UD – Capítulo 63 – Discussões?


[NT: Devido as cores que aparecem nesse capítulo, recomendo o uso do modo noturno]

63. Discussões?

A Cidade de Cristal do Conselho.

Nós estamos em nossa mesa redonda que flutua acima da cidade. El Shaddai nos chamou após receber uma estranha mensagem de um deus menor.

Eu estava aqui primeiro porque já estava na cidade. Enquanto eu esperava, eu fui capaz de ver El Shaddai mudar de cores. De ouro para prata e de volta para ouro. Eu acho que esse é o seu equivalente de ficar vermelho.

Com o tempo, os outros chegaram também. Todo mundo sentiu a atmosfera e preferiu ficar em silêncio.

Mesmo após todos estarem à mesa, El Shaddai não disse uma única palavra por vários minutos. Agora mesmo ele estava retornando de um estado prateado para um dourado.

“Eu acabei de receber uma visita de um deus menor. Ele me disse que um mensageiro do Vazio o contactou. O mensageiro disse: Saudações do Vazio. Nós te visitaremos em breve para termos uma boa conversa! Seus dias finais estão próximos e está em suas mãos escolher se isso vai ser feio ou não El Shaddai se torna prateado de novo.

Eu mexo com meus dedos na mesa enquanto eu penso sobre isso. “Parece que nós teremos uma visita em breve. Eles encontraram um caminho para fora do vazio.”

“Lada, você sempre me surpreende. Esta conclusão é maravilhosa!” Amaru comenta com acidez em sua voz.

“Você se livrou daquele mensageiro? Nós poderíamos acabar com problemas se esta situação se tornar pública!” Eris sugere enquanto se balança entediadamente em sua cadeira.

El Shaddai se torna prateado de novo. “Isso JÁ é público! O deus menor em questão não foi estúpido e veio aqui enquanto gritava as circunstâncias para todo mundo na cidade. É quase certo que alguns outros deuses menores já estejam levando essas mensagens por aí. Amanhã todo o multiverso saberá disso!”

“Você deveria tê-lo interceptado.” Eris lança outra afirmação ridícula na sala.

“Como você intercepta um mensageiro que você não sabe da existência!?” A voz de El Shaddai agora está realmente perigosa

“Isso não teria mudado nada. Mesmo se você tivesse conseguido impedir o cara de espalhar essa informação o vazio a teria espalhado para outra pessoa. Você iria apenas silenciar o mensageiro, mas não a fonte.” Elohim analisa a situação sobriamente.

Se eles quiserem, eles podem falar para todo mundo sobre sua existência. Só é uma pena que nós ainda não temos ideia nenhuma sobre as habilidades deles.” Amaru se encolhe enquanto reflete sobre a situação.

“Eles podem vir! Nosso exército está pronto! E eu tenho outros trinta mil recrutas dos deuses mais jovens!” Enyo bate na mesa com um sorriso sedento de sangue.

“Eu espero que você não confie muito naqueles lá…. Eu não colocaria confiança na lealdade deles.” Eris diz com desdém em sua voz.

“Eles são criados como bucha de canhão de qualquer maneira.” Enyo dá de ombros.

“B…Bucha de canhão! Eles são pessoas!” Eu exclamo! Isso não é certo! Eles estão tentando destruir o último pedaço de retidão neste grupo?

“Acalme-se Lada, algumas vezes sacrifícios devem ser feitos. Nós não seremos capazes de deixar essas pessoas escaparem depois da luta de qualquer jeito.” Elohim me para.

Meu coração para. “O QUÊ!?”

Amaru começa a ajudá-lo.
“Pense nisso. Eles serão os primeiros a testemunhar uma rebelião. Eles saberão que resistência é possível. Como nós poderemos deixar deuses assim vagarem pelo multiverso depois? O melhor exemplo é aquele deusinho que nos trouxe a mensagem. No momento l está assustado demais para nos resistir abertamente. Mas ele já provou que não confia em nós ao espalhar a mensagem antes de trazê-la a El Shaddai. Ao fazer isso ele garantiu a própria segurança. Fechando ele seria inútil e outros questionariam seu paradeiro, se ele desaparecesse.”

Eu calo minha boca. O que eu ainda estou fazendo aqui? Essas pessoas não são mais o Conselho que eu me juntei.

“Já chega disso! Reúna o exército e os prepare Enyo! Eles tem um meio de viajar pelo vazio. Eu quero aquele conhecimento! Nós precisamos destruir o esconderijo deles!” El Shaddai teleporta para fora sem esperar por uma resposta.

“Yay! Eu acho que é isso! Finalmente alguma ação de novo! Já tinha começado a ficar chato.” Enyo também sai.

Um após o outro, os membros do Conselho saem e eu estou apenas sentada lá, olhando a mesa.

“Você sempre foi bondosa demais para isso Lada.” Eu olho para cima  vejo Eris no outro lado da mesa.

“Por que você ainda está aqui? Você não está feliz com os eventos atuais?” Eu escuto o veneno dentro da minha voz. Ah… eu não assim.

“Para dizer a verdade. Estou feliz com os acontecimentos atuais. Mas não pela mesma razão que você possa acreditar. Eu estou feliz com a atual situação porque ela prova que o mundo ainda está girando. Não importa quão fundo o Conselho possa congelar o oceano, ele ainda se agitará sob o gelo! Kukukuku…”
Lentamente a deusa do caos e conflito desvanece-se para me deixar sozinha à mesa.

Eu me levanto e piso em um caminho. Um para longe daqui. Há muito em que se pensar.

***

Em algum lugar no vazio:

“Eu estou realmente preocupada!”
Atualmente e estou tendo um encontro de mulheres com Margerie, Tanja e Sandra. Nós estamos fazendo isso de vez em quando para conversar sobre tudo de interesse. Para este fim, nós nos reunimos em um salão dentro do palácio.

“Mas isso não está bom, Celes? Eu não consigo entender seu problema.” -Margerie

“Não, não está bem! De repente ele me joga por cima dos ombros e me arrasta pra fora! E eu não tenho ideia do que deu nele!” Isso é estranho em todos os sentidos!

“Você é engraçada. Primeiro você reclama sobre a falta de interesse dele em você. E agora você reclama sobre a atenção dele! Você é o tipo de mulher que não se consegue agradar não importa como.” -Sandra

“Mas… Eu não sei, e eu odeio isso!”-Eu

“Então vamos tentar pensar sobre isso logicamente.” Magerie escorrega para outra posição sem sua cadeira. “Como os homens funcionam sexualmente? Eles ou fazem isso para aliviar o acúmulo do seu…. estresse?”

“Angrod nunca faz isso….”-Eu

“…”-Margerie

“Ou eles ficam excitados!” Sandra interrompe alegremente.

“Eu não tentei seduzir ele! Eu já fiz isso muitas vezes!  Ele nunca reagiu fortemente a isso!” Eu tenho que negar isso.

“Então você fez isso sem saber! O que você estava fazendo no momento.” -Margerie

“Errr… Eu estava… educando os pirralhos!” Eu anuo

“E por educar você quer dizer?” Tanja se esgueira para mais perto.

“”Erm… Só um pouco de chicoteamento…”-Eu

“Chic…?” -Margerie

Sandra jorra sua bebida na mesa. “Você não pode fazer isso com crianças!”

“Está tudo bem! Eles mereceram! Obrigada!” Tanja sacode minhas mãos com olhos brilhantes.

“Não é como se eles fossem bebês que não estão cientes de suas ações! Eles tem as memórias de várias vidas e usam a idade física como uma desculpa para atormentar aqueles que parecem mais velhos!” Eu tenho que me defender.

“Hrm… bem, o que isso nos diz sobre Angrod?” – Margerie

“Ele é um sério “S”! Eu já sabia disso, mas se excitar por ter seus filhos chicoteados está em outra escala!”-Sandra

“O que! Isso não pode ser! Eu excitei ele porque bati nas crianças!? E ele não é um sadista! Mesmo que ele seja um pouco selvagem na cama e doa às vezes, mas ele não faz nada daquilo!” -Eu

“O mundo inteiro sabe que ele é um sádico! Você não sabe dos boatos?”-Sandra

“Boatos?” – Me

“Se você lançar um olhar errado sobre ele, você vai desejar nunca ter nascido! Ele é uma fera selvagem, que vai te bater uma centena de vezes enquanto você está no caído. Dando um riso cada vez mais largo com cada soco, o que distorce sua face já retorcida ainda mais!” -Margerie

“Na escola ele sozinho enfrentou uma centena de valentões e destruiu a gangue deles, só porque eles deram um olhar de luxúria para a princesa dele! Nenhum deles foi capaz de falar sobre o evento até agora. E se você perguntar a eles sobre isso, eles se agacham em uma posição fetal e começam a tremer incontrolavelmente! Os curandeiros ainda são incapazes de tratá-los, até os dias atuais!” -Sandra

“Quando você tenta pegar coisas que pertençam a ele, ele rasga seu coração de devora sua alma! E nunca a libertando de novo, você sofrerá até o dia do juízo final!” -Tanja

Meu queixo cai por causa dessas declarações!!! “O que as pessoas falam sobre mim então!?”

“A bela e gentil flor. A única que é capaz de acalmar a besta e não mostra medo.” -Margerie

“Todos devem temer o dia, em que a princesa não mais exista. Já que a única que pode parar a besta terá deixado de existir!” -Sandra

“Gritos de dor e luxúria soarão do palácio quando a gentil flor doma a besta selvagem, já que ela é a única que é capaz de estar em sua presença sem tremer de medo!” -Tanja

“NÃÃÃO! Vocês estão brincando comigo! Isso não pode ser verdade! Eu vou alistar uma polícia secreta para parar esses rumores!” Eu não posso deixar isso de lado! Nós somos realmente vistos assim pelo público?

“Nada que você possa fazer a respeito. Já é do conhecimento comum. Mas voltando ao tópico. Você mesma sabe do riso selvagem do seu marido. Ele é um grande “S” com certeza. Ele ficou excitado quando você “educou” as crianças.” -Margerie

“Isso não pode ser, ele não é assim!” Eu não vou acreditar nisso! Mas isso faz sentido de uma maneira horrível!

“Talvez não seja tão ruim. Celes, pegue suas ferramentas e nos mostre a cena! Talvez nós encontremos outra pista!” – Sandra

“Huh? Eu não preciso de ferramentas! Eu tenho a minha cauda!” -Eu

“…” “… Mostre-nos!” “…chicoteie aquele sofá!”

“Hm. Okay. Eu acho que isso não vai doer.” Eu me levanto e chicoteio o sofá no canto da sala. Após alguns golpes, eu me viro de novo. “Viram? Nada com o qual ele deva perder a calma.”

“…..naturalmente talentosa!”
“….. ela não está nem ciente disso! Tão injusto!” 
Sandra caminha até mim e me pega pelos ombros.
“Celes! Se você quiser ser arrastada para a cama na próxima vez!”

“….Sim?”

“Se vire de costas para ele” “e chicoteie alguma coisa!” “QUALQUER COISA!” 


Tradutor: Batata Yacon   |   Revisor: Heaven


Contribua com a Novel Mania!
Alterar fonte
Cores