CC – Capítulo 257 – Exame prático


Fiquei na fila por duas horas. O Lenhador de meia-idade na minha frente, eu, o furador de fila que se voltou para trás de mim, e um homem que parecia um guerreiro veterano ainda mais atrás; entramos todos nessa ordem.

A propósito, aquele homem jovem atrás de mim era um “Aprendiz de Espadachim: Lv27”, enquanto o veterano que parecia um guerreiro era um “Aprendiz de Espadachim: Lv25”, mesmo assim, a técnica do veterano devia ser superior. Sua aparência falsa era perfeita.

Havia algumas recepcionistas na Guilda dos Mercenários, mas não fomos levados para a área da recepção, e sim para o centro de treinamento mais para dentro.

Havia um palco preparado no pátio e havia muitos bonecos de madeira com cerca de dois metros de altura. Nem todos os bonecos eram feitos de madeira; havia alguns feitos de palha e alguns que claramente pareciam metálicos. Devo continuar chamando eles de bonecos de madeira quando eles são feitos de metal? Mas isso seria problemático, então vou apenas continuar chamando todos eles de bonecos de madeira.

E um examinador com cerca de 40 anos de idade (ele era um soldado deste país e, na verdade, um cavaleiro com pariato, o que o dava o emprego de Cavaleiro) estava esperando.

— Subam no palco em sequência e ataquem aqueles bonecos. O número de bonecos de madeira que vocês conseguirem quebrar em três minutos serão usados como referência na decisão de aprova-los ou reprova-los. Além disso, vocês quatro vão decidir em que ordem vocês subirão no palco. Contudo, até que todos os integrantes terminem, os bonecos de madeira no palco não serão substituídos.

Todos nos olhamos ao mesmo tempo em que o examinador terminou sua frase.

Em outras palavras, este teste era vantajoso para a pessoa que fosse a primeira a subir na plataforma. Isso era óbvio. Haveria mais alvos com mais bonecos de madeira intactos e os destroços espalhados dos bonecos destruídos pela primeira pessoa tornariam o movimento no palco mais difícil.

Além disso, havia três tipos de bonecos: os de palha, os de madeira e os de metal, então se a primeira pessoa só destruísse os frágeis bonecos de madeira de palha e a segunda esmagasse os mais duros feitos de madeira, só restariam os de metal.

Naturalmente, todos queriam ser o primeiro.

— Eu vou primeiro.

Foi o jovem homem, Sr. Fura-fila, quem insistiu.

— Espere, você não pode decidir isso sozinho

— Isso mesmo, eu também quero ser o primeiro.

O Lenhador de meia-idade e o mercenário de meia-idade que parecia um veterano falaram ao mesmo tempo. Mais importante, o mercenário veterano na realidade disse “Eu”1. Isso foi muito inesperado.

No entanto, a situação estava prosseguindo de forma ruim.

À primeira vista, o teste parecia enfatizar em ataques, mas nos fazer escolher a sequência parecia suspeito.

Eles deviam estar observando a capacidade dos examinados de cooperar e resolver problemas.

— Ah, vocês podem me ouvir por um segundo? Deixem-me decidir a ordem. Em troca, estou bem indo por último.

Todos ficaram em silêncio após eu dizer isso.

Isso era esperado. Afinal, todos deviam saber que a discussão nunca acabaria nesse ritmo.

— Fale.

Sr. Fura-fila falou de modo arrogante.

— O primeiro será o Usuário de Machado de meia-idade. Assumo que não há problemas com isso, certo?

— Oo, então você me entendeu.

— Espere, o quê?

Sr. Fura-fila reclamou mesmo eu pensando que não haveria nenhum problema.

— Pense sobre isso, a arma do Usuário de Machado de meia-idade é o machado com foco em ataques únicos e mortais. O número de movimentos é limitado, então o palco não ficará uma bagunça, mesmo se ele for o primeiro e, mais importante, mesmo que o examinador tenha dito que os resultados dependiam dos números, destruir os bonecos de madeira mais duros deve levar a melhores avaliações. Se ele destruir os manequins com o mesmo número de movimentos, não é preciso dizer que ele destruirá os bonecos de madeira mais duros comparados com os bonecos mais macios de palha. Nesse caso, não seria benéfico para vocês dois que querem destruir os bonecos de palha?

— Mu, você tem razão.

— Claro. Eu não ligo.

Sr. Fura-fila e Veterano-san pareciam ter sido persuadidos por mim.

Bom, na verdade, esse era um raciocínio cheio de furos.

Apesar de o número de ataques possível com um machado ser limitado, ele ainda seria capaz de destruir os bonecos de madeira com esses poucos ataques, então o palco ficaria uma bagunça mesmo assim, e assim como o Lenhador de meia-idade podia destruir os bonecos feitos de madeira e deixar os bonecos de palha para os dois espadachins, do mesmo modo, os dois Aprendizes de Espadachim poderiam destruir os bonecos de palha e deixar os bonecos feitos de madeira. O Lenhador de meia-idade poderia ser o terceiro a subir também.

Mas isso não poderia ser feito porque para os dois espadachins, seu oponente não era o Lenhador, mas sim o outro espadachim. Ambos tinham a mesma arma, uma espada, assim, era natural que eles fossem comparados.

— O segundo será o Sr. Fura… não, você.

Olhei para o Sr. Fura-fila e disse isso.

— Tudo bem.

— Por quê?

Sr. Fura-fila estava eufórico, enquanto Veterano-san tinha um olhar de insatisfação.

Porém, eu também tinha uma razão para isso.

Afinal, senti que seria um aborrecimento se eu colocasse o Sr. Fura-fila na terceira posição. Eles começando uma briga afetaria nossa avaliação.

— Bom, você é um espadachim com considerável habilidade, não estou certo? E você treinou uma quantidade substancial de tempo com sua espada. Nesse caso, você provavelmente poderia destruir os bonecos de palha com um único golpe. Se você destruir todos os bonecos de palha, ele não será capaz de conquistar nada. Eu te deixei para depois por ter te estimado como um Espadachim veterano.

— … não tenho outra escolha se você colocar dessa forma.

Muito bem. Fui capaz de blefar para escapar dessa situação ao inflar seu orgulho.

Bom, a personalidade dele era um espelho de sua aparência. Além disso, ele realmente não se tentou ser o primeiro, mesmo quando estávamos decidindo a ordem. Imaginei que ele era um homem com grande orgulhado e acertei em cheio.

Tudo bem, a ordem estava definida.

É claro que essa sequência era a mais desvantajosa para mim, mas uma virada de jogo seguida de vitória era possível se eu pudesse mostrar resultados sob tais circunstâncias.

Decidimos a ordem e na mesma hora começamos o teste.

O Lenhador de meia-idade desferiu seu machado e quebrou o boneco de madeira.

Ele decapitou com precisão o boneco em um único golpe… como esperado de um Lenhador. Cortar um objeto parado era o forte dele. No fim, ele destruiu dois terços dos bonecos feitos de madeira.

— Tá legal, o que você achou?

— Próximo.

O examinador não disse nada a respeito de avaliação dele nem nada sobre o assunto. Ele incitou o Sr. Fura-fila a subir no palco.

Sr. Fura-fila manipulou sua espada com movimentos rápidos, mas talvez pela localização de seus golpes ser dispersa, ele teve dificuldade em destruir os bonecos de palha. No fim, ele ficou sem tempo após destruir apenas um terço dos bonecos de palha.

Tch, eles colocaram alguma coisa a mais dentro da palha?

Sr. Fura-fila reclamou enquanto ignorava sua falta de habilidade.

Então, o último a ir foi o Veterano-san.

Veterano-san usou abruptamente a habilidade Corte do Aprendiz de Espadachim e destruiu um boneco de madeira de longe.

— Quê!? Fui eu quem danificou aquele boneco de madeira.

Sr. Fura-fila se queixou, mas foi culpa dele por não destruir o alvo.

Assim, Veterano-san se moveu para um local onde os bonecos se juntavam e usou o Corte Giratório para destruir um dos bonecos feitos de madeira e dois dos feitos de palha ao mesmo tempo. Os ataques dele não eram grande coisa, mas a forma que ele utilizava suas habilidades era incrível.

No fim, Veterano-san destruiu dois terços dos bonecos de palha restantes e alguns dos bonecos feitos de madeira antes de seu tempo acabar.

Parecia que deixar o Veterano-san ser o terceiro acabou o ajudando. Além da diferença no level, também havia uma diferença no estilo de luta. Sr. Fura-fila teria lutado melhor se subisse no palco após observar a tentativa do mercenário veterano.

— Por fim, você.

Sob o estímulo do examinador, caminhei para o palco.

— Desculpe, eu me empolguei um pouco.

Veterano-san se desculpou enquanto descia da plataforma e passávamos um pelo outro.

Bom, pedir desculpas não ajudará.

Havia apenas poucos bonecos de palha sobrando no palco. Também não havia muitos bonecos feitos de madeira.

— Muito bem…

Saquei minha espada e destruí os bonecos de madeira e de palha restantes um por um.

Destruí todos eles com um único golpe, mas, nesse ritmo, acabaria ficando abaixo do Veterano-san e acima do Sr. Fura-fila. Gostaria de passar só com isso, mas queria ter certeza. Tinha que pelo menos mostrar força o bastante para ser enviado para a linha de frente.

Assim, guardei minha espada em sua bainha.

Miri me disse que eu deveria usar esta habilidade apenas quando não estivesse escondendo meu poder.

A habilidade que apenas Santos da Espada eram capazes de usar; agora era hora de usa-la!

— Criação de Espada!

Uma espada mágica apareceu em minhas mãos.

Uma espada branca brilhante; eu agarrei essa espada e parti o torso de um boneco de metal próximo em dois.

— Examinador-san, ainda tenho tempo, mas devo destruir todos os bonecos de metal restantes? Parece ser difícil recriar eles.

— Nã-não, isso é o suficiente. Você fez o bastante.

O examinador respondeu e terminou meu teste à força.

Sr. Fura-fila ficou todo — O qu-que há com essa espada! Isso é trapaça! —, mas o exame permitia qualquer tipo de arma, então isso não seria um problema e eu o ignorei por completo.


Tradutor:



Nota

[1] O “Eu (boku)” que ele usou é a forma mais comum e educada, enquanto o esperado era o oposto, “Eu (ore)”, usada por homens “mais brutos”.



Fontes
Cores