CC – Capítulo 254 – A oficina do slime


– Por favor, escolha o emprego que você deseja mudar:

(Se nenhum for selecionado, um deles será escolhido automaticamente depois de cinco minutos)

  • Mergulhador: Lv1
  • Aprendiz de Ninja: Lv1
  • Ladrão de Salários1: Lv1
  • Gigolô: Lv1
  • Criança Selvagem2: Lv1

 

Outra fornada de opções terríveis. Porém, foi ótimo não haver nenhum emprego de criminoso.

Após usar isso quatro vezes, o único emprego que se repetiu foi o de Gigolô. Me pergunto quantos tipos de empregos existem. Mergulhador deve se referir a uma pessoa que mergulha dentro do mar. O emprego deveria ser patético se Mergulhador se referisse a um jogador de futebol que fingia ter sofrido uma falta3.

Aprendiz de Ninja, hum? Se tivesse que escolher, preferiria ser um ninja regular.

Eu queria argumentar que Ladrão de Salários não poderia ser considerado um emprego. Apesar de não ser um emprego de criminoso, imaginei que só seria capaz de aprender habilidades para melhor fugir do meu trabalho se escolhesse isso.

Na sequência, Criança Selvagem também não poderia ser considerada uma profissão.

Acho que apenas Aprendiz de Ninja era única dentro dessas cinco opções.

Nas representações de mangás, ninjas são apresentados como profissionais em assassinatos e armas de arremesso, mas eles devem ser mais especializados em reconhecimento. Seria um bom emprego para se escolher para procurar pelo paradeiro de Miri.

O primeiro emprego foi definido como Aprendiz de Ninja.

Não esperava muito de um emprego de aprendiz, mas ele aumentou a correção de minha velocidade.

— Acho que a habilidade de Procura de Emprego realmente não tem nenhum emprego comum.

Talvez fosse um hábito ou uma tendência por ter a habilidade Avaliar Emprego, mas eu vi todos os tipos de empregos. Por exemplo, o guarda protegendo a entrada do labirinto era um “Aprendiz de Lanceiro”, enquanto o funcionário do estábulo a quem confiei o corredor do deserto era um “Usuário de Chicote”.

Eu confirmei 19 tipos de empregos em minha habilidade Procura de Emprego.

Tanque, Gigolô, Amazona, Aprendiz de Cozinheiro, Golpista, Kunoichi, Mestre de Batalhas, Ladrão Oportunista, Cavaleiro de Dragão, Sábio, Usuário de Gato, Camareira-Gato, Caça-Fantasma, Herói Falso, Imitador, Mergulhador, Aprendiz de Ninja, Ladrão de Salários e Criança Selvagem.

Entre eles, só tinha visto um desses empregos antes.

O emprego de Usuário de Gato. E vi apenas uma pessoa com ele.

Se me lembro corretamente, para se tornar um Usuário de Gato, você tem que ser reconhecido pelo líder dos Cait Sith. Quem sabe os outros empregos únicos precisem da aprovação de pessoas especiais? Por exemplo, meu emprego de Cavaleiro foi desbloqueado após Conde Paul me consagrar. Eles estavam relacionados, então talvez… seja algo parecido com o reconhecimento de um Sous Chef4 sendo uma exigência para se tornar um Aprendiz de Chef?

— Ei, Mestre. Está na hora de irmos!

Fiquei perdido em meus pensamentos, então Neete reclamou após ficar impaciente.

— Desculpe, desculpe. Certo, este labirinto aparentemente tem um monstro de treinamento, então vamos procurar por ele. Ouvi que ele dará uma habilidade que seria útil na travessia de desertos, assim, isso nos será muito útil quando viajarmos pelo Continente do Sul.

— Mestre, fui eu quem obteve essa informação, você não se lembra?

Ó, verdade.

Acho que estava chovendo no molhado.

— Tudo bem, vamos indo.

Respondi e avançamos pelo labirinto da cidade de Gagaria.

— Mestre! Uma caixa do tesouro!

Neete descobriu uma caixa do tesouro de madeira no centro da sala.

— Ah, isso é um mímico.

— Como você sabe?

— Minha habilidade Detecção de Presença se ativou. Pensei que poderia haver algo dentro da caixa do tesouro, mas estava sentindo a presença da própria caixa, então isso é um mímico. Corte.

Saquei minha espada e destruí o baú do tesouro.

O material que parecia ser madeira na realidade era a pele do mímico, então o interior das peças de madeira era bem grotesco.

— Mímicos são comestíveis?

— Monstros nascidos em labirintos não podem ser comidos.

Monstros criados por labirintos desapareceriam assim que fossem derrotados.

Em troca, eles deixariam itens.

Ichinojo subiu de Level.

Habilidade de Aprendiz de Ninja: “Arremesso de Shuriken5” adquirida.

Habilidade de Aprendiz de Ninja: “Equipar Kunai6” adquirida.

Habilidade de Aprendiz de Ninja: “Correção de Pulo” adquirida.

Meu nível subitamente subiu até o Lv8.

Eu não tinha shuriken e kunai, assim, as habilidades eram desnecessárias, mas Correção de Pulo parecia útil.

 

Correção de Pulo: Habilidade de aumento de Status | “Aprendiz de Ninja: Lv5”

Aumenta a distância e velocidade do pulo.

No salto, reduz a variação entre o alvo e o ponto de aterrissagem.

 

Ela estava categorizada como uma habilidade de aumento de Status, mas ela não parecia ter nenhum impacto nos atributos.

— Mestre, ele deixou uma pedra mágica! Posso ficar com ela?

— Hmm? Para que você usaria isso?

— Vou esmagá-la e misturar com a comida das tartarugas. Ela aumentará a velocidade de crescimento dos monstros.

— Algo parecido com uma Medalha Rara?

Medalhas Raras poderiam fortalecer monstros ao serem alimentados com elas.

Centauro, o burro que Jofre e Elise montam (?), comeu muitas Medalhas Raras, dessa forma, ele cresceu ao ponto em que poderia derrotar com facilidade o monstro chamado Gigante Verde, algo que soldados comuns não seriam capazes de fazer.

— Isso é diferente das Medalhas Raras. Isso só aumenta a taxa de crescimento dos monstros. Alimentá-los até se tornarem adultos só fará com que fiquem mais ferozes, mas isso não fará com que eles fiquem mais fortes.

— Eh, então devemos ficar com isso. Você precisa de uma bolsa?

— Vou colocar no meu bolso.

Neete disse e colocou a pedra mágica dentro de seu bolso.

Ela parecia uma criança da escola primária que coloca tudo em seu bolso.

Bem, isso não importa.

— Não há muitos monstros.

— A guerra está à vista. Quem sabe eles não estão usando o labirinto para aumentar o level dos soldados?

— Isso parece plausível… desta vez, não estamos com pressa, então vamos descer enquanto aumentamos o nível.

— Sim.

Assim, levamos nosso tempo para lentamente conquistar o labirinto.

Ou melhor, não tive escolha além de gastar muito tempo.

Quando estava nos labirintos de Florence, Belasra e da Montanha Gomaki, confiei no olfato de Haru para encontrar o caminho correto. No labirinto de Dakyat, o lugar de onde os monstros estavam surgindo atuou como uma indicação, ao passo que Stella e Miri me guiaram, respectivamente, pelos labirintos dos Cait Sith e o de Deijima.

Desta vez, não tinha um guia nem uma indicação, então tivemos que encontrar nosso caminho do jeito difícil ao investigar todas as possibilidades.

Apesar do labirinto estar próximo do deserto, não havia muitos monstros associados com esse tipo de ambiente.

Ao invés disso, havia muitos monstros do tipo inanimado, como golens.

Os pontos de experiência que eles davam eram bem decentes.

Ichinojo subiu de Level.

Habilidade de Aprendiz de Ninja: “Invisibilidade” adquirida.

Habilidade de Aprendiz de Ninja: “Visão Noturna” adquirida.

Habilidade de Aprendiz de Ninja: “Equipar Faca” evoluiu para “Equipar Faca II”.

Aprendiz de Ninja já estava no Lv18.

Eu obtive habilidades úteis como a Invisibilidade e a Visão Noturna, mas ainda não adquiri nenhuma habilidade para rastrear pessoas.

— Mestre, não é este o lugar?

— Que lugar?

— O paradeiro do monstro de treinamento. Viu, está escrito aqui.

Neete apontou para o letreiro pendurado na porta.

“Oficina do Slime.”

Slime, hã? Falando de slimes, eu os encontrei em Florence. Se me lembro bem, eles eram monstros resistentes a ataques físicos, mas fracos contra magia. Derrotei dois tipos de slimes em Florence. Um tipo era o regular que matei com o Corte. O outro era um slime dourado que derrotei com Fogo Pequeno e foi quando obtive uma Medalha Rara e o título de Caçador de Raridades.

De acordo com Haru, atacar slimes diretamente com uma espada fará com que ela seja corroída, assim, ataques a distância eram necessários.

Mas não havia necessidade para lutar desta vez.

Eu abri a porta.

— Eh!?

Fiquei surpreso após abrir a porta.

Mesmo que fosse apenas uma sala, era um espaço vasto repleto de areia.

Um único slime estava absorvendo areia com seu corpo e a cuspia para criar construções de areia.

— É ele que está fazendo esculturas de areia?

— Acho que sim. Essas estátuas são incríveis. Mas por que a estátua da Deusa Torerul-sama está desse jeito?

O slime estava criando uma estátua da Deusa Torerul-sama, que estava deitada de lado usando a areia.

Esse slime encarou nossa direção.

— Mestre, acho que ele quer que você feche a porta. O vento está destruindo as estátuas.

— Ah… desculpe.

Eu fechei a porta.

Por que eu estava cedendo para um slime?

— Mestre, há uma explicação escrita aqui.

Como Neete disse, havia palavras gravadas nas paredes da sala.

Oficina do Slime.

Crie água pura a partir da água do mar nos frascos dentro da sala e a dê ao slime.

Entretanto, água mágica é tóxica para o slime, então você não deve dá-lo esse tipo de água.

Você deve trazer água do exterior, mas até água de poço tem muitas impurezas e é inadequada.

Portanto, só precisava dar água ao slime.

— Mestre, o frasco com água do mar está aqui. Não podemos apenas filtrá-la?

— Filtrar… vamos fazer um teste.

Ativei a habilidade Filtragem.

Essa era a habilidade que usei para fazer saquê a partir do saquê não refinado em Deijima.

Dez segundos após ativar a habilidade, recolhi um pouco da água com minha mão e a lambi.

— Isso não deu certo. De acordo com a descrição da habilidade, a Filtragem é uma habilidade que remove todas as impurezas. Contudo, ela não remove matéria que foi completamente dissolvida no alvo. É possível remover sujeira de água turva, mas ela não pode remover sal e açúcar de água salgada ou caldas.

— Nesse caso, o que devemos fazer?

— Fácil, podemos apenas ferver a água e coletar o vapor dela… mas…

Eu peguei a água purificada que comprei na farmácia de minha bolsa de itens.

Eu a coloquei sobre a cabeça do slime.

Essa era uma água purificada próxima do nível da água pura fazendo uso total da tecnologia japonesa, então se isso não fosse bom o bastante, a condensação também não funcionaria.

Emprego: Artista da Areia adquirido.

Tudo bem, completei meu objetivo.

O slime ficou energético após receber a água e começou a trabalhar. Ele cuspiu líquido viscoso e começou a refazer a estátua da Deusa Torerul-sama.

Eu adquiri o emprego, então estaria tudo bem derrotar o slime agora, mas decidi observar por um tempo.

— Incrível Mestre! Ele reproduziu ela com perfeição, até mesmo a calcinha.

— Não, estou mais impressionado pela excelente forma com que ele a reproduziu lendo um livro enquanto está deitada de costas. Isso é incrível, esta postura preguiçosa, é como se a verdadeira Torerul-sama estivesse aqui. Além disso, ele a completou com uma velocidade extraordinária.

Quem sabe… peguei meu smartphone. Salvei fotos do Japão e deste mundo após recarregar por completo meu aparelho. Mostrei as fotos dentro dele para o slime.

As fotos de Miri e Carol.

O slime encarou as fotos de Miri e Carol antes de prosseguir animadamente pegando areia e a cuspindo.

No processo, seu trabalho diminuiu assim que ele ficou sem água, mas coloquei água purificada e água mineral sobre ele e o monstro ficou sadio mais uma vez e resumiu seu trabalho.

Assim, ele completou sua tarefa em apenas 30 minutos.

Estátuas de areia de Miri e Carol.

Eu mostrei fotos de Haru e Malina, mas não apareceram nenhuma estátua delas.

— Como imaginei, este slime é um lolicon.

Isso explicava o porquê ele estar criando a estátua da Deusa Torerul-sama neste labirinto que era dedicado a Setolance-sama. Porém, não fazia ideia de como o monstro conhecia a imagem de Torerul-sama. Talvez alguém mostrou ao slime um retrato de Torerul-sama para determinar sua disposição.

— Mestre, você esperou por 30 minutos para comprovar esse fato?

—Está tudo bem… de qualquer forma, não estamos com pressa.

Enquanto pensava, o slime cutucou meus pés com seus tentáculos.

O que foi?

O slime colou na parede e a atravessou.

— O slime derreteu?

— Ele entrou pelas aberturas na parede.

O que ele quer me mostrar?

Pensei comigo mesmo enquanto destruía a parede.

Atrás da parede estava… uma sala?

Era um local repleto de grama. No centro da sala estava um monumento de pedra.

— Isso é uma plantação de ervas medicinais. Está tudo bem se eu as colher?

O slime assentiu.

— Entendi, parece que ele reconheceu o Mestre como um companheiro.

— Companheiro… essas ervas são boas?

— Sim, elas são ervas medicinais raras. Pode ser possível criar uma plantação de ervas medicinais no Meu Mundo se levarmos elas para lá.

Neete cuidadosamente colheu a erva medicinal.

Eu também ajudei.

Não colhemos todas as ervas medicinais, mas apenas a quantidade que precisávamos.

— Ele é um bom slime.

— Concordo. Então, Mestre, está tudo bem?

— Tudo bem? Ao que você está se referindo?

— Esse slime continuará a criar estátuas de areia de Carol e Miri, a irmã mais nova do Mestre. Elas não ficarão furiosas se descobrirem isso?

— … !?

Não cheguei a pensar nisso.

Será que elas ficariam irritadas?

Não acho que Miri ou Carol ficarão bravas só por terem estátuas delas sendo feitas.

Contudo, se elas soubessem que o monstro estava criando estátuas delas porque as considerava lolis… elas provavelmente ficariam zangadas.

Mesmo assim, recebemos ervas medicinais, então não me sentiria bem por matar esse slime para selar sua boca.

— … Neete, sobre este assunto…

— Entendido, vou manter isso em segredo. Você me deve uma.

Ao contrário de minhas emoções de receio, Neete parecia um pouco feliz.

Ela estava feliz por me fazer ficar em dívida com ela? A perguntei, mas, pelo visto, ela não estava feliz por causa disso.

— Não, estou feliz por aquele Slime não me considerar uma loli. Eu sou uma senhorita adulta.

— Ah, então você está feliz com isso.

— É claro que estou feliz por você estar em dívida comigo também. Isso mesmo, planejo usar esse favor para obter o privilégio de lavar as costas do Mestre.

— E não vou mais te dever nada após isso?

— Sim, após lavar as costas do Mestre com meus peitos, você definitivamente não irá fugir com constrangimento por ser lavado por meus seios, vai?

… uma senhorita adulta não diria peitos sem parar.

Eu não podia mesmo me livrar dela.

— Em primeiro lugar, com seu tamanho, não será possível lavar minhas costas com seus peitos. — Eu murmurei para mim mesmo silenciosamente, mas Neete golpeou minha cabeça por trás.

Como ela leu meus pensamentos!?


Tradutor:



Notas

[1] Um “ladrão de salários” é uma expressão usada no Japão e na Coréia para se referir a uma pessoa que não se dedica a seu trabalho e apenas espera receber seu pagamento no final do mês.

[2] Crianças selvagens são crianças que logo nos primeiros anos de vida passaram a viver em completo isolamento da humanidade. São crianças que depois de pouco tempo de vida se perdem da população, vivem como animais, não falam e não andam como pessoas socializadas. Tais histórias se originaram de relatos relativamente comuns no século XVIII, que descreviam crianças encontradas no campo, tidas como sobreviventes por circunstâncias especiais, desde os primeiros anos de vida, criadas por animais, sem contato com humanos e assim se tornando selvagens.

[3] Na associação de futebol, diving (“mergulho” em inglês) é uma tentativa de um jogador tentar ganhar uma vantagem injusta ao se jogar no chão e possivelmente simular um ferimento, para dar a impressão que uma falta foi cometida. Diving também é conhecido como simulação (termo usado pela FIFA).

[4] O sous chef de cuisine, ou subchef, é o segundo em comando em uma cozinha profissional, logo abaixo do chef (chef executivo). A palavra sous chef vem do francês e sua tradução literal seria “subchefe”. O sous chef responde diretamente ao chef, mas também tem alguma autoridade sobre o resto do staff de cozinha, a chamada “brigada”.

[5] Shuriken é uma arma de arremesso de origem japonesa e está entre as 18 disciplinas do Ninjutsu, no Shuriken Jutsu. São divididas em: Bo Shuriken e Hira Shuriken, onde são classificadas de acordo com o grupo, número de pontas e formato.

[6] Kunai é uma arma ninja que consiste em uma lâmina de ferro com um grande furo na base, destinado a amarrar cordas, originário da era Tensho (1573 a 1592) no Japão. Eram destinadas ao arremesso com ou sem corda, a fim de ferir o inimigo à grande distância. Muito utilizada por ninjas em casos de assassinatos. Kunai é uma arma muito eficiente e que pode ser destinada para diversos fins. Os ninjas utilizavam-na para arremesso, servir de uma espécie de pinos de escalada, para fazer armadilhas e etc.



Fontes
Cores