Setes – Volume 4 – Capítulo 3 – A Forma de vida conhecida como Senhor Feudal



A Forma de vida conhecida como Senhor Feudal

 
『Eu fui um filho único.』

Dentro de uma atmosfera melancólica, o Quinto começou a falar.

Dentro da Joia, todos do Segundo em diante estavam sentados ao redor e escutando ele. Só o Quarto estava agindo de forma constrangida, enquanto ele incessantemente empurrava seus óculos para cima a para baixo.

O Segundo…

『Não mesmo. Isso não é bom. 』

Ele olhou em direção ao Quarto com um rosto bem rígido.

O Terceiro falou:

『Eu fui o segundo filho, mas meu irmão morreu, então eu virei o herdeiro. Eu acho que expliquei isso, certo?』

Todos nós dirigimos nossos olhos para o Quarto.

Incapaz de suportar, ele finalmente abriu sua boca.

『M-minha esposa ainda era bem jovem. Veja, quando nós fomos apresentados pela primeira vez, ela ainda estava no começo da adolescência. Mesmo eu estando nos meus trinta… nossas idades eram separadas o bastante para sermos pai e filha.』

Enquanto ele se agitava para criar uma desculpa, o Sexto respondeu.

『Sim, e?』

O Sétimo também.

『E?』

O grupo que não se importava com essas diferenças de idade continuou a pressioná-lo.

O Segundo estava mais preocupado com o fato de que seu filho mais velho havia morrido.

『E espera, antes de pensar sobre criar o Quinto em segurança, você não deveria ter considerado a possibilidade da morte dele? Não é raro que nosso tipo caia em escaramuças e outras disputas triviais do tipo.』

O Quarto levantou uma voz impotente.

『Não, eu estou refletindo, mas depois do Terceiro cair, sua majestade, veja, ele meio que me chamou e…』

De acordo com a explicação do Quarto, a família começou a receber tratamento preferencial em várias partes devido as conquistas do Terceiro. Ninguém pensaria em se opor diretamente a família a qual a coroa sentia um senso de dívida.

E durante a época do Quarto, eles foram capazes de utilizar esses méritos para ascender ao status de Barão.

O Terceiro jogou sua vida fora pela coroa, e contribuiu para a vitória dela, então a Casa Walt começou a receber o tratamento de um tipo de vassalo direto do trono de Bahnseim.

O Sétimo falou.

『O Terceiro morreu jovem, então não havia o que se fazer a respeito do fato de o Quarto não ter irmãos nenhuns. No entanto, o Quinto sendo um filho único significa…』

ISSO não foi só por diplomacia via casamento, mas se eles quisessem construir relações favoráveis, seria melhor ter um ou dois irmãos, ou irmãs. Se houvesse uma filial da família lá para suportar a Casa Walt que, de repente, havia se expandido em escopo, a posição do Quinto poderia ter sido firmada mais fortemente.

“Foi isso, entendo. Ele foi chamado de o mulherengo da família, mas isso na verdade foi pelo bem da Casa.”

Quando eu disse isso, o Quinto assentiu.

『Isso mesmo. Até eu queria ter só uma única esposa. Soava mais fácil. E também… você acha que eu poderia amar todas as minhas crianças igualmente quando eu tinha elas em números ultrapassando trinta? Tiveram alguns filhos que eu enviei para ambientes severos. Teve até uma filha que eu enviei como refém. 』

A época do Quarto foi boa.

A família real cuidava dele, e eu ouvi que o rei foi quem encontrou uma esposa para ele.

Mas uma vez que o governante se retirou, parece que o período antes do Quarto se aposentar foi terrível.

『Eu não posso confiar em nenhum deles. Todos os nobres nos arredores continuavam tentando provocar brigas. Houve até vezes que eles se passaram por bandidos para destruir meus vilarejos.』

Uma veia azul apareceu na testa do Segundo.

『Você fez eles pagarem, certo? Você não deixou eles te subestimando, certo?』

Nisso, o Sexto falou.

『Durante minha era, nós de alguma forma fomos capazes de pôr os poderes circundantes na defensiva, e fomos capazes de iniciar nosso ataque.』

A época do Quinto…

Não, na época do Terceiro para o Quarto, parece que havia poucos retentores confiáveis a se achar. Durante aquela época, a Casa Forxuz não traiu, e permaneceu leal… eles não tinham ambição?

A desculpa do Quarto…

『Não, veja… do meu lado, eu não pude encontrar uma esposa por causa daqueles preceitos estranhos.』

E os status deles mal havia acabado de subir, a Casa Walt teria que ter recebido a filha de alguém do mesmo nível, ou um maior.

Mas quando o Quarto se retirou, as Casas Viscondes nos arredores haviam criado certa distância deles.

『Se eu tivesse tido quaisquer irmãos, isso teria acabado diferente.』

Enquanto o Quinto olhava para ele atentamente, o Quarto fechou sua boca.

O Terceiro falou.

『Não deveria ter sido assim. Ela ainda era capaz de dar à luz, certo? E espera, e quanto a possibilidade de uma concubina? Você era de uma Casa de Barões, certo? Que tal ter recebido uma ilegítima das casas circundantes como uma segunda esposa? Você teve muitas opções, não teve?』

O Quarto…

『Não~minha esposa era meio chorona, e…』

『Não fode comigo, seu bastardo!!』

Enquanto o Quinto pulava no Quarto, ninguém se moveu para impedi-lo. Mais ainda, eles pareciam pensar que era natural que ele fosse apanhar.

Eu tinha conhecimento desses tipos de assuntos, a certo nível. Na verdade, quando a idade adequada chegava, não era estranho ser casado arbitrariamente, ou algo do tipo.

Eu não tive tempo para isso, então eu nunca pensei realmente em casamento.

Só fazer meus pais se voltarem para mim… isso era tudo na minha mente.

O Segundo assumiu o comando da situação.

『Vamos deixar o homem socando seu pai de lado, e só deixar isso como nós tendo feito conexões com as áreas circundantes com sucesso. Nós casamos elas a nossa família, ou mandamos esposas e maridos para eles… Já que nossa linhagem era boa, eu duvido que eles tivessem qualquer reclamação.』

O fato de que eles estavam obtendo crianças bem disciplinadas de boa linhagem provavelmente era uma coisa boa para o outro lado também. Não é como se não houvesse problema nisso, mas para a Casa Walt que não podia encontrar qualquer aliado nos seus arredores, era uma maneira firme de se estabilizar.

O Sexto falou.

『Elas eram todas de uma linhagem confiável. O problema foi a inclinação que a Casa começou a tomar. Quando nós esmagávamos as outras casas inimigas, ele reuniria mulheres que não possuíam crimes. Ele investigaria, e as chamaria… não importa quanto dinheiro nos possuíssemos, não era o bastante.』

Parece que ele gastou uma boa soma em dinheiro, mas o estoque do Quarto foi capaz de suportar isso. Exatamente quanto ele poupou afinal?

Sem fôlego, o Quinto tomou seu lugar de novo. O Quarto corrigiu seus óculos antes de se sentar também. As roupas dele estavam rasgadas, mas ele não parecia ferido.

(Bem, não como se eles fossem carne viva ou nada assim.)

Dentro da Joia… Eu estou em um estado em que eu trouxe nada senão minha consciência aqui.

E os Ancestrais não eram nada mais que memórias. As memórias deles mantinham seus corações, ou assim parecia ser a premissa.

(Exatamente como uma gema dessas foi feita?)

Se fosse só para gravar Skills, então um método desses seria desnecessário. Para mim, ouvir eles falando todos de uma vez não era realmente um problema, mas uma pessoa normal teria enlouquecido a esse ponto.

Eu fiquei na beira um par de vezes. No entanto, quantos anos se passaram desde que eu me senti constrangido por ser provocado pelos meus parentes?

『Eu não tinha afeição nenhuma por nenhuma delas. Dê à luz aos meus filhos. Isso é tudo o que eu desejo, eu proclamei.』

Com um tom fúnebre, o Quinto disse isso.

Eu pensei que ele fosse nada além de uma pessoa fria, mas parece que ele pensou nisso.

E…

『Meu primogênito se mandou pra virar um delinquente, e as lutas entre irmãos simplesmente não acabavam, e… a única coisa que eu tinha para me acalmar eram meus mascotes.』

“Uhm, eu acho que o Quinto acabou de quebrar.”

Eu relembrei os eventos que transcorreram em Daliem.

Havia um monstro com a forma de um coelho.

Toda vez que eu abatia um, ele gritava para que eu parasse. Enquanto eu pensava sobre quão estranhos os gostos dele eram, o Sexto bradou sobre ser rotulado como um delinquente.

『Se você tivesse mais de irmãos e irmãs mais novos, é claro, você correria em direção a delinquência! Além disso, você mimava mais seus mascotes do que seus filhos… sabia disso, Lyle?』

“O que foi?”

『O Quinto estava mantendo uma jovem besta divina chamada de Qilin como mascote.』

O Quinto respondeu.

『Oy, não chame isso de ‘manter’, ou algo baixo assim. Aquela era minha família!』

O Terceiro falou.

『Por que não valorizar sua família original primeiro?』

Eu pus minha mão em meu queixo e tentei relembrar.

Qilin… uma cornuda, escamada criatura cavalar. Elas também são chamadas de éguas dragão, mas para diferenciá-las de monstros, elas eram frequentemente classificadas como bestas divinas.

Antes de Ferramentas Mágicas fazerem sua aparição, bestas divinas eram a aspiração de nobres. Qilins, lendários por ser capazes de até correr pelo céu, eram ditos capazes de fazer um clã inteiro prosperar por gerações vindouras se você viesse a possuir um.

Havia até cavaleiros que duelavam pela posse deles.

Para a Quinta Geração ter um…

“Hein? Mas se era uma jovem, então não é estranho que eu não tenha visto na mansão? Bestas divinas são abençoadas com longevidade, ou assim eu li.”

Cem ou duzentos anos é normal para elas. Aquele que estava alimentando… não criando aquela besta, o Quinto, sorriu.

『Foi porque ela estava ferida… depois de tratá-la e ela recuperar sua força, eu, naturalmente, a retornei de volta para a natureza. As companheiras dela de seu rebanho vieram recuperá-la… aquela lá, ela olhou tão entristecidamente para mim… mesmo quando eu apressei ela para ir embora, continuou olhando para trás.』

Ao ver o Quinto se debulhar em lágrimas, todos os presentes recuaram.

O Sexto gritou.

『Você consegue ao menos entender meus sentimentos!? Todo mundo, de repente, colocou expectativas em mim quando meu próprio velhote conseguiu um Qilin pra ele, e você foi e devolveu ele pra natureza… como você acha que eu me senti quando eu ouvi isso!? Você poderia ter presenteado para a realeza! Só manter por perto seria o bastante.』

Possuir um animal tão raro teria sido benéfico para o bem da Casa Walt…

Eu também recuei diante das palavras do Sexto.

O Quarto olhou para o Quinto enquanto falava.

『Oy, você… você é o pior..』

『Como se você pudesse dizer issooooo!!』

『E isso é culpa de vocês, não é!!』

Vendo o Quarto e Sexto gritarem um contra o outro, eu sussurrei para o Sétimo sentado ao meu lado.

“Então, de quem exatamente é a culpa aqui?”

『… Eu não quero ter que dizer isso realmente, mas isso é responsabilidade do falecido Terceira Geração. É por causa desse cara que os Walt deixaram seus nomes na história, mas ao mesmo tempo, a ascensão repentina em status aumentou o escopo da autoridade da Casa tão repentinamente quanto. Bem, se você estiver perguntando quem é que está errado… basicamente todo mundo.』

Problemas deixados pelos pais foram resolvidos pelos filhos.

Isso é o que os chefes históricos puseram em prática.

Olhar para eles fez alguns sentimentos tristes virem à superfície, mas ao mesmo tempo…

“É aquilo. Toda era tem seus problemas.”

『Certo. Houve um bocado na minha época, sabe… Você pode estar tendo as coisas de forma fácil, mas a Casa Walt está no meio de uma montanha de problemas nesse exato momento.』

Ouvindo isso do Sétimo, eu inclinei minha cabeça e me perguntei se isso era realmente verdade.

Como eu falhei em compreender isso, o Segundo falou para mim com uma expressão incomodada.

『Lyle, você pode ter sido posto para fora de casa, mas a Casa Walt atualmente tem uma bomba relógio no meio dela conhecida como Celes… Isso não é um enorme problema?』

Eu fiquei satisfeito com essa resposta. Eu acho que há um número de coisas que eu também não estou vendo.

(…, mas não está tudo bem deixar a Celes como está? Digo, eu estou deixando o país e tudo mais.)

Estou sendo ingênuo demais?

Desafiando o Labirinto de Arumsaas, eu levei comigo a Aria, Novem e Clara.

Esta expedição era só para checar quão longe nós quatro poderíamos ir sozinhos. Nós viemos com a intenção de gastar três dias e duas noites.

“Lyle-san, há um grupo de aventureiros nos seguindo por trás.”

“Eh? Por quê?”

Enquanto eu espichava meus ouvidos, assim como a Clara disse, eu ouvi o som de passos por trás.

“Talvez eles estejam sob a suposição de que nós estamos tomando a rota mais curta? Digo, nós conseguimos ir todo o caminho até o quadragésimo andar e voltar em uma semana. Não seria estranho para eles em pensar que nós temos uma Skill dessas conosco.”

Essa não é uma das melhores sensações.

Nos seguir por trás era, em primeiro lugar, uma violação de boas maneiras.

Mesmo se nós perguntarmos aos culpados, eles provavelmente vão dizer algo como eles estarem coincidentemente escolhendo o mesmo caminho que nós. A desculpa deles era tão clara, que eu já podia ver.

E também se eles nos seguirem por trás, eles serão capazes de evitar batalha.

É uma forma de assédio dentro do labirinto.

Aria abriu sua boca.

“O que devemos fazer? Nós estamos tentando ver quão longe nós conseguimos ir com os quatro de nós, certo? Devemos passar a eles a mensagem de que nós não estamos usando Skills?”

Clara sacudiu sua cabeça.

“É melhor não se envolver com aventureiros que sabem perfeitamente bem que não estão seguindo a conduta adequada. No pior dos casos, eles podem nos atacar.”

Dentro do labirinto, aventureiros podiam matar uns aos outros.

Era uma história comum. Eles espreitavam em espera por aqueles que estavam retornando após abater hordas de monstros, e tomavam os ganhos deles. Esses tipos de pessoas definitivamente existiam.

É claro, aventureiros que mergulhavam realmente fundo…

Tinham uma alta probabilidade de encontrá-los no caminho de volta pra cima.

Enquanto eu mantinha vigia na retaguarda, Novem levantou sua voz.

“Lyle-sama, passos à frente.”

Eu imediatamente estendi a mão para a maça nos meus quadris e olhei para frente. Clara estava iluminando o caminho, mas tudo que eu vi foram alguns monstros se movendo à frente.

Eu não posso determinar seus números claramente, mas mais que isso, eu não podia nem confirmar que tipo de inimigos eles eram.

(Só por estar sem Skills, eu fico tão ansioso assim, entendo.)

Que magia a Novem vai preparar? A Aria vai na frente, ou nós vamos enfraquecê-los e deixar o acabamento para ela?

Mesmo se eu tiver que fazer uma decisão instantânea, se os inimigos não chegarem mais perto, eu não serei capaz de decidir.

Baseado no que eu podia ver deles, eu ordenei.

“Novem, faça-os tropeçar com vento. Uma vez que isso esteja feito, Aria, vá para frente! Clara, fique em espera.”

Eu dei as ordens, mas os movimentos do grupo pareciam embotados. A quantidade de bagagem em cada indivíduo era alta. A quantidade que a Clara conseguia carregar sozinha era limitada. Ao mesmo tempo, coletar materiais de monstros e pedras mágicas era o trabalho dela.

Nós não podemos tê-la totalmente cheia de carga desde o começo.

“E-espera um segundo!”

Aria imediatamente correu para frente.

“O que você está fazendo!?”

Enquanto eu dizia isso, eu parei a magia sendo reunida na mão da Novem. Eu fiz ela ficar como guarda da Clara, enquanto eu corria adiante com a Aria.

Enquanto ela balançava sua lança, ela ofereceu uma desculpa.

“Da última vez que nós enfrentamos esse mesmo oponente, você me fez correr na frente, não foi!?”

“Isso foi porque nós percebemos eles tarde demais da última vez! Dessa vez nós tínhamos tempo para Novem preparar a magia dela, não tínhamos?”

Meu pânico fez meu tom de voz mais forte do que eu pretendi, e os movimentos da Aria desaceleraram.

Enquanto eu senti como se estivesse gritando com ela, ela se encolheu. Eu não tenho tempo para dizer que eu não estava nervoso de verdade, então eu fui enfrentar os inimigos à frente.

Se for só lutar, eu não tenho problema, mas se eu tiver que fazer isso enquanto dou ordens, é completamente diferente.

(Então tem tanta diferença assim entre definir as preparações com antecedência e fazer decisões em batalha…)

Por eu ter ficado acostumado demais a isso, a falta de Skills pareceu bastante inconveniente.

O inimigo diante dos meus olhos carregava um escudo e machado que pareciam ser feitos de placas metálicas arrancadas das paredes.

Eles eram goblins, mas eles vestiam capacetes metálicos, então era um saco ir contra eles.

Eu acertei um com meu poder pós-crescimento, o goblin, com escudo e tudo, foi mandado voando passagem adentro. No entanto, eu não acho que isso acabou com ele.

(Se for assim, até meu sabre teria sido uma opção melhor! Mas ele teria sido um peso na nossa bagagem, então eu não o trouxe…Aarrrgggh! Merda!)

Eu contive minha vontade de gritar e balancei minha maça, só para ela colidir com a ponta descente da lança da Aria.

“O que você está fazendo?”

“Dessa vez não foi minha culpa!”

Aria gritou de volta, mas eu tenho a sensação de que a voz dela estava tremendo.

(Isso não é bom. Nós perdemos nossa compostura.)

Exatamente quão abençoadas aquelas Skills eram para mim… o meu eu atual sentia isso toda vez que entrava em batalha.

Tendo despistado o grupo que nos seguia e encontrado uma sala para descansar, nós nos sentamos em posições constrangidas.

Eu tinha a sensação de que ela estava bem mais perto antes, mas a Aria havia se afastado um bocado.

Enquanto eu observava o comportamento dela, Clara me chamou.

Nesta sala que estava sendo iluminada fracamente por uma lanterna, Novem estava ocupada mantendo vigia. Talvez cansada, Aria fechou seus olhos enquanto sentava.

“Aquela batalha anterior foi bem ruim.”

“… Eu não tive compostura nenhuma. Isso pode soar como se fosse uma desculpa, mas eu acho que meus pensamentos estavam no caminho certo.”

“Não, eu não quis dizer assim. A coordenação do seu grupo é uma coisa, mas é principalmente um problema de relações humanas.”

Quando a Clara disse isso, eu inclinei minha cabeça.

“Teve algum problema? Eu tive certeza de me desculpar com a Aria depois daquilo, e não é como…”

Nada aconteceu depois da batalha. Quando eu estava prestes a dizer isso, Clara me encarou com olhos mais focados que o habitual.

“Você não entendeu?”

“… Eu não entendi.”

Eu queria oferecer alguma reposta a ela, mas eu realmente não entendi, então eu queria ouvir o que quer que fosse dela. Ela olhou para Novem.

“Este é basicamente um grupo com o Lyle-san como líder.”

“Sim, tem sido assim desde o começo.”

Ela removeu seus óculos e começou a limpar a sujeira deles. Ela começou a explicar.

“Para líderes de grupo, há vários tipos. Há o tipo que dá ordens da retaguarda. Há o que abre o caminho adiante. Há aquele que se adapta a situação no centro de tudo. Lyle, você é do tipo central. Você pode realizar qualquer papel, e você é um líder que seria capaz de agir bem onde quer que você estivesse.”

Vendo-me ficar um pouco constrangido com as palavras dela, Clara prosseguiu desinteressadamente.

“… Você entende que poderia assumir as linhas de frente melhor que Aria-san? A Aria-san é incrível. Em uns dois anos só… não, até em um, eu acho que ela vai crescer bastante se ela continuar a experimentar muitas coisas. Os movimentos dela no labirinto já se tornaram muito melhores.”

Ela adicionou um, ‘mas’ enquanto colocava seus óculos de volta, e me encarou com uma expressão séria.

“O fato de você Lyle-san e a Novem-san estarem tão próximos dela, fez com que ela desenvolvesse um complexo de inferioridade. É bastante sério, ela comete erros mesmo quando ela não tem tais intenções, e você ou a Novem-san têm que consertar para ela. É bastante natural para ela se perguntar se ela é realmente necessária ou não.”

“Não, mas isso é…”

“Se você não ficar no centro desse grupo, ele vai se dissolver. Os membros do sexo feminino não se dão bem realmente.”

Ouvindo isso, eu sacudi minha cabeça.

“Esse não é o caso. Digo, nunca houve uma luta na mansão.”

Clara pareceu ter dito isso com convicção. Ela começou a falar sobre os grupos que ela havia visto antes.

“O grupo que eu ajudei antes era uma de pessoas que falavam o que queriam. A coordenação deles era ruim em algumas partes. ‘E quanto a mim? Que tal nós tentarmos um padrão diferente na próxima vez…’ eu trouxe tal assunto durante uma pausa. Quando eu os encontrei do lado de fora, eles estavam brigando também. Porém, eles estavam realizando seus trabalhos seriamente.”

Ouvindo ela, eu me aquietei.

Um grupo centrado ao meu redor… esse era realmente o caso. Contudo, também era um grupo que não funcionaria na minha ausência.

Por causa das Skills, esses lados permaneceram ocultos. Quando eu não estava cumprindo o papel do comandante perfeito, o funcionamento do grupo cessava.

(Então as Skills dos Ancestrais estavam até impedindo o crescimento da Aria.)

Companheiros que não decidem por conta própria.

De um estado em que tudo que eles tinham que fazer era escutar meus comandos, ter que fazer decisões de frações por conta própria provavelmente confundiu a garota.

Eu havia esquecido o quão adaptável a Novem era.

“Lyle-san, que tal você ter uma conversa entre companheiros primeiro? O que você pode fazer, o que lhe falta… é importante ver dos olhos de outras pessoas também.”

Eu tinha a sensação de que eu havia aprendido algo valioso da Clara.

Relembrando os Ancestrais anteriormente, eu queria alguém para falar algo assim.


Tradutor: Batata Yacon   |   Revisora: Ana Paula



Fontes
Cores