Cantinho das Perguntas de Setes 4



Canto das Questões de Sevens 4

 

P: Mesmo se todos os ancestrais desaparecerem, as Premiações de Melhor Lyle ficaram para trás na Joia?

R: Terceira Geração (`・ω・´): “Vamos fazer isso acontecer!”

Lyle (∩゜д゜): “… Eu não ouvi nada, eu não vi nada.”

P: Os ancestrais têm uma sequência de falhas por conta dos Crescimentos também?

R: Segunda Geração Σ(´∀`||;): “Não, essa parte é meio… eu não me lembro.”

P: O Lyle é terrível. Eu não consigo entender a supremacia da Novem nesse relacionamento. Ele não é do calibre certo para fazer um harém.

R: Lyle ( ゜д゜): “De acordo. Mas não posso realmente odiar a Novem após ela ter feito tanto, e mesmo se você disser que eu não sirvo, eu apenas amo a Novem. Harém? Eu absolutamente não tenho intenção nenhuma de fazer um. O que que tem?”

P: Você não deveria começar com o treinamento  da habilidade própria desde o começo? As ações dos ancestrais são uma bagunça.

R: Quarta geração ([email protected]∀@): “Nós pensamos que ele era do  tipo técnico, mas foi só na Parte Dois que percebemos que ele simplesmente levava um longo tempo para passar por um Crescimento. Concordo que essa área foi definitivamente estranha, mas ele foi capaz de dominar as Skills várias vezes mais rápido do que nós imaginávamos, então nós meio que apenas pensamos, ‘hey, não deveríamos colocar uma restrição nele’ em algum ponto. Não havia escolha.”

P: A reputação do Lyle entre os aventureiros da guilda é baixa demais.

R: Quinta Geração (´・д・`): “Neste mundo, colocar uma avaliação correta em alguma coisa não é uma tarefa fácil. É porque sentimentos também existem. Mesmo se você disser que não há diferença entre  aventureiros homens e mulheres, tente imaginar o Lyle sendo carregado por uma legião de beldades… você não acha isso irritante? É algo do tipo.”

P: Vocês dependem demais dos pobres Forxuzes, caras. E ainda assim o Quinto, de repente, transformou eles em uma casa vassala. Ele é um idiota?

R: Quinta Geração ( ゜д゜): “Oy, sim, eu sou um idiota… haviam montes de circunstâncias acontecendo por volta daquela época! Há também o fato de que a Quarta Geração fez bagunça demais.

Quarta Geração([email protected]∀@): “… Não, mas eles me criaram quando eu era uma criança, e eu virei o Chefe quando tinhas uns 10 anos, não é? E mais ainda, o Terceiro morreu, e eu tive que herdar várias coisas, então… eu não pude deixar de depender deles, certo?”

P: Eu tenho  a premonição que um Quilin vai aparecer como uma heroína. Poderia ser que a verdadeira forma da Novem é u…

R: Quinta Geração Σ(゜Д゜;): “Você acha que eu não teria percebido aquela fofura!?”

P: Eu quero ver a história de fundo da Poyopoyo.

R: Mônica Σb( `・ω・´)GUH: “Que esplêndido. Mas infelizmente… eu fui inicializada pela primeira vez quando eu conheci aquele frangote. Por favor pensem em mim como tendo zero anos de idade.

P: Você não vai fazer suas espadas do mesmo material que o Portador?

R: Mônica (´・д・`): “Bem, são sucatas de uma armadura, então se nós fôssemos colocar a uso máximo, acho que seria como equipamento de proteção… Se nós formos longe assim, então eu acho que comprar uma espada cara normal pode ser a opção mais segura. Se forem brocas, eu posso prepará-las a qualquer momento, no entanto.”

Lyle (゜⊿゜) NÃO QUERO

P: A Skill do Primeiro, e a larga espada, podem ser usadas livremente?

R: Lyle (´・ω・`): “Eu poderia as ter usado se quisesse, mas devido às tarefas, eu as tinha seladas. Porque no momento que eu tivesse usados elas, eu teria falhado a tarefa de qualquer jeito.”

P: Sobre o tratamento da guilda de Arumsaas, e as punições. Não é o bastante!

R: Sexta Geração (´・∀・` ): “… A guilda está bajulando favores com a Academia, e ele é amigo do Damien. Se eu disser esse tanto, você entende, certo? A guilda de Arumsaas vê essa academia, contra a qual eles não podem antagonizar, como aliada do Lyle. Então o que aconteceria com um funcionário que vendeu informação sabendo que isso levaria a um assalto contra ele… há também os aventureiros feridos que ele salvou, e os outros que ele ajudou na cidade, então… Oops, está bom até aqui.

P: Eu estou cansado de histórias sobre a resolução para matar. Supere isso!

R: Sétima Geração (・∀・) : “A resolução para matar? Você entende por que  tantas cenas dessas existem? Sem isso, com o que você empatizaria… espera, você tá sério sobre isso? Bem, se você quer considerar o senso de valores desse mundo… eles se tornaram aventureiros por um pouco mais de meio ano…”

Lyle ( ゜д゜): “Devo trazer os ***** dos atacantes de volta comigo? Serviria como uma boa ameaça. Ou,  talvez os ***** ****** deles seria melhor?”

Novem (´・∀・` ): “Isso é pesado, então que tal concordarmos com os ****** ou **** deles? Ah, é claro, vamos coletar seus cartões da guilda, e itens de valor.”

Aria (゜д゜): “Eu definitivamente nunca vou perdoar aquele recepcionista da guilda! Vamos fazer ele de exemplo. Vamos pendurar o *******, certo!”

Miranda (`・ω・´): “Se for o *******, então eu por acaso sou uma especialista no assunto! Eu vou remover ************* com ele vivo, e então banhar isso no seu ****!”

Shannon (´ぅω・`): “Isso vai ser barulhento, então se certifique de tapar a boca dele primeiro. Você vai perturbar os vizinhos.”

Clara (´-ω-`): “Vocês querem vender os membros das famílias daqueles que venderam a informação como escravos? Os homens para as minas, e as mulheres para as ruas. Quanto às crianças, há algumas pessoas com… hobbies especiais por aí…”

Mônica Σ(゜Д゜;): “Humanos são medoooooonhos!!”

Chefes históricos: “Minha nossa, vocês são muito moles, crianças…”

Sétima Geração ( ゜Д゜): “… Viu? Nenhum milímetro de empatia, certo? Se eles pudessem fazer isso, já seria assustador por conta própria. Se você for a um extremo exagerado, as coisas acabam assim. No presente, Lyle, Novem, e Aria ainda matariam por vingança se um de seus companheiros fossem mortos. Miranda e Shannon ficariam um pouco hesitantes em fazer isso pessoalmente. Clara tem um certo nível de experiência como aventureira, então ela pode estar acostumada a isso. Há uma necessidade de manter isso levemente leve, então acabou assim.”

Quinta geração (・∀・): “Somando-se a isso, o Lyle armou para que eles fossem aniquilados de qualquer jeito. Ele estava mais que resoluto.”

P: Apesar de serem um grupo com competência considerável em usar Skills, eles entraram no labirinto sem preparações adequadas, e eles estiveram em uma situação onde seria possível que morressem sem que o Lyle nem mesmo fizesse qualquer coisa. Por que não colocar mais um pouco de pensamento nisso?

R: Segunda Geração (´・д・`): “Se o esquadrão atacante tivesse sido só um pouco mais cuidadoso, seria o grupo do Lyle que teria sido aniquilado. Fim da história. Obrigado pela leitura.”

Terceira Geração (´・∀・` ): “E o que que tem se eles tinham Skills? Não faz sentido se eles não as dominarem, e nós usamos nossos poderes pra colocar aqueles FDP’s em seus lugares. Mas isso é algo estranho? Eles pareceram ser dependentes das Skills, e o Lyle estava em um estado sem elas até recentemente. A fim de ele  não acabar desse jeito, nós pusemos as restrições, não foi?

Quarta geração ([email protected]∀@): “O Inimigo havia feito suas preparações. É só que foi insuficiente para mirar no trigésimo andar. A propósito, eles estavam tomando medidas para aniquilar o grupo do Lyle, e além disso… nós colamos uma tag de 「Duplicidade de Critérios」 no gênero da história, então devemos ficar bem.”

P: Você escreveu que havia alguns que podiam aguentar a água mágica por aí, então eu não consigo imaginar todos eles sendo eliminados. A posição dos ancestrais de que isso seria absolutamente impossível é questionável.

R: Lyle(´・ω・`): “… Se o que sobrasse deles fosse capaz de voltar em segurança naquele estado, eu nunca teria criado o Portador em primeiro lugar. Um grupo ao que se sabia havia atacado aqueles da mesma área realmente cooperariam uns com os outros com seus limitados suprimentos de consumo a fim de chegar até a superfície? Se tudo isso fosse possível, nós não teríamos feito isso.


Tradutor: Batata Yacon   |   Revisora: Ana Paula



Fontes
Cores