GADG – Capítulo 21 – Sardinhas São Salgadas e Deliciosas



Castelo de Belta, em meio a uma audiência.

Os generais estavam dispostos, enquanto o general derrotado Ghamzeh se prostrava, esfregando o rosto no chão.

Toda a responsabilidade estava com ele, quem comandou e conduziu a operação. Havia uma chance de interromper a operação: a notícia de que a divisão de Yalder havia sido realocada. Ele deveria ter parado temporariamente a marcha e realizado um reconhecimento detalhado.

O arrependimento de Ghamzeh era sem fundo. Tudo deu em nada. Depois disso, Diener teria sem dúvidas uma hegemonia completa.

— Eu, o péssimo Ghamzeh, tenho culpa, apesar de ter sido confiado com soldados da Princesa. Não tenho desculpas. Estou preparado para aceitar qualquer condenação. Além de manter a disciplina, por favor, inflija punição a mim, o inútil.

— Você está enganado, Ghamzeh. Aquele que ordenou que você cumprisse a missão foi eu. Você e seus homens lutaram bravamente por mim. Eu gostaria que você me emprestasse sua força daqui em diante também. Por favor, não seja precipitado; a batalha ainda continuará.

— Princesa. A moral não pode ser preservada nesse caso. Em tempos como esse, em especial, é vital não permitir que uma falha fique impune. Eu te imploro, por favor me dê julgamento. A simpatia é desnecessária.

Reclamou Ghamzeh, as palavras quase explodindo dele. Ele estava preparado para absolver a má administração da facção de Belta através de sua morte.

Entendendo isso, Diener veio em seu auxílio. Ele estava fazendo isso como um investimento.

O próprio Ghamzeh claramente não era um tolo. Ele tinha conexões na área da Capital Real e tinha talento capaz de elaborar planos. Desta vez terminou em um fracasso, mas em certo sentido, eles foram bem-sucedidos em conduzir uma divisão em Canaã, já que, a partir de agora, o Exército do Reino também tinha que alocar forças de defesa para Cyrus.

— Senhor Ghamzeh. É loucura jogar fora a sua vida depois de apenas uma derrota. Há apenas uma vitória nesta guerra: quando libertarmos a Capital Real e derrubarmos o governo despótico. Sua força ainda é muito necessária. Eu, Diener, respeitosamente peço a você, por favor, pelo bem do Exército de Libertação, nos empreste seu poder.

Diener pegou a mão de Ghamzeh, que ainda estava com a cabeça abaixada, e fez com que ele se levantasse. Foi tudo uma encenação. Mas, para apelar àqueles em torno deles que não havia sentimentos hostis entre as facções, foi um ato necessário.

Com isso, Ghamzeh seria, por enquanto, dócil. Durante essa calmaria, Diener planejava esmagar a facção de Belta.

Essa facção, composta de ex-homens do Reino, estava jogando seu peso ao redor, agindo como bem entendesse, e eles tinham esquecido por que razão eles estavam nesta guerra de libertação. O projeto para a parte sul do Reino estava acontecendo ao mesmo tempo, e eles precisavam acelerá-lo. O importante era que as vontades de todos estavam unidas com Altura. Esses eram os verdadeiros sentimentos de Diener, que uma vez fizeram parte da facção de Salvador. Na madrugada em que eles recuperassem a monarquia, eles precisavam avançar com uma série de reformas, e isso não ocorreria sem que todos estivessem unidos.

— Ainda assim, ter colocado as mãos em muitos de nossos irmãos de mentalidade semelhante, o que é esse Deus da Morte? Voleur, Borjek, Hastie. Todos eles tinham sido homens valentes. Para terem sido mortos com tanta facilidade, até agora eu não posso acreditar.

— Tenente-Coronel do Exército do Reino, Schera Zade. Um oficial do sexo feminino, que não tem nem vinte anos, liderando uma unidade de cavalaria do antigo Terceiro Exército. De acordo com oficiais entregues, ela originalmente cresceu em uma aldeia agrícola e solicitou pessoalmente o alistamento. É uma humana lamentável que caiu do caminho que deveria ter andado. Não conhece justiça e apenas se afoga em matar. Partes dela podem merecer nossa simpatia, mas não podemos ignorar mais suas transgressões.

Diener calmamente recitou seu passado, mas por dentro, ele fervia de raiva. Ela era uma humana que Diener conhecia em detalhes. Ele pretendia matá-la na próxima batalha sem falhar. Essa proeza era certamente uma ameaça, mas afinal, ela era uma garota incompetente que não sabia nada além de atacar.

Se eles colocassem uma armadilha e a cercassem, eles poderiam absolutamente matá-la. Ele tinha ouvido falar exaustivamente de seu antigo ajudante, Vander, que ela não conhecia bem a arte da guerra. Depois que ele matasse Schera, ele rasgaria seu corpo, membro por membro, e então sua raiva finalmente se assentaria, talvez.

Um plano cuidadosamente pensado e escrupuloso não deve ser derrotado pela coragem imprudente de um indivíduo. Ele absolutamente não reconheceria tal coisa.

— …… Um simples soldado nascido em uma vila agrícola promovido a Tenente-Coronel dentro de alguns anos? Apesar de ser uma mulher, há um grande grau de coragem nela. Realmente, difícil de acreditar. Eu só posso inclinar minha cabeça para sua fama como um Deus da Morte.

Behrouz murmurou enquanto acariciava seu pelo facial branco.

— …… Por favor, deixe o assunto sobre o Deus da Morte comigo. Vou esperar por uma abertura e levar a amargura dos nossos companheiros mortos. Por favor, permita-me mostrar-lhe. Senhor Ghamzeh, então, por favor, por favor mesmo, me dê sua “cooperação”.

— …… Entendido, Senhor Diener. Eu, Ghamzeh, vou me dedicar ao Exército de Libertação aqui também.

Ghamzeh ficou em silêncio por um curto período, mas finalmente abaixou a cabeça profundamente e concordou.

— Obrigada, Ghamzeh. Eu estarei contando com você daqui em diante.…… Diener. Como devemos progredir daqui?

Perguntou Altura, e Diener respondeu sem perder o ritmo.

— Senhora. Em breve seremos visitados pelo rigoroso inverno. Prepararemos nossas forças durante esse tempo e, primeiro, vamos reconstruir as vidas dos civis. A boa notícia é que o general inimigo Sharov persistirá em estar na defesa. É difícil acreditar que ele irá lançar um ataque contra nós. Se, por exemplo, ele vier, será uma questão simples pará-lo em seu caminho. A neve é ​​o baluarte mais forte para nós. Agora mesmo, devemos reunir aqueles que concordam em nossa causa, treinar as tropas e espalhar amplamente a palavra de nossa grande causa ao mundo.

Como diz o ditado: “País rico, exército forte”. Atualmente, o plano do Exército de Libertação era devotar eles mesmo a isso. Ao ter gastado muito de seu potencial de guerra, reunir força tinha a maior prioridade.

— Nesse caso, você está dizendo que vamos esperar até o advento da primavera para avançar para a Capital Real?

— Sim. Nós nos moveremos depois disso. O Império, que tem nos dado seu apoio, está tentando capturar o Forte de Madros no noroeste do Reino. Mesmo com o inverno aqui, eles não darão liberdade ao Exército do Reino.

O Príncipe Alan assentiu com essas palavras. O homem mais próximo do trono, o Príncipe Alexander, estava em uma expedição acompanhada por cem mil soldados.

Alexander tinha invadido, liderando o Quinto Corpo do Exército e levando junto o Sétimo Corpo do Exército que estava defendendo a Fortaleza Wealth no nordeste do Império. Ele era o irmão mais velho de Alan e um bom homem aos olhos de seu pai, o Imperador. Ele poderia lidar com tudo na perfeição e era hábil em compreender a verdadeira natureza de um homem. Uma vez que esta campanha tivesse sucesso, sua posição e status provavelmente se tornariam inabaláveis. Para Alan, no entanto, esse assunto não era de muita preocupação.

— Já que meu irmão mais velho, Alexander, está liderando eles, eles vão capturar Madros sem falhar. Se eles se posicionarem para atacar a Capital Real, a defesa de Canaã também se tornará mais fina. Seria a nossa vantagem reunir forças e esperar por uma boa oportunidade, acredito.

Ouvindo as palavras de Alan, Altura assentiu encorajadoramente. Quando ela olhou para Behrouz para afirmação, ele também não tinha nenhuma objeção.

— O plano está decidido. Todos, eu gostaria que vocês se esforçassem para fazer o seu melhor e trabalhar para a realização de nossos sonhos. Eu também dedicarei tudo o que tenho.

— Senhora, por favor, deixe comigo!

Todos saíram. Depois de verificar que Altura e Alan estavam começando a ter uma conversa íntima, Diener também partiu para seu próprio quarto.

Havia tantas coisas que ele precisava fazer. Quanto mais tempo houvesse, mais fácil ele poderia realizar seus esquemas. A próxima vez que eles atacassem Canaã, ela certamente cairia.

Mas, como seu oponente era Sharov, eles provavelmente seriam arrastados para uma longa batalha com muitos sacrifícios. Esse homem composto e confiável deve primeiro ser retirado da equação. Aquele homem tinha a presunção e a crença de que, se recusasse, poderia defender a posição estratégica de Canaã contra qualquer coisa. E ele estaria correto.

Para o Exército de Libertação, seria conveniente se eles conseguissem atrair o impiedoso Exército do Reino e esmagá-los.

“…… É hora de o Marechal-de-Campo Sharov se aposentar. Desculpas ao General Behrouz, mas eu não tenho o luxo de entreter seus sentimentos pessoais.”

Ele já havia semeado as sementes para esse mesmo propósito. A única coisa que restava era induzi-las a brotar. Esse tipo de maquinação era a especialidade de Diener. Os lábios de Diener se curvaram e ele começou a escrever uma mensagem secreta e detalhada para dar instruções a seus agentes.

Tendo defendido com sucesso Cyrus, a Cavalaria de Schera e a Legião Unida de Yalder dirigiam-se para o noroeste do Reino sob as ordens de Sharov.

No noroeste do Reino, o Forte de Madros era a principal linha de frente do Império. Para o oeste deles estava a Fortaleza Wealth sob o domínio do Império, e os dois tinham uma longa história de conflito.

Quanto a Canaã, Sharov tinha se estabelecido na Fortaleza de Roshanak, Barbora estava na linha de frente da segurança, e Laus foi transferido para a defesa da Fortaleza de Cyrus.

Como ele não tinha planos de lançar um ataque no inverno, os soldados excedentes foram enviados de volta à Capital Real. Havia soldados reunindo fadiga e insatisfação.

Barbora pediu uma ofensiva no inverno, mas Sharov a rejeitou, dizendo que o risco era alto demais. No inverno, até mesmo o transporte de suprimentos seria difícil.

Aliás, Yalder havia obtido contribuições espetaculares, tendo repelido a unidade de ataque surpresa do inimigo, cruzado o cume, derrotado a retaguarda e atingido o acampamento principal do inimigo, mas infelizmente não foi aprovado para ser reintegrado à General. O relatório de Sharov para o Rei foi indeferido, e Yalder recebeu uma diretriz de que ele seria reintegrado dependendo de sua atividade futura. Yalder ficou mais uma vez desanimado, mas ele se levantou, dizendo que havia superado essa adversidade e se animou sozinho.

Da mesma forma, a promoção de Schera também foi jogada pela janela. Pensando que uma promoção para Coronel estava realmente indo longe demais, foi-lhe dito: “Mais tarde”.

O homem que expressou essa preocupação foi o Primeiro-Ministro Farzam. Ele sentiu apreensões em uma pessoa que nunca havia conhecido antes de subir nas fileiras em meio a aplausos retumbantes. Era provável que o nascimento de um herói ameaçasse sua própria posição.

Schera em si não se importava, e ela se entregava a uma refeição como sempre. Desde o início, uma refeição imediata era muito mais importante do que a promoção.

Schera estava agora comendo linguiça com cebola e legumes bem cozidos, como cenoura. Havia uma quantidade estupidamente grande de grama comestível, então o rosto de Schera torceu enquanto ela lidava com elas. Katarina estava de bom humor e parecia realmente gostar de comê-las, então ela transferiu a grama de seu próprio prato para Katarina. Ela definitivamente não gostava de alimentos tipo grama, e ela também não gostava de alimentos amargos.

Noroeste do Reino, Quartéis-Generais da Área de Madros, Castelo de Madros.

— Ora, ora, se não é um ex-candidato a Marechal-de-Campo, Sua Ex-Excelência, Ex-General Yalder. Então você ainda estava vivendo obstinadamente! Cara, essa teimosia vai fazer você ficar careca! Hahaha!

Saindo para encontrar Yalder, chegou o comandante grosseiro do Quinto Exército, Tenente-General Kerry Madros.

Enquanto acariciava sua cabeça completamente careca, ele ordenou ao indignado Yalder que se sentasse.

Sentado violentamente em um assento, Yalder gritou sem reservas, em voz alta, que chegaria aos céus.

— Eu não quero ouvir de você que eu ficarei careca, seu careca imundo!

— É mais fácil colocar um capacete como este, sabe. O momento em que você vai entender virá mais cedo ou mais tarde. Isso é, se você puder manter essa sua cabeça! Wahahahaha-!!

Kerry riu e os oficiais dentro da sala também riram. Eles eram todos homens corajosos que Kerry tinha expectativas, e eles estavam transbordando de espírito de lutar até o fim. O Quinto Exército era um exército heterogêneo unido por habitantes da região de Madros. Eles nunca se submeteriam ao Império.

— Seus, seus, ingratos-! Você até me insultaria! Mesmo que eu tenha vindo aqui expressamente como reforços, que tratamento é esse! Meu Deus, todo mundo está tirando sarro de mim!

Yalder bateu na mesa. Seu rosto estava ficando vermelho como uma lagosta.

— Nossa, acalme-se Yalder. Nós somos da mesma posição agora, então não podemos ter uma conversa mais casual? General e Tenente-General são praticamente a mesma coisa. Os dois realmente não importam para mim. Você não acha? Vamos beber, beber.

Kerry serviu álcool enquanto acariciava o ombro de Yalder. O frio do noroeste era feroz e o álcool oferecia um pouco de calor.

A neve ainda não havia caído, mas estava frio o suficiente para perfurar a pele. Normalmente, não se pensa em começar uma guerra durante esse período.

Yalder bebeu a bebida. Ele inspirou profundamente e depois exalou, fazendo-se acalmar. Ele conhecera esse homem por um bom tempo. Kerry zombava das pessoas e tinha um caráter extremamente desagradável. Mesmo assim, ele era muito popular entre os soldados e se destacava em valor – verdadeiramente um homem desagradável.

— …….Ah estragar isso. Estou mudando para o tópico principal. Até que ponto esses caras do Império vêm?

— Hm? Ahh, os retardados do Império huh. Mesmo que agora seja esse maldito inverno frio, esses caras não vão recuar. Nós lutamos, com a intenção de resistir até o inverno, tudo por nada. A causa de tudo isso é graças àquele idiota que moveu o Corpo de Exército de David.

O Quarto Exército, liderado pelo já falecido David e o Quinto Exército de Kerry, mantiveram resistência nessa área. Graças ao tolo da Capital Real movendo-os imprudentemente, eles estavam nesse estado. Se eles ingenuamente se isolassem em suas novas fortalezas que deveriam ter sido um baluarte contra o Exército do Império, eles provavelmente seriam seriamente aniquilados. Kerry havia prontamente abandonado o agora-inútil, recém-concluído Primeiro Forte, e ele os levou a uma guerra de atrito enquanto evacuava os civis. Ele começou a conduzir guerrilhas, usando todas as vantagens e meios que tinha para interferir o comboio de suprimentos do inimigo. Para esse efeito, eles interromperam o avanço do inimigo e conseguiram resistir até o inverno.

— ….. Kerry. Sobre o Senhor David, infelizmente em Belta…

— Ahhh, eu sei. Ele não era um homem muito cuidadoso, mas tinha um bom olho para o licor. Os licores que escolheu eram realmente deliciosos. Apenas a vergonha existe. Sim, verdadeiramente lamentável.

Não havia razão para que David, orgulhoso da linhagem de sua família, e Kerry, cujo local de nascimento era na região de Madros, fossem se dar bem. Dito isto, os dois nunca entraram em nenhum conflito mútuo, e eles tiveram um relacionamento onde, na melhor das suas habilidades, eles tentaram não interferir o outro. O licor que David lhe enviara como cortesia fora inesperadamente delicioso.

— …… A história sobre o Príncipe Alexander ser o Comandante Supremo do Exército do Império é verdade?

— Yep, ele provavelmente está ganhando pontos para garantir o trono. O entusiasmo desses caras é o verdadeiro negócio. Os bastardos da família Wealth também vieram nos invadir com o vapor saindo de seus narizes. É irritante como você não acreditaria.

O Tenente-General Gustav Wealth era o comandante do Sétimo Corpo do Exército da Área de Wealth no território do Império. Ele era um inimigo jurado que Kerry tinha um ressentimento que se estendia até os ancestrais.

Kerry, para proteger a área de Madros, e Gustav, para proteger a área de Wealth, tinham um relacionamento onde eles mutuamente matavam e eram mortos.

Eles tinham uma relação inseparável, manchada de sangue, que vinha acontecendo desde duzentos anos. Esse destino também foi a principal razão pela qual Kerry e sua companhia não se renderiam ao Exército do Império.

Se Gustav assumisse o controle da região de Madros, certamente se vingaria de tudo o que acontecera. Se suas posições fossem invertidas, Kerry também. Depois de tudo isso, não haveria um acordo bonito. Era matar ou ser morto. Isso possivelmente continuaria até que a cidade do inimigo fosse destruída. Antes de serem mortos, eles tinham que matar. Esse era o dever do senhor feudal.

O começo desse ódio vinha, supostamente, da morte de madrosianos que se renderam, ou madrosianos matando wealthianos que se renderam- a essa altura, ninguém sabia qual ponto de vista estava correto. Ninguém queria saber. Não importa o resultado, a família Madros estava com o Reino, e a família Wealth estava com o Império. Era isso.

Havia um hábito de madrosianos tatuar uma besta guardiã em seus peitos. Os wealthianos tatuavam um pássaro sagrado em seus ombros. A ironia era que estes se tornaram símbolos usados ​​para distinguir sua etnia e acabaram abanando ainda mais as chamas de sua hostilidade mútua.

— Apesar de ser quase inverno, eles não mostram sinais de retirada?? Cem mil é um exército enorme. Deve ser um desafio apenas para mantê-lo.

— Mesmo assim, eles estão nos invadindo com energia de sobra. O próprio Príncipe está liderando eles afinal. Esse é um lugar para fazer um nome para você. Eles estão vindo embora, estamos nos retirando enquanto queimamos todas as colheitas que cultivamos cuidadosamente. Pode-se dizer que não estamos deixando nem um pedaço para eles comerem; estamos transformando cada peça em carvão. O inverno está aqui, e depois que sua linha de suprimentos ficar instável, está será nossa verdadeira vitória. Nós vamos mostrar a esses idiotas imperiais o inferno.

O Quinto Exército havia evacuado todos os residentes na rota de invasão do Exército do Império, envenenado os poços, queimado os campos e matado o gado. Eles não dariam nada aos soldados imperiais. Essa metodologia era compartilhada não apenas por Kerry e os soldados, mas até mesmo pelos próprios cidadãos.

Se eles fossem pegos, eles seriam atacados e mortos. Precisamente porque eles sabiam que, sendo algo esperado, não havia uma única pessoa que dissesse não.

Kerry esvaziou a bebida em seu copo e segurou-o com força. Yalder também havia reforçado involuntariamente seu aperto. Ele olhou para o mapa espalhado em cima da mesa e esfregou o queixo.

— Noroeste de Madros está o Segundo Forte, a oeste está o Terceiro, e para o sudoeste, o Quarto, né. O Segundo Forte fica ao longo da costa e o Terceiro é cercado por montanhas. O Quarto, então, é o ponto mais fraco de Madros – está nas planícies e seria o mais fácil de cair. Se fosse eu, eu teria como alvo o Quarto Forte.

Yalder preferia ataques frontais. Sem pensar, ele escolheu o forte mais fácil de atacar. Se ele tivesse um grande exército e não se preocupasse com o abastecimento, ele não estaria enganado. Não havia necessidade de sair de seu caminho e atacar um local difícil. Havia momentos também em que seria necessário se preparar para as perdas e atacar de frente com apenas o poder.

Kerry afirmou que o Quarto Forte não seria um problema. Ele tinha a determinação e a confiança de que eles iriam defendê-lo até o fim.

— Assim, ele foi feito para ser o mais robusto. Cara, isso não vai cair tão facilmente. Afinal, eu mesmo assumi o comando. Ei, Yalder. Eu planejo que você vá para o Segundo Forte nas terras do litoral. Sob ele, encontra-se um caminho para o armazém de provisões. Se essa fortaleza cair, o Quinto Exército e sua própria Legião cairão em uma situação difícil. No entanto, é um lugar perigoso, que tal?

Kerry apontou a construção do Segundo Forte ao longo da costa. Era uma barreira construída para obstruir a estrada principal. Mas, era difícil chamá-lo de robusto e, se as armas de cerco fossem colocadas na equação, seria difícil resistir.

— Isso basicamente me dá uma ótima posição. Eu, Yalder e minha gloriosa Legião Unida, certamente defenderemos o Segundo Forte; permita-nos mostrar-lhe. Além disso, vou fazer com que esses caras da Capital Real reconheçam minhas atividades desta vez, com certeza!

Enquanto se divertia ao assistir Yalder cerrando seus dentes e se levantando, Kerry sorriu. Ele sabia que Yalder não concordaria com seu plano, mas eles eram velhos conhecidos, então ele não seria rejeitado. Yalder, sem dúvida, ficaria enfurecido e o atingiria.

— Cara, não seja tão apressado, Yalder. Me deixe terminar. Este é um dever que só vocês podem fazer. Um trabalho que só posso confiar ao rebaixado General Yalder e à derrotada e miserável Legião Unida. Tenha certeeezaa de ouvir com esse seu cérebro de porco. Eu não vou perdoar o fracasso. Estamos de acordo?

— O que você disse? Fazendo uma cara séria de repente, você está insultando não só a mim, mas até minhas tropas! Se é algo estúpido, não vou te perdoar!

— Aqui está o plano…

Abaixando a voz, Kerry explicou para Yalder. Antes de terminar de falar, Yalder ficou furioso e socou-o com o punho direito, e Kerry retaliou com uma cabeçada; a sala de conferências ficou caótica. Os oficiais em volta apenas os incitaram, sem mostrar sinais de pará-los, e os dois Tenentes-Generais continuaram a brigar, deixando tantos machucados nos rostos um do outro quanto podiam. A situação atual era muito parecida com dois bêbados brigando violentamente em uma taverna. A brincadeira continuou até que Sidamo, ouvindo o tumulto, trouxe guardas para separá-los.

Assim como Kerry havia previsto. Ele olhou para o corpo de Yalder, que estava cheio de feridas. Até onde ele sabia, eles não estavam muito sérios. Não precisava dizer que Kerry estava em um estado similar.

Noite, vários dias depois.

Deixando para trás o Segundo Forte, com chamas chegando ao céu, Schera liderando sua cavalaria de dois mil soldados, estava indo para o acampamento do Exército do Império.

Nos cavalos dos soldados foram amarradas as cabeças de cem soldados do Reino. Além disso, mãos e pés amarrados com corda, era o segundo filho da família Madros, Darus Madros.

Ele estava amordaçado e seu rosto inchado de hematomas, e havia vestígios de ter sido uma luta. Ele seria uma oferenda ao Exército do Império, um sacrifício.

— Katarina, estamos quase lá, eu me pergunto.

— Sim senhora-. Há sinais de batedores nas proximidades. Parece que fomos avistados.

— Ó. De acordo com o plano então. Levante-o.

Quando ela deu as instruções para a cavalaria atrás dela, amarraram um pano branco em suas lanças e ergueram-no alto.

Era o sinal universal de rendição, uma bandeira branca. A cavalaria de Schera levantou muitas delas conspicuamente e continuaram a marchar.

Schera mastigou a cabeça de uma sardinha seca, a especialidade local de Madros. Era um alimento para as massas, e assim eles podiam usar o precioso sal, era extremamente salgado. Não era comido puro, e não era para ser. A maneira correta de comê-lo era colocá-lo em uma sopa.

O rosto de Schera enrugou-se por causa do sal. Katarina estendeu um frasco de água, mas Schera balançou a cabeça e recusou.

Ela tirou mais uma de uma sacola e desta vez a chupou da cauda. Um gosto amargo espalhou-se pela boca dela.

— Eu me pergunto se o Exército do Império tem alguma comida deliciosa. Estou muito animada.

— Nesta temporada, acredito que você não deve ter expectativas tão altas. Provável——

Katarina ia trazer o produto local de Wealth, mas a infantaria dos bosques circundantes saltou ameaçadoramente, interrompendo-a.

Eles ergueram as tochas e, intimidando, viraram as lanças para a cavalaria. Schera instantaneamente esmagou a sardinha seca. Ela triturou em pequenos pedaços, os pequenos ossos fazendo sons de estalido. Depois de um gosto amargo, saiu o gosto salgado, e o rosto de Schera se torceu novamente.

— Parem! Parem seus cavalos!!

— Não se mexam! Não se atreva a se mexer! Qualquer movimento suspeito e nós vamos matar vocês!!

— Soldados do Reino, hein!? Você sabe o que significa essa bandeira branca?

Enquanto todos gritavam em voz alta, eles intimidaram Schera e seu grupo. A cavalaria não demonstrou inquietação e aguardavam as ordens do comandante. Nem os cavalos emitiram som. Os soldados imperiais observaram essa estranha cavalaria com olhares desconfiados. Normalmente, esses tipos de pessoas se encolhem de medo.

O comandante da unidade de patrulha, depois de limpar a garganta, dirigiu-se a eles com uma voz berrante.

— Somos uma unidade de patrulha do Sétimo Corpo do Exército do Império Keyland! Que negócio você e seus homens têm aqui? Dependendo da sua resposta, vamos lançar um ataque! Cabe a você responder com cuidado!

Com essa pergunta, Schera fez seu cavalo dar um passo à frente e respondeu baixinho, mas penetrantemente.

— Sou a Tenente-Coronel Schera Zade, cavalaria afiliada à Legião Especial do Reino Yuze. Para nos rendermos ao Império Keyland, ateamos fogo ao Segundo Forte e capturamos um homem da família Madros. Eu gostaria de me encontrar com o comandante do Exército do Império. Não temos para onde voltar.

Ao sinal de Schera, sua cavalaria jogou as cabeças que estavam carregando. Os soldados imperiais as pegaram para examiná-las.

Bem na frente deles, podiam ver uma luz vermelha manchando o céu noturno. Havia certamente chamas subindo em torno do Segundo Forte.

Quando o comandante da unidade de patrulha se certificou disso, olhou para Schera, em alerta.

— …. Você não é uma madrosiana, é?

O povo de Madros nunca se renderia. Em outras palavras, se fossem madrosianos, ele pretendia matá-los ali. Havia muitos do Corpo do Sétimo Exército do Império que nasceram na Área de Wealth. Este comandante era um wealthiano.

— Nasci na Zona de Fronteira Central; que tal?

— …… Não, eu entendi. No entanto, não está em meu poder aceitar sua capitulação. Eu vou guiá-la daqui até a sede, e você deve explicar suas circunstâncias lá. Não tenha intenções estranhas. Nós não somos os únicos soldados por aqui.

— Eu agradeço. Por favor, nos guie então.

— Assim mesmo. Me siga.

A pedido de Schera, o comandante os guiou e começou a andar. Lanceiros e arqueiros estavam em formação com armas prontas ao redor da cavalaria. Se houvesse algum comportamento suspeito, eles provavelmente disparariam suas flechas imediatamente e atacariam com suas lanças. Os cavaleiros não demonstraram medo, e silenciosamente seguiram Schera.

Sem serem notadas, as bandeiras brancas foram substituídas por outras negras, com aves sinistras retratadas nelas. O orgulho deles provavelmente não suportaria; não havia derrota para a Cavalaria de Schera. Os soldados imperiais não notaram nada.

Dando-lhes uma olhada, a boca de Schera se curvou em grande divertimento.

“Estou realmente ansiosa por isso.”


Tradutor: Apollo  |   Revisor: Apollo



Fontes
Cores