APMT – Capítulo 211 – A batalha final: A raça do Deus Caótico



Assim que a aura negra entrou em minha boca, eu comecei a comê-la. Ela causou uma sensação esquisita dentro de meu corpo, algo parecia estar se movendo.

Meu corpo convulsionou, tentando vomitar o objeto estranho, mas eu segurei minha garganta e resisti.

(Wazu): “Gu, guuuuuu… guaa!!”

Eu caí no chão gemendo, rolando sobre meu corpo, tentando resistir.

Ele era saboroso para algo tão desagradável. O sabor era definitivamente excelente, mas esta sensação do objeto estranho dentro do meu corpo não podia mentir. Eu queria imediatamente cuspi-lo.

Ainda assim, confiando nessa esperança, eu me segurei…

(Deus do Mal): “O que diabos você está tentando fazer?”

(Floyd): “Wa-Wazu-sama!!”

(Deusa da Luz): “Wazu-san!!”

… … …

(Deus do Mal): “Bom, independentemente do que você faça, o resultado não mudará”

O Deus do Mal se aproximou de mim, desferindo seu punho para acabar comigo.

Eu segurei esse punho sem qualquer dificuldade.

(Deus do Mal): “Quê!!”

O Deus do Mal tomou distância de mim como se estivesse surpreso com algo.

Eu lentamente me levantei.

(Wazu): “Geho… geho… ah… isso é delicioso, mas eu prefiro não comer esse tipo de coisa de novo…”

Eu fechei e abri minhas mãos, confirmando a condição do meu corpo.

Nesse momento, Floyd gritou.

(Floyd): “Wa-Wazu-sama… o que foi que aconteceu? A cor do seu cabelo…”

(Wazu): “Eh? O que foi? Tem algo errado?”

(Floyd): “Não, é que… quando você chegou aqui, seu cabelo estava completamente branco, mas agora, ele está misturado com tons de preto aqui e ali. Como uma malha. Certo, eu acho que a proporção entre as partes brancas e pretas é de meio a meio”

(Wazu): “Fuhn, eu me pergunto por que isso ficou assim”

(Deus do Mal): “Você… o que diabos é você?”

Agora mesmo, eu bloqueei o ataque dele bem facilmente. O Deus do Mal estava me olhando atentamente, então fez essa pergunta. Deixe me… pensar um pouco…

(Wazu): “Mesmo que você me pergunte… eu mesmo não sei… eu sou um Deus, ao mesmo tempo em que não sou… um Deus do Mal, mas não um Deus do Mal por completo… humano, não, eu mal sou humano… é esse tipo de sensação. Bom, eu consumi o poder do Deus do Mal há pouco… isso mesmo… quem sabe, você possa dizer que o meu estado atual é… ‘raça do Deus Caótico’. Ou algo assim”

Eu concordei com o nome de uma raça que eu mesmo inventei.

Un, esse é um nome incrível… não é?

Uuuun… isso foi algo em que eu pensei no calor do momento… eu estava ficando constrangido… como meu rosto estava quando eu disse isso… eu pensei que teria que ter uma aparência orgulhosa, mas, honestamente, fazer isso meio que me envergonha… de qualquer forma, ninguém disse nada, então isso deve ter funcionado, não é? Não é?

(Deus do Mal): “Vo-você está brincando comigo!!”

O Deus do Mal se aproximou de novo, ele saltou contra mim e lançou uma barragem de socos.

Podia parecer que eram dúzias, não, centenas de socos se espalhavam na minha frente. Que pena, não importa o quão rápido ou numeroso fosse o ataque, eu ainda podia ver o verdadeiro.

(Wazu): “Hoi”

(Deus do Mal): “Quê!!”

Eu segurei o punho do Deus do Mal sem qualquer dificuldade.

O que eu vi em seguida foi o Deus do Mal, que foi desprovido de seu sorriso, e agora estava espantado.

Em resposta a isso, eu sorri para o Deus do Mal.

(Wazu): “Ah, eu entendi… eu gradualmente entendi isso. A parte do Deu me deu Conhecimento, a parte do Deus do Mal me deu Poder, e a parte humana me deu Possibilidades, eu estou certo?”

(Deus do Mal): “… possibilidade, você diz?”

(Wazu): “Você não escuta isso com frequência? Que os humanos têm possibilidades infinitas residindo dentro deles? Dito isso… você não acha que isso também inclui as possibilidades de superar até Deuses?”

Ao mesmo tempo em que eu terminei de dizer isso, o Deus do Mal pulou para trás, me encarando veementemente.

Eu não ficarei assustado, mesmo que você me encare assim.

Meu corpo estava transbordando com poder.

Eu podia sentir que a parte do Deus, a parte do Deus do Mal, e a parte humana dentro de mim se mesclavam bem.

(Deus do Mal): “… então você está dizendo que você não é mais um Deus, mas algo que supera isso?”

(Wazu): “Yeah, é exatamente o que você disse”

Incapaz de aceitar minhas palavras, o Deus do Mal reuniu a aura negra em seu punho direito, e com um grito que não tinha sido ouvido antes, partiu para me atacar.

Eu olhei a ação do Deus do Mal.

Para mim, que conhecia meu próprio poder, ele se movia extremamente devagar.

Era como se ele estivesse caminhando para mim muito lentamente.

Bom, na verdade não, ele estava realmente correndo.

Eu também coloquei poder em meu corpo.

Eu podia sentir ele se espalhando por todo o meu corpo…

(Deus do Mal): “Guuaggaaaa!! É inútil!! Deuses não podem morrer!!”

(Wazu): “Yeah, yeah, você ainda não entendeu? As possibilidades dentro de mim são suficientes para matar até um Deus!!”

Assim que eu gritei para o Deus do Mal se aproximando, eu também concentrei meu poder em meu punho direito, e, com um contragolpe, eu soquei o corpo do Deus do Mal.

Assim que meu punho atingiu o corpo do Deus do Mal, ele se tornou partículas e se espalhou no ar.

Eu percebi algo assim que olhei para essa cena.

(Wazu): “… ah!! Minha culpa. Eu esqueci de recuperar o poder de Floyd”

(Floyd): “Está tudo bem. Eu já estou muito satisfeito com a situação atual”

(Wazu): “Ah, tudo bem então”

Como a influência do Deus do Mal desapareceu, a Deusa da Escuridão, que foi criada a partir de seu poder, também desapareceu em partículas de luz.

Olhando para a situação, as Deusas se reuniram ao redor de mim.

(Deusa da Luz): “Obrigado Wazu-san… com isto, o mundo está salvo. Era originalmente nossa responsabilidade como Deusas… mas ao invés disso, deixamos a obrigação para Wazu-san. Nós só podemos recompensá-lo com nossos corpos!!”

(Deusa da Terra): “Venha agora, por favor, saboreie por completo nossos corpos!! Da cabeça aos pés, cada um e todos os cantinhos!! Não há ninguém que irá nos perturbar!! Venha!! Venha!!”

(Deusa da Guerra): “Muito obrigado. Se Wazu não estivesse aqui, todas nós teríamos sido destruídas… eu realmente aprecio isso do fundo de meu coração… essa é uma força que eu não posso sonhar em derrotar agora… fufu… é bom ter um novo objetivo… isso certamente será divertido no futuro”

(Deusa do Mar): “A Deusa da Escuridão também pereceu… fu… esta é de fato nossa vitória!! Contudo, como meu coração é tão grande quanto o oceano, eu rezarei para que você possa descansar em paz!!”

(Deusa do Céu): “… zzz”

(Wazu): “Sim, sim, está tudo bem… todas estão machucadas, e como vocês usaram uma considerável quantidade de poder, vocês todas podem parar de se manifestar, descansem… eh, ela já está dormindo de pé!!”

A Deusa do Céu já estava dormindo de pé.

Me pergunto se ela me dirá como ela faz isso…

As Deusas gracejaram, “Eu vou aceitar sua gentil oferta…”, e voltaram para o [Cartão da Guilda]… por que vocês voltaram para cá!?!?

(Wazu): “Muito bem, devemos voltar para casa antes que todas fiquem preocupadas? Tudo bem, então…”

Eu segui para fora da caverna dessa forma.

(Floyd): “Nãonãonão, Wazu-sama!! Você vai me deixar aqui deste jeito? Eu não posso me mover já que estou preso nesta parede!! Você poderia me ajudar?”

(Wazu): “Eh? Por que eu deveria?”

Olhando para trás, Floyd estava sorrindo enquanto tinha uma aura triste ao redor dele.

]Suspira[… eu voltei para ajudar Floyd, então corri de volta para todas…


Havia um mar de cadáveres de monstros, não importava onde eu pisasse… assustador!!

Aparentemente, os Cavaleiros e cidadãos conseguiram repelir os monstros, e agora estavam realizando algum tipo de banquete no exterior da cidade.

Me pergunto se eles estão fazendo uma celebração por sua vitória.

Entre eles estava Sarona.

Eu me senti aliviado por todas parecerem estar bem. Os Cavaleiros e cidadãos pareciam querer ouvir Sarona, mas ela os recebia com um rosto levemente sombrio.

Eu me aproximei de Sarona por trás, e escutei sua conversa com Naminissa, que estava por perto.

(Wazu): “Qual o problema? Por que você está com uma cara tão sombria? Não é bom ver seu lindo rosto distorcido assim, sabia?”

(Naminissa): “Me perdoe. Mas nós ainda estamos esperando por alguém… Wazu-sama!!”

Naminissa gritou com uma voz surpresa, e reagindo a esse grito, todas se viraram em minha direção. Enquanto recebia todos esses olhares, eu ergui minha mão e disse.

(Wazu): “Estou de volta, tudo foi resolvido”

Como se essas minhas palavras fossem o estímulo, Sarona me assustou ao me abraçar e chorar.

Enquanto meu sentimento de medo diminuía, meu coração parecia estar repleto com a sensação da presença de Sarona em meus braços.

Sarona.

Tata.

Naminissa.

Narellina.

Haosui.

Kagane.

Mao.

Meru.

Eu amo todas vocês!!


Tradutor:




Fontes
Cores