TER – Capítulo 317 – A chama de Mare


Depois de devorar a pedra mágica do Dullahan, recebi um grande número de pontos. Eu acho que isso confirma que a razão pela qual a Valquíria não rendeu muitos pontos foi que sua alma foi consumida e como resultado isso enfraqueceu sua Pedra Mágica.

Consegui obter pontos suficientes, o bastante para estar quase atingindo outra evolução, e também consegui muitas habilidades. A maioria das habilidades veio dos seres malignos e eu obtive a Resistência a Anormalidades Mentais.

— Bem, então, vamos cuidar dos inimigos restantes, Fran, desta vez, deixe-me dar o apoio.

— Entendido!

— Tudo bem, vou deixar isso para você.

— Nn!

— Não consigo mais despertar, mas esse tipo de fracotes ainda será moleza.

— Minhas Senhora, use isto.

— Uma Poção de Despertar?

— Sim, imaginei que algo assim poderia acontecer, então vim preparada.

Kuina entregou a Mare o que parecia ser uma poção mágica, mas, de onde ela tirou isso?

Se não estou enganado, ela tirou o item debaixo de sua saia, que coisa mais misteriosa.

— O que é isso?

— Uma Poção de Despertar.

Parece ser uma poção que nos permite Despertar mais uma vez. Em geral, o Despertar trocava o aumento no poder de força por uma pressão pesada no corpo, usá-lo várias vezes era difícil, e era ainda mais difícil se a pessoa já estivesse fisicamente cansada, mas essa poção removia a tensão causada pelo Despertar, permitindo que você o usasse de novo.

No entanto, parecia suspeito forçar o Despertar, eu me perguntava que outros efeitos colaterais poderia haver.

— Tem algum efeito colateral?

— Está tudo bem beber uma vez. A única coisa que acontece é que seu olfato se deteriora por alguns dias.

Imaginei que se você fosse uma Fera Demoníaca, isso seria ruim, mas, a vantagem era poder Despertar novamente, então achei que esse era um bom negócio.

— Os monstros estão se espalhando.

Assim como ela disse, as Feras Demoníacas começaram a fugir, apesar disso, os Seres Malignos restantes ainda estavam dispostos a lutar. Se possível, deveríamos acabar com todas antes que pudessem escapar.

Mesmo que uma força de segurança tenha sido enviada para proteger os refugiados, seu poder ainda não seria suficiente para lidar com tantos monstros.

“Não podemos deixá-los fugir.”

As muralhas que construímos com o Grande Muro ainda estava quase intactas, existiam alguns buracos que foram feitos pela Valquíria, mas eles podiam ser reparados e, uma vez feito isso, poderíamos usar a parede para destruir o exército de monstros.

Usando magia, levamos as Feras Demoníacas e os Seres Malignos para as edificações que construímos para restringir seus movimentos. Eles correram em direção a passagem estreita, tentando romper o cerco, mas é claro que o local estava bloqueado.

Monstros eram empurrados contra a parede e um grande número deles caiu dentro de uma vala. Antes que eles pudessem sair, nós os enterramos no interior com a magia da terra. Até o momento, as coisas estavam indo como planejado.

Antes de mais nada, o exército inimigo caiu no caos total. Eles foram atacados por Fran e eu, pressionados por Llinde e viram seus comandantes serem mortos.

E agora, guiados pela magia de Mare e Fran, os Seres Malignos também cederam ao caos e se juntaram às Feras Demoníacas ao se chocarem com a parede.

— Bom trabalho, Fran! Dessa forma, é mais fácil lidar com todos eles!

Assim, Mare começou seu abate.

Aqueles ao seu alcance eram cortados por sua espada e, para todos os outros, a garota usava Magia do Fogo. Llinde também fornecia suporte aéreo, semelhante à maneira como Fran e eu nos coordenávamos.

KuOoooo!

“O que devemos fazer…”

“Só apoiar Mare.”

“Claro, mas não podemos matar alguns?”

Mare provavelmente ficaria brava se fôssemos longe demais, mas a pedra mágica dos monstros era uma tentação grande demais. Tá, destruir todas as feras demoníacas era uma das prioridades, além disso, ainda não podíamos ter certeza da vitória, ainda havia a tal de Murellia que comandava a Valquíria, então era melhor poupar nossas forças.

Erigimos outro Grande Muro, prendendo ainda mais e cercando os monstros que estavam tentando escapar. Estava um pouco relutante em usar magia, mas era mais importante destruir as Feras Demoníacas.

— Ráááá!

“Transformação!”

Fran e eu matamos os monstros perto de nós e usamos as habilidades Ladrão de Mana e de Vida para nos recuperarmos, assim, continuamos enjaulando os monstros restantes.

“Tudo bem, é isso!”

— Nn!

Demorou algum tempo, mas conseguimos cercar os Seres Malignos e as Feras Demoníacas com o Grande Muro, tudo o que restava era ajudar Mare a acabar com eles.

No entanto, isso poderia não ser necessário, pois podia sentir uma grande fonte de magia reunida dentro de nossa jaula.

Mare parecia estar usando a Chama Dourada da Extinção, mas também havia vestígios brancos e dourados envolvendo seu corpo, então ela também devia estar usando fogo pálido.

“Parece perigoso…”

— Acha que vai nos atingir?

Fran e eu estávamos de pé no Grande Muro, olhando para as Feras Demoníacas quando Kuina passou correndo por nós e nos advertiu a fugir.

— Ela vai atingir todo mundo! Temos que nos afastar!

Parecia que até Kuina, que estava lutando ao lado de Mare, estava ciente da poderosa técnica. No alto, também notei Llinde recuando.

“Fran, temos que fugir agora!”

— Nn!

Seguimos Kuina com pressa, então…

Do outro lado do Grande Muro, um enorme pilar de fogo se ergueu, de longe, parecia uma erupção vulcânica.

A parede em si não poderia suportar o nível de energia e calor do ataque de Mare e, com um som audível, começou a desmoronar e derreter.

“Uaa…”

Se não tivéssemos nos movido, a explosão nos engoliria ou seríamos tragados pelo magma da parede derretendo.

— Mare está realmente enérgica hoje. Tal ataque está além da imaginação.

— Ela foi longe demais.

Fran, Kuina e eu conseguimos fugir e agora estávamos assistindo o pilar de fogo branco e dourado continuar a subir. Um turbilhão de calor destruiu a parede, e nem os monstros nem os Seres Malignos sobreviveriam. Na verdade, não havia palavra melhor do que “Aniquilação”. O que deveria ter sido mais de mil inimigos foi apagado com um golpe.

— Mare vai ficar bem?

— Ela ficará bem, mas pode ficar um pouco cansada. Suas chamas não podem prejudicá-la, mas foi isso o que a levou a ser um pouco descuidada. Como ela não pode se machucar, ela tem pouco respeito pelos arredores e isso causa problemas, talvez eu deva “educá-la” mais tarde.

Isso foi muito assustador, torci para que a “educação” de Kuina fosse aceita por Mare, mas, por enquanto, a batalha terminou e, até que enfim, poderíamos tirar um momento para relaxar.


Tradutor:




Fontes
Cores