Deije, aquele Lorde Demônio, e Leigie-sama lutando tocou de novo na minha cabeça.
Sim, Leigie-sama nunca nem se levantou… apesar dele ter usado alguma skill que eu nunca vi antes para se teleportar.
Heard, com um rosto sabendo… acenou com olhos afiados, orgulhosos.

“… Hmm, Skills de Preguiça ficam mais fortes quanto menos alguém escolher se mexer… uma decisão bem Leigie-sama-esca.”
“Não, eu duvido que aquele homem estava realmente pensando sobre algo assim…”
“Você seria gentil o suficiente para me dizer que outras skills nosso Líder usou, Deije?”

Como pode ser que Heard consegue preservar seu orgulho?
Só de estar aqui, eu posso facilmente sentir o vasto poder mágico do Leigie, que deve estar em seu quarto particular uma boa distância longe. Esta quantia de poder, e sua qualidade é definitivamente um estágio impossível de se alcançar por um Demônio. Para a Classe General eu… se eu comparar isso com Deije e Heard que devem ser mais fortes que eu, a diferença não é provavelmente algo tão pequeno quanto dez ou vinte vezes.

“Ki ki ki, mesmo eu não sei todos os específicos. Quero dizer, até Libell acabou comido…”
“… Então Libell, o Perseguidor foi comido… eu tinha meus olhos nele, mas… Hmm.”

Heard fechou seus olhos, como que para dizer ‘que inútil’.

Ele não é alguém para ficar triste pela morte. Olhando para aqueles olhos, aquela expressão, e aquela postura, o rosto de Deije não muda.
Mesmo se a expressão de Lize se embaça, o rosto de Deije, que perdeu seu amigo jurado Libell Aijens, não muda.
Esta deve ser a força de Deije, alguém que até sobreviveu a guerra com os Céus.

… Da força dele, eu não posso evitar de ter ciúmes.

Deije diz que Heard Lauder é um Demônio assustador. Eu imagino se ele está olhando para algo que é invisível aos meus olhos.
Entre nós, eu sou o Demônio mais jovem. Geralmente, quanto mais velhos os Demônios ficam, mais intenso os desejos deles, e suas forças ficam. É dito que Deije experienciou a Guerra Celestial dez mil anos atrás, e Heard Lauder é dito como sendo um Demônio ancião que foi o primeiro à sempre seguir a liderança de Leigie-sama.
Para mim, que foi apenas nascida alguns mil anos atrás, não é uma brecha em tempo que eu consigo compensar.

… E disso, eu não posso deixar de ter ciúmes.

Eu seguro fortemente meu braço trêmulo.
Sem responder às palavras de Heard, Deije retornou Celeste para sua bainha, e inseriu ela em seu espaço de tesouros. Lâminas Demônio de alto nível estão vivas. Arranhões triviais e rachaduras serão regeneradas autonomamente.

“O que eu vi foi… uma Skill para aumentar gravidade, uma skill de movimento instantâneo… e também não uma identificada que ele usou para enviar Zebul voando.”
“… Hmm… ele se segurou até que um pouquinho então.”

Nas palavras de Deije, Heard cerrou suas sobrancelhas, e deu uma respirada profunda. Isso era o tipo de emoção que originalmente nunca apareceria no rosto de um Demônio de Orgulho.
Ele coloca seus cotovelos na mesa, e toma sua mão no seu queixo como que perdido num mar de pensamento. Sua forma, mesmo vista de longe, era tão bem feita que poderia ser feita numa pintura como está.
Habilidosamente cruzando seus seis braços, Deije perguntou com um tom cheio de dúvida.

“Se segurando…?”
“… Hm. O poder do Leigie-sama que eu conheço não é de tal pequeno calibre. Em primeiro lugar, ele nem usou seus renomados 『Bonecos de Massacre』, usou?”
“Ki ki ki, isso está correto. Mas mesmo se for o Chefe, eu duvido que um Boneco resolvesse. Na atualidade, o Boneco que me deu foi despedaçado e comido.”
“… Deije, não misture aquele Boneco que ele lhe deu com o resto. O Boneco de Massacre original do Leigie-sama é… supremo.”

Heard ri. Do Deije. Da Lize. De mim.
É provavelmente um fato que de que só ele saiba, tendo servido Leigie-sama por muito mais tempo que eu.
E Heard falou.

“… Ainda mais do que o indivíduo.”
“Hah… ter um Boneco mais forte que o homem em si é impossível, certo?”
“… Hm. Para um Demônio normal, isso é.”

A Skill Boneco de Massacre é uma possuída por Lordes Demônio da Preguiça, então há quase nenhum precedente por pouco.
Mas ainda assim, para ser capaz de fazer uma entidade com poderes superando o Lorde Demônio de acordo é fora do escopo do senso comum.

O rosto da Lize parecia como se a palavra ‘mentiras’ estivesse sido escrita nela no que ela olhou para Heard com choque.

Heard Lauder era um homem honesto. Ao menos, enquanto ele era orgulhoso, seu poder era real. Ele confiava não apenas em skills, mas em sabedoria, e ele definitivamente possui carisma verdadeiro.
Caso contrário, não teria como ele ser capaz de liderar a Primeira Brigada que ostentava os maiores números.

“Ki ki ki, se isso é verdade então com certeza é incrível. Eu gostaria de outro com toda certeza. Mas, bem, mesmo se esse é o caso… o oponente desta vez era um Lorde Demônio no nível onde ela podia até ferir Chefe, sabia? Eu acho que seria um pouco demais para um Boneco sem quaisquer skills de Pecado Original.”

Naquelas palavras, Heard arregalou seus olhos.
Ele inclinou seu corpo para frente, e olhou para Deije com olhos fortes. Era uma manifestação de emoção grande o suficiente para chacoalhar a alma de alguém.

“… Isso não pode ser… Leigie-sama foi ferido… você diz!?”
“… É. Bem, foi apenas um pouquinho de sangue, e ele se curou rápido o suficiente.”
“… Isso é o suficiente… entendo, então ela pôde ferir Leigie, o Depravado. Zebul, a Devoradora… Hm, entendo…”
“Isso foi verdadeiramente tão estranho? Não importa quão forte de um Lorde Demônio ele possa ser, enquanto o oponente for um também, ele receberá ao menos um arranhão ou dois… quero dizer, logo após ele ter me levado lá, ele começou a chorar.”

Na pergunta de Lize, Heard suspirou no que ele se reclinou para trás em sua cadeira, antes de retornar para sua posição anterior. Como se ele estivesse pensando profundamente, sua atenção vagou pelo ar.

“… Hm, essa é uma ocorrência natural. Mas ainda, para alguém ser capaz de dar ao Leigie da Preguiça até o menor dos arranhões… já faz dois mil anos.”
“Dois mil… então dois mil anos atrás, havia alguém que conseguia fazer isso?”
“É… era até alguém que você conhece até que bem. Mas… isso não importa.”

Como que para declarar o fim da conversa, Heard se levantou.

O ar opressor emanando do corpo dele… magia de Superbia começou a se condensar toda de uma vez.
Seus olhos frios governaram sobre mim e Deije. Poderes que erodem o mundo grandes o suficiente para congelar meu corpo.
Na mudança de atmosfera, Lize franziu, e depois de uma direta e óbvia carranca, ela se levantou também. Se este tivesse sido o momento após o despacho dela, ela definitivamente teria ido numa fúria. Ela aprendeu como administrar sua raiva recentemente, e ela raramente queima quartos esses dias.

“Espe…”
“… Hm. Não houve problema com o resultado final, mas eu terei vocês pagando compensação pelas suas exibições vergonhosas. O veredito virá suficientemente em breve. Se divirtam esperando por ele.”
“Ki ki ki, por favor seja gentil comigo.”
“… Hm.”

Com um som alto, ele fecha a porta atrás dele.
O ar retorna ao normal, e Lize falou em indignação. Uma fosforescência escarlate pisca ao redor do cabelo vermelho dela.

“Mah, aquele homem… não importa o caso, para tratar tropas aliadas dessa forma…”
“Ki ki ki, Lize, você com certeza é jovem. Um comandante orgulhoso é basicamente sempre desse jeito. Aliás, o fato de nós não termos sido executados no lugar… significa que nós ainda temos um pouco de sorte sobrando conosco.”

Deije ri no que ele se levanta.
Ele é um Demônio que viveu uma vida bem mais longa que a minha, e as palavras dele continha um peso apoiado por experiência.
Seus seis olhos me observaram. A emoção contida dentro deles era algo que eu fui incapaz de entender.

“Medea, eu… vou me retirar deste exército.”

Num sentido, as palavras dele eram como eu havia esperado.
Apesar da forma dele, Deije é um Demônio racional. Suas vontades, seu desejo, pela própria natureza que ele é mirado em objetos além de humanos, ele é muito mais confiável que muitos outros Demônios.
Talvez Lize não tenha antecipado isso, porque assim que ela ouviu aquelas palavras, ela se levantou do seu assento mais uma vez.

“Mah… você está falando sério, Deije?”
“É… se eu ficar aqui, Supremo Comandante Heard irá me eliminar nesse ritmo. Homem que é a mão direita do Leigie da Preguiça, orgulhoso e presunçoso… Ki ki ki, que problemático.”
“Que tolice… você acha que Supremo Comandante permitiria algo assim?”
“Provavelmente. Quero dizer, meu Pecado não… é algo que eu tenho que estar aqui de todos lugares para realizar. Apesar que eu não tenho certeza sobre a Garotinha e Heard.”

Uma decisão instantânea. Bom discernimento.
As palavras de Deije foram diretas ao ponto. As vontades de um Avaritia são algo que podem ser realizadas não importa sob qual bandeira eles lutam. Com o calibre de Deije, não importa qual Lorde Demônio ele trabalhasse sob, ele iria receber uma avaliação favorável. Ele até tem uma Lâmina Demônio que Zebul elogiou como medonha.
A última parte também foi bem direta.

Meu desejo é… 『Invidia』 só pode ser realizado enquanto eu estiver aqui.

Como se meu cérebro estivesse ferido, minha cabeça começou a doer.

Deije sabe quando recuar. É exatamente por isso que ele sobreviveu a guerra com os Céus.
Seu corpo que havia sido treinado como aço, sua racionalidade, padrão de pensamento, desejo. Ah, tudo disso… que invejável.

No ki ki ki que eu estava acostumada, ele riu.
E ele soltou algumas palavras em que eu nunca havia pensado.

“Ki ki ki, eu irei lhe perguntar como alguém que sobreviveu a Guerra Zebul junto comigo. Apenas por precaução. Garota, você quer ir embora comigo?”
“O que… isso é…”
“Não há apenas uma página no livro do desejo. Ki ki ki, garotinha, você é jovem. Ao invés de ser lidada pelo Supremo Comandante Heard, você deve ser capaz de seguir uma vida decente…”

Lize olhou sobre mim e Deije num pânico. Desacordo e discórdia num exército do Lorde Demônio cai dentro do tipo de jurisdição dela. Eu imagino se a Ira do Grande Maou irá cair sobre ela. Mesmo que não seja culpa dela individualmente, não é como se a Ira de um monstro não tem direção. Não, ela pode ser mais assustadora do que qualquer monstro.

“… Deixem-me persuadir Heard Lauder. Eu não posso deixar as forças do Grande Lorde Demônio serem diminuídas.”
“Ki ki ki, eu sou grato pelo seu sentimento, mas algumas coisas são apenas impossíveis. Heard é… mais forte que sua Ira. Quero dizer, lá quando eu era apenas um Demônio médio qualquer… ele é um Demônio que viveu desde tempos antigos. Quanto mais um Superbia vive, mais poderoso o 『Sobre-Governo』 deles fica.”
“Minhas ordens são as ordens do Grande Maou, e minhas palavras são as dela. Ainda assim, ele falhará em ouvir?”
“Como devo saber?”

Deije resigna.

“… Mas… eu tenho uma premonição ruim sobre isso. Ki ki ki, é melhor se você não pensar nele como um Demônio normal. Isto é… algum conselho do seu veterano.”

Eu estou honestamente grata pelo conselho dele.
As palavras dele são provavelmente verdade. Se eu for ficar aqui, então no futuro próximo, eu serei cuidada pelo Supremo Comandante Heard.
Mas, ainda, mesmo assim… eu tenho uma razão pela qual eu devo permanecer. Não, eu devo ter uma.
Eu determino meu coração, e olho para Deije claramente. Enquanto pode ter sido por um curto tempo, ele é um soldado que foi capaz de trocar golpes decentemente com Zebul.

“… Obrigada. Mas meu desejo… só pode ser realizado aqui.”
“… Ki ki ki, eu pensei que você fosse dizer isso. Bem, faça seu melhor. Como um ex-Supremo Comandante, pelo bem do argumento, eu estou rezando pela sua sobrevivência, garotinha.”

Como que para oferecer um aperto de mão, Deije presenteou sua mão direita central.
Era enrugada, e envolta em músculo. Eu não sei só quanto poder ele tem. Mas disso eu posso sentir a acumulação de vários anos.
Disso, eu tenho ciúmes. Da cumulação de tempo.

Se você comprar o caráter de um Demônio com o passar dos anos, não muda tanto assim, contudo a personalidade deste homem é muito mais agradável que a do Heard.
Finalmente, como se ele tivesse repentinamente lembrado de algo, Deije pergunta…

“Garota… parando para mencionar isso, havia algo que eu queria lhe perguntar. Você sabe de um Lorde Demônio da 『Luxuria』?”
“… Sim. Eu encontrei um uma vez antes.”

Desde que o Lorde Demônio da 『Luxuria』 foi destruído, já foram mais de mil anos.
Mas só de encontrar ela uma vez, a intensa Inveja que eu senti por aquele Lorde, me faz lembrar a cena como se tivesse acontecido logo ontem.
Deije solta um suspiro indigno dele mesmo.

“… Como eu pensei, você falta com apelo sexy. Não tem como eu poder roubar você embora… é? Bem, eu sou grato por essa boa sorte.”
“…”
“Da próxima vez, me pague algo bacana.”

Com aquelas palavras, eu estava certa disso.
Ah, este homem… ele percebeu. Que eu não era uma 『Luxuria』, mas uma 『Invidia.』

Talvez era natural para ele notar. Porque diante dos olhos dele, eu invejei Celeste.

Mas eu não soltei minhas palavras. Eu apostarei que ele pensou que nossos interesses não iriam colidir, mas ao mesmo tempo, talvez este Demônio de Ganância estava demonstrando alguma gentileza.
Não, talvez era eu que queria desse jeito.

E assim como Deije disse, eu invejei ele.
Eu virei ele.

“Ki ki ki, Leigie da Preguiça e Depravação… ele com certeza era um Lorde Demônio interessante. E um aterrorizante… eu não consigo nem sentir qualquer ambição contra ele. Bem, da próxima vez que nos encontrarmos, eu rezarei para nós sermos aliados.”

É, exatamente. Eu rezo que nós nunca nos cruzemos de novo.
Eu olhei direto para Deije.

“… Certo, vamos nos encontrar de novo, 『Avaritia』.”
“Ki ki ki, ‘té mais, 『Luxuria』.”


Parte 3: Eu Quero Virar Você

Mesmo que razão permita, sentimentos não são tão perdoantes.
Essa é a natureza possuída por Demônios.

E assim, Heard despreza porque ele é Superbia, e Leigie procrastina porque ele é Acedia.
Lize se irrita porque ela é Ira, Deije busca porque ele é Avaritia, e Zebul come porque ela é Gula. Não há nada de estranho sobre isso.

Lorna é Luxuria, então desejar pelo Leigie-sama não seria… estranho.
E porque eu sou Invidia, eu preciso invejar.

Eu coloco todo meu esforço em morder no meu lábio… o gosto de sangue se espalha na minha boca.
Eu posso sentir o cheiro irritante nas profundezas do meu nariz.
Uma cena que eu não queria ver, palavras que eu não queria ouvir.
Muito diferente das chamas vívidas da Ira, o fogo lamacento da 『Inveja』 lambe os interiores da minha cabeça.

『Visão de Inveja』

Uma Skill na Árvore da Inveja. O poder de olhar os movimentos daqueles que eu invejei. Não é apenas o cenário, é até possível ouvir a voz das vozes deles.
Como se as cenas estivessem passando diante dos meus olhos, minha visão estava clara, e meu senso de audição foi preenchida com a tenra voz da Lorna.

Não é como se eu sentisse quaisquer desejos carnais pelo Leigie-sama, eu estou simplesmente com ciúmes.

Da Lorna, que deseja pelo seu próprio Lorde.
Do Deije, que segue seus desejos, e continua à persegui-lo.
Do Heard, que tem confiança transbordante o suficiente para até esnobar o Lorde da Gula.

Até agora, eu só usei skills de Inveja dentro do meu próprio quarto.
Minha aparência sempre foi 『Luxuria』.
Abençoada com tanto inteligência quanto beleza, alguém que fica na frente do exército. Uma única mulher que governa Luxúria.

Eu uma vez invejei o Lorde Demônio da Luxúria, Lilith Luxeliaheart, e as skills em que eu coloquei minhas mãos eram bem acima das skills da maioria dos Demônios de Luxúria.

E assim, eu sou… Medea Luxeliaheart.

Minha forma refletida no espelho de corpo inteiro estava tingida com a feia emoção da Inveja, e lágrimas de sangue estavam descendo de meus olhos.
Minha mente é pintada com uma clara emoção repulsiva, preta.
Como oposto aos meus sentimentos, eu estava prosseguindo favoravelmente pela Árvore de Skill de Inveja.

“Haa… haa…”

Mesmo que eu não tenha movido um único passo, meu peito parece apertado.
A respiração que eu solto é quente, e úmida.

Eu tento recordar as palavras de Deije.
Como eu pensei, não adianta. Enquanto eu realizar minha inveja aqui, eu não tenho futuro.

Mesmo se eu estiver para ser morta por Heard Lauder…

Ninguém… pode ficar no caminho da minha inveja.
Se ele vier até mim com as intenções de me eliminar, eu só tenho que derrotar ele no seu próprio jogo.

As Skills de Avaritia que eu obtive por Invejar Deije.
As Skills de Luxuria que eu obtive por Invejar Lorde Demônio da Luxúria, Lilith.
As Skills que eu obtive eu mesma por perseguir Invidia.
As Skills de Gula que eu obtive do corpo esmagado de Zebul.

Como uma Classe General, a quantidade de poder que eu posso Invejar de longe excede aquela do homem que era a mão direita de Deije, Libell, o Perseguidor.
Mas isso não é de importância para mim.

Minah Inveja é… o que ativou ela? O item que era a fonte disso tudo tem que estar por aí em algum lugar.

Eu estou com inveja.
Eu estou com ciúmes.
Eu quero… virar você.

『Leige-sama, é hora da sua refeição.』

Com uma expressão gentil, Lorna chamou pelo Leigie.
Ela é uma atendente que serviu ele por muitos anos. Ela é a maid que tem o maior contato com Leigie-sama, e ao mesmo tempo, ela é o Demônio que me salvou.
A aparência, personalidade, habilidade, lealdade dela. Tudo sobre ela é invejável.

… Se apenas você não estivesse aqui, eu seria aquela no seu lugar.

E de novo, uma febre preta torra em minha cabeça.
Como, por que, em apenas um passo irá o que eu desejo cair em minhas mãos?
Quem é culpado? O que é culpado?

Se apenas eu tivesse sido capaz de lidar com Zebul, se apenas eu tivesse juntado algumas conquistas, minha vida diária deveria ter continuado como sempre teve, e ainda…

Mas neste momento, o que eu tenho de menos é tempo. Heard irá tentar me matar sem dúvida.
Esse é o tipo de Demônio que ele é.
Apenas por invejar de longe, eu não conseguirei à tempo. Minha vida perderá seu sentido. Eu perderei tudo.
Os sentimentos que eu estive tentando tão duro para restringir até agora passaram o limite que eu consigo conter com meu poder.
Meus braços, minhas pernas, mesmo quando não está frio, eles estão tremendo.

『Leigie-sama, seu cabelo está desarrumado.』

『… Entendo.』

Ele sempre esteve enfiado na sua cama, então não tinha como estar penteado.
Num tom como se isso fosse apenas um pretexto, Lorna tocou o cabelo azeviche de Leigie-sama. Os olhos dele permaneceram fechados, e ele não disse uma palavra.
No momento que ela tocou nisso, eu vi o rosto de Lorna ficar tingido num vermelho leve.

Ela não disse nada. Ela não disse nada, mas eu estou com ciúmes.
Eu ouvi um boato no vento. Que Leigie-sama se virou para lembrar o nome de Lorna. Sua atendente sempre-tão-reservada era provavelmente a causa dele saindo um tempo atrás também.

… Mesmo quando ele não lembrou meu nome ainda.

Isso não é bom. Não é mais bom. Isso definitivamente não é bom.
Eu dou respiradas árduas no que eu limpo meus olhos com um lenço. O pano branco, depois de ser esfregado contra meus olhos uma vez, mudou para um tom de vermelhão inacabavelmente próximo de preto.

Ah, você é… meu desejo.

Eu entendo que é algo sem sentido.
Mas se eu… se eu fosse um Lorde Demônio, eu seria capaz de imitar perfeitamente a forma da Lorna!
Essas ambições sem sentido giraram por minha cabeça.

Não importa quantas vezes eles fossem limpos, não havia sinais dos fluxos de lágrimas pararem. O peso do lenço sugando minha inveja era abominável.

Eu não tenho tempo. Seu eu consigo vencer contra Heard, honestamente eu não sei.
Pensando de volta no aviso do Deije, a probabilidade é bem baixa. Ele é um homem cuja natureza eu não entendo completamente. Eu não tenho certeza se ele está escondendo algo ou não.
Então antes disso, eu irei realizar meu desejo.

Eu desisto de enxugar as lágrimas.
Eu destranco a porta, e deixo o quarto.
Minhas pernas tremem, e eu coloco minha mão na parede para me ajeitar, no que eu olho em direção do quarto do Leigie-sama. No caminho, eu passei por um dos meus subordinados.
Ele tentou me chamar para cumprimentar, mas ao ver meu rosto, ele arregalou seus olhos com uma expressão chocada.

Não há necessidade para você se preocupar sobre isso. Meus desejos não estão apontados em você.

Tentando passar isso, eu tentei forçar um sorriso no meu rosto, mas ao ver isso, o rosto dele ficou pálido, e ele fugiu.

Ah… se eu fosse capaz de sorrir como Lorna, ele não teria fugido, certo?

Mas isso é também uma questão trivial.
Antes, eu tinha todo o tempo no mundo, mas até o tempo começar a se esgotar, eu fui incapaz de fortalecer minha Inveja. Eu sou um Demônio horrendo, seu dúvida.
Há vários Demônios que desistiram de seus desejos, mas tendo provado uma vez o que é ser um Menos, eu sou incapaz de me resignar.
Eu aperto meus dentes.

“Isso não é bom, definitivamente…”
“Kusu kusu kusu… o que não é bom?”

Eu deveria estar falando sozinha lá.
Por perto da curva da passagem, uma única sombra se mostrou.
Cabelo dourado, olhos azuis. Um Demônio vestindo um uniforme de maid equipado com uma saia mais curta que a de Lorna.
Hiero. Irmã da Lorna. Número dois da casa em serviço ao Leigie-sama.
Ela dá uma risada irritante. Enquanto ela tem uma aparência similar à de Lorna, ela veste uma atmosfera diferente.

Ao mesmo tempo, ela é um Demônio de Superbia como Heard, mas ela é um especial que não vai fora em batalha.
Por que Orgulho precisa erguer vozes tão irritantes? A expressão dela, tom, toda parte dela me dá nos nervos.

“Eu fui expulsa pela oneechan, mas eu troca, eu achei algo bem interessante.”
“… Eu não tenho assuntos com você.”
“Kusu kusu kusu, Medea-san, seu ato está escorregando, sabia?”

Nas palavras dela, eu repentinamente notei.
A imitação de aura de 『Luxuria』 que eu sempre vesti com uma skill havia sido liberada.
Eu dou respiradas profundas, e me recubro em Luxúria.

Com olhos interessados, ela olhou para mim.

“… Entendo, eu sempre estive pensando nisso. Não importa o caso, sua impressão era leve demais para Luxúria. Kusu kusu kusu…”

Como se eu ligasse.
eu não preciso esconder mais isso. Em primeiro lugar, eu não tenho interesse em alguém como Hiero.
Desde o começo, aquele de quem eu queria me esconder… era apenas Leigie.

Hiero tira um lenço para limpar meus olhos, e olhando para o pano preto, ela sorriu claramente.
Sem ligar sobre se sujar, ela coloca o lenço no seu bolso.

“E o que você planeja fazer? Com essa aparência?”
“… Como se você tivesse que saber.”
“Kusu kusu kusu, você é chata. Eu imagino o que eu deva fazer… se eu te parasse, oneechan me elogiaria?

Esta aqui… ela quer lutar?
Contra um General como eu?
É verdade que Skills de Inveja não tem mesmo um poder de ataque alto. Mas eu tenho todas as Skills que eu Invejei até agora.
Eu provavelmente ganharei. Eu não sou tão fraca para perder por algum Demônio normal medíocre.

Mas mesmo quando no lado que recebe da minha sede de sangue, Hiero sorriu com um rosto inocente.

“… É uma piada. Uma piada! Por favor não faça um rosto tão perigoso por uma simples piada. Kusu kusu, tá, eu lhe deixarei passar. Oneechan está… ainda no quarto, mas ela deve sair em breve. Minha nossa, ela ama levar seu tempo…”
“… Qual o seu objetivo?”

Eu não consigo entender o que esta garota está pensando.
Ela não viveu tanto assim, e ela não deve ter prosseguido tão longe assim na Árvore do Orgulho, mas pela expressão dela, enquanto pode ser de um tipo diferente, eu percebo um orgulho como do Heard.
Não que ela está me caçoando, mas que ela está me esnobando por natureza.
E a expressão dela continha uma quantidade que não combinava de sabedoria.

“Nada, sério~? Eu não tenho um objetivo. QUero dizer, Medea-san vai ser morta logo então eu pensei que ao menos, eu iria deixar você realizar seus desejos, só.”

Hey, você não pensa assim também, Medea-san? (NT: Eu colocaria dentro da outra fala, mas acho que era assim mesmo)

Hiero ergue sua voz e ri.
Tem uma dor latejante na minha cabeça. A Chama da Inveja que eu deveria estar restringindo está queimando.

“Bem, eu acho que você pode apenas fazer o que você quiser. Leigie-sama… kusu kusu, não tentará lhe parar, muito menos ligar.”
“…”

Isso não é bom, eu não tenho tempo.
Quanto mais tempo levará para aniquilar esta aqui? Um minuto? Dez? Ou talvez até mais?
Eu não tenho tempo para ligar sobre Hiero.

Assim que ela abre o caminho, eu viro meus olhos para ela só mais uma vez, antes de direcioná-los de volta para frente.
Sangue pinga, manchando o carpete.

“Kusu kusu. Ah, se você acabar matando oneechan, por favor me diga, ‘kay? É minha vez depois.”
“…”

Eu não consigo lidar com ela.
Mesmo depois que Hiero saiu, a risada irritante dela ressoou em meus ouvidos.
O que é tão estranho? O que é tão engraçado?

… Nada disso importa.

Eu só tenho um arrependimento sobrando aqui.

O quarto do Leigie-sama entra em vista. Lorna já deixou ele.
Desde o começo, eu nunca tive quaisquer planos de matar ela. Eu não tenho certeza do que aconteceria se ela ficasse no meu caminho, mas ela é muito mais ocupada que um soldado comum, e ela é sempre humilde quando diante dos olhos do Leigie-sama. Mesmo quando ela é tão surpreendentemente intensa de noite.

Eu bato na larga porta uma vez, antes de lentamente abrir ela.
Pelo que eu consigo ver com meus olhos, o quarto do Leigie-sama é, depos de ter sido queimado minunciosamente por Lize-san algumas vezes, diferente do que eu entrei à muito tempo atrás, mas a atmosfera que eu senti era idêntica.
Incomparável com Inveja ou Ganância ou Ira ou Gula, um intenso ar de Acedia.

“Perdoe… a intrusão… Leigie-sama.”

Na minha voz, Leigie-sama não ergue uma resposta. Eu sabia disso desde o começo.
Eu tranco a porta atrás das minhas costas, e aproximo a cama em que Leigie-sama está enterrado.
Como se ele tivesse morrido, seus olhos estavam levemente fechados. Seu semblante era tal que nem uma única expressão pairava em seu rosto, e eu não podia determinar se ele estava ou não acordado.
Mesmo quando ele está diante dos meus olhos, eu não particularmente sinto nada. O Rei da Preguiça sem uma única coisa para eu Invejar. Assim como uma escultura… não, mais que isso, como um corpo, o Rei da Depravação não se remexe nem o mínimo.

Quando eu estou com inveja de tudo que eu sou incapaz de colocar minhas mãos, eu não consigo achar uma única coisa no Leigie-sama para se ter ciúmes.
É natural. O que eu tinha inveja não era do Leigie-sama em si, mas dos seus arredores.

Eu movo a palma da minha mão para o rosto do Leigie-sama. Ele está vivo.
Minhas lágrimas de sangue feias pingam, e sujam aquele rosto.

“Leigie-sama… apenas o que… eu devo desejar… Por que eu nunca consigo estar satisfeita…”
“…”

Leigie-sama levemente abre seus olhos, e seu olhar transparente, sem uma gota de presunção, olha através de mim.
Mas ele não diz nada. Isso era excessivamente desencorajador.

Há apenas uma única pista.
Em tudo que eu percebi, dentro da minha memória, Lorna é aquela que eu tenho mais Inveja contra.

… É por isso que se eu sou capaz de realizar algo que Lorna não consegue, minha inveja deve limpar um pouco.

“Leigie-sama… você se lembra do meu nome?”
“… Sim.”
“Eh? Sério!? Está tudo bem se eu lhe pedir para dizê-lo?”
“…”

Os olhos dele perguntaram a questão, ‘quem é esta?’

… Apenas por quais instintos o Leigie-sama vive?
Mesmo olhando para minhas lágrimas de sangue fluentes, mesmo quando seu rosto está sujo, ele não se revira nem o mínimo. Eu sou incapaz de mover o coração do Leigie-sama.
Isso é algo que eu já sabia, à muito tempo.

Eu ergo a borda do meu robe, e dou uma levantadinha educada.

Então no fim, eu irei me adornar com a impressão de beleza perfeita.

“Leigie-sama… eu sou chamada Medea Luxeliaheart. O Pecado que eu governo é 『Luxuria』. É um prazer estar em seu serviço.”
“… Entendo.”

Ele solta uma voz deprimida.

Meu núcleo de alma está batendo barulhentamente.
Mas isto é estranho. Mesmo quando diante do homem em si, minha Inveja não está satisfeita nem um pouco. Eu estou… apenas o que eu estou ignorando?
O que quer que seja o caso, eu não tenho tempo.

“Leigie-sama…”

Eu desamarro o laço segurando o robe fechado no pescoço, e deixo a fita vermelha na mesa ao lado.
Um por um, os botões de madeira são desabotoados por minhas mãos trêmulas.
Eu retiro meus braços, e o robe cai nos meus pés. Meus ombros nus sentem uma agradável sensação fresca ao entrar em contato com o ar.
Tudo que está protegendo meu corpo é um leve vestido, e a roupa íntima que eu estou vestindo por baixo. Eu não estou nem vestindo meu uniforme militar. Não há nada para me proteger. (NT: One-piece, eu não manjo de roupas femininas, mas é basicamente um vestido, certo?)
Não é como quando Zebul tirou tudo. O ato de tirar por mim mesma é muito mais embaraçoso do que eu havia antecipado. Demônios de Luxúria com certeza são incríveis.
Meus lábios tremem. Numa voz trêmula, eu declaro para Leigie-sama.

“… Doravante… eu estarei lhe violando.”
“… Entendo.”
“… Significando, eu estarei completamente ignorando sua vontade, e forçadamente cometendo atos sexuais com você.”
“… Entendo.”

Mesmo depois de embaraçosamente declarar tudo isso, a expressão no rosto do Leigie-sama não mudou nem um pouco, suas sobrancelhas nem se mexeram um milímetro.
Não há um traço de emoção humana. Sem vergonha ou medo. Enquanto bocejava, seu olhar passageiro de mente vazia faz com que eu nem tenha certeza se ele está olhando para mim.

No que eu confirmei que o fluxo de minhas lágrimas se tornou mais forte, minhas mãos trêmulas se moveram para remover o botão mais de cima do vestido.


Parte 4: Isto É Demais…

Mesmo depois de dar meu corpo e sentimentos, meus sentimentos de inveja se subsidiaram por quase nada mesmo. Isso era provavelmente a porção da minha inveja que havia sido direcionada à Lorna.
O grande Inferno que formou a base não foi nem um pouco preenchido.
Meu sentimento de impaciência não está diminuindo em nada. Num atordoamento, eu me limpei e agilmente coloquei a roupa que eu havia descartado.

“Obrigada… por seu tempo…”
“…”

Leigie-sama não mostra um iota de movimento. Mesmo durante o ato, ele quase nem se mexeu direito.
Mesmo quando eu abaixo profundamente minha cabeça, ele não dá uma resposta. Seus olhos permaneceram fechados. Eu estava à beira de lágrimas.
Este Lorde Demônio sequer tem qualquer desejo sexual? Não, eu aposto que ele tem.
Quero dizer, é por isso que nós fomos capazes de fazer isso em primeiro lugar.

O Rei da Ociosidade.

Experienciando o jeito anormal de vida dele mais uma vez, eu senti um sentimento extremo de perda e desespero. Eu não consigo nem erguer uma risada vazia.

Mas se não é isso, então o que poderia ser a fonte da Inveja que eu obtive?

Eu sempre pensei que ela brotou do anseio que eu tinha pelo Leigie-sama. A Luxuria que eu obtive através da minha Inveja era para poder pegar o olho do Leigie-sama, e é por isso que eu sempre fingi ser uma.

Isto não pode ser. Eu não consigo mais seguir isto.
Eu não consigo achar o alvo da minha Inveja. Deve ter sido algo que deu à luz emoções grandes o suficiente para me despertar para meu Pecado.

O que eu devo fazer de agora em diante?
Meu campo de visão balançante. Sem meus pensamentos entrando em ordem, meus pés incertos seguiram para a porta.
Eu desfiz a trava, e abri ela.

“… Hm. Você já terminou?”
“… Ah… entendo…”

Aquela voz me iluminou.

… Então eu já estou sem tempo.

Apoiando seu corpo na parede de fora, estava um homem de cabelo preto me encarando.

Supremo Comandante, Heard Lauder.
Maior seguidor do Leigie.

Ao mesmo tempo que eu alcancei a iluminação, uma raiva intensa sujou a cena diante de mim de vermelho.

… Então que seja. Se você vai ficar no meu caminho, então ver se a sua 『Superbia』 é mais forte ou não que minha 『Invidia』 não é uma má opção.
Eu perdi o rastro que eu estive seguindo por anos, e eu estou no clima para descontar minha raiva em alguém.
Eu coloco minha respiração em ordem.

“Kusu kusu, Medea-san, você realizou seu desejo?”

Ao lado dele está Hiero. Com um sorriso cheio sem classe, ela me menosprezou.

Não está realizado. Não tem como ele estar realizado.
Eu ainda tenho arrependimento sobrando. Não, meu arrependimento só ficou mais profundo.

Eu lambo meus lábios. Por sorte, minhas lágrimas já pararam. Bem, não há dúvida que eu estou fazendo uma expressão terrível neste momento.

Eu endireito minhas pernas trêmulas.

Eu ergo meus olhos para ver o Demônio de Orgulho, duas cabeças mais alto que eu.
Claro, eu não estou sendo negligente, mas Demônios de Orgulho geralmente não iniciam ataques surpresas. Ainda mais quando o inimigo é de status mais baixo.
Apenas por precaução, eu confirmo isso uma última vez.

“Heard Lauder… você planeja lutar comigo…?”
“… Para direcionar intenção assassina para mim, você cresceu admiravelmente, não cresceu. Lutar? Errado, isto é simples… julgamento.”

O mesmo tom intolerável de sempre.
Mas lá, Heard parecia ter repentinamente lembrado de algo.

“… Hm, mas você realizou o meritoso feito de incomodar Leigie-sama, e então enfraquecendo ele.”
“… O que? O que você está…”

Enfraquecendo… Leigie-sama?
Meritoso?

Este homem… o que ele está…
As falas de Deije revivem em minha mente.
Uma premonição ruim. Certo, era isso o que ele disse.

A pressão que eu posso sentir só por ele estar de pé ali. O sentimento de opressão.
Uma grande pressão como se o ar em si estivesse sendo esmagado, não diferente de quando Zebul ficou diante dos meus olhos.

Supremo Comandante Heard Lauder é suposto de ser o Demônio mais forte no Exército depois de Leigie. Mas ele sempre teve esta extensão de poder, este ar sobre ele?

O Orgulho Kaiser.
No passado, ele apoiou este exército sozinho, o maior veterano. O ditador deste exército.
Com olhos como se ele estivesse observando uma pedra no lado da estrada, Heard inspecionou meu corpo inteiro.

“… Certo, isto é uma exceção. De acordo com suas conquistas, e como piedade contra uma ex-companheira, eu não me importo em lhe manter por perto para o uso de relaxamento do exército.”
“O que…?”
“Kusu kusu kusu, isso não é legal, Medea-san? Para sair sem morrer. Kusu kusu, este não é sua ambição à muito idolatrada como uma 『Luxuria』?”

Hiero ri irritantemente.

Ah, isto não é bom.
Mesmo que eu não seja Ira, eu sinto uma grande necessidade de matar esta aqui.

Estranho? Sentimento de desconforto? Forte?

Eu sei de tudo isso.
Mas se eu ficasse quieta aqui depois de tudo isto, eu seria um fracasso como um Demônio.
Mesmo se eu não governar Superbia, eu tenho meu orgulho.
Mesmo se eu não governar Ira, há coisas que me deixam brava.

Neste momento, 『Inveja』 nem está vindo à mente.

“… Heard, eu sou grata à você. Lá trás quando eu era apenas um Demônio normal, você me deu um trabalho.”
“… Hm, eu não preciso de agradecimentos. Tudo que eu ligo é o resultado.”

E ele riu desdenhosamente, como que para dizer ‘e você nem conseguiu trazer quaisquer resultados’.

Mas mesmo se os olhos dele brilhassem com orgulho, ele não era negligente.
Para eliminar até a chance de um em um milhão dele cometer um errinho, para proteger seu orgulho, ele realizou todo o treino anormal dele.
Esta é a natureza de alguém que continua à reinar sobre Orgulho, Heard Lauder.
E assim, ele sempre brilhou como o Comandante Supremo das forças do Leigie-sama.

Das profundezas da existência dele, magia, desejo é retirado.
Fazem cerca de três dias desde o fim da Guerra Zebul. Estado físico de lado, minha magia está em perfeita condição.

“… Devemos mudar de local?”

Ele provavelmente sabia que eu não estava esperando um sim.
Com uma expressão desinteressada, exatamente como a do Leigie, ele me menosprezou.

“Local… Hm, não tem necessidade. Não, mais como, fazer isso aqui poupa algum esforço.”
“… Sentido?”
“Não, eu estava falando comigo ali… agora, Medea Luxeliaheart. Venha até mim.”

Hiero quietamente se move para o lado.
Heard parecia bem relaxado. Sem um sinal dele tendo entrado numa instância de batalha, seu rosto continuou à governar sobre e desprezar tudo igualmente.

Eu estou sendo subestimada.

… Tá. Eu toparei sua aposta.

Sem abaixar minha guarda, e prestando atenção aos movimentos do Heard, eu dei uma respirada profunda…

… Eu usei a skill 『Imitar』.

Meus pensamentos brilham como relâmpago, e correm pelo meu corpo.
O que flutua em minha mente é uma garota de cabelo verde. Sozinha, ela liderou seu exército, e virou sua lâmina contra o Grande Maou; um poderoso Lorde Demônio.
As chamas da Inveja queimam diante dos meus olhos.

Sem restrição, eu gasto o reservatório de magia que eu estive economizando.
Meus joelhos tremem. Meu corpo cai para trás por um momento. É um custo de Mana assustador. A quantidade excedeu até aquela usada pela Skill SS do Lorde Demônio da Luxúria, 『Dança da Alíquota Fantasma』.
Era uma verdadeira Skill de Lorde Demônio.
Originalmente, é o cume alcançado apenas por Demônios que colocaram milhares e milhares de anos em realizar seus desejos.

Eu Invejei isso. Sem qualquer respeito ou honra.

Algo pesa na minha mão.

É uma Skill de 『Invidia』 para preservar perfeitamente as Skills daqueles que eu Invejei.

『Imitar』.

Assim como o 『Governante de Skill』 da 『Avaritia』, ela pula a experiência requerida para conquistar ela, um jeito reservado para Inveja.
Diferente de com o 『Governante de Skill』, onde você pode fortalecer skills ganhadas, com 『Imitar』 você consegue usar as Skills no estado de onde elas foram imitadas.
O mesmo nível em que a real foi usada.

『Presa da Origem』

Era a skill que ela usou em batalha com Leigie-sama.
Uma lâmina curvada em forma de lua crescente de puro branco se manifestou diante de mim, antes de ser envolta nas névoas pretas da fome.

Heard franziu. Mas mesmo depois de me ver usar uma Skill que claramente não era Luxúria, ele não estava chocado.
Eu aposto que Hiero contou para ele. Por natureza, Demônios que governam Orgulho possuem um sistema hierárquico absoluto entre eles.
Eu havia esquecido. Não, eu não conectei isso. O Supremo Comandante, e a aprendiz de maid.
Mas isso não realmente importa. Isso não fará nada para quebrar uma Skill de Lorde Demônio.

“Isso é… hm, Zebul, a Devoradora… uma Skill de Gula, é?”
“…”

Pressão. Fome assustadora. A lâmina suga meus nutrientes, e minha visão fica embaçada. Meus pés ficam instáveis.
Completamente ignorando isso, eu abaixei meu corpo até o chão, e chutei o piso. A ponta da espada arranhou o piso no que fez um vácuo com seu balanço.
Era algo que até Leigie-sama teve que desviar. A skill que Zebul selecionou de sua eternidade de vida especificamente para eliminar o Lorde da Preguiça.

Em apenas um passo, eu fecho nele, e balanço para cima.

Heard, vendo esse ataque, sorriu com desdenho óbvio.

Vibrações como se o prédio estivesse tremendo. O chão cede. No momento antes da lâmina ser capaz de comer nele, sua forma desapareceu.
A presa facilmente perfura através da parede protegida por uma barreira.

“… Hm, como eu pensei… que inútil.”

Por trás, eu ouvi uma voz. Quando eu apressadamente me virei, meu flanco foi atingido.
Antes que eu pudesse sequer sentir qualquer dor, minha visão foi enterrada numa parede.
Dor. Um impacto que chacoalhou meu corpo inteiro. Julgamento. Uma diminuição na minha habilidade de sustentar vida. A dor afiada no meu flanco. Alguns dos meus ossos se foram.
A parte de trás da minha cabeça está sendo pressionada duro.

“Mesmo se você tiver as skills de um Lorde Demônio, uma mera Invidia nunca seria capaz de masterizá-las.”

O braço direito segurando a espada foi esmagado. Minha mão é forçadamente aberta. A presa vira areia, e some.
Isso não era aquela teleportação absurda que Leigie-sama demonstrou. Era puro movimento baseado em habilidade física. Era apenas simples velocidade, mas para meu nível de visão dinâmica, não era diferente de instantâneo.

O ocioso Leigie.
O Dinâmico Heard.

Que força física. Seu senso de batalha sem um momento de hesitação. Minha cabeça é removida da parede antes dela ser atingida por outro impacto.
Um rugido trovoante. Meus canais semicirculares estão tremendo. Eu não consigo nem dizer o que aconteceu, mas eu sei que o dano está se acumulando no meu corpo.
Minha visão está tingida de vermelho.

“… Hm, como eu pensei, você é apenas uma simplória 『Invidia』… apenas que parte desta aqui pegou os olhos do Deije… eu não consigo compreender.”
“… Dei… je…”

Naquelas palavras, aquele nome, minha consciência vaga respondeu.
Eu instintivamente ativei 『Imitar』. O alvo é um Demônio da 『Avaritia』. O Usurpador, Deije Breindac.
Eu estou com ciúmes. Eu não consigo deixar de ficar com ciúmes.
Da habilidade física dele.

Poder retorna aos meus braços sem poder. Sangue vermelho quente. A experiência de Deije, que trocou golpes com um Lorde Demônio.
Eu seguro a mão de Heard, que havia me segurado pela nuca do meu pescoço. Para o limite do meu poder. Eu tento esmagar ela.
Mas a mão de Heard não se move nem um pouco.

“… Então essa é a força bruta do Deije… hm, é um desperdício ter sido emprestada para alguém como você.”

Meu corpo flutua. Pela hora que eu notei isso, eu havia sido arremessada usando apenas uma mão.
Minha cabeça experiencia um choque. Mas isso é lidado instantaneamente com minha Resistência de Anormalidade de Status. Minha visão dinâmica captura perfeitamente a parede se aproximando em mim. Mas eu sou incapaz de fazer qualquer coisa.
Eu protejo minha cabeça antes de eu bater. É um impacto que corta através do meu corpo. Talvez devido à durabilidade do Deije, eu não levo particularmente muito dano.
O Demônio de Orgulho começou a se aproximar de mim como se ele estivesse dando uma tranquila caminhada.

“Hm… nada mal. 『Invidia』, eu irei lhe permitir invejar Leigie-sama.”
“… O que você…”

Um sorriso distorcido flutua na boca de Heard.

“Você invejou ele, certo? Enquanto você balançou seus quadris acima dele. Hm, eu estou lhe dizendo para usar isso, tola.”

Este homem… apenas quanto ele vai me fazer de idiota?

A quantidade de fúria que eu senti está tingindo minha cabeça de vermelho.
Repentinamente, as palavras de Deije revivem novamente.

『Bem, faça seu melhor. Como um ex-Supremo Comandante, pelo bem do argumento, eu estou rezando pela sua sobrevivência, garotinha.』

Certo, não importa o que, eu preciso ficar viva.

… Para realizar meu desejo.

Eu paro de imitar a habilidade física dele.
Poder é drenado para fora do meu corpo. Mas ao menos eu tenho força o suficiente para ficar de pé. E eu uso minha maga de novo.

Minha pequena consolação era que eu fui incapaz de manifestar completamente a 『Presa da Origem』, então eu ainda tenho alguma magia.

Eu lambo meus lábios. Não subestime Inveja. Eu anseio por tudo, desejo por isso, e mesmo se eu sou incapaz de me mudar, eu Invejo.

“… Então eu lhe mostrarei. O poder do Lorde da Preguiça!”

O que eu imagino é meu lorde. Sempre na cama, no piso, no chão duro do deserto. Sempre largado com uma expressão dolorida em seu rosto, preguiçosamente abaixando sua mão como que para esmagar uma mosca. O único Rei da Preguiça. O Rei Desnecessário.

Pense.
No poder dele. No jeito de vida dele.

… E eu invejei aquela Skill.

Eu levemente balancei minha mão.
O corpo de Heard foi repentinamente jogado contra a parede.
Como se ele tivesse sido esmagado pela minha mão.

Como eu devo colocar isto… que skill ociosa.
Pela falta de qualquer resistência que eu senti, eu olhei para minha própria mão espantada.
Minha nossa, não há uma única sensação na minha mão. Tudo que eu fiz foi acenar ela. Com um som alto, rachaduras se espalham pela parede protegida por barreira.
Sem pensar em nada, eu apertei minha mão.
Só com isso, rugas se espalharam pela roupa preta do Heard como se ela tivesse sido agarrada.

『Mão Leve Milagre Maravilha』

Esse era o nome da Skill. O nome da Skill que eu aprendi através do Leigie.
Enquanto ela pode ser miraculosa, ou maravilhosa, eu acho que tem algo errado com esse nome. Mas é definitivamente forte. Unilateralmente forte.
Além de ter quase nenhum demérito, você pode unilateralmente atacar sobre uma distância.

Mas mesmo depois de levar a skill que foi o suficiente para massacrar Zebul, o Demônio de Orgulho não pareceu estar em pânico.

“『Mão do Céu』, é… que inútil.”

Mesmo enquanto sendo pego, Heard me menosprezou.

Naquele momento, a skill foi forçosamente cancelada.
Seu corpo flutuante caiu, e ele aterrissou graciosamente em seus pés. Seu corpo e expressão não levaram dano.

Ele alisa as suas roupas enrugadas com sua mão. Com um olhar entediado.
Eu não consigo acreditar nisso… o que ele fez? Ele cancelou uma skill do Rei Preguiçoso?
Não, não é isso. Eu meio que consigo entender o que ele fez.

Heard Lauder é um Demônio de Orgulho.
Esse sendo o caso, há apenas uma única resposta que eu consigo alcançar.

Esta é a Skill 『Sobre-Governar』 da 『Superbia』.

Eu determinei que ela atravessou pelas profundezas do meu coração… ela tem a habilidade de anular Skills Sobre-Governadas, e de trazer cerca de ajustamentos de status absolutos contra oponentes Sobre-Governados. Uma das habilidades de Orgulho.

Mas isso não pode ser. Mesmo que ele possa Sobre-Governar a maioria das skills, isto não é normal.

“Isso não pode… como você foi capaz de fazer isso com o que o Leigie-sama…”
“… Hm, sem sentido. Invidia, eu te pedi para usar aquilo, não pedi? Eu pedi para você imitar aquilo, não pedi? Do Leigie da Preguiça…”

Ele hesitou por um momento,
Ele empurra a sola de seu pé no chão, e ataca por abaixar sua outra perna erguida.
Mesmo se eu notasse, mesmo se eu soubesse, era um ataque rápido como um relâmpago que eu não podia reagir.
Meu corpo bate no chão.
Seu imenso poder me deixa incapaz de acreditar que ele é da mesma Classe General.
Seu sapato, provavelmente feito de Couro de Dragão, espreme na minha cabeça como se ele estivesse pisando por cima de lixo.
Mesmo sem olhar, eu consigo dizer. Seu olhar frio como um tapa na cara. Seu espírito de luta treinado, perfurante de afiado.
Heard Lauder falou como se cuspindo suas palavras.

“… 『VIT』.”

Havia poder imbuído nas palavras dele. Eu entendi.

Este aqui está… em outro nível.

Mesmo depois de ter vivido por longos anos, há vários Demônios que não possuem considerável poder. Eu vi mais do que o suficiente deles. Mas este aqui é diferente.
Eu não sei quão velho ele é, mas a experiência de batalha, magia, autoridade dele, tudo disso numerava perto do tempo que ele gastou vivo.
Porque, como. Por que um Demônio de Orgulho deste ranque se resignou à ser o subordinado de um Lorde Demônio?

… Eu não posso vencer.

Eu movo muito pouco minha cabeça que estava sendo pisoteada, e olhei para Heard.

“Você… o que… você está tentando fazer!?”
“… Eu lhe disse para 『Imitar』. Eu não falei para você abrir sua boca.”

Depois de erguer sua perna num instante, ela desceu, e esmagou minha mandíbula.
Dor afiada. Sangue se espalhou pela minha boca, e o item duro que eu consigo por pouco sentir são provavelmente meus dentes, ou osso. Meu sangue se espalhou pelo chão, mas por alguma razão, minha visão fica estranhamente clara.
Dentro da minha consciência embaçada, meus pensamentos não conseguem acompanhar.
Minha vista é tingida com um leve preto. Alguém está olhando por cima de mim.

“… Kusu kusu kusu… Heard-san, esta criança perdeu a consciência, parece.”
“… Hm… bem, foi erro meu ter colocado expectativas nela, eu acho. Se ela pudesse apenas reproduzir uma fração do poder do Leigie-sama, ainda estaria bem… é o que significa.”
“… Bem, eu acho que isso é isso. Kusu kusu kusu, em primeiro lugar, esta aqui era dita sendo a mais fraca entre os oficiais comandantes.”

Eu não consigo ouvir nada. Eu não consigo ver nada.
Eu sinto meu Núcleo de Alma rapidamente perdendo poder.
Eu levei dano demais. Eu usei skills demais que eram demais para mim.
E ainda, eu não era párea.

Minha visão escurece. Eu não consigo ver nada. Eu não consigo sentir anda.
Naquela hora, uma imagem clara encheu em minha mente.
Não era dos alguns milhares de anos em que gastei viva.
Era do Leigie-sama me abraçando no lugar do travesseiro dele, e me trazendo aqui.
Aquela sensação era vívida. Sua expressão entediada. Seus braços, dos quais eu não podia nem sentir calor. Com seus olhos ainda fechados, um Leigie-sama imóvel.
Leigie-sama me espalhando sobre a cama de forma grosseira. Kanon-sama franzindo ao me achar.
Leigie comparando opções com olhos sonolentos. Era a primeira vez que ansiedade nasceu em meu coração.

Leigie-sama me soltou.

E o que ele segurou no lugar foi…

Um impacto corre por minha cabeça. Eu não realmente ligo que eu estava na beira da morte.
Eu não estou certa por qual lógica, mas cor começa à retornar aos meus olhos.

N-não sendo nem capaz de morrer quando morta… isto é demais.
Travesseiro!? … Esper… não me diga que a origem do meu…

Eu inintencionalmente gritei, mas minha boca havia sido esmagada, então uma voz estranha saiu.

“Faa… hyo…”
“… Huh? Você ainda tem consciência? Kusu kusu, você é uma resistente. Lá!”

Dedos como peixinhos fritos, uma mão apontada impiedosamente investiu nos meus dois olhos.
Meus olhos são esmagados, e minha visão fica completamente escura por meios muito físicos. Eu consegui soltar um grito da minha garganta. Os dedos continuam cavando ao redor dos meus olhos.
A dor intensa me faz realmente sentir a consciência me deixando desta vez.

Eu não realmente ligo mais. Apenas me mate logo…
Meus sentidos estão paralisados. A sensação dos dedos nos meus olhos. Eu nem sinto mais dor. É só a sensação de movimento lá que era extremamente perturbador.
No momento que minha consciência foi engolida pelas trevas de novo, eu ouvi uma voz fraca.

“Kusu kusu, Heard-san. Você não precisa mais desta aqui, certo? Posso pegar ela então?”
“… Hm, eu não preciso disso, mas… para o que você planeja usar isso…?”

Meu corpo balança. Minhas sensações estão fora de linha.

“Isto… eu acho que eu serei capaz de Sobre-Governá-la. Eu pensei que seria útil para um pequeno 『Experimento』…”
“… Hm, então que seja. Esse é apenas outro jeito para um 『Superbia』 avançar, mas me deixe apenas adicionar isto. Eu não ligo o que você fará com isso, mas tenha certeza de jogar isso fora quando você ter acabado.”
“Kusu kusu kusu, eu sei, Heard-san. Por favor deixe a limpeza comigo. Heard-san, você tem que… Leigie-sama…”
“… Correto. Eu não tenho o tempo para gastar em assuntos triviais… Hm, eu usei algum tempo inutilmente. Leigie, o Depravado… é? Meu pai com certeza caiu. Eu terei certeza de fazer um cumprimento final.”

Eu estou sumindo, mas eu ainda consigo sentir uma leve batida no meu Núcleo de Alma.

Mais importantemente…
As palavras que eu fui por pouco capaz de ouvir de Heard atiçaram minha curiosidade.
No que eu perco foco na minha própria consciência, minha mente cai para o inferno.
Eu freneticamente reganho foco.

Pa… i? O que isso quer dizer?
O pai do Heard Lauder é Leigie-sama?

Primeira vez que ouço isso. Eu estive aqui por um tempo, mas eu nunca ouvi de algo assim.
Nem mesmo um boato.
Algo está errado. Deixar Heard ir desse jeito é errado.
Mas eu não consigo mover meu corpo. Minha consciência também.
Minha vida passando diante dos meus olhos aumenta meu ritmo cardíaco, e minha mente reemerge, mas eu estou no meu limite.

Meus braços nem tremerão. É como se o sentimento imóvel fosse tudo que eu pudesse sentir.
Parece como se eu tivesse arrependimentos persistentes.

“Haa… oneechan é o mesmo, mas Medea-san, você é durável demais… Você realmente tem tantos arrependimentos em vida? Kusu kusu, realmente Luxúria e Inveja são resistentes demais… Mas Leigie-sama é outra história…”

Impacto sacode meu corpo inteiro, e minha respiração para imediatamente.
Antes disso ter acontecido, uma luz leve havia retornado aos meus olhos.
O que estava na minha frente era a forma de Hiero despejando os conteúdos de um pequeno frasco de vidro.
Gotas de água fluíram pelo meu rosto. A dor intensa que seguiu meu revivimento repentino me fez tentar gritar, mas Hiero enfiou um sapato na minha boca.

“Goh…!”
“Ora, ora, não me incomode tanto assim, Medea-san. Kusu kusu, se Heard-san descobrir, ele nos matará todas juntas, não vai? Você não pode ficar quieta por um tempo?”

Como se algo fosse interessante, ela sorriu no que ela moveu o sapato ao redor de novo e de novo, antes de finalmente remover ele.
Depois disso, ela pescou outra garrafa de vidro do seu bolso.
Aquele logo de marketing na garrafa… é uma Poção feita para restaurar formas de vida. É algo que eu tenho familiaridade vendo alinhado nos armazéns do exército.
Depois de remover a tampa, ela começa a espirrar isso em mim de uma altura desnecessariamente alta.
Poções são uma comodidade de super alta classe. Elas são um remédio milagroso que pode até regenerar partes perdidas do corpo.
Normalmente, alguém não tem a folga para tirar uma em batalha, então é algo que salvo para situações de emergência, quando elas são realmente necessárias.
Efeitos de uma poção incluem amolecer dor. Minha mandíbula esmagada é reparada.

“Arara, então nem duas foram o suficiente. Seu HP deve ser realmente alto… quer uma terceira…?”
“E-eu não quero uma… eu já estou bem!”
“Kusu kusu, não seja inconsequente. Veja, veja.”
“Gu…”

O pé dela passa pelas minhas costelas.
Há dor como se algo estivesse quebrado dentro do meu estômago.
Eu não consigo nem dizer mais o que está acontecendo. Ela está tentando me assediar, ou ela está me curando?

No segundo em que eu abri minha boca para reclamar, uma garrafa foi enfiada dentro.
Líquido fluiu diretamente pela minha garganta. Quando eu pensei que eu ia cair num acesso de tosse, a mão dela forçosamente fechou minha boca.
Do meu nariz, poção flui. Vendo isso, ela dá um leve e refinado sorriso.

“Goho, goho, o-o que você está planejando?”
“Hmm? Plano? Eu só te salvei, então eu acho que tem algo que você deveria dizer primeiro, certo?”

Que forma irritante de frasear.
Mas… salvou?
Eu apressadamente observei os arredores. A rachadura na parede, e o piso caído. Minha localização não mudou nada do momento em que eu perdi consciência.
Eu sinto traída por alguma razão.

“Agora, agora, Medea… onde~ está~ seu~ agradecimento~?”

Ela fala com um sorriso brilhante.
Eu cerro meus dentes.

“… Obrigada. Eu fui salva.”
“Kusu kusu, meu prazer. De agora em diante, você deve aprender seu lugar e saber quando fugir, sabia? Não tem como você alguma vez ser capaz de derrotar Heard-san, Medea-san. Em primeiro lugar, 『Superbia』 tem uma forte afinidade contra 『Invidia』.”

Ela mexe no meu cabelo como se fazendo carinho num cachorro.
Isso me irrita, mas o fato que eu ainda tenho minha vida é sortudo.
Mais importantemente, meus sentimentos de questionar como e porque são mais fortes.

Tendo recebido meu olhar, Hiero solta um suspiro.
O corredor… ela olhou pela esquina do corredor que levava para o quarto do Leigie-sama, e olhou de cima para mim com olhos filantrópicos.

“Não… não há a possibilidade que Leigie-sama irá pedir para abraçar Medea-san de novo? Somente no reino das grandes possibilidades, apesar que naquela área de um em um milhão… kusu kusu…” (NT: Abraçar no sentido mais amigo dos Demônios de Luxúria)

Eu… eu não consigo compreender.
Isso é estranho demais para mim. Como pode aquela Lorna ter uma irmã assim? (NT: Estranho no sentido de “não familiar”)

Eu não entendi o sentido. Eu não consigo compreender.
O poder de Heard era assustador, mas também é a mentalidade da Hiero.

Por essa razão… ela nem mudou de localização, mas me curou como eu estava?
Se Heard retornasse, o que você planejava fazer?

Meus pensamentos giraram. Sua razão exagerada fez com que eu só pudesse retornar uma sentença.

“… Eu não acho que isso irá alguma vez acontecer.”
“Eu sou da mesma opinião. Quero dizer, seu corpo é tão escarço… apesar que se fosse oneechan, eu iria entender…”

Você está comprando uma luta?

“Não, mas, se Leigie-sama alguma vez lhe convidar para a cama dele, você responderá, certo? Tente dizer isso. Eu fui salva pela Hiero da 『Superbia』, então por favor se delicie no meu corpo escarço.”

É algo com quase cem porcento de chance de nunca acontecer, mas eu me determinei à nunca usar essa frase se uma oportunidade dessas de fato aparecer.
Isto não é sobre salvar minha vida nem nada, eu só não irei.

“Kusu kusu kusu, bem, vamos deixar as piadas por aqui…”

… Então era uma piada.
Ela está sempre sorrindo, então eu nunca consigo dizer se ela está sendo sincera ou zoando.
Com uma expressão séria, Hiero olhou para o corredor. Um olhar passageiro como se para indicar o quarto do Leigie-sama.

“Heard-san pretende matar Leigie-sama. Ele irá mirar pela brecha onde ele foi enfraquecido por lutar com o Lorde Demônio.”
“… Hah? Mah, porque… não, isso está errado… entendo.”

Isso não é sano.
Mesmo que ele tivesse acabado de derrotar um Lorde Demônio, Leigie-sama por muito pouco conseguiu quaisquer feridas, e ele quase não usou quaisquer Skills. Ele não parece nem um pouco enfraquecido. Não, ele está dormindo, então não é como se eu pudesse dizer, mas…

Ainda assim, se Heard pretende matar ele… ele deve ter algum tipo de plano.
Em primeiro lugar, matar o próprio mestre é uma forma de Orgulho.
Se esse é o significado por trás das palavras incompreensíveis de Heard, então eu consigo entender.

Continuando, depois de uma larga espreguiçada, Hiero solta um suspiro.
Seus olhos cheios com irritação estavam tingidos com uma cor que não combinava com sua aparência jovem.

“Eu fiz uma aposta comigo mesma, entende. Eu sou definitivamente um Demônio de Orgulho como ele, mas desrelacionado com isso, eu aposto que Heard-san perderá. Bem, é só instinto, então se Heard-san de fato obter vitória, então eu cortarei Medea-san bem aqui. Kusu kusu kusu… na verdade, eu sou uma aliada forte para se ter, sabe.”
“… Entendo.”

Esta aqui não presta. Ela é lixo natural.
Mas ela salvando minha vida também é um fato. Eu decidi não dizer minha opinião. Eu me levanto, e movo meu corpo. Minha magia está basicamente vazia, mas a dor se foi.
minhas feridas foram curadas completamente.

“… Então por que você me curou totalmente? Você podia ter feito com que eu sobrevivesse por muito pouco, ou algo assim…”

Mesmo que ela não tenha restaurado minha Mana, deve haver uma diferença em habilidade entre eu e Hiero.
Se ela me curar completamente, a possibilidade que eu fosse fugir seria alta.
Na minha questão, Hiero soltou uma resposta despreocupada.

“… Isso~ é~ porque oito de nove vezes, Leigie-sama ganhará! Heard-san é definitivamente absurdamente forte, mas… o poder do Leigie-sama é incompreensível. Orgulho é extremamente fraco contra o desconhecido… se o oponente dele estivesse enfraquecido, ele poderia ser capaz de conseguir, mas Leigie-sama é o Lorde Demônio de Ranque Três. Seria o fim assim que ele revelasse uma skill que ele nunca demonstrou antes, não seria? Definitivamente.”

De novo, aquelas palavras admiravelmente amargas. Mas como um Orgulho como ele, as palavras dela continham algum poder persuasivo.
Eu fui esmagada até a morte com preocupação, e junto com Hiero, eu olhei para o canto.

… Travesseiro, desejo, o que eu devo fazer.


Tradução: Thyros



Fontes
Cores