Arifureta – Capítulo 114 – Não tema, são os Haulia



Capital Imperial do Império Hoelscher. No canto do restaurante no primeiro andar da estalagem, ar frio fluía levemente.

Sentados na mesa onde o ar frio estava sendo gerado, é claro que estava o grupo de Hajime. Após o garoto e Yue retornarem da coleta de informação, as mulheres o encararam com frieza.

Em especial os olhos de Shia e Kaori, que estavam sem qualquer vestígio de luz, eram mais do que suficiente para fazer Hajime sentir o terror. Atrás de Kaori, uma Hannya começou a se tornar visível.

— Você parece ter se divertido muito.

— Yue, está muito brilhante? O que vocês fizeram? Hein? O que vocês fizeram? Hein, hein.

Não havia entonação nas vozes das duas, as pessoas da mesa ao lado não conseguiram mais suportar e também partiram depressa. Julgando pela aparência das duas garotas, não era possível interferir, a garçonete só podia dar a Hajime um olhar apreensivo de longe.

A razão para isto acontecer era, naturalmente, devido ao fato de Yue estar brilhando após retornar, e também por Hajime parecer um pouco esgotado.

Em outras palavras, apesar de eles saírem para coletar informação, o que mais esses dois poderiam ter feito!? A raiva das garotas estava aumentando.

— … vocês estão enganadas. Yue está brilhando porque ela chupou o meu sangue.

— Hmm??

Ambas interpretaram de forma equivocada a situação de Hajime e ficaram chocadas quando a verdade foi revelada. Devido a resposta inesperada, os rostos das duas ficaram com aparências estúpidas.

— Vocês duas pensaram mesmo que eu colocaria minhas mãos em Yue? Eu sou um cão no cio? É isso o que vocês pensam? Eh?

— Ah, ahahahahaha, é claro que nãããão, eu já sabia disso. Eu imaginei que seria esse o caso. Não é, Kaori-san?

— Si-sim! É claro Shia. A quantidade de consumo de Mana ao usar a Magia de Regeneração é severa. Eu imaginei isso desde o início.

Hajime só tinha um olhar sarcástico em seus olhos, já os olhos de Shia e Kaori estavam vagando por toda a parte enquanto tentavam se defender.

De repente, o garoto voltou seu olhar para o grupo de Shizuku. Eles logo olharam para o outro lado enquanto começavam a corar. Parecia que eles também se equivocaram por completo.

— Haaaaa, ah, bem. De qualquer forma, conseguimos a informação que precisávamos. Esta noite, vamos nos infiltrar no palácio onde Kam e os outros devem estar sendo mantidos. Apesar da segurança parecer bem severa, contanto que encontremos o grupo de Kam, podemos escapar depressa usando Magia Espacial, então isso não deve ser difícil. Apenas Yue, Shia e eu vamos nos infiltrar. Só por precaução, como vocês não podem usar Detecção de Presença e Teleporte. Vocês devem se reunir com o grupo de Pal do lado de fora da capital. Porque vamos nos transferir diretamente para lá.

— … nós entendemos… em primeiro lugar, a informação está correta? Não é possível que este tal de Nedeiru tenha mentido…

— Isso não deve ser possível. Após ter seus testículos achatados e regenerados antes que ele perdesse consciência, não, eles foram na verdade esmagados… o tesouro de um homem, muitas vezes, repetidamente. Não é possível para um homem suportar isso… após o fazermos abrir o bico, Nedeiru já estava derramando lágrimas de alívio enquanto segurava seus testículos com as mãos; até eu pude sentir a dor dele.

“Foi você que fez isso!”, era o que Kouki e os outros queriam dizer, embora eles tenham parado e suspirado porque Hajime estava mostrando uma expressão triste bem anormal. Os pensamentos de Shizuku, após sentir calafrios: “É um alívio saber que Kaori não vai”.

E ao mesmo tempo, Yue, que o acompanhou e esmagou os testículos do homem várias vezes, não se preocupava com isso; não seria estranho que ambos fossem chamados de “Esmagadores de Testículos” pelo Império, Kouki e Ryutaro estavam tremendo, e juraram nunca desafiar Yue. Por algum motivo, suas virilhas ficaram desconfortáveis sob a mesa.

— Hey, Nagumo… neste momento, se a família de Shia está no castelo imperial, você não deveria apenas pedi-los de volta? Lili deve estar lá também, e eu sou um Herói… eu acho que devemos conseguir se apenas conversarmos com eles…

Kouki disse, completamente ignorante a todos os esforços que já tinham sido feitos.

Bem, era como Kouki falou, com as palavras do garoto como um Herói, uma reunião com Liliana poderia ser agendada para pedir por ajuda. Ao invés de confiar no poder bruto de Hajime, negociações seriam uma possibilidade.

No entanto…

— E o que eles vão conseguir com isso?

— Eh?

— O grupo de Kam é composto por invasores, e se eles já tiverem matado Soldados do Império? Além disso, apesar de estarem cercados, os Homens-Coelho do grupo de Kam se tornaram uma existência completamente diferente porque causaram dano ao Império. Você acha mesmo que eles vão apenas nos entregar eles de graça?

— Mas…

— Eles com certeza vão querer algum tipo de compensação. Eles vão querer tomar vantagem sobre nós, há riscos demais. Lembre-se que eles também querem proteger sua fama. Mesmo que eles os libertem, as coisas ainda não irão terminar. E isso também pode afetar a Princesa, que tem que lidar com as negociações. Você ainda acha essa uma boa ideia?

A possibilidade com certeza existia, assim, Kouki apenas ficou em silêncio. Talvez ele também queria ajudar com a situação de alguma forma. Também havia a questão anterior com o escravo Demi-Humano, o Herói não poderia apenas ignorar isso e continuava a pensar sobre algo.

Hajime começou a sentir um mau pressentimento, ele olhou para Shizuku no mesmo instante. E a garota disse: — Ah, isto-isto é ruim. —, ela notou a expressão de Kouki. Ao que tudo indicava, sinais de imprudência estavam aparecendo no Herói.

Hajime pensou: “Apesar de nunca imaginar que isso aconteceria, quando invadimos a capital imperial, Kouki de repente exige ‘enorme atenção’ em suas ações, eu preciso realizar o primeiro movimento.”

— Hey, Amanogawa. Eu tenho um pedido para você…

— Hã!?!?!? Qu… quê? Um pedido de Nagumo? Impossível…

Kouki ficou rígido e boquiaberto com a palavra “pedido” que Hajime disse de repente. Ryutaro e Suzu também fizeram o mesmo. Era como se eles tivessem descoberto um AMNI1 por acaso. Um “pedido” de Hajime, julgando a forma usual que ele agia, essa palavra devia indicar algo impossível.

Contudo, o Sinergista esperava esse tipo de reação, apesar de ficar um pouco irritado, ele não falou nada.

— Ahhhh, esquece, está tudo bem. Eu não posso te pedir para fazer algo tão perigoso. Desculpe, esqueça disso.

— Es-es-espere um segundo! Primeiro me diga o que você quer que eu faça…

Ele começou a se sentir mal devido ao clima quando Hajime rapidamente desistiu, assim, Kouki facilmente mordeu a isca.

— Nada demais, apesar de que invadirei o castelo imperial, a segurança é rígida demais. Pensando nisso, eu quero que você seja uma distração para aumentar a taxa de sucesso mesmo que só um pouco. Por exemplo, uma pessoa que está disposta a se enfurecer e atrair os Soldados Imperiais para ajudar os Demi-Humanos, como o garoto com orelhas de cão de antes… algo nesse sentido. Ah, contudo, isso é muito perigoso. Por favor, esqueça essa ideia.

É claro que não havia motivo para Hajime não ser capaz de invadir o castelo, mesmo que a segurança fosse rigorosa. Apesar disso, uma distração seria útil, embora não fosse realmente necessária. De forma simples, não havia outra escolha além desta. Seria ruim se o Herói saísse e fizesse algo imprudente sozinho, então o Sinergista decidiu o dar uma tarefa. No mínimo, isso ajudaria o plano do garoto! Assim, Kouki não tentaria dizer que iria junto até o castelo imperial…

— Distração… aquelas crianças… fazer isso. Eu vou fazer isso! Nagumo! Por favor, me deixe ser a distração!

— O-oh, sério, eu entendo, de fato, você é um Herói… tudo bem. Para um Herói tão magnífico, eu vou te dar isto.

Após dizer isso, Hajime pegou alguns minérios de sua Caixa do Tesouro e os transmutou em quatro máscaras.

As máscaras estavam divididas em cores: vermelho, azul, amarelo e rosa; eram elmos que cobriam toda a cabeça e te fariam lembrar de uma certa equipe de heróis. Elas tinham um estilo engenhoso que não atrapalhavam a respiração nem a visão. Um Sinergista comum não seria capaz de criar isso. Essa era uma habilidade inútil que foi refinada em vão sem desperdício.

— … Nagumo… isso é?

— Como você pode ver, é uma máscara.

— … … … por quê?

— Por quê? Está tudo bem ter um Herói fora de controle dentro da Capital Imperial? Sua identidade seria reconhecida. Dessa forma, o propósito da máscara é esconder sua identidade. Independente do país, a identidade do herói não deve nunca ser conhecida. Tudo começa com um herói mascarado e tudo termina com um herói mascarado. Eu até as revesti com cores para que vocês possam se reconhecer.

— Eh? Não, de repente com esse tipo de raciocínio… bom, quanto a nossas verdadeiras identidades, devemos definitivamente escondê-las. Iremos complicar Lili se formos descobertos… porém, isto…

Kouki olhou para as máscaras com suas bochechas se contorcendo.

— … não se preocupe com isso Herói (risos). Para você, o líder justo, eu darei a “Vermelha”.

— … hey, agora mesmo você acrescentou algo após falar “Herói”?

— Sakagami, você é o azul. Azul representa uma disposição calma. Apesar de hesitar em criar uma preta e fazer você usá-la, meu julgamento para você (cérebro de músculo) é que o azul seria melhor. Se você quer saber da minha opinião, eu acho que essa foi uma boa decisão.

— O-oh? Embora eu não tenha entendido tudo, você está me dando isso.

— E Taniguchi, você…

— Ro-rosa, não é? Não é? Estou um pouco constrangida…

— Você é a amarela. Eh? Você ouviu? Você é a amarela. Você fica feliz com facilidade, então a sua é a amarela. Em vários sentidos, você é amarela.

— … hey, Nagumo-kun, por acaso você odeia Suzu? É esse o motivo?

— E a última é… Yaegashi…

— Por favor, espere Nagumo-kun. Apesar de só ter uma sobrando… isso não pode estar certo, pode?

— Yaegashi, é claro que a rosa é sua.

— Eu não quero isso! Em primeiro lugar, não há outras formas para esconder a identidade de uma pessoa além de vestir máscaras? Deve ser o suficiente se apenas nos cobrirmos com um pano! Nagumo-kun, você, na verdade você está fazendo isso apenas para se divertir, não está!?

Para o protesto de Shizuku, Hajime, se sentindo aliviado, encolheu seus ombros. As bochechas de Shizuku se contorceram e estavam se contraindo por causa da atitude do garoto que era muito infantil.

— Tá bom. Vocês com certeza podem esconder suas identidades! Porém. A máscara se encaixa confortavelmente, não irá cair com facilidade e ela absorve impactos. Além disso, ela é tão leve que você nem notará que está usando-a, e sua resistência é tãããão alta que ataques comuns nem mesmo a arranharão.

— Tudo-tudo isso em apenas um momento… que habilidades inúteis de alto nível…

— E Yaegashi, você é o tipo de beldade fria e normalmente assertiva, mas na realidade, você gosta de coisas fofas; é o cenário clássico. Portanto, eu fui cuidadoso e te fiz a rosa de propósito. Me mostre um pouco de gratidão.

— Ma-mas o que você está presumindo… ah, coisas fofas, eu-eu não…

— Ah, você tem razão Hajime-kun! O quarto de Shizuku está repleto de animais de pelúcia.

Enquanto a Espadachim tentava negar a suposição de Hajime com desespero, uma traição surgiu. Kaori expôs os hobbies de Shizuku. Na cabeça da Espadachim, sinais de “!?” apareceram.

— … pensando bem, ela sempre amou animais. De maneira especial, coelhos e gatos.

— !!!

— Ah, a foto de plano de fundo no celular de Shizuku também era um coelhinho, não ééé?

— !!!

— Sempre que passávamos pelo fliperama, ela se certificava de brincar no UFO catcher2. Além disso, era sempre muito engraçado.

— !!!

— Entendo, e Shizuku-san sempre encara as minhas orelhas de coelho

— !!! !!! !!!

— … Yaegashi. Whew, pegue isso. Rosa… é seu.

Hajime estava silenciosamente segurando a máscara rosa com olhos gentis. Por algum motivo, todos os outros também a observavam com expressões gentis. Antes que qualquer um percebesse, a escolha de não vestir a máscara, desapareceu.

— … o que há com este-este clima… mesmo que vocês digam isso, eu, mesmo eu não gostando de verdade de rosa? Eu vou aceitá-la com relutância, mas não se enganem sobre isto, entendido? Aliás, há alguma pessoa que não gosta de animais pequenos? Dessa forma, apenas desta vez, não há outro motivo… portanto, parem de me olhar com esses olhos atenciosos!

Mesmo com suas orelhas ficando vermelhas, Shizuku recebeu a máscara.

Enquanto tentava negar isso com desespero e vergonha, Shia calmamente disse: — Se for Shizuku-san, você quer tocar minhas orelhas de coelho um pouco? —, um esforço vazio que destruiu o momento dere da Espadachim.

A propósito, após Hajime terminar de empurrar os quatro para suas posições, ele começou a rosnar a estratégia.

O plano era que quatro pessoas vestindo máscaras aparecessem do nada e fizessem uma enorme comoção na cidade, seus nomes excederiam os nomes duplos que os Haulia o deram.

Na realidade, durante o momento em que ele estava conversando com o grupo de Pal, parecia que o Sinergista guardou rancor contra seus colegas por eles rirem dos nomes usados para se referir a ele. Ademais, por causa de suas cores, eles não seriam chamados por seus nomes, isso seria agonizante o bastante para fazê-los se esconderem em uma montanha…

Enquanto pensava sobre como parar a imprudência de Kouki, as intenções para realizar sua vingança também apareceram; Yue estava com um olhar um pouco impressionado.


Meia-noite.

Havia incontáveis quartos equipados com grades e nenhuma luz existia nessa escuridão. As grades eram feitas de metais especiais, elas formavam uma barreira sólida e havia formações mágicas gravadas no solo, como se declarando em silêncio que nunca deixariam as pessoas nos pequenos espaços escaparem.

Havia um cheiro terrível gerado pela sujeira e sangue, o local era muito sujo, mesmo que os prisioneiros não pudessem enxergar bem, eles podiam dizer.

É claro que este lugar horrível era a prisão que tinha o objetivo de conter prisioneiros, ela também era considerada a masmorra no castelo do Império Hoelscher.

Como esperado, era uma prisão digna do castelo imperial, a qualidade do minério de metal que foi usado para criar a masmorra era excelente; as formações mágicas gravadas no chão para não permitir que os prisioneiros escapassem também eram excelentes.

Qualquer pessoa que tentasse escapar, ou qualquer um que tentasse entrar escondido, definitivamente morreria; também havia armadilhas gravadas nas paredes que pareciam ser muito dolorosas caso ativadas, porém, contanto que o encantamento que desativava a armadilha fosse recitado corretamente, ficaria tudo bem, embora, em primeiro lugar, ações arbitrárias pudessem ter sido previstas e já estivessem vedadas.

Com isso, não havia possibilidade de alguém invadir a prisão; enquanto era atormentado pelo cheiro pútrido sem qualquer luz, qualquer homem comum colocado em uma cela dessas ficaria insano em apenas um dia. Guardas estavam situados na frente da única porta levando para o exterior, seus horários de troca eram muito maiores durante o turno da noite.

Contudo, apesar de este ser um dos piores lugares para se estar, por alguma razão, muitas vozes podiam ser ouvidas.

— Oi, quantos de seus ossos eles quebraram hoje?

— Todos os dedos e duas costelas… você?

— Hehe, a vitória é minha. Todos meus dedos e três costelas, eu acho.

— Ha, só isso? Eu tenho sete costelas quebradas e as maçãs do rosto… e também uma de minhas orelhas de coelho.

— É sério? Mas o que foi que você fez? Apesar de eles não se importarem em como nos espancam, eles não falaram nada sobre colocarem as mãos em nossas orelhas de coelho…

— Quê!? Eu fiz o de sempre, quem é a pessoa encarregada por sua tortura? Porque eu nunca respondo à pergunta adequadamente. Eu sempre falo: “Foi a sua mãe. Eu sou seu novo pai, então vim ver como está o meu filho”.

— Uwaaaaa, eu acho que qualquer um perderia a paciência com isso…

— Mas esses caras, as orelhas de coelho deles não estão feridas, talvez os Guardas tenham recebido ordens? Pode ser algum tipo de problema pessoal conosco…

— Ahhhh, nós com certeza seremos descartados. Kekeke, não consigo enjoar deste negócioooo!

Quando o garoto os ouviu, eles estavam se gabando sobre quem tinha recebido mais danos. Embora eles não morressem devido a quantidade mínima de Magia de Cura sendo usada, para ter a coragem de falar sobre isso no meio da sala, os donos das vozes declaravam que seus corpos estavam todos cobertos por ferimentos.

Ainda esperando e suportando, as identidades daqueles que estavam ridicularizando a situação eram os Haulia que foram capturados pelo Império.

Os Guardas, competindo para ver quem causava mais ferimentos, não era particularmente estranho. Pois eles já estavam preparados para isso.

Como eles foram colocados dentro da masmorra no castelo, os prisioneiros já não esperavam mais viver. Se eles seriam executados ou transformados em escravos… parecia ser a última opção, porque eles provavelmente tentariam cometer suicídio se uma abertura aparecesse, como imaginado, eles não tinham desejo de viver. Pois eles apenas seriam forçados a lutar contra sua própria família, isso não passaria de um pesadelo, então eles estavam determinados desde o início.

E eles não mostravam qualquer poder porque pretendiam escapar com um estrondo.

O Império, vendo as habilidades dos Haulia que eram muito além do senso comum, suspeitava que alguém estava tramando algo contra a nação.

Além disso, mesmo que isso não fosse verdade, Sua Majestade, o Imperador, gostou da tribo Haulia, ele parecia desejar usá-los como peões em seu exército imperial. Operações de batalha, capacidade de usar armas e espírito de luta, um método de mudar os gentis Haulia; essa tribo era como uma caixa de tesouro para Sua Majestade, que apreciava pessoas fortes.

Os Haulia, que suspeitavam disso, até que suas vidas por fim se extinguissem, continuariam a desafiar o Império. Graças a determinação deles, era tolice desperdiçar tempo os torturando.

Aliás, sendo colocados nesta masmorra cobertos de feridas, eles ainda foram torturados em nome do interrogatório em suas celas, mesmo assim, a tribo Haulia mostrava um sorriso confiante; a maioria dos Soldados do Império que viram essa confiança mostraram medo em seus olhos.

— Desta vez, o líder foi bem majestoso…

— É verdade. Diga, enquanto temos a oportunidade, quer ter uma competição com o líder para ver quem consegue receber mais ferimentos?

— Oh? Parece divertido. Então minhas orelhas de coelho ficarão completas.

— Não, isso seria um grande desperdício, não é?

— Não, o líder está começando a parecer mais e mais com o chefe. Especialmente quando treina os recrutas…

— Ah, é como se o líder estivesse possuído, huh. Quando se é abusado verbalmente daquela forma… é impossível…

— Bem, se o chefe fosse pego, ele tentaria destruir tudo de dentro quando fosse capturado!

— Ou melhor, vocês não têm a sensação de que a Capital Imperial está chorando? Desaparecendo do mapa.

— O chefe é implacável afinal!

— Porque ele é um Ogro!

— Não, ele é o Diabo!

— Assim parece que ele é o Lorde Demônio.

— Oi, oi, isso não faz ele parecer como o Senhor da raça dos Demônios. Comparado com o chefe, o Lorde Demônio é um inseto que nem pode se equiparar. Um inseto.

— Portanto… o Deus mais diabólico e malévolo?

— É isso!!!

— … vocês estão bastante energéticos. Estes ****… faz muito tempo, mas parece que vocês ficaram muito mais falantes? Ehhhh?

— …

A voz que estava repleta de raiva e afetou os Haulia soou da escuridão.

Era uma voz muito familiar, e os Homens-Coelho ficaram em silêncio e congelaram. Dentro da escuridão, suas respirações ficaram fracas como se eles fossem pequenos animais esperando que um carnívoro passasse.

— Ei, hey. Por que vocês ficaram em silêncio? Eu sou o Ogro, Demônio, Satã, Deus malévolo? Não sou?

— Hahaha, hey, rapazes. Pa-parece que eu finalmente cheguei naquele ponto. Eu estou começando a ter alucinações…

— Fique tranquilo, você não é o único. Eu estou na mesma.

— É mesmo… vocês também… mas essa última voz soou como a voz irritada do chefe…

— Pelo menos nos permita ouvir a voz de uma mulher bonita antes de nosso fim.

A voz da outra pessoa que não deveria estar ali foi ouvida corretamente, mas os Haulia trataram isso como uma alucinação para escaparem da realidade.

Para essas pessoas, Hajime, o dono da voz, apontou a realidade. Yue, que estava perto, criou uma esfera de luz, a escuridão na masmorra foi eliminada por completo. E a figura de Hajime estava visível dentro do castelo imperial.

— Gee, chefe!?!?!?

— Silêncio seus idiotas.

— … vocês parecem animados.

— Parece isso, embora estejamos em péssimo estado… nossas preocupações desapareceram.

Todos da tribo Haulia, enquanto sofriam dos ferimentos extremos e cruéis, presos em um local sujo e sem condições de se levantarem, soltaram suas vozes selvagens enquanto observavam o trio.

Hajime, Yue e Shia; os Haulia estavam impressionados.

— Por-por que o chefe está em um lugar desses…

— Deixe a conversa para depois. Em primeiro lugar, viemos resgatar vocês. Caramba, apesar de vocês estarem surrados, a animação continua a mesma de sempre. Quão resistentes são vocês?

— Ah, ah-ah, obviamente, é porque fomos treinados pelo chefe.

— Comparado a nosso treinamento com o chefe, ser torturado pelos Soldados Imperiais é quase brincadeira de criança.

— É como se a sede de sangue não fosse o suficiente. É muito branda, eles até chegam a nos tratar.

— Bem, a sede de sangue do chefe está em um nível onde, em apenas um momento, há a ilusão de ser morto de cem formas diferentes, então não há como comparar a situação.

Enquanto tossiam: — Coff, Coff! —, e sangravam, com as palavras dos Haulia brincando, um olhar indescritível veio de Yue e Hajime, olhando para Shia.

Quando isso aconteceu, ela tossiu: — Coff! —, para tentar enganar Hajime; as armadilhas na masmorra foram confirmadas pelo Olho Mágico e a informação foi compartilhada com Yue e Shia. E as armadilhas foram desativadas com rapidez.

Em geral, as formações mágicas, sem o encantamento correto, não poderiam ser desfeitas. Mas elas foram neutralizadas através do processo de dispersar a magia colocada na formação ao operar seu encantamento.

Também havia o método de destruir as formações diretamente, contudo, no momento que elas fossem quebradas, elas se ativariam, porque havia funções que avisariam as outras formações que uma delas foi destruída, assim, desativar todas com o encantamento era a única opção.

No entanto, este método só funcionaria para a pessoa que colocou o Poder Mágico no encantamento. Em contrapartida, se a pessoa pudesse manipular magia diretamente, era possível desmonta-las sem permitir que elas se ativassem, mesmo sem o encantamento.

O grupo de Hajime neutralizou por completo a masmorra do castelo imperial, local cujo Império se orgulhava, as celas foram abertas uma após a outra com o uso da Transmutação, todos os Haulia também se recuperaram com o uso da Magia de Regeneração.

— Haaaaa, ridículo como sempre, huh. Por enquanto, chefe…

— Obrigado por vir nos salvar!

— Ó. Bem, isso foi por Shia. Ela estava preocupada. Além disso, eu não vi Kam. Vocês sabem onde ele está?

— Sobre isso…

Um dos Haulia começou a falar, ao que parecia, Kam estava sendo interrogado no momento, a posição da sala de interrogatório também foi dita.

Independente do preço a se pagar, eles também queriam resgatar seu Líder! Embora suplicassem, eles não teriam permissão para ajudar, pois eles também entendiam que deixar isso para Hajime e as garotas, que já tinham invadido este local, seria o melhor, acreditando nas palavras do Sinergista, os Homens-Coelho confiaram nele.

Em primeiro lugar, seus corpos começaram a tremer com intensidade por causa da “ordem” de Hajime…

O garoto pegou uma placa metálica com o tamanho de sua palma de dentro da Caixa do Tesouro. Ela tinha uma cor cinza lustrosa e brilhante, havia uma formação mágica gravada e a ponta era dentada; ela tinha basicamente o formato de uma chave.

Diante dos confusos Haulia, Hajime colocou sua magia na placa em forma de chave, então ele a empurrou lentamente no espaço em sua frente.

Assim, a ponta da chave atravessou o espaço e uma onda se formou e se expandiu verticalmente. Aos poucos, a onda cresceu até chegar ao tamanho de um humano adulto, então Hajime girou a placa em forma de chave como se ela fosse uma chave simples.

Logo a seguir, um “buraco” se estendeu ao redor da chave, quando ele chegou ao tamanho de um adulto, os Haulia ficaram de olhos arregalados, uma área rochosa podia ser vista do outro lado.

— Muito bem, todos vocês atravessem isto. Do outro lado está a zona rochosa que fica um pouco afastada da Capital Imperial. Pal e os outros estão esperando lá.

— Sim senhor! Chefe, por favor, tome conta do líder.

Embora os Haulia estivessem confusos com a falta de senso comum diante deles, esse era Hajime! Quando eles recuperaram suas consciências, era óbvio que foi graças ao chefe! Assim que entenderam, eles prestaram continência de forma fabulosa. E passaram pelo portal criado com o artefato sem hesitação; esses indivíduos com orelhas de coelho eram bem treinados.

O que Hajime pegou era um artefato que produzia um portal para transferência espacial de longa distância.

Era um artefato criado em par: uma chave, a “Chave do Portal”, e o “Salão do Portal”, quando a Chave do Portal era usada no espaço, este processo era o mesmo que “abrir a fechadura”, o portal então conectava o espaço com o local em que o Salão do Portal tinha sido definido antes para permitir a transferência. É claro que isso foi criado com uma combinação de Magia Espacial e Magia da Criação.

Quando os Haulia foram transferidos, o portal foi usado de novo para “trancar” o buraco no espaço, Hajime e as garotas então seguiram para o local em que Kam estava sendo mantido.

A segurança rigorosa foi atravessada com o uso de habilidades e magia, e o grupo alcançou o local com rapidez.

A pessoa de guarda do lado de fora foi logo nocauteada em silêncio e eles chegaram na frente da porta, uma voz nervosa podia ser ouvida do interior.

A expressão de Shia congelou. Ela tinha se preparado porque um Kam ferido provavelmente estaria do outro lado, os sentimentos de preocupação sobre um membro da família espancado começaram a se acumular.

Assim, Hajime colocou sua mão na maçaneta e estava a ponto de abri-la, mas ele parou graças a voz irritada que vinha do outro lado.

— Vamos lá, primeiro forme um punho mais firme! Você é mesmo um soldado do Império!? Use mais o seu quadril, seu **** que só é útil para *****! Você não passa de um ***** que tem *****! O soco de um gatinho recém-nascido é melhor do que o seu! O que aconteceu!? Você está com medo, pelo menos quebre um osso!? Se você não consegue, você é mesmo apenas um ****!

— Cale-cale a boca! Por que eu tenho que ouvir o que você está falando!?

— Coloque suas mãos para trabalhar se você tem tempo para ficar mexendo essa sua boca! A sua ***** mão é a sua amante, huh? Ah, no fim, sua amada também deve ser uma ****, huh? Seu **** e **** combinam muito bem um com o outro!

— Mal-maldito seja! Natasha não é esse tipo de mulher!

— Pa-pare Johan! Você não deve fazer isso! Este cara vai morrer!

— Merda, esse camarada aí também é um ****. Os Soldados do Império, cada um deles, são ****, huh! Ou melhor, por que vocês apenas não se renomeiam como ****! Sua dupla de ****! Vocês dois são a mesma coisa, que tal mostrarem um pouco de intenção assassina!

— O que foi isso!? O que este cara acabou de dizer!? Este cara não pode ser um Homem-Coelho! Alguém me ajude!

— Eu não aguento mais isto! Quando eu falo com este cara, eu sinto como se fosse perder minha mente!

Tais gritos escaparam pela porta.

Todos estavam quietos. Enquanto olhava para baixo para sua própria mão que estava na maçaneta, ele começou a duvidar deste evento que ignorava o senso comum; os Soldados Imperiais que deveriam estar questionando Kam, na verdade, estavam sendo encurralados.

— Hey, nossa ajuda é mesmo necessária?

— … vamos voltar?

— … me desculpem, mas, por favor, o ajudem. Porque eu não acho que ele será capaz de escapar por conta própria…

Shia ansiava pelo gentil pai do passado, ela pediu a ajuda de Hajime enquanto olhava para longe. Na verdade, eles teriam que ajudar Kam porque ele não tinha como escapar sozinho…

— Merda, você sabe como fazer algo além de mover seus lábios. Eu sou o caçador do abismo irreconhecível, Kambantis Elfalight Rowdelia Haulia, para se tornarem inimigos de nossa tribo, ainda é cedo demais para vocês!

Do outro lado, algo de mau gosto foi dito.

— … Shia, seu pai, ele acabou de dizer algo incrível.

— … quanto mais você pensa nisso, mais confuso fica.

— Uu… meu pai tem algo contra mim? Tentando matar sua própria filha de vergonha.

Shia estava agachada e cobria seu rosto com ambas as mãos. A quantidade de dano parecia ter sido séria.

E, a respeito desse sério acúmulo de dano, os interrogadores estavam na mesma.

— Eu já te falei, eu não entendi nada! Merda, eu não quero mais saber disto! Se eu continuar aqui com este lunático mais um pouco, eu vou enlouquecer! Estou indo para casa!

— Espere Johan! E quanto ao trabalho!? Em primeiro lugar, que diabos você está dizendo, isso é sinistro, então pare com isto!

Um som se aproximando da porta podia ser ouvido.

Hajime então pensou: — Como esperado, isso foi demais para eles. —, assim, o garoto formou um punho na frente da porta.

E no momento que a porta foi aberta ruidosamente, seu punho foi desferido.

Um dos interrogadores, um homem chamado Johan, por um instante, — Eh? —, seu rosto foi tomado pela surpresa e espanto, o punho de aço se enterrou em seu rosto no segundo seguinte e ele foi lançado para trás, dentro da sala.

O Sinergista entrou na sala, por sorte, o outro interrogador também estava confuso e, nesse instante, ele foi nocauteado.

E as duas pessoas desmaiadas formaram poses estranhas com seus corpos. Quem quer que descobrisse isto cometeria um enorme equívoco.

— Não pode ser… é você… chefe?

— Ahh, o que posso dizer, mesmo com você estando acabado você ainda abusa deles com palavras? Você se tornou forte, em vários sentidos diferentes…

Em primeiro lugar, os dois que acabaram de ser derrubados tinham até desistido de suas obrigações.

— Ha, hahaha. Parece que não estou sonhando… ooooo, Yue e Shia também…

Por um momento, Kam parecia estar em um sonho, ele respondeu Hajime com mais força desta vez, embora ele estivesse mais surrado do que os outros Haulia. Seu intelecto também não diminuiu, ele parecia ter imaginado que Hajime e as garotas apareceram para ajudar.

— Puxa, eu mostrei a vocês uma péssima imagem, apesar de finalmente nos reunirmos de novo. Aliás, eu estava ocupado abusando desses malditos do Império, eu nem mesmo notei suas presenças… caramba, que vergonha.

— … pai, eu não acho que esse é o problema aqui. Você precisa logo de cuidados médicos. É claro que estou me referindo ao tratamento de sua cabeça… em primeiro lugar, com todos esses ferimentos, por que você está tão energético?

— Com o uso da força de vontade?

— … a remodelação demoníaca de Hajime… que apavorante.

Kam estava mesmo constrangido, ele coçou sua cabeça com um dedo que estava quebrado e apontava para uma direção estranha em sua cabeça. Sua imprudência foi rebatida por Shia.

Yue, que estava usando Magia de Regeneração, encarou Hajime ao invés de Kam com um olhar amedrontador. Hajime pensou: “Realmente assustador, ao invés do ‘Sargento Hartman’, foi a epidemia de ‘chuunibyou’…”

Kam pulou algumas vezes confirmando que seu corpo estava mesmo recuperado, Hajime então pegou a Chave do Portal mais uma vez.

— Eu já enviei os outros na frente. Vamos partir depressa.

— Sim senhor! Ah, chefe, e quanto ao nosso equipamento que foi tomado…

— Ahh? Só deixa para lá, esqueça isso. Com minha habilidade atual de Transmutação, eu posso fazer mais e melhores equipamentos, então vamos seguir em frente.

— Eu poderei apreciar novos equipamentos? Com isso, minha tensão disparou, kukuku

Para Kam, que estava rindo de forma suspeita, Shia o empurrou para o portal e entrou em seguida, Hajime e Yue também atravessaram o portal.

Após isso, o misterioso grupo de mascarados causou um distúrbio na Capital Imperial e a tribo Haulia, que estava no castelo imperial, desapareceu subitamente, não é preciso dizer que o Império Hoelscher estava em alvoroço até a manhã.


Extra

À noite, na Capital Imperial, onde alarmes ressoavam, de repente, luzes surgiram, no distrito de barracas onde os escravos Demi-Humanos que estavam ocupados com a remoção das pedras dormiam e residiam, o posto de Soldados foi explodido. Ao que parecia, esse foi um ataque muito controlado, apenas o prédio voou, os Soldados em seu interior pareciam seguros. Embora a maioria deles tenha desmaiado.

As sombras de quatro pessoas podiam ser vistas com a lua brilhando atrás deles de forma notável.

— Quem são vocês! Não pensem que vocês podem fugir após desafiarem o Império!

A pessoa que parecia ser o líder do pelotão falou com raiva com as sombras.

— Além disso, além disso… vestindo máscaras tão ridículas como essas! Vocês estão brincando ou o quê!?

— Eh? Não, não estamos brincando…

— Não importa como eu olhe para isso, não passa de tolice! Especialmente essa aí de cor rosa!

— !?!?!?

— Você acha que está mostrando sua fofura ou algo do tipo!? Eu só sinto nojo quando vejo essa máscara! Sua maldita agressora sexual!

— !? Eu não tive intenção de mostrar minha meiguice. E não é como se eu gostasse desse tipo de coisa… eu fui forçada… não é minha culpa…

— Espere um segundo, não ligue para o que esse tio com rosto horroroso diz Shizu… não faça piada da Rosa! Suzu… a Amarela vai ficar realmente brava!

— Isso mesmo! Shizu… está tudo bem gostar de rosa e coisas fofas! Já chega, se você continuar ofendendo a Rosa, eu… o Máscara Vermelha não te perdoará!

— Aaaa, por ora, o Máscara Azul também não te perdoarááá.

Enquanto os ombros da Máscara Rosa encolhiam de forma abatida, todos os outros Máscaras gritaram com os Soldados do Império.

O objetivo do grupo mascarado era criar uma confusão na Capital Imperial para ajudar o grupo de Hajime a invadir o castelo com mais facilidade… o Sinergista, que enxergou através da farsa de Shizuku, pensando em impedir Kouki de fazer coisas imprudentes, viu que era inevitável que outra tarefa fosse dada ao Herói; quando os alunos voltassem, a Espadachim jurou em seu coração que ela teria sua vingança contra seu colega.

Enquanto a Máscara Rosa estava deprimida, os Soldados Imperiais animados gritaram: — Peguem logo esses caras irritantes de máscaras! —, e atacaram. Contudo, apesar de não serem iguais a Hajime e seu grupo em termo de poderes, mesmo assim, os quatro foram invocados de outro mundo, em outras palavras, eles eram trapaceiros. Os Soldados comuns não tinham a menor chance, um após o outro eles foram chutados para longe.

— Maldição! Esses mascarados miseráveis são todos fortes demais!

— Maldita seja Rosaaaa!

— Espere aí, essa espada que o Vermelho está segurando, eu tenho a sensação que já vi ela antes…

Os gemidos nervosos vinham dos Soldados do Império deitados no chão enquanto praguejavam. Cerca de três pelotões já estavam incapazes de lutar. O Comandante não podia mais suportar isso e berrou:

— Merda, vocês quatro, qual exatamente é o seu propósito!

Para essa pergunta, o Máscara Vermelha parou e declarou em voz alta.

— Eu exijo que a condição de todos os Demi-Humanos seja melhorada agora mesmo!

— … hããããã?

— Seu discurso e comportamento com os Demi-Humanos é intolerável demais! Parem de machucar eles de forma indiscriminada!

Com o pedido impossível feito aos Soldados do Império, — O que esse rapaz está dizendo? —, e eles se olharam sem entender nada. As coisas eram assim. O que o Máscara Vermelha e os outros viram acontecendo durante o dia era o comum. Mesmo que de repente os Soldados ouvissem isso, eles não poderiam entender.

— Ku, o que, a atitude… mas isso é apenas como as coisas são feitas…

— Isto… Vermelho. Os insanos, infelizmente, somos nós. Não se esqueça sobre nossos outros propósitos também.

— Eu sei! Mas, pelo menos, apenas as crianças…

— Você sabe quantas pessoas são? Você planeja ajudar todas as crianças que você ver? Aliás, já deve estar quase na hora. Até eu estou me sentindo aflita com isto, porém, agora devemos focar em nosso objetivo.

— … yeah, você está certa.

Máscara vermelha se retirou com relutância ao entender a situação.

— Soldados do Império, escutem bem. Nosso comportamento foi devido a uma decisão arbitrária. Portanto, os escravos não têm nada a ver com isso, então não coloquem a culpa neles. Se vocês fizerem algo como isso…

— O qu-que é que você quer dizer…

— À noite, atrás de você, quando estiver tomando banho, quando acordar e olhar para baixo, em um beco onde não deveria haver mais ninguém, sob a mesa, nos vãos entre as cortinas, no canto do espelho, em seus sonhos… vocês sempre verão uma máscara.

Os Soldados do Império, com as palavras da Máscara Rosa, ditas de forma indiferente e sem entonação, todos engoliram em seco de uma vez e pensaram: “Assustador…”. Era com certeza um filme de horror.

O grupo mascarado, após completar seu objetivo, pulou do edifício para dentro de um beco E assim, os Soldados correram atrás deles em pânico, mas os mascarados desapareceram como fantasmas.

Mais tarde, entre os Soldados do Império, — Cuidado com a Máscara Rosa, aquela pessoa está sempre te observando. —, uma lenda urbana se espalhou, mas essa é uma outra história.

— Por quê? Quando estávamos em quatro, por que só eu… —, a pessoa que usou a máscara rosa estava em desespero, mas essa também é outra história.


Extra 2

— Isso é tudo o que tenho para relatar!

— Bom trabalho, você pode sair.

— Sim.

Após os passos ressoando do subordinado partindo desaparecerem, o Imperador do Império Hoelscher, Gaharudo D. Hoelscher, voltou seus olhos para a garota com quem estava conversando há pouco.

Era Liliana S. B. Haihiri, Princesa do Reino Haihiri, com um rosto puro, quando ela notou o olhar de Gaharudo, — Parece ser bem sério, não? —, com uma voz preocupada e um sorriso apreensivo em resposta. Como uma Princesa do país vizinho, ansiedade podia ser sentida devido ao relato ouvido um momento atrás, entretanto, ela sabia que não deveria interferir porque só atrapalharia; tal expressão foi mostrada.

— Puxa, estou em apuros. Após lidarmos com aquela Fera Mágica poderosa, algumas pessoas mascaradas muito fortes apareceram, a força desses quatro com certeza não é piada… sobre este assunto, o que você acha? Princesa Liliana.

— … eu, não entendi? Ainda assim, talvez tenha sido a raça dos Demônios mais uma vez? Como um monstro impossível foi usado antes, também pode haver pessoas muito talentosas, certo?

— Yeah, é verdade. Há essa possibilidade. Por exemplo, uma dessas pessoas era capaz de manipular com facilidade magia de alto nível, havia até um com uma espada que transmitia uma luz ofuscante, hmm?

— … sim, tem razão. Isso é algo terrível.

— Ahhhh, definitivamente. Após os perguntarem sobre seu propósito, eles começaram a falar sobre melhorar o tratamento dos Demi-Humanos e suas condições de trabalho, é muito assustador quando é algo incompreensível demais, é isso o que eu penso.

— Isso, mesmo

A expressão de Liliana não ruiu.

Gaharudo estava a observando e se divertindo; era um sorriso inexpugnável. Ao invés de um sorriso falso, essa era a habilidade secreta e indispensável da Família Real: ser capaz de mudar seu sorriso dependendo da situação atual sem falha.

No entanto, Gaharudo não deixou de notar o breve momento onde a respiração da garota foi perturbada.

— A propósito, Princesa Liliana.

— Sim?

— Neste momento, onde está o Herói-kun?

— … o Herói, no momento, está viajando. Para adquirir experiência e poder.

— Hmm, e eu aqui pensando que ele tinha vindo para a Capital Imperial. Eu me lembro de ter ouvido algo sobre a emancipação dos escravos de uma certa pessoa no passado.

— Ó, nossa, Imperador Gaharudo, sobre o que você está falando, você está confundindo sua especulação com a verdade? Não há como isso ter acontecido, não é mesmo?

— Hahaha, é claro! Especulação sem provas concretas não pode ser considerada um fato.

— Fufufu, sim, isso mesmo.

Após um tempo, — Hahaha! —, — Fufufu! —, as risadas do Imperador e da Princesa ressoaram pela sala.

Ao que tudo indicava, embora Liliana indicasse ter confiança, em seu coração:

“O que vocês estão fazendo!? Kouki e companhia!! Quer dizer, por que máscaras!? Devia haver formas melhores para esconder suas identidades! Em primeiro lugar, usar sua espada sagrada irá obviamente revelar sua verdadeira identidade! Que piada de mau gosto! Com certeza, isso foi a brincadeira de alguém! E o único que faria isto com certeza é Nagumo-san! Por quê? Por causa dessa travessura, eu, a Princesa, tenho que lidar com esta conversa sufocante com o Imperador! Ele sempre me trata casualmente também, mas as coisas que ele faz causam muito estrago. Mesmo eu sendo a Princesa!”

Era o que ela gritou em seu interior.

Ao que tudo indicava, as máscaras de Hajime foram em vão, as identidades verdadeiras dos alunos foram descobertas por ambos os países.


Tradutor: Zé   |   Revisor: SrDrumond



Notas

[1] UMA (sigla em inglês para Unidentified Mysterious Animal, literalmente “Animal Misterioso Não-Identificado” em português) é o termo usado no Japão para se referir a criptidos, uma criatura cuja existência é sugerida, mas para a qual não existem provas científicas para comprovar. O termo abrange criaturas lendárias como o Ieti, o Pé-grande, o Chupa-cabra e o Monstro do lago Ness, assim como espécies extintas cuja sobrevivência é sugerida pelos criptozoologistas, como alguns dinossauros.

[2] UFO Catcher é um jogo para Sega lançado em 1985 que marcou o início da linha de máquinas com o nome “UFO Catcher”, máquinas onde o jogador tenta agarrar um bicho de pelúcia usando uma garra mecânica, no caso, as máquinas japonesas possuem apenas duas garras e a aparência de um OVNI (Objeto Voador Não Identificado). O modelo de 1985 era uma caixa com as cores rosa e vermelho com o objetivo de atrair mulheres.



Fontes
Cores