Setes – Volume 2 – Capítulo 4 – Azul e Vermelho



Azul e Vermelho

 

No cômodo que conectava minha psique à Joia.

Era como se eu estivesse vendo um sonho.

A Sala de reuniões dentro da gema era esse tipo de mundo real dos sonhos.

Naquele cômodo, eu estava face-a-face com a Primeira Geração. Hoje, o Terceiro também estava atendendo.

Só que ele estava apenas sentado lá, e ele não estava nem participando da conversação.

“Sobre o que você queria falar a respeito da Aria?”

『Isso. Como você vê a impaciência da Aria-chan?』

Eu podia entender a impaciência dela.

Ela queria se tornar uma aventureira de primeira classe não importando o que. Assim, ela continuou andando em círculos. Diferente de mim, não havia dúvidas de que ela estava esbanjando aspirações.

O meu eu atual tinha o desejo de experimentar um crescimento tão cedo quanto possível.

Mas sobre como eu viveria daqui em diante? Até agora, isso estava me incomodando.

“… Ela está andando em círculos. Eu acho que ela poderia se acalmar um pouco.”

Sendo direto, eu não estava realmente contando com ela como uma força de batalha tão grande assim.

Ela nos dava vantagem numérica, e era um alivio saber que ela estava me dando cobertura.

Para mim e para Novem, ela não era alguém que nos causaria danos.

『Eu quero que você resolva isso. Posso deixar isso com você?』

“… Eh? Eu vou?”

Ouvindo o pedido dele, eu cruzei meus braços.

Ela era uma companheira, então não era como se eu estivesse indisposto.

Se pudesse ser resolvido facilmente, então até eu estaria pedindo por isso. Mas o Terceiro olhou para mim e sacudiu sua cabeça.

Em contrapartida, o Primeiro estava radiante por eu ter aceitado isso.

『Boa resposta! Se nós não dispersarmos as preocupações da imagem viva da Alice, Aria-chan, eu nunca serei capaz de me acalmar.』

Do meu ponto de vista, o que eu não entendia era o motivo pelo qual ela estava tentando apressar as coisas.

No momento, era a hora de nós honesta e de forma constante montarmos nossas forças sob a orientação da Zelphy-san. Se ela se machucar descuidadamente, não haveria sentido.

O tempo o qual nós recebemos os ensinamentos era limitado.

(Eu me pergunto se eu realmente deveria pedir por uma extensão.)

Estes eram os sentimentos que eu carregava.

『Bem então, isso deixa as coisas mais rápidas. Lyle, vá lutar com a Aria-chan. É claro, com ela usando a Gema dela. Você… está proibido de usar Skills.』

“… Eh?”

Diante da proposta do Primeiro, acabou que eu iria lutar contra a Aria.

 

 

 

 

O interior da Joia após o Lyle ter saído…

『Você está certo disto?』

O Terceiro falou enquanto ele olhava para o Primeiro, que estava sentado à mesa.

Ele havia percebido as intenções do Primeiro de fazer o Lyle e a Aria lutarem, mas ele não pensou que tudo fosse seguir como planejado, aparentemente.

『… sabe, eu não sou realmente tão esperto.』

Diante das palavras do Primeiro, o terceiro assentiu.

『Yeah.』

『Hey, pelo menos negue um pouco! Você é meu neto, não é!!?』

O Primeiro gritou pelo tratamento frio de si por parte do Terceiro, e o Terceiro soltou um sorriso.

Suas personalidades diferiam, mas para o Primeiro, ele era seu neto. Comparado aos outros ancestrais, parece que ele sabia como lidar com o cara.

『Eu não sou esperto, então eu posso apenas pensar em fazer as coisas dessa maneira. Se fosse você, você provavelmente pensaria em tantas maneiras melhores que essa quanto quisesse.』

O Terceiro cessou seu riso, e desinteressadamente desenredou seu método alternativo que havia pensado.

『Aria-chan… Eu acho que é algo bom para ela criar confiança em si gradualmente. Ela poderia usar a Gema e acumular algumas conquistas batalhando contra monstros. Aqueles ao redor dela a elogiariam, e o Lyle só teria que providenciar o acompanhamento. Bem, o Lyle também é anormal, então ele provavelmente não prestaria muita atenção nela. Esses tipos de agrados devem ser deixados para a Novem-chan, eu penso.』

Não era como se todo mundo pudesse crescer imediatamente.

O Terceiro queria manter o longo prazo em mente e gradualmente melhorar o relacionamento dos três para fazer o grupo tomar uma boa forma.

Os outros Chefes Históricos tinham opiniões similares.

O Segundo desprezava aqueles que se achavam insatisfeitos com os trabalhos que lhes eram dados. Parecia que ele iria propor algo mais severo.

『Eu aposto que daria certo. Construindo o relacionamento passo-a-passo, e os três deles vão se dar bem. Isso mesmo. Não há dúvidas que nós podemos lidar com isso de maneira esperta.』

Fazendo o Lyle e a Aria lutarem, ambos descobririam as áreas que são deficientes. Esse era o plano que o Terceiro havia entendido.

Para a Aria, sua própria falta de habilidade…

Para o Lyle, a força da vontade humana e desejo…

Ele queria fazê-los entender que ambos tinham culpa. É claro, começando com o Primeiro, os outros estavam esperando o Lyle se motivar por conta própria.

Ainda assim, sentindo que o Primeiro estava sendo impaciente, o Terceiro supervisionou a discussão deles e a testemunhou.

『Então você odeia métodos ardilosos』

『Não suporto. Mas talvez esse tipo de método teria uma taxa de sucesso melhor. Levou um bocado de tempo pra mim perceber, entretanto.』

A Primeira Geração tinha uma personalidade bastante franca.

Há alguns lados inexplicavelmente delicados nele, mas ele foi a pessoa que encabeçou o grupo pioneiro, cortou os monstros da floresta, e expandiu os campos por conta própria.

Uma pessoa normal teria desistido após entender a dificuldade disso, ou faria os preparativos adequados para isso.

『 Se for do jeito de vocês, isso vai se resolver bem e bonitinho provavelmente. Mas… nesse caso, eles vão começar a depender um do outro.』

『Não há erros a se ter em depender dos outros em áreas que lhe faltam, todavia, é só que eu realmente sinto que o Lyle precisa achar um pouco mais de motivação.』

O Primeiro encarou intensamente o Terceiro, que era normalmente bastante relaxado.

『Quando é você que diz isso, não tem nenhum poder de persuasão, cara.』

『Mas é claro~.』

Dizendo isso, os dois sorriram, mas o Primeiro parou e fez uma expressão séria.

Se ele fosse apenas um simples tolo, os grupos pioneiros teriam sido aniquilados, e comidos por monstros. Seus instintos extremos e percepção o faziam alguém com o qual o Terceiro tinha problemas em lidar.

Mas ele também entendia que certas astúcias eram necessárias algumas vezes.

『Deixe-os colidirem, e se não funcionar, então eu ficarei satisfeito com isso. Se é a descendente daquela pessoa, eu não acho que seus sentimentos perderão para o Lyle.』

『… Então você está dizendo que não tem como o Lyle perder como um todo? Bem, provavelmente ele não vai.』

Há uma boa diferença de habilidades entre os dois.

Aria era a filha de um nobre. Ela provavelmente podia usar mágica. Olhando para a posição dela enquanto segura a lança, pode ser entendido que ela foi treinada como a filha de um guerreiro.

Mas comparada ao Lyle, ela era insuficiente.

Até para o Lyle, que nunca havia passado por um Crescimento antes, a Aria era inferior. Assim como o garoto, ela não tinha a aptidão necessária como uma aventureira ainda, mas mais que isso, ela não se entendia.

Ela só estava se contorcendo imprudentemente e desnecessariamente.

『Vamos deixar a cura para Novem-chan e apenas fazê-los partirem para a garganta um do outro dessa vez. Bem, é uma boa maneira de resolver as coisas, me serve bem, não é?』

『Então trocar golpes é amizade? Não, é afeição nesse caso? O Lyle ainda não aceitou isso, todavia.』

O Terceiro parecia estar se divertindo.

Na verdade, a cena da figura perturbada do Lyle após a Novem ter aprovado um harém era bastante interessante para ele.

『Essa parte inclusa, eu quero que eles colidam. O Lyle não está olhando nenhum pouco para a Aria-chan. Eu quero que ele a reconheça. Mesmo quando ele conhece a dor de ser ignorado, aquele bastardo está…』

O Primeiro soltou um suspiro.

O Terceiro teve a sensação de que o Primeiro sentia o Lyle se sobrepondo consigo mesmo.

『… Você tem certeza de que você não está falando sobre o você do passado?』

Ouvindo a voz do Terceiro, o Primeiro o encarou, mas ele logo sacudiu sua cabeça e respirou fundo.

『Talvez você esteja certo.』

Por um tempo, os dois ficaram ali, perdidos em pensamento…

 

 

 

 

Manhã.

Após terminar minha refeição, eu disse a Novem para sair e chamar a Zelphy-san para a casa.

Eu disse a Aria que eu tinha assuntos para tratar com ela.

(É o pedido do Primeiro, então eu acho que vamos lutar.)

Eu não sei o objetivo dele, mas eu tinha uma boa ideia do que era.

Era provavelmente algo como fazer a Aria aprender sobre seu nível de habilidade, ou algo assim.

Nós caminhamos ao quintal, e eu me virei para ela.

“Você tem sua gema de família, certo?”

Diante da minha pergunta ela pende sua cabeça e tira o pingente vermelho que ela havia tornado em um colar de debaixo de sua roupa e o mostra a mim.

“É claro que eu o tenho. Para não o perder eu sempre o carrego comigo. O que que tem? Nós vamos subjugar monstros hoje, não? O que você está planejando, até mesmo chamando a Zelphy aqui?”

Como eu pensei, por causa de sua impaciência, ela queria terminar suas preparações e sair logo para caçar. Do meu ponto de vista, nós deveríamos por algumas folgas como moderação e partir sistematicamente para derrotar monstros.

Não haveria sentido se você se machucasse inutilmente, e não era como se nós estivéssemos sem dinheiro ou algo assim.

“… Quando as duas chegarem aqui, tem um terreno baldio ali, então você não quer lutar comigo?”

Diante da minha proposta, ela parecia perplexa.

“Por que eu deveria? Se você não gosta de mim, então você só tem que dizer!”

Eu não estava certo do que estava acontecendo na mente dela, mas parecia que ela pensava que eu não gostava dela.

Eu não tenho nenhuma lembrança de tê-la tratado de maneira especialmente cruel, então eu não entendia de onde essas acusações estavam vindo.¹

“Não é como se eu não gostasse de você ou algo assim. Se você tem uma gema, então você deve saber como usá-la, certo? Então você precisa testá-la, não tem?’’

Me ouvindo trazer o assunto da Gema, sua face enrijeceu.

Talvez ela estivesse relembrando o que aconteceu com o homem largo da brigada de bandidos.

Por um uso excessivo de Skills, sangue brotou por todo seu corpo. Seus músculos rasgaram e sangue escorreu de sua boca e olhos. Não era uma visão agradável aos olhos.

É claro, nós fomos capazes de tratar com remédios, mas eu não estava certo sobre seu sangramento interno.

O uso irregular de Skills…

A compensação por isso era larga. Digo, não era uma Skill que você mesmo manifestou, então quando você tentava usar as Skills de outra pessoa, o fardo era bastante largo.

Usando as Skills dos Chefes passados, eu entendia a dificuldade disso em primeira mão.

Até as Skills ligadas a mim por linhagem eram ridiculamente difíceis de controlar para mim.

Se eu não pusesse alguma moderação em meu uso, eu teria destruído meu corpo assim como o homem largo.

“Está assustada?”

“E-Eu não estou assustada! Se eu usar isso, eu definitivamente serei ferida, então eu não quero, isso é tudo!”

Olhando para a Aria escondendo seu medo, eu pensei para mim mesmo, ‘então você não se importa se eu me machucar.’

Eu medi sua força, mas como pensei, mesmo se ela estiver usando Skills, a Aria era provavelmente mais fraca que aquele largo bandido.

Não era por ela ser uma mulher, mas que ela tinha uma esmagadora falta de experiência. Tendo apenas aprendido magia e uso de lanças em teoria, ela não conseguia alcançar o nível do homem largo que praticava em monstros.

“Se você estiver preocupada com ferimentos, não há problema. A Novem vai te tratar, e se ficar perigoso nós pararemos.”

Talvez por raiva pelo meu tom de fala, a expressão da Aria mudou.

Ela estava claramente nervosa.

“O que tem isso? Você acha que eu não sou uma inimiga digna de você? Eu admito que você realmente é forte. Mas nós saberemos de algo assim até tentarmos!”

Para com a Aria, que começou a mostrar sua determinação, eu propus que se esse era o caso, então por que nós não simplesmente lutamos?

“Então quando a Novem e a Zelphy-san chegarem, nós começaremos. Eu estou bem com uma espada de madeira.”

“Apenas use seu sabre regular! Até eu pratiquei o uso de Skills!”

Ouvindo isso, eu achei um pouco surpreendente.

“Oh, mesmo?”

Não satisfeita com a minha impressão, ela me encarou. Eu não tinha ideia do que eu havia feito para atrair tal carranca.

Digo, estes eram meus pensamentos francos e honestos.

“Me subestime o quanto quiser. Vai ser você que vai acabar ferido!”

Aria virou suas costas para mim e deixou a área em passos largos. Eu a acompanhei até a saída e soltei um suspiro. Eu estaria lutando contra ela a pedido do Primeiro, mas eu estava começando a me perguntar se isso era ou não algo realmente bom.

Eu tinha a sensação de ter cometido um erro fatal como um membro do mesmo grupo.

Já que não havia ninguém ao meu redor, o Terceiro falou comigo.

Seu tom estava incomodado.

『Lyle, você já deu uma olhada na sua própria face em um espelho?』

“Do que você está falando? Eu a vejo toda manhã quando eu lavo meu rosto.”

『Isso foi sarcasmos, sabia. De qualquer maneira, isso de lado, há claramente um problema com a sua atitude atual.』

Ouvindo sobre um problema, eu pendi minha cabeça.

Um irritado Quarto falou em voz baixa.

『Assumir essa atitude para com uma garota é uma coisa, mas eu me pergunto se você realmente deveria estar lutando. Mais importante, você realmente é denso, Lyle. Ou poderia ser que você está fazendo tudo isso de propósito?』

Eu não consegui compreender.

Eu era incapaz de entender exatamente o que o Terceiro e o Quarto estavam tentando me dizer. Para poder fazer a Aria saber seu próprio nível de habilidade, e a fazer ter um gosto de como era a sensação de usar suas Skills. Era por isso que estávamos lutando, não era?

O Sexto, que não falava frequentemente, abriu a boca para variar.

『Você não está percebendo nada disso? Lyle, você…』

O Sétimo soltou uma observação, como se fora para me pressionar.

『Essa atitude agora a pouco foi certamente rude. Assim, Lyle, eu realmente acho que você precisa olhar para si mesmo e refletir sobre ela.』

Se eu tivesse que escolher um lado, o Sexto e o Sétimo geralmente me davam suporte, mas ainda assim eles disseram que eu estava errado.

Enquanto eu tentava lembrar se eu havia dito algo de ruim, o Quinto entrou na conversa.

『Se você não percebeu, então isso acaba aqui. Bem, você é jovem, então eu acho que existem coisas que não se podem fazer nada. Olhe, é hora de você começar a se preparar também. E também, assim como Skills, não use mágica.』

Apesar do Quinto dizer isso, eu não tinha tais intenções desde o começo.

“Eu não farei nada assim. Eu não quero machucá-la ou nada do tipo.”

『… Não quer machucá-la, não é? Bem, que grandioso você é.』

O Quinto parecia irritado.

Eu voltei para casa e comecei a me preparar. Eu pendurei meu sabre em minha cintura e decidi carregar meu extra também.

Talvez pela Aria ter saído primeiro, não havia ninguém na casa.

Em momentos como estes, eu começo a me lembrar dos meus dias solitários na mansão.

“É realmente quieto. Assim como naquela época.”

Dizendo isso, eu olhei ao redor do cômodo. Normalmente, a Novem estava cuidando da casa, e a Aria estava tentando ajudá-la. Essa era a cena ultimamente.

Foi só recentemente que eu comecei a tomar essa imagem como se fosse algo normal. Antes disso, a presença da Aria era sempre levemente inquietante.

(Como eu pensei, haréns e eu são duas coisas separadas. E também, eu não acho que esse tipo de coisa será agradável.)

Era principalmente as expectativas dos arredores, e o pedido do Primeiro que me levaram a receber a Aria.

Mas talvez aquilo tenha sido um erro. Eu pensei.

Desde o começo, eu não pensava muito dela. Eu nunca nem tentei pensar em como eu pensava dela.

Enquanto eu distraidamente encarava o teto, eu ouvi uma voz.

Zelphy-san e a Novem estavam em frente de casa.

 

 

 

 

Eu fui par ao terreno baldio e encontrei a Aria me esperando.

Provavelmente por ela ter terminado de se aquecer, ela estava suando um pouco. Talvez por causa da determinação, os olhos me encarando estavam nutrindo uma força de vontade bastante forte.

Devido ao redesenvolvimento da área, muitos despejos foram realizados e casas foram demolidas, criando um monte de espaço vazio.

Em um desses lugares, a garota com um orbe vermelho pendurado em seu pescoço, Aria, me encarava.

O sol não havia nem começado a nascer ainda.

(Isso vai acabar antes do meio dia, não vai?)

Na minha cabeça, eu fiz planos para acabar minha luta com a Aria antes da chegada do meio dia.

“Você com certeza parece calmo.”

Soava como se ela estivesse me provocando, ela soltou essas palavras enquanto eu tinha uma quebra de concentração. Sem dúvida, Aria estava nervosa.

Olhando para isso, ambas Novem e a Zelphy-san pareciam incomodadas.

Ontem elas estavam incomodadas com a Aria, e hoje, parecia que elas estavam incomodadas comigo. Seus olhos estavam claramente tentando me dizer algo.

“Eu acharia bom se você me notificasse de uma mudança de planos com um dia de antecedência. Digo, eu tenho meu cronograma a manter também. Bem, eu vou seguir meu cliente. Isso provavelmente não vai ser um desperdício completo. Mas Lyle, você ao menos está motivado?”

Zelphy me olhou com olhos duvidosos, e a Novem estava igual enquanto ela ficava ao lado dela.

“Lyle-sama, por favor concentre-se. Você está sendo rude com a Aria-san. Nesse ritmo, você será gravemente ferido.”

Eu assenti² para a preocupada Novem, puxei meu sabre, e entrei em posição.

Aria também ergueu sua lança. Seu temperamento parecia impaciente, e ela estava pondo um monte de força desnecessária em sua pose.

“Eu estarei indo para cima de você seriamente.”

Aria declarou sua intenção séria, eu assenti.

“Tenha cuidado para não se machucar.”

Naquele momento.

Aria deu um largo passo e de repente começou a estocar sua lança repetidamente como que para me empalar.

Era uma Skill que o homem largo havia demonstrado.

Eu virei metade do meu corpo para evitá-la e usei o cabo do meu sabre para repeli-la. Tendo sua pose destruída, ela caiu para frente, e eu pulei para o lado.

Com uma mão no chão, ela levantou sua cabeça com seus olhos arregalados. E ela raivosamente rangeu seus dentes enquanto me encarava.

“Por que você não me atacou?”

Ela se levantou e corrigiu sua postura. Ao contrário, eu estava confuso.

“Eh? Não, digo… acabaria cedo demais…”

Enquanto eu expunha meus verdadeiros e honestos sentimentos. A expressão da Aria se tornou mais e mais grave.

Olhando para aquela expressão, meu coração de repente começou a doer.

(O que é isso?)

Aria balançou sua lança, e uma onda de choque disparou em minha direção. A saída não era alta, nem seu corte tão afiado quanto o que o homem largo havia demonstrando antes. Eu desviei.

Retornando o bastão que ela havia balançado em um largo arco de volta para seu corpo, a Aria parecia sem fôlego.

Ela usou uma Skill a força, e parecia que ela estava exaurindo sua estamina. Ela não tinha nem técnica nem poder para usar suas Skills consecutivamente. A prova estava no pudim².

Entretanto, com seu suor escoando e sua respiração acelerando… ela continuava vindo para cima de mim.

“Ainda não!”

Sua arma soltava uma leve luz vermelha, mas ela apenas a estocava em minha direção normalmente. Eu recebi o golpe com o sabre, mas a sensação era diferente de antes.

Petrificação…

Isso era provavelmente uma Skill também. Enquanto eu desviava dos próximos dois golpes, ela provavelmente percebeu que eu havia visto através de seus movimentos.

Se eu pensasse sobre as Skills restantes, havia aquela de fortalecimento muscular também. Não parecia que ela a estava usando, ou talvez ela não quisesse usá-la ainda.

Eu desviei de sua investida com a lança, me aproximei dela, e agarrei o cabo com minha mão esquerda.

“Ku!”

Ela lutou para me fazer soltar, e eu estava prestes a dizer que a partida já havia acabado. Mas eu não conseguia soltar minha voz.

(Por que…)

Aria investiu sua arma para criar distância e me encarou.

“O que há com essa sua posição… se eu sou realmente tão fraca, então só acabe logo comigo!”

Sem fôlego, e com uma expressão desesperada, lágrimas começaram a correr por sua face.

Olhando para isso, eu fui capaz de compreender levemente o que os ancestrais estavam tentando me dizer.

(Entendo, então a atitude que eu mostrei a Aria foi… a mesma da Celes.)

Eu tive a sensação que eu sabia a fonte da dor no meu peito.

Eu entendi a intenção dos ancestrais.

Eu pude compreender a razão por trás dos olhares da Novem de da Zelphy-san.

“Entendo. Então eu não estava te vendo de verdade, estava.”

Eu tinha a sensação de que a figura da garota mortificadamente segurando sua lança, prestes a estourar em lágrimas, havia se sobreposto com a minha.


Tradutor: Batata Yacon   |   Revisora: Ana Paula



Notas:

1. A pessoa ficou tantos anos isolada do mundo, sofreu tanto, e nem percebeu o que está fazendo… Carai Lyle, ainda bem que eu sei que você melhora.

2. Eu queria colocar “anuí” mas a Ana não deixou pq era uma palavra desconhecida demais T-T . Bom… “Until Death?” ainda tem anuir.


Fontes
Cores