Setes – Volume 4 – Capítulo 2 – Várias Preocupações



Várias Preocupações

 

… Aria Lockwarde estava preocupada.

Ela havia se tornado uma aventureira e se juntado a um grupo, mas seu eu atual estava realmente contribuindo…?

Ela havia pego o pátio da mansão Circry emprestado e estava manejando sua lança, mas sua impaciência fez a cabeça parecer pesada, e acabava não se movendo como ela desejava.

Enquanto suas mãos suadas deixavam escorregar a porção que ela apertava, ela decidiu fazer uma pausa para pôr sua respiração em ordem.

“Hah, hah… eu sou a única sendo deixada para trás.”

Os membros do grupo dela consistiam de Lyle e Novem que eram um ano mais novos, e a autômato Poyopoyo, cuja nomeação ainda havia de ser finalizada. Esses quatro(?).

A esse ponto, se eles pedissem a Clara ou Miranda, elas provavelmente ofereceriam uma mão também.

E no meio disso, Aria estava entrando em pânico por conta própria.

Ela pensou estar cumprindo seu trabalho como vanguarda apropriadamente, mas por alguma razão, a atmosfera era uma em que ela era a única que estava ficando para trás.

Lyle tinha um monte de pontas soltas nele, mas ele acumulava conquistas.

Você podia entender isso se alguma vez o visse de perto.

Ele podia usar múltiplas Skills simultaneamente e ele dominou o uso delas facilmente.

Mesmo quando ela tinha uma gema vermelha também, ela nunca seria capaz de usá-la como o Lyle.

Skills de suporte e Vanguarda eram diferentes.

Mas em consideração ao manuseio delas, era claro como dia que a Aria ficava para trás do garoto.

Ela podia usar magia também, mas nada no alto nível da Novem.

Os tempos em que a Casa Lockwarde era considerada como uma Casa de Viscondes eram apenas uma memória distante.

Ao invés de praticar magia para poder viver, ela esteve se preocupando sobre como passar os dias.

Mesmo se ela arrumasse trabalhos para se sustentar, o gasto de dinheiro do pai dela sempre deixava a Casa dura.

No final, ela estava seriamente considerando o pensamento de vender seu corpo.

Não importava o que ela fizesse, era inútil…

Ela relembrou a voz de seu pai.

Ele era um homem orgulhoso e odiava aventureiros.

Se eles alguma vez aparecessem como assunto em uma conversa, ele atacaria, e estava sempre trazendo problemas.

“… O que exatamente eu estou fazendo?”

Lamentavelmente, Aria sabia a extensão de sua própria habilidade.

Não importando se ela lutasse de frente, ou invocasse magias de retaguarda, ela nunca se compararia nem ao Lyle, ou a Novem.

Diferente dos dois, que dedicaram plenamente suas juventudes para treinar suas artes marciais e magias, uma grande lacuna havia se aberto.

Aria apertou a Gema Vermelha pendurada em seu pescoço.

Das Skills gravadas nela, havia quatro em total.

Com sua própria Skill… 【Rápido】inclusa, o número se tornava cinco.

Apesar de Rápido permitir ágeis movimentos consecutivos, seu fardo sobre o corpo era alto.

Era uma Skill que ela havia obtido por conta própria, então utilizá-la não era difícil para ela. Isso é comparado com as outras que ela tinha.

Fortalecer os músculos, fortalecer armas, soltar um único forte ataque, enviar uma onda de choque.

Se você olhasse para as outras Skills, elas eram todas uma seleção que qualquer aventureiro de vanguarda olharia com inveja.

No passado, um aventureiro que ela encontrou em Daliem havia lhe dito…

“Afinidade de Skill, não é…”

Para melhor ou para pior, tudo que uma gema fazia era gravar Skills, e já que as gravava arbitrariamente, era um saco e tanto.

Nesse caso, usar Ferramentas Mágicas com Skills outorgadas era a opção preferida.

Combinações essenciais… elevar a própria força, e reduzir a do inimigo. Se essas duas Skills fossem postas em conjunto, então inimigos de alto nível poderiam ser abatidos.

Digo, isso faria sua própria habilidade se elevar e reduziria as do inimigo.

Essa diferença poderia se tornar enorme.

Gemas tinham um grande defeito.

“Mas eu não posso usar Ferramentas Mágicas e a eu atual não pode pagar por uma… no fim das contas, eu terei que dominar essa coisa, senão.”

Olhando para a Gema Vermelha, ela soltou um suspiro.

Ela tentou limpar o suor de seu corpo, mas ele grudava e quando ela descansou, teve a sensação de ter uma leve febre.

Dessa vez, as roupas grudadas nela começaram a fazer ela se sentir nauseada.

As paredes ao redor do quintal eram altas e ninguém podia espiar, então Aria removeu sua camada de roupas superior.

“Até minha roupa de baixo está grudenta.”

As roupas dela haviam absorvido tanto suor que poderiam ser torcidas.

Com a lança em mãos, ela se locomoveu de volta para dentro da casa.

Quando ela passou pela porta para dentro da mansão, Poyopoyo emergiu carregando uma cesta.

“Oh, nossa, então você estava no meio do treino. Você está pingando suor, então por favor não chegue mais perto. Eu tenho a preciosa roupa lavada do meu mestre aqui.”

A autômato de boca suja tratava o Lyle como mestre, mas outros humanos recebiam um nível fixo de tratamento.

Só a Novem era uma exceção.

“… Você realmente trata o Lyle diferente de todos os outros.”

Enquanto Aria dizia isso, Poyopoyo respondeu com um rosto sério.

“O que que tem? Eu me tornei operacional a fim de servir ao meu mestre. Eu devo me desculpar, mas o resto são só um extra? Ah, mas… se o mestre me disser para servir Aria-san como se minha vida dependesse disso, então eu planejo te servir com tal resolução. Entretanto, lembre que minha lealdade é guardada para ninguém mais senão aquele frangote…”

Já que a Aria se sentiu incomodada com o longo discurso da Poyopoyo, ela a olhou com olhos cansados.

“Por mim tudo bem. Ainda assim, porque é que mulheres simplesmente continuam se reunindo ao redor daquele cara uma após a outra…”

O que ela lembrou foram os eventos que sucederam antes dela vir para Arumsaas.

Em uma noite com uma bela lua cheia, Lyle havia se confessado de uma maneira indireta dizendo ‘A lua realmente está linda essa noite’, ou algo assim. O rosto da Aria ficou vermelho.

E para com ela, Poyopoyo…

“Você está no caminho, então não tem como sair da frente? Você está encurtando o tempo que me resta para secar as roupas. E espera, você está fedendo a suor, então por que não derrama um balde de água fria em cima de você?”

Aria olhou para Poyopoyo

“…Eu acho que te odeio.”

Poyopoyo respondeu.

“Que coincidência. Eu não tenho interesse em ninguém além daquele merda de frango. Oh, aquela mulher é completamente outro assunto!”

Não era coincidência ou nada assim, ela simplesmente não estava interessada. Aria passou por ela e entrou na mansão.

Apesar de ela ser uma autômato estranha, ela fazia todo o trabalho doméstico ao nível da perfeição.

Estava em um nível em que se queixar disso era irracional.

“Sério, exatamente por que você teve que acordar essa garota estranha… idiota.”

Enquanto revirava seus olhos para a autômato pendurando roupas no quintal, Aria murmurou isso…

Tendo vindo à biblioteca, eu estava lendo livros a respeito de aventureiros.

Eu estava principalmente confirmando a organização de um Grupo.

“… Se nós vamos ter quatro lutadores, nós temos que ter um número igual, ou maior, de suportes.”

Para poder conquistar o labirinto de Arumsaas, eu estava pensando sobre como prosseguir sem usar Skills.

O primeiro pensamento foi o de reunir números, uma simples e exemplar resposta.

Mas para fazer isso, eu teria que reunir pessoas em que eu pudesse confiar como companheiros.

Nós viemos a Arumsaas para procurar por camaradas para início de conversa.

O próprio fato de que nós não fizemos muito progresso nesse ponto me fez determinar que esse método demoraria tempo demais.

“Está tudo bem em levar tempo, mas o problema é…”

… durante esse período, eu não serei capaz de usar quaisquer Skills.

Não é que elas sejam necessárias para mim agir como quero.

Mas como o item do qual eu dependi até agora havia se tornado inutilizável, eu tinha que obter um novo poder para mim.

É natural para mim estar me treinando e a fim de agir como um grupo, eu precisaria obter a técnica necessária.

“Confirmar nossa própria posição dentro do labirinto… e também, bater terreno, confirmar e desarmar armadilhas, assim como garantir segurança… As Skills do Quinto e Sexto são convenientes demais.”¹

Tendo perdido as áreas em que essas Skills compensavam, eu fiquei imediatamente estorvado.

O Segundo falou.

『As Skills deles são extraordinárias como um conjunto. Apesar de convenientes individualmente, eu estou surpreso que elas se manifestaram como um conjunto dessa forma.』

Skills diferentes se manifestam com base no indivíduo.

Mesmo se você tiver gêmeos idênticos, não é certo que a mesma Skill vá emergir.

Os crescimentos do indivíduo e seus desejos, além de outros fatores as influenciam, ou assim eu ouvi.

Almejar por e tentar fazer uma em específico emergir é extremamente difícil.

“Para compensar por isso, eu precisarei de um especialista… aprender isso por conta própria é impossível.”

A parte de aprender em si não é um problema.

Se eu tentasse, eu acho que conseguiria, e eu estou certo de que é possível, mas… o tempo necessário para pegar o jeito e aprender todas as outras habilidades necessárias adicionaria tempo em unidades de anos.

Se possível, eu não quero alongar isso tanto assim.

Uma vez que tenhamos fortificado nosso grupo em Arumsaas, eu estava planejando ir para a capital dos aventureiros, a cidade livre de 【Beim】.

Celes… também há o assunto com a minha irmã que a Primeira Geração chamou de monstro, e ficar em um local por muito tempo provavelmente é perigoso.

(Praquela caprichosa da Celes, eu me pergunto exatamente quando que os interesses dela vão se direcionar para mim… não, eu também tenho a sensação de que ela pode ter esquecido.)

Do jeito que ela é, eu não consigo nem imaginar o que ela vai fazer a seguir.

Antes quando meus pais ainda se davam bem comigo…

(Huh? Que tipo de criança a Celes era mesmo?)

Olhando para trás, é uma memória de quando eu tinha dez anos.

Eu tratava minha irmã Celes como um irmão mais velho deveria. É assim que deve ter sido. Eu não tenho memória nenhuma de fazer qualquer coisa em particular para ser odiado.

A mansão apenas começou a funcionar com ela como seu centro de repente…

Eu sacudo minha cabeça, e ponho esses pensamentos em espera.

(Isso é a Skill dela? Ou poderia ser algo diferente… Não, vamos deixar isso de lado.)

Eu virei meus olhos de volta para o livro, e tentei pensar em outra formação que não dependesse das minhas Skills para o grupo

… Novem estava inspecionando o quarto após a Shannon tê-lo limpado.

“Entendo, então ela realmente tem bons olhos. Ela limpou muito bem. Eu terei que elogiá-la depois.”

A pessoa em si provavelmente odiaria isso, todavia, Novem pensou enquanto se virava para deixar o quarto. Mas então, ela ouviu uma voz.

Apesar dela ter apagado sua presença para se aproximar, Novem sabia, então ela não estava surpresa.

… Era a Miranda.

“Hmm, cadê a Shannon?”

“Ela agora está no quintal com a Poyopoyo. Elas estão levando as roupas lavadas. Bem-vinda de volta, Miranda-san.”

Enquanto olhava para o sorriso radiante da Novem, Miranda retornou um sorriso próprio.

“Entendo. Eu vim assistir ela trabalhando duro. Que pena.”

Novem percebeu que a Miranda havia tentado apagar sua presença intencionalmente. Ela também sabia que isso não era para assustar a Shannon.

Miranda havia se aproximado, sabendo completamente bem que a Novem era a única no local.

“… Você tem algum assunto comigo?”

Enquanto a Novem tentava perguntar sua intenção principal, Miranda revisou sua expressão.

Ela assumiu uma face séria. Ela as esteve escondendo sob seu uniforme da academia, em suas costas, duas adagas…

Enquanto ponderava por que ela estava sendo tão cautelosa hoje, Novem a tratou como de costume.

“Eu tenho algumas perguntas.”

“Perguntas, não é? Eu também tenho algumas dessas.”

Um ar tenso emergiu entre as duas, mas nenhuma delas pareceu se importar. Se qualquer uma delas fizesse qualquer movimento, o quarto da Shannon logo se tornaria um campo de batalha, ou assim a atmosfera pareceu indicar.

O que Miranda queria perguntar era sobre a própria Novem.

“Shannon me contou. Que você não parece ser humana…, mas realmente é estranho. Você não se parece com uma autômato também. Aquelas coisas só ficaram famosas quando nosso professor as ativou não muito tempo atrás. Você parece ter crescido junto com o Lyle…”

Ouvindo a Miranda mudar sua maneira de se dirigir a ele de Lyle-kun para Lyle, Novem ficou radiante.

Para poder realmente construir um harém para o Lyle, ela pensou que seria melhor manter Miranda não importando o que.

“Eu sou Novem da Casa Forxuz. Nada mais e nada menos. Ter pessoas me temendo… as coisas sempre foram assim e eu não acho que alguma vez já me importei demais com isso.”

Vendo a Novem curvando sua cabeça, Miranda se inclinou contra a armação da porta e murmurou, ‘é mesmo?’

(Ela ainda está com a guarda levantada.)

E novem levantou o tópico do qual queria falar.

“Minha terra natal, a Casa Forxuz tem tido uma longa relação com a Casa Walt. Eu sei por causa dessa conexão, mas… a Casa Circry está ligada a Casa Walt também, certo? Você deve ter se encontrado com eles numerosas vezes em Centralle.”

A respeito da Casa Walt… sobre a Celes.

Tanto quanto a Novem sabia, quando o Lyle passou os dez anos de idade, Celes começou a receber tratamento adequado a próxima chefe da Casa.

Também era um rumor que as reuniões sociais eram frequentadas pela bela mulher dos Walts.

Mesmo agora, a Casa Walt mantinha uma grande influência.

Se eles alguma vez fossem chamados para uma festa em Centralle, não seria estranho para as casas com ligações nunca entrarem em contato com eles.

“Perguntando quando você já sabe… isso mesmo, eu já sabia sobre o Lyle também. Eu fiquei surpresa quando encontrei ele com a Aria, mas é verdade que eu estava um pouco interessada nele.”

Novem deu uma alta avaliação para Miranda, que não estava fascinada com a Celes apesar de conhecê-la.

“Entendo. Você poderia ter informado a Casa dele, mas por que não fez?”

Miranda levantou ambas as mãos em uma pose de rendição.

“Se eu me movesse nessa direção, eu estava certa de que você mataria ambas, eu e a Shannon.”

Enquanto pensava no quão selvagem esse mal-entendido era, Novem ofereceu uma correção.

“Oh, eu nunca iria tão longe. Nós iríamos apenas deixar esse lugar. Ainda assim, mesmo quando ela fez tanto contra você, você realmente valoriza sua irmãzinha.”

O olhar da Mirando baixou só um pouco.

“Com a falta de visão dela, sabe, a Shannon recebeu um tratamento muito duro… como uma membra da família, eu quero protegê-la. Eu sabia do ressentimento dela, mas isso foi só porque eu fui reconhecida por aquela mulher ao invés dela.”

Aquela mulher definitivamente significava ‘Celes’, pensou Novem enquanto murmurava.

“Você realmente é bondosa.”

“É porque nós somos irmãs. Bem, nós não nos damos muito bem com a segunda e terceira filha.”

Parece que as irmãs da Miranda tinham algumas circunstâncias complicadas. Novem tinha um vago entendimento disso pelo fato de que a primeira filha, Miranda, estava em um lugar como esse.

“… Desde que você não ponha a mão do Lyle-sama, então eu não farei nada. Ah, mas… eu não vou te impedir se você quiser acompanhar ele como homem e mulher. Eu ouvi que foi amor à primeira vista.”

Ouvindo isso, Miranda explodiu.

“V-você estava acordada!”

Vendo a Novem sorrir, Miranda partiu com uma face avermelhada. Talvez ela estivesse zangada, já que seus passos eram mais altos que o habitual. Pareceu como se ela estivesse fazendo barulho intencionalmente enquanto caminhava.

Mais sentimentos humanos do que antes estavam emergindo.

Ao invés da Miranda que podia ser sempre apenas uma boa pessoa, Novem gostava da atual.

“Eu estou com um pouco de inveja.”

Dizendo isso, Novem também deixou o quarto da Shannon…

Tendo terminado de ler os materiais na biblioteca, eu caminhei pelas ruas de Arumsaas.

Eu havia decidido mentalmente alguns pontos para fortalecer o grupo, então eu estava voltando para consultar a Novem, companhia e os ancestrais para ver se nós poderíamos realizá-los.

Não fazer nada se não pensar a respeito disso fez minha cabeça se sentir pesada, então eu dei uma caminhada recreativa durante o percurso de volta.

Havia um bom número de estudantes da academia e eles carregavam um ar diferente sobre eles comparados aos civis padrões caminhando por aí.

Não era a cidade dos estudiosos por nada, e eu posso apostar que a valorização da sabedoria estava profundamente enraizada na cultura deles.

No entanto, também havia o fato de que a cidade era zombada por não ter educação para início de conversa.

Na rua.

“Você nem sabe algo tão simples quanto isso? Até crianças sabem disso.”
“O-o quê?”

A maioria das conversas que eu ouvi eram algo assim. Orgulhosos de sua sabedoria, havia muitas pessoas que falavam mal daqueles menos versados que eles próprios.

É verdade que era um lugar interessante, mas eu tenho dúvidas se eu gostaria ou não de ficar aqui para sempre.

Digo, a cidade em si era uma bagunça abarrotada, e se eu tivesse voz nisso, eu gostaria de um lugar quieto e pacífico para montar uma casa.

Com uma esposa, e algumas crianças, e…

(Huh? Está ficando difícil de imaginar.)

O final feliz de uma história tem que ser um onde o protagonista é aclamado como um herói. Ou talvez vivendo feliz para sempre junto a sua companheira.

Eu havia desejado pelo posterior, mas eu não consigo imaginar isso a esse ponto.

(Bem, por enquanto eu só tenho que pensar sobre completar o trigésimo nível subterrâneo.)

Eu serei capaz de pensar nessas coisas depois, eu pensei enquanto mudava a marcha e continuei caminhando.

O ponto positivo de Arumsaas era que havia poucos lugares ruins a se encontrar. Pondo de outra forma, havia muito poucos pontos perigosos.

Não havia um lugar para apostas e com todas as livrarias, escolas e salões de treino, não parece que havia muito em termos do caminho do prazer.

Era proibido a artistas fazerem apresentações nas ruas, então a menos que houvesse um festival acontecendo, esse tipo de diversão era rara de se achar.

Quando perguntado, parece que o conceito de diversão dessa cidade era beber a noite em um bar enquanto se escutava música. Havia lugares assim em Daliem também.

Se você quiser por isso de forma brusca, apesar da escala da cidade ser massiva, não havia diversão nenhuma.

“É por isso que os aventureiros estão indo embora um atrás do outro. Bem, há alguns que gostam desse lugar também, mas… não existe lugar pra mim realmente usar dinheiro.”

Isso pode ser o melhor para aqueles que querem se polir, mas não era nada além de um lugar chato para aventureiros com um pouquinho de habilidade.

Essa era Arumsaas. A Cidade dos Estudiosos.

Mas ao mesmo tempo, eu pensei…

“Eu não tenho realmente hobbies nenhum, tenho?”

Esgrima e magia eram necessidades, então as aprimorei.

Livros estão lá para guardar conhecimento. Não, não é como se eu odiasse ler, mas… eu percebi que tirando isso, eu não tinha realmente nada que eu pudesse chamar de hobby.

Hobbies eram uma necessidade para se aproveitar a vida, ou assim eu li em um livro.

Eu virei em uma rua com poucos transeuntes e murmurei para mim mesmo.

“Me pergunto se eu deveria arrumar um hobby.”

O Quarto.

『Para todos de fora, provavelmente parece que seu hobby é ficar galinhando com mulheres. Bem, é bom ter um. Eu amava contar as moedas de ouro no cofre.』

Isso é hobby? Enquanto eu pensava isso, o Quinto falou.

『… Eu usei todo o dinheiro do Quarto nas minhas concubinas.』

Ele falou! O Quinto expressou algumas raras emoções, mas…

『Que porra cê tá fazendo, seu bastardo!!』 ²

O Quarto, o amante de dinheiro, pirou.

(No passado, eu teria que me preocupar por um gasto de mana como esse, mas recentemente, eu não tenho me importado com isso nenhum pouco.)

Eu relembrei o passado no qual eu desmaiaria imediatamente, e pensei que não gostaria de experimentar Crescimento por algo assim.

Eu ouvi vozes da Joia.

『Cala a boca!! Foi necessário para mim resolver os problemas que você deixou para trás! Quando eu me tornei o chefe, nós lutamos bastante, sabe!』

Enquanto o Quinto respondia aos gritos, o Sexto tentou acalmá-lo.

Apesar do Sexto dar uma impressão selvagem, ele era fraco ao Quinto em alguns pontos.

『Vamos nos acalmar, pessoal. Se você explicar isso calmamente, eu tenho certeza que ele vai entender.』

O Sétimo falou.

『Ah, então é sobre aquele assunto. Aquilo realmente foi um problema criado pelo Quarto. O Terceiro também tem relação, mas não faz sentido dizer ao homem que morreu em batalha.』

O Terceiro soltou sua voz.

『… Eu fiz alguma coisa?』

O Quinto falou em uma voz baixa.

『Você não fez nada. Por você não ter feito nada a respeito, isso se tornou um problema tão grande. E por causa disso, eu…』

Parece que havia vários problemas entre as gerações da Casa Walt.

(Eu me pergunto o que exatamente aconteceu.)

Era um tópico do qual eu estava um pouco curioso, então eu planejei perguntar quando voltasse.


Tradução: Batata Yacon   |   Revisão: Ana Paula



Notas:

1.Isso está sendo dito em tom negativo. É como se elas fossem tão convenientes que a ausência delas é fatal.

2.Baixou o Primeiro no Quarto =D.


Fontes
Cores