SRVF – Volume 2 – Capítulo 6



Lahsa empurrou Arc para dentro da carruagem à força quando estavam deixando o nosso território.

— Aniki, sinto que te causei muitos problemas desta vez, por favor, me perdoe. — Pediu desculpas pela atitude imprópria de seu irmão. 

Ele foi um convidado modelo durante sua estada e um excelente irmãozinho para todos nós, até mesmo para seu irmão de verdade. Não tenho qualquer queixa de sua visita.

— Lahsa não incomodou e jamais será um incômodo. — Enfatizei bem isso.

Na verdade, toda a culpa era de uma OUTRA PESSOA.

— Já que meu irmão foi um grande aborrecimento, da próxima vez, prometo vir sozinho. E nesse tempo, por favor, cuide mais uma vez de mim.

— Sim, certifique-se de vir sozinho. — coloquei ênfase no vir sozinho.

Tive mais que o suficiente do primeiro príncipe e Já que estas são as minhas férias, quero ser capaz de aproveitá-las.

— Nos veremos em breve, Aniki.

— Lahsa, você pode vir de novo quando quiser.

— Obrigado, voltarei com certeza.

A carruagem foi embora. Por algum motivo, uma pessoa estava emanando uma aura fantasmagórica de dentro dela, então fizemos uma purificação do local apenas por segurança.

— Lahsa realmente foi embora. —Iris parecia solitária vendo a carruagem partir.

Por causa do Lahsa…

— Sim, também me sinto solitário agora que o príncipe Arc e o Lahsa foram embora.

— Sim, e eu finalmente havia me tornado amiga do pequeno Lahsa.

Do Lahsa novamente… 

— Cara, eu me pergunto quando o PRÍNCIPE ARC e o Lahsa darão as caras de novo?

— O Lahsa disse que estará ocupado por um tempo e não terá férias até o inverno.
Lahsa novamente… A Iris realmente não se importa nem um pouco com você, Arc.

— Bem, vamos voltar?

 — Sim.

As minhas férias foram realmente divertidas nos últimos dias. Estou me sentindo bem, mas Vaine e Iris vieram para cá trabalhar, então não estão com expressões muito relaxadas.

Mesmo assim, não pretendo lhes tomar a razão pela qual vieram aqui. Vou pedir para que trabalhem agora. Claro, como percebi que estão assim, escolherei algo divertido e fácil para fazerem.

— Vaine, Iris, posso pedir para que façam algo para mim?

— Ah, eu estava mesmo entediado.

— Claro, você sabe que pode me pedir o que quiser!
Eu planejava começar a vender as máscaras faciais que o  Toto fez. Iria focar primeiro na área da Vila e depois expandir as vendas após ver os resultados.

— Vaine, você pode trazer todas as máscaras para o Lotson-san? Ele já sabe o que fazer, então apenas siga sua liderança depois.

— Ah.

— Tudo bem em me ajudar nas vendas, Iris?

— Sim!
Fomos direto para a região da Vila, levando as máscaras com cuidado. Lotson-san criou um espaço para a venda delas onde, alinhamos as mercadorias e as colocamos para todos verem.

— Bem-vindo, bem-vindo, estamos vendendo máscaras para pele aqui. — Chamei as damas e donas de casa que passavam por nós. 

— Nós, ehhh… temos máscaras aqui. — Iris não estava acostumada com isso, mas ela se esforçava.

— Hmm, o que seria isso?
Uma senhora de meia-idade veio até nós e perguntou sobre os produtos. Ela parecia alguém que iria gastar uma fortuna em coisas raras e itens incomuns. Obtive uma cliente em potencial, então agora era hora de começar os negócios.

Tentei analisar nossa cliente para fazer a escolha certa de palavras. A pessoa em questão estava na casa dos quarenta anos e dava a impressão de ser do tipo que dedica muito tempo e recursos com produtos de beleza.

— Madame, esta é uma máscara facial, um item milagroso capaz de aumentar drasticamente a qualidade de vossa pele. 
— Oh, isso é verdade!?

— Sim, Madame. Todos os testes e resultados de nossa extensa pesquisa têm mostrado que os efeitos da máscara facial são milagrosos e positivos. Sua pele, Madame, irá se tornar macia como o bumbum de neném.

— Como o bumbum, sério?

— Sim, sério, Madame.

— O bumbum de neném?

— Eu não estou mentindo, Madame.

— Bem, então eu vou pegar uma. Quanto?

— Como a Madame é nossa primeira cliente, lhe darei uma oferta especial; 5 moedas de prata.

— Ok.

A senhora retirou instantaneamente as 5 moedas de prata de sua bolsa. Pensei que ela poderia tentar barganhar então eu disse 5 moedas de prata, mas aparentemente essa quantia não foi nada para ela. — Que incrível poder de bolsa!
— Como faço para usá-la?

— Você tira a folha do recipiente e coloca em sua face. O efeito da folha dura apenas 8 horas após ser retirado, assim, por favor, se apresse em usá-la imediatamente.

— Bem, obrigada pelo produto e se os efeitos forem como diz, voltarei para comprar mais.

— Obrigado pela compra e volte novamente, Madame. No entanto, nosso produto é limitado desta vez, por isso, pode ser que não tenhamos mais quando a senhorita voltar.

A senhora saiu rapidamente e voltou para sua vila. Embora fingisse não se importar, a velocidade com que suas pernas trabalhavam mostrava que mal poderia esperar para ver os efeitos. Mulheres são realmente fracas para produtos de beleza de tempo limitado.
— Eba, a primeira venda do dia!

— Eu sei, também fiquei surpreso, Iris.

— Quanta comida pode ser comprada com 5 moedas de prata?

5 moedas de prata não são pouca coisa, na verdade é um valor considerável. Que bom termos uma venda tão rápida.

— Toto ficará satisfeito?

— Depende de como os clientes se sentem sobre o produto depois de comprá-lo.

Acabamos de vender apenas um, não era momento para nos distrairmos, sendo essencial que nos concentrássemos nas vendas. A parte mais importante neste negócio era que o cliente que comprou retornasse ou então iríamos falhar.

— Agora, vamos nos concentrar para vendermos ainda mais.

— Ok, vamos dar o nosso melhor!

— Oh, o que você está vendendo aqui? — Sim, outro cliente veio! 

Esta pessoa era uma dona de casa de aproximadamente 53 anos de idade e meu Scouter diz que seu Poder de Bolsa é 5300.

— Madame, esta é uma máscara facial.

— Oh, o que você está vendendo aqui? — Outra mulher aparece e pergunta.

— Madame, esta é uma máscara facial.

— Oh, o que você está vendendo aqui? — Outra mulher aparece e pergunta. 

— Senhora, esta é uma máscara facial.
Uau, muitas pessoas estão chegando agora! — Uma após a outra, nossas clientes vieram perguntando o que estávamos vendendo aqui. Parece ser verdade que as mulheres não resistem à tentação de uma fila.

Iris e eu fizemos o nosso melhor e vendemos 90% dos produtos hoje e as senhoras que estavam aqui saíram correndo para testarem as nossas máscaras faciais.

— Hoje nos saímos muito bem. — Disse Iris com uma expressão muito satisfeita. 

— Sim, fiquei muito surpreso.

Havia apenas uma máscara restando e ela já estava parcialmente seca, então decidimos fechar por hoje. Mais tarde, verificarei as reações dos clientes ao produto e, então, irei planejar nossas ações futuras. Embora não pareça haver problema com nosso produto, o feedback (Resposta) dos clientes nos permitirá vender ainda mais enquanto o melhoramos. 

— Iris, bom trabalho. Vamos conversar com Lotson e Vaine, e depois voltar para casa?

—…Ok.

Suas bochechas ficaram vermelhas e ela começou a sorrir do nada. — É muito divertido provocar uma donzela apaixonada, Hohoho!

— Parece que sobrou uma.

— Bem, já que é assim, por que não a compartilhamos com Vaine e o Lotson-san?

— Parece uma boa ideia.

Quando o nome dele entrou novamente em nossa conversa, suas bochechas pareciam um tomate. Parece que elas sofrem essa inusitada reação depois de ouvir essa estranha linha de comando (Lotson). — Você está bem animada hein, Iris?

— Lotson-san, Vaine, bom trabalho. — Fui para a parte de trás e agradeci a ambos.

— Me sinto muito bem agora. Nada como um dia de trabalho para trazer satisfação a um homem. — Vaine estava muito satisfeito com o trabalho. 

Realmente, sou muito grato a você, cara.

— Estou feliz em poder ajudar. — Lotson era um homem bom, a quem também sou grato.  

Sim, hoje trabalhamos duro. 
— Lotson-san, obrigado por ajudar na gestão da região da Vila. Por favor, leve algumas dessas máscaras para casa com você.

— Eh, mas ouvi dizer que são bens muito caros…  

— Está tudo bem, estou muito agradecido por todo o trabalho que faz aqui. Esta é apenas uma pequena retribuição.

— Não, obrigado por isso, mas irei aceitar apenas uma folha.

— É para aquela irmã que você comentou no outro dia?

— Oh, sim, eu já falei sobre ela, mas não. Ela ainda é muito jovem para se preocupar com coisas assim.

— Para quem então?

— É para minha esposa.



… Esponja? Espuma?¹

NÃO! ESPOSA !!!

 

—EEEHHHHH!!!!

VOCÊ TEM UMA ESPOSA?!!!

DESDE QUANDO VOCÊ ERA CASADO?!!!

EU NÃO SABIA DE NADA!!!!

 

 

Isso fez meu rosto se contorcer e minha voz ficou estranha. Iris desmaiou ao ouvir isso. O sacana do Vaine está tentando segurar a risada, então provavelmente ele já sabia disso. — Ei, pare já de rir! O assunto é sério, porra!
— Kururi-sama!? o que está havendo? Vocês estão bem !? — Lotson parecia estar em pânico.
Percebendo que a Iris tinha  desmaiado, Vaine a segurou.

— Lotson-san você é incrível.  

Eu dei um sinal de positivo para ele e pensei, — Esse cara é realmente incrível…

 


Tradutor: Rudeus Greyrat | Revisor: Apollo


Se você gostou deste capítulo, CLIQUE AQUI, solucione o Captcha e aguarde

por 5 segundos, assim estará apoiando o tradutor e a equipe de revisores!



1 – A piada perdeu o sentido em japonês, então tomei a liberdade de fazer essa (merda) kkkkkk ⤴


Fontes
Cores