Setes – Volume 4 – Capítulo 10 – Preparações para a Conquista



 

Preparações para a Conquista

 
“Ye~ah, que tal algo assim?”

Fazendo modificações no Portador, eu e Poyopoyo olhamos para ele com intenções de montá-lo para valer desta vez.

Mas não importa como, nós não éramos capazes de decidir a respeito do importante toque final.

“Isso é um pouco… que tal algo assim?”

Poyopoyo também estava preocupada. Ela também estava sofrendo com o completar da máquina que chamou de fruto do nosso amor, e assim, apresentou ideias junto comigo.

Os ancestrais dentro da Joia também deram seus palpites.

O Segundo…

『Oy, oy, você está realmente certo sobre colocar isso aí? O equilíbrio definitivamente vai ficar ruim.』

Em contraste ao seu eu habitual, o Terceiro soava sério:

『Não, que tal o lado oposto? Mesmo que olhar para isso dê um senso de desconforto, levando o equilíbrio de todo o corpo em consideração…』

O Quarto falou:

『Isso normalmente não iria simplesmente no meio? Eu não posso aceitar isso de nenhuma outra maneira.』

O Quinto, que geralmente não carregava um pingo de interesse, também estava sério.

『Ei, Lyle… coloca umas orelhas de gato. Isso definitivamente vai deixar ele mais fofo.』

O Sexto se opôs a ele.

『Do que você está falando!? É chifres, sabe. Chifres! Lyle, um homem tem que colocar chifres!』

O Sétimo assumiu o meio termo.

『Apenas enfie alguns chifres aleatoriamente, ou coisas como orelhas. O que é importante é que ele tenha olhos claros!』

O cilindro redondo em minhas mãos possuía dois claros, adoráveis olhos grudados nele. Poyopoyo havia embutido orbes de vidro neles.

Certo.

Nós não conseguíamos decidir a colocação da cabeça.

Dentro do depósito, Aria, que havia recentemente se tornado muito masculina, olhava para nós com um suspiro.

Eu sei que ela está incomodada. Mas após vir tão longe, não tem como nós simplesmente perdoarmos errar no último detalhe.

Com um tom cansado, Aria abriu sua boca:

“Vocês ao menos precisam de uma cabeça? É só um ornamento, não é? Então apenas enfie isso em algum lugar adequado. Não é essencial em primeiro lugar, certo?”

É um argumento justo.

Ela não estava errada.

E isso é exatamente onde ela estava errada.

Poyopoyo riu desdenhosamente, antes de falar:

“Para a você atual, esses seus seios não são um ornamento inútil também? Recentemente, você se tornou mais e mais masculina, Aria-san da ex-Casa Baronial.”

Ela levou sua mão a boca, e deu uma risada incômoda que soava como se ela estivesse fazendo essa entonação de propósito.

Eu olhei para Aria com toda honestidade:

“Aria, nós estamos sérios aqui. Eu gostaria que você não atrapalhasse.

Eu ouvi vozes de afirmação da Joia.

Do Segundo em diante…

『Calada, menininha!』
『Orelhas de gato… chifres estão negados, mas orelhas podem ser boas.』
『Com aparência, algo seguro é melhor! Faça-o amável, e faça ele ganhar alguma popularidade. Não faça nada desnecessário!』
『Orelhas de coelho são boas também.』
『Porque chifres são ruins…』
『Não, por que não apenas deixar isso como está agora? Se você enfiar chifres e orelhas desajeitadamente, os olhos adoráveis dele não vão mais se destacar.』

… Não, eu estava errado.

Tirando o Segundo, nenhum deles estava nem mesmo escutando a Aria.

Eu tentei dar prosseguimento com ela. Eu estava começando a achá-la um pouco lastimável. É claro, eu duvido que ela pensasse qualquer coisa disso de si mesma.

Ela estava atualmente encarando a Poyopoyo com uma veia surgindo em sua testa.

“… Me desculpa, Aria. Mas nós estamos nos preocupando seriamente sobre isso aqui. Isso é importante para o Portador… para nosso novo companheiro.”

Poyopoyo olhou para mim, levantou suas mãos no ar, e começou a saltitar para cima e para baixo. Suas maria-chiquinhas balançavam levemente no ar.

“Sim, sim! Eu aqui também sou uma membro da alegre legião de amazonas do Frangote! Eu sou a relaxante empregada autômato de todos! Então eu acho que meu nome também é um ponto essencial!”

Dessa vez, Aria riu em desdém:

“Hah, Poyopoyo não está bom o bastante, seu pedaço de sucata?”

Poyopoyo olhou para ela.

“Então você comprou briga comigo… que seja. Eu vou mais que aceitar. De hoje em diante, suas refeições não serão nada além de altas calorias. Eu vou aumentar sua massa corporal gradualmente, e te fazer excessivamente cônscia disso. Além do mais, eu vou até preparar lanches noturnos secretamente pra acalmar sua ansiedade. Eu vou me dedicar honestamente a fazer doces deliciosos para você!”

Eu inclinei minha cabeça me perguntando se isso realmente faria alguma coisa.

Quando eu olhei os olhos da Aria, eu a encontrei fazendo uma expressão amarga.

O Segundo falou:

『É aquilo. Aria tem sentido ultimamente.』

“Isso é covardia!”

Poyopoyo sorriu. Era um riso detestável.

E eu pensei.

(Essa daí… ela pode até fazer uma expressão dessas. Louvados sejam os antigos.)

Poyopoyo levantou uma de suas marias-chiquinhas paradas, enquanto falava:

“Covardia? Você está tentando me elogiar? Por aquele bastardo ali, eu usarei quaisquer meios à minha disposição! … Ow”

Eu acertei a cabeça dela com a do Portador. Ela deixou escapar um som muito bom.

“Não saia transformando isso em culpa minha. Mais importante, onde a cabeça do Portador vai…”

Aria falou:

“Que tal aquela área ali? Você não pode só ponderar sobre isso para sempre…”

Ambos eu e Poyopoyo olhamos para posição mostrada pelo dedo da Aria em choque.

“Boa, você é incrível, Aria! Com isso, a posição da cabeça do Portador foi definida. Obrigado.”

Quando eu dirigi um sorriso para ela, seu rosto ficou em conflito. Ela estava tentando ser feliz, ou incomodada… que complexo.

“N-não. Desde que você esteja feliz com isso… Hoh?”

Poyopoyo também assentiu:

“Eu odeio admitir, mas em vez da ponta da frente… em vez do centro completo, esse lugar é definitivamente esplêndido.”

Os ancestrais também se manifestaram.

『Essa garota é surpreendentemente competente.』
『Então tudo que falta são as orelhas…』
『Maravilhoso! Aparência e rentabilidade estão diretamente correlacionados! Dessa forma, nós definitivamente teremos alguma popularidade dentre os clientes.』
『Pro inferno com a posição. O problema é que orelhas você vai colocar nele!』
『E chifres ainda são ruins…』
『Nós não precisamos de nenhum dos lixos desnecessários de vocês, caras. Se a cabeça vai ficar perto da ponta, então seus ornamentos estranhos serão apenas um incômodo!』

Eu comecei a prender a cabeça com a Poyopoyo.

Ao operar com magia, a cabeça do Portador podia se mexer. Com uma articulação em bola ao redor do pescoço, era possível manipulá-la a certo ponto.

A criação da cabeça que a Poyopoyo gastou um dia de trabalho foi verdadeiramente magnífica.

“Perfeito!”

“Portador… nossa, como você cresceu…”

Eu elogiei nossa obra, e os olhos da Poyopoyo começaram a lacrimejar. Aria olhou para nós com uma sutil expressão facial.

Tendo sido ainda mais especializado ao labirinto de Arumsaas, o corpo do Portador havia se tornado mais baixo, e a largura horizontal de suas rodas mais larga.

Ao redor das rodas mais largas, Poyopoyo havia envolvido um tipo de borracha que ela tinha em mãos. Quando visto de cima, elas eram retangulares, e eram capazes de fazer as curvas nos corredores do labirinto com um pouco de espaço de sobra.

O espaço para carregar bagagem era equipado com um teto e as placas de metal nos seus lados podiam agir como escudos.

Sua fronte era fortemente blindada e ela era até capaz de bloquear as passagens. As pernas apensas a ele para atravessar as escadas haviam ficado muito mais curtas que antes.

Mas ao expandir seus escudos laterais para fora, empurrando esses pés para baixo, dava para servir como uma boa parede.

A lanterna presa em seu teto também foi modificada para ser possível regular a luz.

Eu acho que isso foi tudo um pouco exagerado.

Poyopoyo falou:

“Eu queria fazer do escudo uma peça separada.”

Eu concordava, mas tive que rejeitar a noção.

“Não há o que se fazer. Eu estarei dirigindo ele alternadamente com a Clara, então apesar de se algo comigo, ela…”

Ela pode controlar um corpo, mas se houver dois, isso iria se tornar difícil.

Nós tentamos pegar uma pequena boneca emprestada para testar isso, mas não deu muito certo.

“Eu também estarei participando na batalha. Dependendo da situação, eu posso acabar usando magia. Com isso em mente, não há nada que possamos fazer a respeito.”

Eu tinha completado os planos para usar o Portador para compensar por nossa falta de membros, mas nós ainda tínhamos um número fundamentalmente baixo de combatentes.

Enquanto eu e Poyopoyo tínhamos uma discussão séria, Aria falou:

“… E espera, por que vocês estão colocando tanto esforço assim em uma boneca carregadora de bagagens que só pode ser usada aqui, afinal de contas?”

Ouvindo isso, eu, Poyopoyo… e os ancestrais todos ao mesmo tempo.

“É Portador!”

“Ao menos se lembre do nome. O fruto do nosso amor, e alguém que se gaba de um nome muito mais esplêndido que o meu próprio, Portador!”

『『『É Portador, merda!!』』』

Talvez por conta de eu ter gasto todo o meu tempo e esforços nele por um tempo, até os ancestrais começaram a desenvolver um apego.

Você com certeza é popular, Portador.

… Na guilda de Arumsaas, Novem havia dado uma passada para apresentar a papelada para desafiar o labirinto.

Miranda e Shannon estavam com ela.

Com a ponta de seu dedo na boca, os olhos de Shannon estavam lacrimejando.

Para terminar o registro como uma aventureira, ela o havia picado com uma agulha para gravar seu sangue em seu cartão da guilda. Ela estava tremendo toda durante o processo.

“Por que eu tenho que virar uma aventureira, afinal de contas!? Eu ainda tenho só treze anos, sabe! Eu sou ridiculamente fraca…”

Ouvindo isso, Miranda pôs as mãos nos ombros de sua irmã.

Sua figura sorridente fez parecer como se ela fosse uma irmã mais velha confortando sua irmãzinha. Elas eram um par com boa aparência, então era uma imagem que faria uma boa pintura.

Entre aqueles olhando para as duas, havia até alguns que sentiram seus corações aquecidos.

Mas…

“Ei, você, você planeja ficar assim para sempre? Isso não vai acontecer… aqueles que não trabalham, não comem, sabe.”

Ainda sorrindo, os dedos dela começaram a afundar nos ombros de Shannon, e Shannon freneticamente sacudiu sua cabeça para cima e para baixo.

“É-é claro, isso mesmo, Onee-sama! Eu estava errada!”

Novem estava segurando dois formulários em branco na mão.

O primeiro era para sua tentativa total no labirinto em uma semana.

Ela havia preenchido a intenção deles de procederem ao trigésimo andar neste formulário, e o segundo era um para pedir permissão para Shannon acompanhá-los nisso.

Ninguém pretendia fazer a Shannon lutar.

Mas eles não podiam simplesmente deixar ela em casa por quem sabe quanto tempo. E também, considerando o futuro da garota, era algo que Miranda havia decidido.

A filha de uma Casa Viscondada,… mas com um defeito em seus olhos, ela foi afastada para Arumsaas. Essa era a posição oficial de Shannon.

Novem falou para as duas:

“Vocês duas, uma vez que apresentemos os formulários, nós estaremos entrando no labirinto para conduzir alguns testes para o Portador com o Lyle-sama. Vocês terminaram de se preparar?”

Shannon não estava acostumada ao labirinto.

Ele tinha seu característico ar opressor dentro dele.

Para poder acostumá-la, eles iriam levá-la junto dessa vez.

(Parece que ela não será capaz de lidar com isso, já que ela não pode ficar sozinha na mansão, nós vamos encontrar algum quarto para ela ficar.)

Não teria como eles deixarem uma garota frágil sozinha na vasta mansão.

Os suprimentos necessários para desafiar o labirinto já estavam preparados. Eles já haviam posto um pedido para os alimentos necessários, então tudo que eles tinham que fazer era pegá-los.

Enquanto observando os ajustes no Portador, se a Shannon acabasse incapaz de suportar a atmosfera, ela seria deixada.

É claro, todos planejavam fazer isso em primeiro lugar. A única pessoa que queria levar ela junto era a Miranda.

“Nós já nos preparamos. Shannon, tenha certeza de escutar o que quer que o seu Sênior do Suporte disser. Entendeu?”

Shannon respondeu:

“Eu não quero carregar bagagem. E também, eu não gosto da sensação grudenta… por acaso tem um banho lá? Hiii! Foi uma mentira! Eu vou escutar propriamente o que quer que a menina de óculos disser!”

Miranda fez o gesto de punho fechado e sorriu mais, então a Shannon aceitou por medo.

Novem se sentiu um pouco desconfortável em ter a Miranda arrastando sua irmã contra sua vontade.

Após ela terminar de entregar os formulários na mesa de recepção, ela se moveu para deixar o edifício a fim de se encontrar com o Lyle.

No caminho, alguns aventureiros que perceberam que elas eram membros do grupo do Lyle tentaram chamá-las.

Nas escadas para a saída, elas encontraram um grupo de três.

Nisso, Novem relembrou o grupo do Rondo com o qual eles haviam se familiarizado em Daliem.

“Oh, vocês são as companheiras do 『Fardo』? Ei, quando que ele vai alugar o Portador de novo?”
“Aquele fardo? Ei, o grupo dele não é uma coleção de beldades? Não admira que a história tenha se espalhado tanto.”
“Ei, você está causando problemas pra elas. Desculpa por isso. Vocês podem passar a mensagem que a gente vai estar contando com ele na próxima?”

Novem disse seus cumprimentos, e se afastou deles quando Shannon falou:

“O quê? Então ele é chamado de o 『Fardo』? Que adequado.”

O punho fechado de Miranda desceu sobre sua cabeça.

Shannon começou a se contorcer de dor.

Enquanto Novem ficava perturbada pela visão, Miranda a chamou:

“Ele realmente é popular. 『Lyle, o Fardo』… Mesmo quando ele é quem está carregando a bagagem deles, que apelido estranho.”

Novem falou:

“É um pouco de cinismo adequado para um aventureiro. E também a imagem do Lyle-sama voltando nos nossos ombros do completar do quadragésimo andar deve ter deixado uma impressão forte.”

Enquanto Novem oferecia uma resposta tão inofensiva quanto possível, Miranda, de repente, fez uma cara séria, enquanto observava a área.

Percebendo o movimento dela, Novem notou uma figura suspeita em sua linha de visão.

(… Então esse é o por quê da Miranda-san estar tentando levar a Shannon-chan junto.)

Nos últimos dias, Novem também tem sentido a presença de alguém a observando.

Ela havia pensado que isso era porque o Lyle havia virado um tópico famoso na cidade, mas parece que havia algo mais malicioso em jogo.

(… Nós devemos evitar agir sozinhas. Eu estou preocupada com a Aria-san.)

Aria estava recebendo instrução de uma aventureira.

Isso parece ter acabado, mas com o objetivo de conversar, ela ainda parava pela casa daquela aventureira.

A pessoa em si parecia estar gostando disso, então a Novem não iria pará-la, mas ela a advertiria.

Nesse momento, os olhos de Miranda haviam caído sobre Novem.

“… De certa forma você dá a sensação de que já percebeu.”

Novem ofereceu um sorriso amargo.

Já que sua parceira de conversação estava se mantendo alerta a ela, Novem estava com problemas sobre como lidar com ela.

“Não, eu estava meramente olhando para onde seus olhos estavam apontando, Miranda-san.”

“Entendo… Shannon, quanto tempo você vai ficar agonizando? Vamos indo logo.”

Os olhos de Miranda permaneceram em dúvida.

Mas, mesmo recebendo isso, as emoções de Novem não passaram por qualquer mudança. Ela simplesmente pensou nela como uma candidata para o harém do Lyle.

Levando a dolorida Shannon consigo, Miranda continuou a descer as escadas da guilda…

Tendo entrado no labirinto para realizar os ajustes no Portador, eu olhei para a Shannon.

“O que foi?”

“Não, você está com dor ou algo assim? Como se fosse um pouco difícil de respirar? Normalmente, é difícil quando você experimenta esta atmosfera pela primeira vez.”

Quando eu disse isso, ela me olhou com desdém.

Sentando no teto do Portador, ela deixou suas pernas balançarem de um lado para o outro.

“A densidade da Mana por aqui parece alta, mas o que que tem?”

Mesmo quando ela ficou cansada de caminhar e se retirou para o teto do Portador, ela conseguiu por uma fachada bastante forte.

“Ei, não fique chutando com suas pernas demais. E por que mesmo você entrou no labirinto de saia? Eu consigo ver.”

Quando eu a alertei, Shannon elevou sua voz:

“Nãooo, Onee-samaaa! Esse cara tá espiando por baixo da minha saia!”

Enquanto ela tentava falar mal de mim, Poyopoyo estava no meio do trabalho nos ajustes.

Clara olhava seriamente para ela e nem mesmo escutou as palavras de Shannon.

Aria estava em espera na entrada da sala que nós entramos para conduzir os ajustes.

“É porque você veio de saia para início de conversa. Você ao menos está tentando? E espera, aquela ferro-velho está usando uma também. Ela não mostrou sua calcinha nenhuma vez, todavia.”

Era realmente uma opinião masculina.

Poyopoyo se virou para Aria, e falou:

“Por que eu tenho que providenciar serviço de fãs para você? O único que olhará minhas roupas de baixo será aquele galinha ali.”

Eu respondi imediatamente:

“Eu não estou nenhum pouco interessado, então apenas coloque algumas calças logo.”

Ela gritou em resposta:

“Você está me dizendo para descartar esta vestimenta, e vestir outra coisa!? Este é meu uniforme, e minha veste de batalha… este traje pode até perfurar por um campo de batalha!”

… O que essa garota está dizendo?

E Novem se dirigiu a Shannon:

“Ele não pode ver desse ângulo, então não se preocupe com isso Shannon-chan.”

A fim de prevenir que ela tenha qualquer mal-entendido, eu ofereci uma revisão.

“Não, eu não tenho qualquer intenção de olhar. Em primeiro lugar, eu não estou nem interessado na calcinha dessa garota.”

Nisso, Shannon jogou o sapato dela em mim. Acertou meu rosto, e meio que doeu.

Eu acabei pensando algo como, ‘essa garota tem talento’ ou algo em torno disso.

“O que você quis dizer com isso!? Mesmo estando assim, nós éramos chamadas de ‘as belas irmãs’ lá em Centralle! Eu até ouvi pessoas dizerem que queriam me proteger e minha disposição efêmera, ouviu!”

Da Joia, o Terceiro soltou sua voz:

『Ambas essas garotas são boas em por uma fachada. Eu mal posso esperar para conhecer a segunda e terceira irmãs.』

Por algum motivo, eu imaginei as formas do Quinto e Sexto desajeitadamente ficando em silêncio.

Como nós estávamos de folga, Miranda-san estava tomando um gole d’água de seu cantil.

A maneira dela de beber de alguma forma me fez sentir preso por seu olhar. Ela estava só bebendo a água normalmente, mas meus olhos vagavam em direção a ela.

Ela falou para Shannon:

“Se você queria que ele as visse tanto assim, então você não pode continuar vestindo essas coisinhas infantis para sempre. Que tal ficar um pouco mais atrevida?”

Enquanto ela ria de sua própria piada, o rosto de Shannon se avermelhou.

E, enquanto ela se esticava para recuperar o sapato que havia jogado, ela sussurrou para si mesma.

A maneira que ela os pegou com seus olhos fixos no chão verdadeiramente dava a sensação de que ela podia ver melhor que uma pessoa normal.

“Essa não pode ser minha irmã bondosa…”

Eu respondi:

“E o que você estava tentando fazer com aquela irmã bondosa?”

Enquanto pensando que nossa membra recém adicionada era arruaceira demais, eu olhei em direção à Miranda e pensei.

(Se a Shannon não fizesse nada, a atual Miranda não existiria, certo? … Eu me pergunto qual teria sido melhor.)

Eu estava apenas um pouco perdido em pensamentos.


Tradutor: Batata Yacon   |   Revisora: Ana Paula



Fontes
Cores