GADG – Capítulo 34 – Fim


Olá jovens!

Me sinto muito feliz em ter chegado até aqui, pode parecer que foram apenas 34 capítulos, mas quem leu sabe, que o tamanho é muito maior, e não me refiro ao tamanho dos capítulos.

No início, não tinha planos de trazê-la para o português, até agora estou com o pé atrás, pois tinha medo de não conseguir transmitir o mesmo sentimento que a obra em inglês. Eu simplesmente amei a obra e queria que mais pessoas conhecessem, então me arrisquei, caso haja alguém que queira retraduzi-la no futuro para melhorar a qualidade, pode ficar à vontade, pois sei que a tradução não está boa, teria muita coisa que podia ser melhor.

 

Estou à frente de ED, TMW e costumava trazer WDDG, sem contar que já li muitas outras obras e livros, mas entre todas essas, GADG foi, sem dúvida, a melhor, me senti encantado pela escrita… simplesmente fantástica, era como se eu fosse um dos cavaleiros adorando a Morte, do começo ao fim. Aqueles que acompanharam sabem do que estou falando…

Algumas cenas serão inesquecíveis, como a pintura de Schera, a demonstração de bravura de Yalder e Sidamo, a batalha dos cavaleiros da Morte para defender a plantação, a morte do Cavalo Amarelo… Não tenho palavras para descrever essas cenas.

Uma novel com 34 capítulos superou a história de muitas novels com mais de mil. Uma novel com uma mulher como protagonista superou muitas novels com protagonistas absurdamente poderosos e arrogantes…
Apenas usando uma boa escrita e personagens com caráter próprio, sem precisar usar vilões idiotas de mente única, mulheres nuas e absurdos…

Para mim, simplesmente a melhor…..

 

Um grande obrigado a todos que acompanharam e que ainda vão acompanhar.

Lembrando, ainda tem duas histórias extras, as quais não sei se virão…

Digam nos comentários o que acharam…

No final, cliquem no play e imaginem os créditos subindo, e no fundo, as imagens de tudo que aconteceu… é algo incrível.

Então… vamos lá……

“A Morte sempre cumpre suas promessas”
-The Girl Who Ate a Death God-

 


Fontes
Cores